Mundo Fakemon - Região de Kosta - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

30/06/2020

Mundo Fakemon - Região de Kosta

Mundo Fakemon

Olá, treinadores! Como estão? Espero que estejam animados para mais uma viagem pelo no nosso Mundo Fakemon, uma série especial feita em parceria com a Casa do Smeargle que te leva para conhecer regiões inspiradas nos mais diversos lugares do planeta. 


Todo mês, vocês serão apresentados a uma nova região criada por um artista da Casa do Smeargle. Para criarem os conceitos, eles se inspiraram em diversas culturas, exploraram a fauna, a flora e visitaram as tradições de locais diversos.


Desta vez, nós visitaremos a região Kosta criada pelo Lucas Costa, inspirada pelo Nordeste brasileiro e pelas vivências de seu criador. Para conhecer mais o trabalho do Lucas, você pode acessar a página da região Kosta no Instagram (@kostaregion) ou o perfil próprio dele (@lucas.costa.r). Não deixe também de visitar a Casa do Smeargle no Facebook clicando AQUI ou no Instagram (@casadosmeargle) para conhecer o trabalho de inúmeros artistas e mostrar os seus desenhos!

A REGIÃO DE KOSTA

A colorida e festiva região de Kosta é rica em cultura, tradição e belezas naturais. Os moradores sempre animados te darão boas vindas a um mundo empolgante, onde você poderá descobrir os mais diversos Pokémon espalhados por cada canto. Visitando florestas, dunas ou mesmo as praias, você encontrará novos amigos e uma forte cultura local.


Kosta foi inspirada pelo Nordeste brasileiro e seus 9 estados banhados pelo oceano Atlântico. A longa costa marítima deu origem ao nome desta região. O Lucas Costa, artista criador, usou também suas experiências de quando trabalhava no Alto da Sé (Olinda - PE) como referências para o desenvolvimento dos Pokémon e dos ambientes que você encontrará em toda a região. Vale destacar que, além da inspiração na “costa” do Nordeste, a região Kosta também faz alusão ao nome de seu criador, Lucas Costa. 

OS POKÉMON DE KOSTA

Seria impossível começar sua jornada por uma nova região sem falarmos dos Pokémon que te acompanharão na sua jornada. Em Kosta, você encontrará dezenas de novos amigos, formas regionais e lendas que são passadas de geração para geração. Que tal começarmos pelos iniciais? Seu primeiro amigo nesta aventura poderá ser Orvalhiny (grama), Pokopow (fogo) ou Uçamud (água/terra).


Inicial Grama


Orvalhiny, um Pokémon do tipo grama, é bastante curioso e costuma passear durante a noite para novas aventuras. A folha em sua cabeça possui um aroma complexo que se altera conforme seu humor durante aquele dia. 


Ao evoluir, ele se torna Solervine, dos tipos grama e sombrio. Não se deixe enganar pelo temperamento pacífico de Solervine, sua cauda poderosa é excelente para combates. A forte cauda permite que ele escale árvores para encontrar frutas e observar outros Pokémon.


A forma final desta linha evolutiva é Espinora, também dos tipos grama e sombrio. O Pokémon da Floresta protege o local onde vive e qualquer um que ali habita. Usando suas fortes vinhas como chicotes, ele ataca sem pena qualquer um que ameace o equilíbrio das florestas. As flores na ponta de suas vinhas sugam a energia de quem for atingido por seus golpes furiosos.

Inicial Fogo

Pokopow é o parceiro perfeito para treinadores com um espírito quente. O inicial de fogo da região Kosta tem um temperamento difícil e não será fácil de lidar, especialmente se ele considerar seu treinador fraco. Através do calor de seus cascos, ele libera ataques poderosos.


Sua forma evoluída, Bralope, um tipo fogo puro, não parece ter melhorado em nada seu temperamento difícil de lidar. Ele parece escutar ainda menos seu treinador, mas isso não diminui sua fidelidade. Sua crina se incendeia quando seu espírito de combate fica intenso.


Fogalope, dos tipos fogo e fantasma, é a forma final da linha evolutiva. Um Pokémon com uma chama poderosa, ele só pode ser visto durante noites de lua cheia. Lendas populares contam que o Pokémon Cabeça de Fogo possui uma energia poderosa na chama que queima em seu corpo, provocando desconforto em qualquer um que olhe para ela.

Inicial Água

Se você é um treinador fã de Pokémon de água, certamente começará sua jornada por Kosta com Uçamud, dos tipos água e terra. Ele passa boa parte de seu tempo enterrado na lama de manguezais. Esta lama fortalece seu corpo, dando a ele uma carapaça mais resistente.


Garramum, um Pokémon Caranguejo de Lama, dos tipos água e terra, é a forma evoluída de Uçamud. Ele vive em grupos de cerca de vinte membros. Sua força de combate é aumentada pela lama que cobre sua grande e poderosa garra.


A linha evolutiva é finalizada por Cangacean, também dos tipos água e terra. O Pokémon Caranguejo de Faca é dono de uma garra poderosa e afiada capaz de cortar facilmente troncos de árvores. Para manter sua lâmina cortante sempre afiada, ele amola sua garra em rochas em áreas de praia.

Pokémon Voador

Um dos melhores companheiros de viagem para os treinadores iniciantes de Kosta é Maskird, dos tipos normal e voador. Este pequeno Pokémon é muito comum em Kosta, podendo ser visto lavando suas penas ao longo dos rios. Devido ao temperamento pacífico, será muito fácil capturar e treinar um.


O Pokémon Elegante Herongant, dos tipos normal e voador, é a evolução de Maskird. Com um estilo de batalha elegante, seus movimentos são constantemente graciosos. Mas não subestime seu poder: Herongant pode voar por um dia inteiro sem precisar descansar. 

Pokémon Normal


Preeah, do tipo normal, espalha sementes de frutas que come por toda a região de Kosta. Conhecido como um grande semeador, ele espalha sementes por todos os lugares por onde passa. Seedent, sua evolução, ganha o tipo grama em adição ao normal. Grupos de Seedent espalham sementes nos locais onde vivem. A cobertura de folhas em seu corpo pode indicar o quanto este Pokémon está saudável.

Pokémon Inseto

Gularva, um Pokémon do tipo inseto, come tudo que encontra pela frente. Seu apetite voraz faz com que devore até mesmo frutas que já foram empacotadas para serem vendidas. Sua fome o prepara para o processo de evolução.

Após se alimentar o suficiente para evoluir, Gularva se torna Kazuntena, do tipo inseto. Este Pokémon casulo se movimenta pouco, ficando preso aos galhos das árvores usando suas antenas. Parece haver alguma conexão entre a saúde das árvores e a saúde de Kazuntena.

Além do tipo inseto, Serenfly, a forma evoluída de Kazuntena, recebe o tipo psíquico. Este Pokémon sereno evita o combate. Em suas asas, existem imagens de olhos falsos que exercem uma força mental sobre qualquer um que tente atacá-lo. Desta forma, Serenfly pode fugir do combate.

Pokémon Inseto

Soldadin, mais um dos insetos que você encontrará na região de Kosta, pode não ser um Pokémon forte isoladamente. Entretanto, vários deles se organizam em grupos poderosos que reúnem a força de todos os membros. Eles passam o dia escalando árvores em uma fila.

Berimbug é a evolução de Soldadin, um Pokémon Vibração do tipo inseto. Seu longo chifre emite uma melodia através da vibração do fio. Sua música é usada por capoeiristas de toda a região de Kosta. Com uma habilidade conhecida como Amplifier, Berimbug aumenta o poder de golpes de som em 50%.

Pokémon Capivara

Chokibara, o Pokémon  Capivara do tipo elétrico, vive próximo a áreas de rio, porém não consegue nadar bem. Seu corpo carregado de energia estática provoca arrepios nos pelos de quem o toca.

Com o poder de uma Water Stone, Chokibara evolui para Ampybara, que recebe o tipo água em adição ao elétrico. Este Pokémon Hidroelétrica tem uma relação muito melhor com as águas e pode dominar a corrente dos rios para produzir energia elétrica. Apesar de todo seu poder,  Ampybara é calmo e amigável.

Pokémon Dragão

Calagon, o Pokémon Lagarto do tipo dragão, tem o estranho hábito de balançar a cabeça para cima e para baixo, como se estivesse apenas concordando com algo. Não se sabe o que o motiva a fazer isto. Na região de Kosta, pessoas que demoram a entender algo e apenas concordam são chamadas de Calagon.

Lizareen é a forma evoluída de Calagon, também do tipo dragão. O Pokémon Lagarto Verde vive em bandos; quanto maior a parte verde vibrante de seu corpo, mais alto ele estará na hierarquia do grupo. Ele parece não confiar em nenhum desconhecido.

Crueptile é a forma evoluída final desta linha. O Pokémon impiedoso do tipo dragão  ataca ferozmente qualquer um que apareça em seu caminho. Sua grande cauda é usada para golpear os oponentes, podendo até mesmo atingir seu próprio treinador acidentalmente. Com uma habilidade conhecida como Strong Tail, Crueptile recebe um bônus de 50% no poder de seus golpes de cauda.

Pokémon Beija Flor

Floribi, o Pokémon Beija-flor dos tipos fada e voador, bate suas asas tão rapidamente que elas parecem invisíveis no ar. Isso dá a ele uma grande capacidade de voo. Ele parece sensível à aura de outros seres e sua presença pode indicar vibrações positivas naquele ambiente.

Em contato com uma Shiny Stone, Floribi pode evoluir para Vislumbird, também dos tipos fada e voador. Vislumbird voa sobre campos espalhando um aroma agradável e relaxante que diminui a disposição de humanos e Pokémon trabalharem.

Pokémon Cobra

Corake, do tipo venenoso, se disfarça de pokébola para dar um bote sorrateiro em quem se aproximar. Raramente ele ataca primeiro em uma batalha. Sua evolução é Tricoral, dos tipos venenoso e dragão. Um Pokémon poderoso que não teme os adversários mais difíceis de enfrentar. Com três cabeças pensantes, ele articula boas estratégias de combate e não precisa mais se esconder para atacar.

Pokémon Milho

Cobilho, o Pokémon Milho do tipo grama, absorve a maior quantidade de energia solar possível com suas folhas para se esconder durante a noite. Pamilho, a forma evoluída de Cobilho, é um tipo grama extremamente amigável. Sua personalidade alegre pode ser considerada boba por muitos. Enterrando seus braços longos no chão, ele consegue absorver nutrientes para se fortalecer.

Palhoy é um Pokémon do tipo grama a evolução final desta linha. Ele possui diferentes formas de acordo com seu gênero. Ele absorve a energia solar enquanto fica completamente parado. Este Pokémon dança em pares e é respeitado por todos os tipos grama, como se fosse membro de uma realeza.

Pokémon Gesso

Gepsito, um Pokémon do tipo rocha, é bastante amigável com todos ao seu redor e é um ótimo companheiro para treinadores. O pedaço de seu corpo que simula uma boca é resistente e pode ser usado para fazer desenhos no chão.

Gessolumn, também do tipo rocha, pode parecer firme, mas seu corpo é frágil e pode esfarelar com facilidade, suportando pequenas quantidades de peso. Gessolumn se une a outros de sua espécie em momentos de necessidade.

O Pokémon rocha e fantasma Tebrado evolui a partir da união de um Gepsito e quatro Gessolumn. Apesar da imponência, ele é extremamente amigável e pode abrigar moradores de rua. Tebrado parece ter um tesouro guardado em sua boca, mas ele vai esmagar a mão de qualquer um que tentar roubá-lo.

Pokémon Tapioca

Tapimari, um Pokémon Marisco fada e água, é encontrado em três diferentes formas em Kosta: cheese, chocolate e vegan. Seu corpo gelatinoso parece ter inspirado a criação de um famoso prato na região de Kosta. Sua concha resistente o protege de ataques e da perda de umidade quando está fora da água por muito tempo. 

Pokémon Cobra Perna

Fakoral é um Pokémon do tipo normal que se disfarça como um Corake para fugir de predadores. O Pokémon Imitação não possui qualquer veneno e sua capacidade de imitar outros é bastante confusa para quem decidir treiná-lo.

Zambeg, o Pokémon Perna Peluda dos tipos fantasma e lutador, é um dos mais curiosos que você encontrará em Kosta. Ele se esconde em locais abandonados durante o dia e sai pelas ruas durante a noite assustando os moradores da região. Seu poder de chute é fenomenal e será fortalecido pela habilidade Strong Leg.

Dwebble Crustle

Na região de Kosta, alguns velhos conhecidos ganharão novas formas adaptadas a este ambiente. O primeiro é Dwebble que aqui recebeu os tipos metálico e água como resultado da mudança para as águas marinhas poluídas. O gás de seu corpo faz com que movimentos do tipo água ganhem prioridade em batalha, uma habilidade conhecida como Gasification.

Crustle, dos tipos metálico e venenoso, teve que adaptar seu corpo após um desastre ambiental que atingiu a região de Kosta. O barril de petróleo que substituiu sua antiga rocha foi encontrado após este desastre de derramamento de óleo.

Teddiursa Ursaring

Teddiursa e Ursaring perderam o tipo normal quando se mudaram para a região de Kosta, recebendo o tipo psíquico. Eles são Pokémon animados que saem pelas ruas dançando e festejando. Teddiursa bate suas cascas de coco para produzir uma música que dá ritmo à dança. A tradição da região diz que pessoas precisam dar moedas para Ursaring, que as guardará em seu pelo. Toda a animação dos Pokémon parece fazer parte de um ritual antigo.

Dedenne Maractus

Os Dedennes que vieram para Kosta começaram a usar palhas de aço em suas antenas para conseguirem um melhor sinal para a comunicação com outros de sua espécie. Este Pokémon elétrico e metálico mexe em seus bigodes para tentar ajustar a frequência de sua comunicação.

Ao vir para Kosta, Maractus precisou aumentar seu tamanho para conseguir absorver o máximo de energia solar que conseguisse. Um Pokémon Carcará se senta sobre Maractus para se proteger do chão quente durante seu descanso, enquanto isso ele come insetos que ameacem Maractus.

Pokémon Lendários

Agora, vocês poderão conhecer as lendas da região de Kosta em primeira mão. Estes Pokémon ainda não foram divulgados oficialmente, mas o Lucas enviou seus designs e descrições para que fossem incluídos na matéria.

De um lado, nós temos Mermelody, dos tipos água e dragão. Inspirado em Iemanjá, este Pokémon é descrito nas lendas da região como aquele que um dia deu o dom da audição para os humanos, sendo reverenciado até hoje por isso. Do outro, está Harpyrror, um Pokémon metálico e voador criado a partir do Galo da Madrugada e das harpias. Na mitologia de Kosta, ele aparece como o Pokémon que deu a visão para os humanos.

Estes dois Pokémon representam o espírito forte dos habitantes de Kosta. Suas lendas surgem como um contraste entre religiosidade e festividade, teocentrismo e antropocentrismo.

E então, treinadores, gostaram desta viagem pela região de Kosta? Mais uma vez, eu peço que você visitem os perfis do Lucas Costa nas redes sociais (@kostaregion e @lucas.costa.r no Instagram) para verem mais sobre esta região incrível. Não deixem também de acessar a Casa do Smeargle no Facebook e no Instagram (@casadosmeargle), nossa parceira neste projeto.

Para conferir as matérias anteriores nas outras regiões, basta clicar nos links abaixo:
Região de Aotea - inspirada na Nova Zelândia
Região de Vlania - inspirada na Transilvânia
Região de Madakoo - inspirada em Madagascar

Post Top Ad