Pokémon Legends: Arceus - Como Hisui transformou-se em Sinnoh? (Parte 2) - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

17/06/2022

Pokémon Legends: Arceus - Como Hisui transformou-se em Sinnoh? (Parte 2)


Crimson Mirelands
é a segunda grande área a qual temos acesso em Pokémon Legends: Arceus. Seguindo os mesmos princípios utilizados na primeira parte dessa análise, vê-se que os aspectos geológicos que se destacam são o Lake Valor e os ambientes pantanosos.

Na Sinnoh contemporânea, encontramos tanto pântanos quanto o Lake Valor na região ao leste do Mt. Coronet, mais especificamente próximo às Route 212 e 213, ao Great Marsh e à Pastoria City. Para nossa análise, então, considera-se a equivalência dos locais.

Começando com o Great Marsh, a versão de Sinnoh da Safari Zone, observa-se que a área possui poços de lamas, árvores e pequenas lagoas ao decorrer de sua extensão. Em Crimson Mirelands, as localidades que cumprem tais requisitos são Scarlet Bog e Sludge Mound

Considerando a lógica de que pequenos assentamentos humanos prenunciam futuras vilas e cidades, o Bogbound Camp, o acampamento da Galaxy Team próximo ao Sludge Mound, provavelmente se expandiu até Ursa's Ring e veio a se tornar a atual Pastoria City, assim, resguardando para Scarlet Bog - e por que não também Bolderoll Slope - a localização do Great Marsh.


Gapejaw Bog, uma zona que possui pequenos bolsões de água, assemelha-se a parte inicial da Route 212. Nesse sentido, a rota de Sinnoh - que intercala-se com um rio e possui, conforme aproxima-se de Pastoria City, trechos pantanosos - seria composta, também, pelo conjunto de poças de lama próximas a Sludge Mound e por pontes que, futuramente, serão criadas para atravessar o rio que separa Gapejaw Bog de Sludge Mound.

Ainda sobre a Route 212, outro elemento que a compõe é a Pokémon Maison. Aqui, especula-se que a mansão foi construída na própria Gapejaw Bog, na região mais próxima ao rio. Se observarmos como a Route 212 aparece em Diamond, Pearl e Platinum, o rio que corta a rota tem sua origem em algum local mais acima, muito possivelmente passando, também, próximo à Pokémon Mansion.


Já no que diz respeito às poças de água, parte delas podem ter sido drenadas ou usadas na construção do conjunto de fontes de água da Pokémon Masion.

Outro ponto de interesse, esse que aparece com o mesmo nome tanto em Hisui quanto em Sinnoh, são as Solaceon Ruins. Em Sinnoh, tais ruinas demarcam a localização da Solaceon Town. A futura vila, então, é posicionada logo abaixo das ruínas e acima de Scarlet Bog. 

Seguindo essa lógica, a Route 209 é construída em Golden Lowlands, iniciando-se próximo ao Mirelands Camp e estendendo-se até a ponte de madeira que liga Lowlands a Solaceon Ruins. Desse jeito, mantem-se algumas características da rota - como os pequenos lagos e as pontes.

Agora, lembram-se do que falamos sobre pequenos assentamentos tornando-se cidades e vilas? Então, é muito provável que Hearthome City iniciou-se a partir do Mirelands Camp e tenha se estendido para oeste, ocupando a parte montanhosa não explorada de Crimson Mirelands. 

Outra área que é possível localizar é a Valor Lakefront, que se encontra logo abaixo do Lake Valor em Droning Meadow e Cottonsedge Prairie. Sobre a Route 213 - que liga Pastoria City e Valor Lakefront - o mais provável é que ela seja uma área não revelada no mapa de Crimson Mirelands.

Levando em consideração a localização que definimos para Pastoria City, além da atual configuração da cidade em Sinnoh, o mais provável é que o terreno de Ursa's Ring se estenda para o sul, forme uma península - para construir o porto de Pastoria que aparece em Diamond, Pearl e Platinum - e se ligue com Droning Meadow, formando a praia da Route 213. 


Já no Valor Lakefront, em Sinnoh, é onde está o Hotel Grand Lake, um gigantesco resort que ocupa, também, parte da Route 213.

Uma teoria particularmente interessante para a origem do hotel é que ele tenha sido construído pelo Diamond Clan. Por quê? Diferente do assentamento do Pearl Clan, que originou a Snowpoint City, o assentamento do Diamond Clan, localizado próximo ao Lake Valor, parece não ter nenhum equivalente na Sinnoh contemporânea. Assim, uma possibilidade é que Adaman (ou um de seus descendentes)  tenha mudado a localização e expandido o assentamento, aproveitando o crescente fluxo de exploradores do Galaxy Team para estabelecer uma fonte de renda para o clã.

Também, o Hotel Gran Lake pertencer a uma família antiga de Sinnoh ressoaria com a existência dos hotéis milenares do Japão - como o Nishiyama Onsen Keiunkan, criado em 705 e administrado por diferentes gerações de uma mesma família desde então. Corroborando com nossa teoria, os prédios que compõem o resort possuem, curiosamente, a mesma palheta de cores de Dialga, o Pokémon adorado pelo Diamond Clan em Legends: Arceus.

Finalmente, a única localidade que ainda podemos indicar no mapa de Crimson Mirelands é a Route 210, que provavelmente foi construída passando por Diamond Heath, Cloudpool Ridge , atravessando o rio e subindo em direção a Coronet Highlands


E então, concorda com a configuração que propomos para o mapa de Crimson Mirelands? E as áreas de Holm of Trials, Shrouded Ruins e Brava Arena, na sua opinião, têm algum equivalente na Sinnoh atual? Comentem suas teorias! Na próxima parte dessa matéria, analisaremos Cobalt Coastlands.  

Post Top Ad