Pokémon TCG - Top 5 Surpresas do Bloco Espada e Escudo - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

07/05/2022

Pokémon TCG - Top 5 Surpresas do Bloco Espada e Escudo

Brilliant Stars wallpaper

Em uma das recentes publicações da PBN, foi construído e comentado um top 7 decepções de Espada e Escudo, ou seja, cartas que não conseguiram cumprir a expectativa criada sobre elas. Hoje, num tom mais otimista, listaremos 5 das maiores surpresas positivas do bloco até então! 

É importante ressaltar que, apesar de levar em conta critérios objetivos, essa lista foi montada com base na opinião e na visão do autor e tem, como principal intuito, o entretenimento. Portanto, ela não representa um posicionamento oficial da Pokémon Blast News ou de seus demais membros. 


5 - Retorno das Artes Especiais 


Boa parte do que motiva a paixão dos fãs, jogadores, colecionadores do Pokémon TCG vem, claro, da sua relação com os Pokémon. Nesse sentido, o papel das artes (ilustrações) das cartas é, exatamente, gerar interesse das pessoas para uma carta cujo Pokémon elas já gostam ou, em outros casos, chamar sua atenção para Pokémon com os quais elas não têm tanta afinidade.

Nas últimas coleções do bloco Sol e Lua, ganharam destaque as artes especiais, que podem ser resumidas em ilustrações mais complexas para representar os Pokémon, com cenas marcantes e singulares.

Por motivos desconhecidos, não houve mais artes especiais durante todo o primeiro ano de Espada e Escudo, mas, em Estilos de Batalha, elas retornaram em grande "estilo", com as duas formas do Urshifu VMAX.

Urshifu Golpe Fluido VMAX - BST 170Urshifu Golpe Decisivo VMAX - BST 168

A partir de então, todas as coleções contaram com artes especiais incríveis, estrelando Pokémon altamente populares, como Umbreon e Rayquaza, ou menos comentados, como Lumineon e Golurk. Naturalmente, correr atrás de todas para sua coleção é um desafio, mas não é exagero dizer que estamos numa das fases visualmente mais belas do jogo. 

Umbreon VMAX - EVS 215Lumineon V - BRS 156

4 - Meloetta

Meloetta - FST 124

Talvez a indicação mais controversa da lista, a Meloetta é, na verdade, uma carta odiada por muitos jogadores. No entanto, isso se deve exatamente ao motivo pelo qual ela está aqui: seu enorme impacto competitivo.

A coleção Golpe Fusão introduziu ao Pokémon TCG seu terceiro estilo de batalha, também chamado de Golpe Fusão. Imediatamente, nasceu um deck dos mais altos patamares, o Mew VMAX. As listas iniciais do baralho focavam no uso de Peônio e levavam a Latias como opção de ataque adicional. Ao decorrer dos testes e torneios, ambos perderam espaço para a Meloetta.

Mew VMAX - FST 174Peônio - CRE 150

Latias - FST 193

O que se notou em pouco tempo foi que, ao contrário do que se esperava, a Meloetta é uma das cartas mais poderosas entre os Golpe Fusão. Seu ataque Eco Melodioso pode alcançar danos altos já no primeiro turnos e conquistar vitórias antes que oponente possa sequer desenvolver seu jogo. Se não for devidamente combatida, ela é capaz de nocautear qualquer Pokémon (com auxílio de poucos aumentadores de dano) nos turnos seguintes.
 
Dessa forma, a Meloetta consolidou-se como um dos parceiros mais importantes do Mew e como uma das grandes forças do baralho mais temido do formato!

3 - Moltres de Galar

Moltres de Galar - EVS 093

Em Céus em Evolução, as três aves lendárias de Galar ganharam cartas com Habilidades quase idênticas. Entre elas, o Articuno foi a que chamou mais atenção de imediato, devido a sua sinergia com o Calyrex Cavaleiro Espectral VMAX, que estava em alta na época.

Articuno de Galar - EVS 063Calyrex Cavaleiro Espectral VMAX - CRE 075

Devido a dominância do Mew VMAX, citado anteriormente, a busca por cartas e decks que pudessem counterá-lo de forma efetiva cresceu, e alguns baralhos passaram a incluir o Moltres em suas listas, já que esse Pokémon golpeia o Mew na Fraqueza e concede apenas 1 prêmio quando nocauteado.

Já com sucesso no formato de Golpe Fusão, o Pokémon Noturno ganhou ainda mais relevância em Astros Cintilantes, pois sua inclusão em várias listas impediu uma centralização do metagame em torno dos Golpe Fusão e do recém-lançado Arceus V-ASTRO e tornou o formato mais diverso e divertido.

Arceus V-ASTRO - BRS 123

2 - V-ASTRO

Charizard V-ASTRO - BRS 018

Nos formatos recentes, muitos jogadores  tem demonstrado certa insatisfação com o design do PTCG, ou seja, com as mecânicas, interações e estratégias colocadas a sua disposição. Um dos principais motivos por tal insatisfação são os Pokémon que dão 3 Prêmios quando nocauteados.

Essa regra especial foi aplicada pela primeira vez nos Pokémon-GX Aliados, no último terço do bloco Sol e Lua, e adotada novamente nos Pokémon-VMAX, em Espada e Escudo. Os poderosos ataques e as vidas elevadas desses Pokémon propiciaram sua longa hegemonia no formato Padrão.

Pikachu e Zekrom-GX - TEU 033Lucario e Melmetal-GX - UNB 120

Onde as V-ASTRO entram nessa história? Introduzidas em Astros Cintilantes, essas cartas se destacaram por trazer Pokémon fortes o suficiente para bater de frente com os VMAX, mas com menos vida e, consequentemente, menos prêmios concedidos no nocaute. Além disso, seu Poder V-ASTRO  tem funcionamento similar aos ataques GX, mecânica bem aceita entre os fãs.

Whimsicott V-ASTRO - BRS 065

Assim, a expectativa é de que os V-ASTRO, que continuarão a ser liberados nas próximas coleções, mudem a tendência de domínio dos Pokémon de 3 prêmios, o que já está está acontecendo no formato atual. 

1 - Drizzile


É possível afirmar que nenhuma carta teve uma ascensão tão significativa, no último ano, quanto o Drizzile. Lançado em Espada e Escudo 1, o Pokémon manteve-se em posição muito discreta durante o primeiro ano do bloco, sem fazer parte dos principais baralhos competitivos. 

Em Estilos de Batalha, a carta ganhou mais potencial, com o lançamento de um item que facilitaria sua busca, a Bola de Nível. Porém, foi a partir de Reinado Arrepiante, quando houve a chegada de um novo Inteleon, que o Drizzile mudou completamente de patamar.

Bola de Nível - BST 129Inteleon - CRE 043

Motivados inicialmente pela Habilidade Gatilho Rápido, diversos jogadores passaram a incluir a linha evolutiva do Inteleon (Sobble > Drizzile > Inteleon) em suas listas. Assim, Drizzile e a Habilidade Negociações Secretas (também presente em outra carta do Inteleon) ganharam espaço para mostrar seu real valor e se tornaram bases de decks de alta relevância. 

Sobble - CRE 041Inteleon - SSH 058

Contudo, aquele não seria seu ápice. Alguns meses depois, ocorreu a rotação 2021-2022, que invalidou para o formato Padrão todas as cartas remanescentes do bloco Sol e Lua. Nesse momento de reconstrução dos baralhos e do metagame, o Drizzile e seus parceiros emergiram como mais efetivo e popular mecanismo de consistência do formato, posto mantido até hoje.  

Na rotação deste ano, será a vez do inicial de Galar deixar o Padrão, de modo que os jogadores precisarão, mais uma vez, mudar o jeito de construir e pilotar seus decks. Graças a sua contribuição, porém, Drizzile ficará marcado como um dos melhores Pokémon do bloco Espada e Escudo. 

Conclusão

Concorda com a lista? Quais outras surpresas poderiam ser citadas? Comente sua opinião!

Quer jogar torneios online semanais, gratuitos e com premiação em dinheiro? Conheça nosso parceiro Carteado Challenges!

Para mais conteúdo de Pokémon, acompanhe a Pokémon Blast News, em especial nossa página dedicada ao TCG!

Post Top Ad