Ash vs Cynthia: A Melhor Batalha de Pokémon Jornadas

Ash vs Cynthia Jornadas Pokémon

A segunda, e mais esperada, partida das semifinais do Torneio dos Mestres se prepara para começar, com o vencedor ganhando o direito de enfrentar o Monarca Leon nas finais. De um lado do Ginásio, Goh e sua equipe encorajam Ash, enquanto do outro lado, Diantha está fazendo o mesmo com Cynthia, acreditando que ela poderia ser a única a acabar com a sequência ininterrupta de vitórias de Leon. Para surpresa da famosa atriz (e nossa também), Cynthia revela que pretende se aposentar das lutas assim que o torneio terminar.

Ash vs Cynthia Pokémon Jornadas

O primeiro Campeão de Alola e a mundialmente famosa Campeã de Sinnoh entram no campo de batalha. Como de costume, Dan, o juiz, explica as regras: a partida é uma batalha completa de seis contra seis, sem limites de quantas vezes cada Treinador pode trocar de Pokémon, e cada um deles pode usar apenas um Dynamax, Mega Evolução, ou Movimento-Z por batalha.

Ash começa com seu Dragonite, enquanto Cynthia inesperadamente lança o Pokémon Spiritomb. Assim que o sinal para iniciar a partida é dado, Ash ordena um Meteoro do Dragão como seu primeiro movimento, mas Dragonite é atingido antes pelo Soco Enganador de Spiritomb. Depois de se levantar, o Pokémon Dragão completa o uso de Meteoro do Dragão, mas Spiritomb dá de ombros e ri zombando do ataque. Ash tenta seguir com uma Garra de Dragão, mas acaba sendo interrompido por Hipnose, fazendo com que Dragonite adormeça. Em seguida Spiritomb segue usando repetidamente Devorador de Sonhos, gradualmente drenando a energia de Dragonite. As súplicas de Ash para que seu Pokémon acorde não dão certo, com Dragonite sendo derrotado durante o sono sem conseguir causar nenhum dano real a Cynthia.

Dragonite vs Spiritomb

Enquanto Ash chama Dragonite de volta para a Poké Bola e se prepara para enviar seu próximo Pokémon, Cynthia também retira Spiritomb do campo de batalha. O segundo Pokémon de ambos os treinadores, Gengar e Roserade, entra em campo simultaneamente. A Rajada de Sementes de Roserade não causa muito dano por não ser muito eficaz, enquanto Roserade leva uma Bola Sombria sem hesitar. A próxima troca de movimentos vem na forma de um Fogo Fátuo e uma Tempestade de Folhas, com ambos os ataques atingindo seus oponentes. Sofrendo com queimaduras, Cynthia retira Roserade e retorna Spiritomb ao campo de batalha. Mais uma vez, outra troca de ataques é feita, desta vez entre um Clarão Deslumbrante e um Soco Enganador. Enquanto os dois lados sofrem danos super efetivos e se levantam, ao contrário do Spiritomb, Gengar acaba caindo nocauteado, aumentando a vantagem de Cynthia.

Gengar de Ash

Mais uma vez, Ash retira seu Pokémon desmaiado e Cynthia retira Spiritomb, desta vez para colocar Togekiss. E assim como Cynthia previu, Ash responde chamando seu parceiro leal e mais forte, Pikachu, na esperança de mudar as coisas. Uma série de Choque do Trovão de Pikachu não consegue fazer contato com Togekiss, que se move muito rapidamente e ataca de volta com Golpe de Ar. Togekiss segue com Cabeçada Zen e Pikachu não consegue evitar ser atingido. Diantha e Leon percebem que a habilidade de Togekiss, Indulgência Serena, possibilitou que isso acontecesse.

Fazendo mais uma troca, Cynthia envia seu Gastrodon para tirar a vantagem de tipo sobre Pikachu. Com o objetivo de tirar Pikachu aqui e agora, ela ordena um Poder da Terra. Pikachu evita o ataque pulando alto no ar usando as lajes de terra lançadas por ele, mais uma vez seguindo a previsão de Cynthia. Quando, em seguida, Pikachu começa a usar Cauda de Ferro, Cynthia faz Gastrodon usar Gume de Pedra. Só que desta vez, as coisas estão indo de acordo com o plano de Ash, pois, em vez de atacar diretamente Gastrodon, a Cauda de Ferro corta o topo de alguns dos pilares de pedra criados pelo Gume de Pedra e os envia voando contra Gastrodon. Gastrodon até consegue pegar as rochas e absorver o impacto, mas isso o deixa imobilizado e indefeso, permitindo que Pikachu use Ataque Rápido para esmagar as rochas e atingir Gastrodon, finalmente dando a Ash o primeiro nocaute.

Pikachu vs Gastrodon

Cynthia admira a habilidade de Ash para encontrar uma oportunidade no meio de uma crise e a capacidade de Pikachu de explorá-la enquanto ela retorna seu Pokémon. Spiritomb então se junta à batalha mais uma vez, mas agora, Ash se sente pronto para isso e diz a Pikachu para usar Choque do Trovão enquanto gira. O vórtice de eletricidade resultante não apenas repele com sucesso a Hipnose de Spiritomb, mas também o atinge ao mesmo tempo. Ash identifica a estratégia como Escudo Contra-ataque, uma tática que ele inventou enquanto viajava por Sinnoh e que Cynthia reconhece da Liga de Sinnoh.

Ash garante a Cynthia que ele ficou muito mais forte desde então e logo em seguida consegue prender Spiritomb em uma Teia Elétrica de Pikachu, evitando com sucesso um Soco Enganador. Enquanto Pikachu tenta finalizar com Cauda de Ferro, Spiritomb recebe um sinal de Cynthia e faz algo não muito claro momentos antes do golpe de Pikachu. O Pokémon de Cynthia recua derrotado e o público aplaude, mas enquanto Dan inspeciona Spiritomb, uma energia sombria de repente emerge e envolve Pikachu, fazendo com que ele fique preso. O locutor reconhece o movimento de último segundo do Spiritomb como Vínculo do Destino, cujo efeito foi ativado. Pikachu tem toda sua energia restante instantaneamente drenada, fazendo com que ele desmaie ao lado de Spiritomb. Com este nocaute duplo, o ás de Ash foi eliminado e sua capacidade de usar o Choque do Trovão Fulminante foi eliminada, dando-lhe uma desvantagem muito ruim, pois Cynthia continua no controle da batalha.

Spiritomb usando Laço do Destino em Pikachu

O quarto Pokémon de Ash é Dracovish, e Cynthia envia seu quinto Pokémon, Garchomp, fazendo Ash se perguntar se ela irá megaevolui-lo. Dracovish tenta uma Presa de Gelo, mas Garchomp se esquiva e acerta um Garra do Dragão, causando dano super efetivo em Dracovish. Ele então usa Pedra Oculta, antes de Cynthia substituí-lo por Roserade, cuja queimadura do Fogo Fátuo anterior de Gengar foi curada graças à sua Habilidade, Cura Natural. Apesar disso, Dracovish é capaz de resistir ao Golpe Envenenado de Roserade e aplicar uma Branquimordida, embora acabe saindo envenenado. No entanto, ele consegue atravessar uma Tempestade de Folhas de Roserade com uma Investida do Dragão, que é suficiente para nocautear o Pokémon de flores.

Roserade vs Dracovish

Ash tenta retirar Dracovish devido ao dano que está tomando do envenenamento, mas o Pokémon insiste em permanecer na batalha. Cynthia então envia seu sexto Pokémon, Milotic, a quem Dracovish ataca com Investida do Dragão. Milotic usa a Voz Desarmante para manter Dracovish à distância, antes de empregar a mesma tática usada contra o Dragonite de Iris e se enrolar em Dracovish para usar uma Cabeça de Ferro de curto alcance. Dracovish, no entanto, contra-ataca com Branquimordida, e os ataques colidem para criar uma grande explosão. Embora Milotic tenha sofrido vários danos, Dracovish acaba caindo.

Ash retira Dracovish e manda Sirfetch'd, que imediatamente recebe dano da Pedra Oculta de Garchomp. Ash tem uma ideia e faz Sirfetch'd usar Balanço Violento com seu escudo para eliminar a Pedra Oculta, impressionando Goh, Hop e Cynthia. Milotic ataca com uma Hidro Bomba, mas Sirfetch'd se esquiva e usa seu escudo para bloquear uma Cabeça de Ferro subsequente e acaba acertando um Cortador de Fúria. O próximo ataque de Milotic é Voz Desarmante, mas Sirfetch'd consegue suportá-lo e atacar Milotic com Ofensiva Meteórica, derrubando-o.

Sirfetch'd vs Milotic

Cynthia retira Milotic e elogia Ash por sua inteligência ao se livrar da Pedra Oculta, antes de retornar Garchomp, com Ash novamente prevendo que ele possa megaevoluir. Garchomp usa Disparo Escamoso, mas Sirfetch'd consegue combatê-lo com Cortador de Fúria, antes de colidir com Garra do Dragão de Garchomp. Sirfetch'd acaba sendo derrubado, mas consegue evitar um segundo Garra do Dragão usando Detectar. Sirfetch'd então vai para uma Ofensiva Meteórica, e Garchomp usa Meteoro do Dragão em resposta, ambos acertando seu oponente. Os Pokémon recebem uma boa quantidade de dano e entram em um impasse, mas Garchomp, apesar de tropeçar, é capaz de permanecer consciente enquanto Sirfetch'd, em uma das cenas mais impactantes da batalha, como um nobre cavaleiro se recusa a cair e desmaia em pé.

Sirfetch'd vs Garchomp

Ash retira Sirfetch'd enquanto Cynthia chama Garchomp de volta. Ash manda seu último Pokémon, Lucario, e Cynthia retorna Togekiss ao campo de batalha. Lucario começa com Soco Projétil, e Togekiss tenta pará-lo com Golpe de Ar, mas Lucario é capaz de passar por ele e acertar o ataque. Lucario carrega uma Aura Esférica e Togekiss o acerta com um Golpe de Ar, não apenas causando uma boa quantidade de dano, mas também cancelando a Aura Esférica de Lucario, aparentemente fazendo-o fraquejar. Togekiss usa outro Golpe de Ar, mas Ash faz Lucario usar Soco Projétil para neutralizar o ataque, mostrando que está longe de fraquejar. Após um breve momento de silêncio, Cynthia surpreende todo o Ginásio Wyndon, usando Dynamax em Togekiss e revelando que ela não tem intenção de megaevoluir Garchomp. Ash prepara sua Pedra-Chave, e Lucario se prepara para enfrentar Dynamax Togekiss enquanto a batalha entra em seu clímax.

Togekiss Dynamax vs Lucario

Ash usa sua Pedra-Chave para megaevoluir Lucario e logo ataca com Aura Esférica enquanto Togekiss contra-ataca com Corrente Aérea Max. Lucario pula no ciclone para continuar seu ataque, mas os ventos fortes o expulsam e Togekiss sufoca a Aura Esférica com seu corpo. Além disso, o efeito de Corrente Aérea Max aumenta a velocidade de Togekiss. Recusando-se se render, Ash ordena Soco Projétil, enquanto Cynthia contra-ataca com Corrente Aérea Max mais uma vez. Desta vez, no entanto, Lucario salta sobre o ciclone e começa a esmurrar Togekiss, causando dano super efetivo. O ataque faz com que Togekiss caia no chão, mas, para surpresa de todos, ele consegue se levantar, e sua velocidade aumentando mais ainda. Cynthia ordena um terceiro Corrente Aérea Max, que atinge Aura Esférica enquanto carrega.

Em uma cena histórica, Ash e Lucario se concentram, unem suas auras para revidar, enquanto em Kalos, Greninja também sente a onda de poder. As auras de Ash e Lucario aumentam e, então, conseguem realizar uma Aura Esférica gigante que atinge Togekiss, para o choque e espanto de Cynthia. Togekiss volta ao seu tamanho normal e cai no chão, mas logo se levanta mais uma vez, e sua velocidade é reforçada pela terceira vez. Cynthia expressa sua empolgação com a batalha e continua, Togekiss voando em alta velocidade e evitando as tentativas de Soco Projétil de Lucario. Quando Cynthia pede Ataque do Céu, Ash contra-ataca com Multiplicar para evitar o ataque, mas Togekiss destrói as cópias antes que possa ser atingida pela Aura Esférica. No entanto, ele não consegue dominar Soco Projétil e é atingido, finalmente sendo declarado incapaz de lutar. Cynthia retira e agradece Togekiss, enquanto Ash saúda Lucario.

Aura Mega Lucario e Ash

Com apenas um Pokémon para ambos os participantes, Cynthia chama Garchomp pela última vez, marcando o início do clímax da batalha. Nos bastidores, Diantha e Leon comparam o dano que ambos os Pokémon receberam em suas respectivas batalhas, acreditando que a batalha agora é na sorte. Vendo a poderosa conexão de Ash e Lucario, Cynthia e Garchomp relembram suas viagens passadas ao longo de seus muitos anos. Cynthia declara que eles serão os adversários contra Leon na final e pede Disparo Escamoso.

Lucario contra-ataca com Soco Projétil e então lança uma Aura Esférica, resultando em uma grande explosão que danifica ambos os Pokémon. Lucario e Garchomp começam a trocar golpes com Soco Projétil e Garra do Dragão, transformando a batalha em uma luta corpo a corpo enquanto os dois tentam desesperadamente nocautear o outro. Após uma enxurrada de golpes, ambos os Pokémon recuam, ficando claramente com pouca energia. Quando Lucario fraqueja e se ajoelha, Cynthia aproveita sua chance e ordena Garra do Dragão mais uma vez, mas Lucario reúne suas últimas forças para contra-atacar com Reversão. Ambos os ataques resultam em golpes devastadores e os dois Pokémon caem, aparentemente incapazes de continuar. Após momentos agonizantes de silêncio ensurdecedor, Lucario se levanta lentamente, enquanto Garchomp permanece derrotado no chão. Dan declara Garchomp incapaz de lutar e Ash o vencedor da partida, permitindo que Ash avance para a finais.

Mega Lucario usando Reversão em Garchomp

Ash fica paralisado enquanto é ovacionado por todo Ginásio, incapaz de acreditar que ele realmente conseguiu derrotar Cynthia. Até que ele vê Pikachu pulando de alegria e percebe que realmente ganhou a batalha. Explodindo de felicidade e leveza, ele corre e dá um enorme abraço em Lucario. Nas arquibancadas, Goh e Hop comemoram a vitória de Ash assim como a Equipe Rocket, que está emocionada por ele ter derrotado a Campeã de Sinnoh. Na Cidade de Pallet, alguns dos Pokémon de Ash comemoram no laboratório do Professor Carvalho enquanto ele luta contra as lágrimas.

Enquanto isso, Leon está empolgado e não consegue conter sua empolgação por enfrentar Ash na final. Ainda no campo de batalha, Garchomp aceita a pata de Lucario e se levanta, enquanto Cynthia parabeniza Ash por seu triunfo. Ela elogia sua conexão incomparável com todos os seus Pokémon, admitindo que ainda tem muito a aprender e acrescenta que espera lutar com ele novamente no futuro. Enquanto isso, o locutor revela que o confronto de Ash contra Leon na final será outra batalha completa de seis contra seis para decidir quem fica com o título de Monarca.

Ash e Lucario comemorando

Você está preparado para acompanhar a final do Torneio dos Mestres?

Quem você acha que leva essa, Ash ou Leon?

Prof. BrUNO

Professor de Química do Ensino Fundamental e Médio, Bacharel em Química Ambiental e Mestre em Química pela Unesp. Torcedor do Ash, treinador Pokémon, colecionador de cartas e histórias do anime. Entre uma aula e outra de química, gosta de usar Pokémon em algumas explicações. Encontrou na PBN uma forma de aprender e compartilhar mais sobre a franquia que é fã desde pequeno.

4 Comentários

Sinta-se à vontade para comentar!

  1. Como não é uma Liga Pokémon, deveriam deixar o Ash vencer o Campeonato Mundial, pois os roteiristas ainda devem um monte de compensações por todas as derrotas que fizeram o Ash passar nas ligas anteriores à Alola. Mesmo com a derrota, isso não irá tirar o título de campeão de Galar do Leon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pra "compensar" fazem o Ash vencer das maneiras mais ridículas já vistas?

      Nesse caso, prefiro ver ele continuar perdendo.

      Excluir
    2. Não tem que compensar nada, e não adianta nada forçar a barra fazendo treinadores experientes e consagrados cometendo erros tolos pro Ash vencer. O Campeonato Mundial vale muito mais do que uma Liga Pokémon, são comparações absurdas.

      Excluir
  2. Ah... Foi só elogiar a ausência de opinião embutida no artigo anterior que mandam um título desse.
    Para mim, Ash vs Volkner foi um pouco melhor. Essa batalha da Cynthia não pega o posto porque para mim não cumpriu o hype que foi preservado por 12 fuckin anos. Cometeram erros demais com a Cynthia e 60% da luta foi basicamente só porrada sem cérebro nenhum, algo que contradiz até o estilo do Ash.

    "A Maior batalha de Jornadas" seria um título mais justo.

    OBS: Por gentileza, não apaguem este comentário... Foi apenas a minha opinião.

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال