Super Mario Party e Super Smash Bros. Ultimate na BGS 2018 - Nós jogamos! - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

13/10/2018

Super Mario Party e Super Smash Bros. Ultimate na BGS 2018 - Nós jogamos!


Como vocês já sabem, a Pokémon Blast News foi uma das convidadas para testar os jogos Pokémon Let's Go Eevee e Let's Go Pikachu durante a Brasil Game Show 2018. Entretanto, não testamos apenas os próximos jogos da franquia Pokémon, uma vez que pudemos jogar jogos recém lançados da Nintendo, como Super Mario Party, e jogos que ainda serão lançados, como o Super Smash Bros. Ultimate. Nessa matéria, explicaremos nossas experiências com ambos os jogos.

Super Mario Party



O mais novo jogo lançado pela Nintendo é mais um da famosa franquia familiar Mario Party, e a versão que jogamos era o jogo completo. Nesse caso, dois jogadores, utilizando o controle do Nintendo Switch e seu sensor de movimento, precisam fazer gestos de remo em sincronia para conseguir pegar itens, aumentar o tempo ou entrar em missões. Uma vez que entram em missões, os jogadores têm um tempo específico para fazer a maior quantidade de pontos, e, quanto maior essa quantidade, maior a nota adquirida.

Missões

As missões que pudemos jogar foram diversas e, na grande maioria, bastante divertidas. Alguns exemplos são: andar em uma sala escura tentando acender velas, ao mesmo tempo em que os jogadores precisam fugir de morcegos andando pelo mapa; passar uma bola de um determinado esporte de jogador para jogador e colocá-las em cestas correspondentes (imagem abaixo); cercar um grupo de pinguins e forçá-los a ir para uma saída; acertar um bumerangue em centopeias para diminuir seu tamanho e ganhar pontos (imagem acima), entre outros. Vale ressaltar que ao final de todas as missões, os jogadores devem fazer um movimento para cima com o braço para que os personagens da tela façam um "high-five" e gritem "Yeah!".


Jogabilidade

A jogabilidade de Super Mario Party é muito fluida, sendo que em nenhum momento o jogo teve problemas de renderização de imagem ou travamentos. O sensor de movimentos do controle do Nintendo Switch, que nós achamos que daria algum tipo de problema, também se mostrou muito bom e correspondeu bem aos gestos dos jogadores. O jogo, como todos os antecessores da franquia, possui um forte apelo para que os jogadores joguem em grupos de amigos ou com a família. As interações são boas, os gráficos estão bonitos, e a jogabilidade não apresenta defeitos. Resultado: Super Mario Party tem a fórmula para ser um sucesso de vendas no Switch.


Super Smash Bros. Ultimate


Com certeza, depois de Pokémon Let's Go Pikachu e Let's Go Eevee, o jogo que mais queríamos testar era Super Smash Bros. Ultimate. O famoso jogo da franquia de luta da Nintendo receberá, em breve, sua primeira versão para Nintendo Switch, e espera-se que o jogo receba uma boa recepção e alavanque as vendas do console japonês. Tivemos a oportunidade de testá-lo e aqui falaremos nossas impressões do jogo.


A fórmula do sucesso

Smash Bros sempre foi bastante famoso pela fluidez de seus comandos, personagens carismáticos, combos divertidos e Final Smash visualmente muito legais. E, felizmente, essa fórmula está presente no novo lançamento. Na versão que jogamos, até quatro jogadores poderiam escolher entre diversos personagens à disposição, de diversas franquias famosas da Nintendo. Sobre Pokémon, os destaques eram Pikachu, Mewtwo, Jigglypuff e o "Treinador Pokémon" - além de um Final Smash que observamos em que o lendário Kyogre aparecia. Lucario e Greninja não estavam presentes como personagens jogáveis. Inkling e Ridler eram os dois novos personagens presentes no jogo e havia também dois novos cenários.

O que podemos ressaltar, entretanto, é a enorme satisfação de saber que, na versão final do jogo, poderemos observar, na tela de escolha de personagens, todos aqueles que já apareceram em outros jogos da franquia. Alguns destaques vistos foram: Mario, Luigi, Fox, Donkey Kong, Zelda, Sonic, Pac-Man, Wario, Megaman e Yoshi. 

Dentro da luta


Entrando na luta, a mecânica continua a mesma. Os quatro jogadores entram em um campo de batalha 2D, e precisam utilizar ataques simples e mais complexos, além de combos e Final Smash, para derrotar outros jogadores. Qualquer um dos jogadores que chegar à uma porcentagem definida de dano sai do mapa, perde uma vida, e retorna com 0%. O vencedor é aquele que morrer menos vezes e conquistar a maior porcentagem.

Os gráficos de Super Smash Bros estão perfeitos. Não há qualquer sinal de pixels na tela, e a enorme quantidade de cores no campo de batalha fazem com que esses gráficos pareçam ainda melhores. A jogabilidade, por sua vez, é extremamente fluida, e os comandos são rápidos e precisos. Assim que o jogador aperta um botão, o personagem do jogo rapidamente corresponde ao comando sem nenhum tipo de delay. Nos momentos em que algum jogador usa um Final Smash, a vivacidade das cores novamente se mostra presente, e o jogo confirma seus belos gráficos.

O título, assim como Super Mario Party, tem tudo para ser um absoluto sucesso.

Observações Finais

Ambos os jogos testados se apresentam muito bons, com jogabilidades fluidas e ótimos gráficos. O apelo de jogo em grupo ou familiar, clássicos de franquias da Nintendo, também está presente. Utilizando as mesmas fórmulas e técnicas que já fizeram com que ambos os jogos ficassem famosos, a Nintendo espera que os novos títulos - juntamente de Pokémon Let's Go Eevee e Let's Go Pikachu - aumentem as vendas do Nintendo Switch e confirmem o sucesso do console. 

Super Mario Party foi lançado na última semana, dia 5 de outubro de 2018. Já Super Smash Bros tem lançamento marcado para dia 7 de dezembro de 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad