Os Pokémon que Deixaram a Equipe de Ash ao Longo da Jornada - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

05/04/2022

Os Pokémon que Deixaram a Equipe de Ash ao Longo da Jornada


Ash é o protagonista principal do anime Pokémon. Durantes as temporadas, ele pôde demonstrar para muitos o motivo pelo qual ele conseguiu tamanho destaque. Como treinador, ao lado de seu parceiro principal Pikachu, Ash capturou muitos Pokémon e fez amizades com muitos Pokémon. Ash acredita principalmente no vínculo entre treinador e Pokémon e que isso é capaz de criar laços de confiança ao mesmo tempo que trabalham juntos.

Ao longo de sua longa jornada ao redor do mundo Pokémon, buscando vencer a Liga Pokémon regional e se tornar um Mestre Pokémon, Ash já capturou vários Pokémon. Muitos desses Pokémon ficaram no laboratório do Professor Carvalho ao fim de cada jornada, mas há outros que deixaram a equipe do Ash no meio da aventura. Por isso, muitos fãs se perguntam:

"Por que Ash abandona seus Pokémon?"

Abandonar é uma palavra muito forte e significa desamparar, rejeitar ou desproteger algo ou alguém. O abandono de um Pokémon é algo que já foi retratado no anime várias vezes, incluindo as histórias de Charmander, Tepig e Froakie, que foram Pokémon capturados por Ash após serem abandonados por seus treinadores originais.

Ash nunca abandonou um Pokémon. Todas as vezes em que Ash deixou algum de seus Pokémon ao longo da sua jornada, foi para que o Pokémon pudesse seguir algum objetivo maior e que estava além do que ele poderia fazer por aquele Pokémon no momento. Ou seja, Ash sempre respeitou os desejos de seus amigos e quis o melhor para seus Pokémon. Por isso, no título desta matéria, preferimos dizer os Pokémon que deixaram a equipe de Ash em sua jornada ao invés de relacionar essas despedidas com abandono.

Com isso em mente, relembre a seguir os Pokémon que deixaram a equipe de Ash ao longo de suas jornadas:

Butterfree


Quem não se lembra da sua primeira captura em Pokémon? Pois bem, Butterfree foi o primeiro Pokémon que Ash capturou em sua jornada. A primeira captura de Ash foi um Caterpie, que evoluiu rapidamente para um Metapod e posteriormente para Butterfree. Butterfree se tornou um dos principais e mais populares Pokémon do Ash, isso porque teve toda uma história no início de sua jornada, até ele conhecer Misty, que tinha pavor de Pokémon insetos.

Durante uma visita ao navio de luxo St Anne, Ash trocou seu Butterfree por um Raticate, mas desfez a troca pouco tempo depois arrependido. No episódio 21 - Adeus, Butterfree!, Ash decidiu liberar seu Butterfree para que ele ficasse com outra Butterfree e ambos pudessem ir embora como parceiros. Os fãs consideram um dos episódios mais triste do anime.

Depois disso, Butterfree chegou a aparecer em uma abertura do anime da série em Hoenn, e foi relembrado por Ash em episódios das séries em Sinnoh, Unova e Alola.

Primeape


Ao tentar capturar um Mankey, Ash, sendo atrapalhado pela Equipe Rocket, só conseguiu deixá-lo com raiva, o que acabou fazendo com que o Pokémon evoluísse para Primeape. No fim, Ash conseguiu capturar Primeape, mas o Pokémon era um daqueles exemplos de não obedecer a Ash e apenas demonstrar raiva. A confiança de Primeape para com Ash veio durante um campeonato de Pokémon lutadores e que acarretou na admiração de um dos competidores. No fim do episódio 29 - O Pokémon Lutador! um dos competidores se ofereceu para treinar Primeape e torná-lo um campeão. Assim, Ash deixou o Pokémon e partiu na sua jornada.

Primeape chegou a aparecer em duas aberturas do anime nas séries de Hoenn e Unova, inclusive junto com os demais Pokémon de Ash no laboratório do Professor Carvalho. No entanto, ele nunca foi visto em episódios da série desde a sua despedida.

Pidgeot


Ele era um Pidgeotto quando foi capturado. Depois de tantas batalhas, tornou-se um dos principais Pokémon do Ash em Kanto. No caminho para as Ilhas Laranja, Ash e os outros encontraram um grupo de Pidgey e Pidgeotto sendo atacados por um Fearow e um bando de Spearow. O Pidgeotto do Ash, com instinto protetor, acabou evoluindo para Pidgeot na intenção de proteger seus semelhantes. Vendo aquela situação e como Pidgeot se sentiu ao protegê-los, Ash decidiu deixar seu recém-evoluído Pokémon para cuidar dos outros prometendo voltar para buscá-lo quando voltasse das Ilhas Laranjas. 

Curiosamente, Ash nunca mais retornou para buscar Pidgeot, o que faz com que os fãs se questionem sobre isso até hoje. A verdade é que esta fala emblemática de Ash prometer voltar para buscar Pidgeot não existe na versão original em japonês do anime, sendo uma edição da versão ocidental. Por isso, Ash nunca prometeu a Pidgeot que voltaria, de fato. A única aparição de Pidgeot desde sua despedida foi na abertura da temporada Batalha da Fronteira.

Lapras


Ash, vendo um Lapras sendo atacado pela Equipe Rocket, salvou o Pokémon e fez com que Lapras se deixasse ser capturado por Ash. Como o Lapras era um bebê, apesar do seu tamanho, Ash decidiu ficar com Lapras e ajudá-lo a reencontrar sua família. Ao fim da Liga Laranja, Lapras reencontrou sua família e Ash o liberou, cumprindo assim a sua promessa. Mais tarde, durante a Liga Johto, Ash reencontrou seu antigo Lapras, mas decidiu deixá-lo com seu bando. Lapras foi muito útil servindo de transporte marítimo na falta de um barco pelas Ilhas Laranja, e ajudou Ash a derrotar o Gengar de Drake.

Squirtle


Squirtle foi um dos Pokémon mais bem lembrados do Ash durante a sua jornada nas primeiras temporadas do anime. Squirtle fazia parte de uma gangue de Squirtle que causava problemas numa cidade. Depois de pregar peças em Ash e seus amigos e salvar o grupo do ataque da Equipe Rocket, o líder da gangue decidiu seguir viajem com Ash. O Pokémon chegou a ajudá-lo em várias batalhas em Kanto, Ilhas Laranjas e em Johto, onde reencontrou seu antigo grupo. Squirtle viu que sua antiga gangue, agora parte da força policial, precisava dele. Então, Ash vendo toda aquela situação, deixou seu Pokémon com a Oficial Jenny. Squirtle teve a chance de voltar na Liga Johto e no desafio final da Batalha da Fronteira, onde participou ao lado de Ash de uma importante batalha contra Brandon.

Aipom


Durante o Grande Festival de Kanto, um Aipom apareceu fazendo brincadeiras com Ash e seu grupo. Depois ter seu boné roubado por Aipom, Ash resolveu capturá-lo e, depois de algumas tentativas malsucedidas, Ash conseguiu pegá-lo ao fim da jornada, deixando-o no laboratório do Professor Carvalho. Aipom fugiu do laboratório e se reencontrou com Ash no navio que ia em direção à Sinnoh.

Em Sinnoh Ash conheceu alguns amigos, como Dawn. Dawn possuía um Buizel e, após vários acontecimentos, acabou gerando uma troca. Aipom demonstrava maior interesse em apresentações de concursos, enquanto Buizel parecia gostar mais de batalhas de ginásio. Mesmo assim, Aipom demonstrou grande habilidades nas batalhas que participou, principalmente no ginásio de Eterna, vencendo o poderoso Roserade de Gardenia. Dawn então que passou a ser treinadora de Aipom, que viria a evoluir para Ambipom no episódio 528 - Viagem ao Desconhecido! Mesmo depois da troca, Dawn se despediu de Ambipom no episódio 592 - A Escolha Certa!, quando o Pokémon passou a se interessar por Pingue-Pongue Pokémon e foi convidado para treinar junto com um competidor famoso.

Goodra


Ash capturou um Goomy que rapidamente evoluiu para Sliggoo e que, por sua vez, evoluiu para Goodra logo depois. Goodra tende a ser um dos Pokémon mais famosos de Ash na região de Kalos. Goodra ajudou Ash em diversos momentos e, principalmente, a encarar batalhas duras, uma delas contra Clemont no ginásio de Lumiose. Goodra decidiu deixar a equipe de Ash para proteger seus antigos amigos do pântano. O local onde Goodra cresceu estava sendo atacado por uma Florges, e por isso ele acabou sendo levado do pântano quando ainda era um Goomy. Vendo seus amigos ainda sofrendo, Goodra decidiu lutar contra o Pokémon, mesmo tendo o tipo em desvantagem.

Após uma sequência na terra natal de Goodra, quando Goodra e Florges se uniram para derrotar a Equipe Rocket, os vilões principais, Ash percebeu que a presença do Pokémon ali significaria muito para todos. Por esse motivo, ele decidiu deixar o Pokémon lá para que ele pudesse cuidar dos Pokémon que viviam no pântano. Ash prometeu encontrar Goodra de novo e foi o que ele fez. Goodra ajudou Ash na batalha na Liga de Kalos, onde demonstrou um grande poder. Com o fim da Liga, Ash levou Goodra de volta para o pântano.

Greninja


Greninja foi o Pokémon mais famoso de Ash na região de Kalos. Isso porque o Pokémon podia assumir uma nova forma graças ao seu forte vínculo com Ash. Ash capturou Greninja quando o Pokémon ainda era um Froakie. O pequeno Froakie decidiu ir com Ash e fazer parte de seu time, após ter sido rejeitado por outros treinadores. Froakie evoluiu para Frogadier e batalhou duramente ao lado de seu treinador, deixando claro o laço que ambos tinham. Durante uma demonstração de poder, o inicial de água de Kalos de Ash evoluiu para Greninja e finalmente assumiu sua forma maior, o Ash-Greninja, batalhando até contra a campeã de Kalos, Diantha.

Greninja levou a vitória para Ash em várias batalhas, inclusive durante a Liga de Kalos, onde quase se tornou campeão, sendo derrotado pelo Mega Charizard X de Alain. Kalos passou por uma turbulência enorme depois que a Equipe Flare tentou destruir a região, o que causou muitos danos por lá que seriam vistos ainda a longo prazo. Por esse motivo, o Geleca que andava com Bonnie, na forma de Zygarde 50%, pediu a ajuda de Greninja para destruir as raízes do mal que ainda estavam espalhadas por Kalos. Ash, então, se despede de seu amigo e promete um dia voltar para encontrá-lo. Muitos fãs ficaram tristes, pois o vínculo dos dois era enorme.

Para a alegria dos fãs, Greninja aparecerá em breve na série Jornadas, reencontrando-se com Ash e ajudando no treinamento com Lucario.

Naganadel


Em Alola, Ash teve a chance de ter um Pokémon raro em sua equipe. Tratava-se de um Naganadel, forma evoluída de Poipole, uma das Ultra Criaturas da região. Poipole, assim que encontrou Ash pela primeira vez, demonstrou um sentimento muito grande. O Pokémon demonstrava gostar muito do garoto e sempre deixava isso claro. Poipole, com a ajuda de Ash, evoluiu para Naganadel e, ao lado dele, conseguiu impedir alguns desastres pela região. Naganadel evoluiu após sentir a necessidade de ajudar seu mundo que estava sendo ameaçado pelo Ultra Necrozma. Ele ajudou Ash durante a sua batalha de exibição contra o Professor Nogueira na Liga de Alola, e depois decidiu voltar para seu mundo para ajudar seus amigos de lá que precisavam dele.

Pokémon que Deixaram a equipe e retornaram

Charizard


Antes de se tornar um forte Charizard e um dos Pokémon mais importantes de Ash, o Pokémon carregou consigo uma história triste. No passado, um treinador abandonou um Charmander dizendo que voltaria para pegá-lo, mas isso nunca aconteceu, fazendo com que ele quase morresse. Felizmente, Ash conseguiu resgatá-lo e fez com que ele mostrasse seu poder, até que ele evoluiu para Charmeleon.

Charmeleon era mais um caso daqueles Pokémon que não conseguia obedecer Ash, e isso se prolongou até mesmo quando finalmente ele se tornou um Charizard. Charizard só passou a respeitar Ash, de fato, quando percebeu o carinho que o treinador tinha por ele, em uma situação crítica que ambos viveram após uma batalha nas Ilhas Laranja. Apesar de ter sido o motivo de sua desclassificação na Liga Pokémon de Kanto, após Charizard se recusar a batalhar, tudo que Ash queria era a aprovação de Charizard. 

Após uma série de acontecimentos, mas felizmente tendo uma grande parceria com Charizard, Ash decidiu deixar seu Pokémon no Vale Charicífico para que ele treinasse e se tornasse mais forte. E assim o fez, numa cena emocionante de despedida assim como acontecera com Butterfree. Charizard retornou ao time de Ash em algumas outras ocasiões, mostrando assim o seu carinho pelo treinador. Ele batalhou ao lado de Ash na Liga Johto, derrotando o Blastoise de Gary, e também na Batalha da Fronteira, participando das batalhas contra Noland e Brandon. Na região de Unova, Charizard retorna e fica com Ash de forma fixa em sua equipe. Ele apareceu em um flashback em Alola e teve seu retorno na série Jornadas, mostrando assim a sua importância na vida de Ash.

Gliscor


Em Sinnoh, Ash capturou um Gligar medroso com problemas para voar. Quando Ash recebeu uma Presa Afiada, Gligar quis evoluir imediatamente, mas Ash não deixou. Ele só deixaria se o Pokémon superasse seus medos primeiro e, quando finalmente o Pokémon enfrentou seus medos e decidiu salvar seu treinador, Gligar recebeu a Presa Afiada e evoluiu para Gliscor. Ao lado de Ash, Gliscor travou várias batalhas, principalmente contra um dos maiores rivais de Ash, o Paul. Apesar de ter essa vivência com Ash, Gliscor mostrou desejo de treinar seu voo, até pra ajudar mais ainda nas batalhas e ficar mais forte, e por isso Ash deixou Gliscor para treinar com um especialista. Gliscor retornou para batalhar ao lado de Ash na Liga de Sinnoh. Depois da Liga Sinnoh, não foi mostrado se Gliscor tinha ficado com Ash ao voltar para Pallet. No entanto, ao final da jornada em Unova, Ash tirou uma foto com todos os seus Pokémon no laboratório do Professor Carvalho e, para a surpresa de muitos, Gliscor estava junto com os demais Pokémon.

Casos Especiais

Raticate


Como dito antes, Ash trocou seu Butterfree por um Raticate de um senhor que conheceu no St Anne. Arrependido da troca, Ash procurou o senhor para devolver o Pokémon e ter seu Butterfree de volta. Raticate foi o Pokémon a ficar menos tempo na equipe do treinador de Pallet.

Haunter


Haunter não foi exatamente uma captura. O fantasma decidiu seguir Ash e companhia depois de conhecê-lo na cidade de Lavender, sem ser capturado, e ajudá-lo no ginásio de Saffron. Mesmo sumindo antes da batalha, foi graças a Haunter que Ash "derrotou" o Kadabra da misteriosa Sabrina e conseguiu sua insígnia. Haunter decidiu ficar com Sabrina e nunca mais se ouviu falar dele.

Beedrill


Esquecido pela maioria, Beedrill não chegou a fazer parte propriamente dito da equipe de Ash. Durante uma competição de caçada a Pokémon do Tipo Inseto em Johto, Ash pegou um Beedrill. Uma das regras do torneio era que os treinadores poderiam ficar com o Pokémon capturado. No entanto, ao final do episódio, Ash deu Beedrill para sua amiga e rival Casey pelo fato de ela amar Pokémon amarelos e listrados.

Matéria revisada e atualizada por: Leandro Lemos.

Post Top Ad