Pokémon, Emuladores e Roms - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

14/01/2014

Pokémon, Emuladores e Roms

Se você leu o título dessa matéria e logo pensou se tratar de um post com link de emuladores e Roms de Pokémon para baixar no computador, se enganou. Até porque, como vocês devem se lembrar, a PBN não disponibiliza mais as Roms de Pokémon para download. Se clicaram no link, devem ter tido uma ideia de sobre o que é essa matéria, a polêmica pirataria. Pirataria defendida e apoiada por uns e abominada por outros. Mas o que isso tem a ver com Pokémon? Tudo.

Antes de tudo, se você apoia a pirataria ou não, eu não estou falando mal de você nem te criticando. Não se sinta ofendido(a) pelo que está escrito aqui.

Um mundo sem Pokémon

Pokémon foi criado como jogo em 1996 com suas versões Red e Green. Os jogos venderam milhões de cópias, renderam outros jogos, um anime, vários mangás, etc. Mas o que aconteceria se os jogos de Pokémon não tivessem vendido tão bem? A resposta é óbvia.: não teríamos anime, mangás, nem novos jogos depois de Red e Green. Mas por quê? Porque Pokémon, assim como qualquer produto do mundo, é uma franquia que foi criada visando um certo lucro, e se esse lucro não fosse alcançado, Pokémon seria descontinuado. Não entendeu?

Lição rápida de economia: Digamos que você crie um jogo qualquer, ele teve um certo custo para ser produzido. Ao ser vendido é cobrado um preço que cobra seu custo e ainda traga um pequeno (ou grande, em certos casos) lucro. Se esse jogo desse um excelente lucro, você se arriscaria a lançar uma sequência? Óbvio. Mas e as vendas não fossem suficiente para render lucro mesmo sendo um bom jogo, ainda sim arriscaria sequência? Provavelmente não. E a franquia teria acabado nos 151.

Baixar, baixar e emular

Provavelmente você sabe o que é um emulador e o que é uma Rom, certo? Emulador é um software capaz de agir como alguma máquina e operar como ela. Rom é um arquivo de computador com todos os dados de um determinado jogo. Existem emuladores para vários tipos de consoles de videogame e Roms para vários jogos disponíveis para esses consoles. Os emuladores são feitos por uma equipe de programadores, que fazer esse programas para serem usados como consoles. O processo pode levar meses/anos para ser concluído e logo depois ele vai para a Internet para ser baixado por outras pessoas. As Roms são extraídas de um cartucho do jogo original. O processo é rápido e normalmente já se tem a Rom pronta no dia do lançamento do jogo (ou até antes, como foi com Pokémon Black2 e White2). Usando um emulador e uma Rom compatível com ele, é possível rodar o jogo no computador como se fosse original.

O emulador de Nintendo DS mais famoso de todos

O problema da emulação

"Ah, como é bom baixar emuladores e Rom e poder jogar de graça sem precisar gastar nada pra isso!" Esse tem sido o pensamento de muitas pessoas, inclusive leitores daqui.

"Japoneses malditos que recebem os jogos antes do lançamento
e não liberam as Roms logo"
Entretanto quanto mais pessoas baixam um jogo para rodar no emulador, menos pessoas vão comprar o original para jogar. E o que acontece quando um jogo não vende?

Mas o que isso tem a ver com a pirataria?


O ato de colocar coisas na internet para serem baixados por outas pessoas é chamado de Compartilhamento de Arquivos. Você pode não saber, mas o compartilhamento de arquivos feito sem a autorização do criador/proprietário é pirataria.



Pirataria: Preto no branco ou cinza



Como eu disse lá em cima, há aqueles que defendem a prática da pirataria e há aqueles que o criticam. Sempre que uma discussão sobre esse assunto começa, aparecem pessoas argumentando seu lado. Acompanhem essa matéria daqui da PBN e vejam no que dá. Essa postagem fala sobre um suposto flashcard que roda Roms de 3DS no aparelho. Quem é a favor do uso de emuladores tem seu argumento "O preço do jogo é muito alto". Quem é contra tem seu argumento "Se não tem dinheiro pra comprar economize ou arrume um emprego". E esses argumentos já encheram, de tão comuns que são.

Na época de lançamento de Pokémon Black2 e White2, haviam muitas pessoas esperando as Roms, mas parece que não havia tantas assim esperando o jogo original. Tanto é que esses foram os jogos menos vendidos da série principal de Pokémon. É uma pena que um jogo tão bom não tenha vendido tanto, porque muitos resolveram jogar no emulador.
Vamos ver uma outra realidade. Uma pessoa que não tem como comprar jogos e consoles originais descobriu que pode jogar os jogos de Pokémon no computador e começou a baixá-los. Nesse caso o uso da pirataria foi bom para a divulgação dos jogos. Para fazer com que eles cheguem a mais pessoas e as faça se interessar pela franquia. Por outro lado, essa pessoa vai contar para outras que conseguiu jogar no computador e outras vão imitar. Muitos vão baixar os jogos e não vão comprar os originais. Nesse caso o uso da pirataria foi ruim e pode atrapalhar as vendas do jogo. É basicamente assim que funciona.


Consequências nos jogos de Pokémon



Assistindo um dos meus DVD's de X-Men, eu me deparei com uma propaganda que dizia "Quem compra filme pirata perde". Então comecei a pensar o que as pessoas perdem quando baixam um jogo de Pokémon.

1º - Perde Pokémon especiais. Sabemos que os jogos de Pokémon recebem eventos especias que distribuem Pokémon especias. Uma pessoa que jogo no emulador não tem acesso a esses eventos e acaba perdendo de receber um Pokémon especias que poderia ser um dos lendários da geração.
2º - Perde acessórios. Admita, você ficou de boca aberta quando anunciaram Pokémon HeartGold e SoulSilver e viu o Pokéwalker, não foi? A possibilidade de andar por aí com um Pokémon dentro de uma Pokébola foi algo que fez dos remakes jogos únicos.
3 º - Perde de fazer novos amigos. Não há como se conectar a outros jogadores de Pokémon através de emulador. Não se faz batalhas, trocas, e não se conhece outras pessoas.
4º - Perde de ter a Pokédex completa. O Slogan de da franquia é "Temos que pegar todos", e o único jeito de fazer isso é trocando Pokémon com outra pessoa. Entretanto, é impossível fazer isso se estiver jogando num emulador, principalmente depois da geração Rubi e Safira.


Esperando jogar Pokémon X e Y no computador


Quando a sexta geração de Pokémon foi anunciada, muitos dos comentários foram algo como "Vai ter pra baixar?", "Vai ter emulador?", "Eu vou poder jogar no computador?", "Quando sai pra download?". Bom, já se passaram três meses desde o lançamento de Pokémon X e Y e até agora não tivemos um emulador de Nintendo 3DS. Com a chegada do Nintendo 2DS, as pessoas pensaram na possibilidade de haver um emulador para ele. Mas...

"Nós não vamos fazer um emulador de 3DS/2DS"

... o único meio de se jogar Pokémon X e Y ainda é comprando o jogo original e o Nintendo 3DS ou o 2DS. Desconfie de emuladores de Nintendo 3DS, pode ser um arquivo qualquer infectado vírus e não vai ser com Pokérus. Se você ainda está esperando o emulador, pode esperar um pouco mais.

Pra encerrar deixo minha opinião sobre o assunto. Entendo que muitos querem jogar os jogos de Pokémon mas nem todos tem condição de comprar um console e o jogo, principalmente no Brasil. Acho errado quem fazer uso de emuladores quando se tem condição de ter os originais e não considero pessoas assim como fãs de Pokémon pois estão prejudicando a franquia. Quero que vocês leitores falem o que pensam, se são contra ou a favor, etc.

Post Top Ad