Pokémon Filme 03 - O Feitiço dos Unown - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

25/06/2011

Pokémon Filme 03 - O Feitiço dos Unown


Nome japonês: 劇場版ポケットモンスター 結晶塔の帝王 ENTEI (Pocket Monsters the Movie - Emperor of the Crystal Tower: Entei)
Nome americano: Pokémon 3: The Movie - Spell of the Unown: Entei
Nome brasileiro: Pokémon 3 - O Feitiço dos Unown

Data de lançamento original:

  • 08 de julho de 2000 (Japão)
  • 06 de abril de 2001 (Estados Unidos)
  • 06 de julho de 2001 (Brasil)

História


O texto abaixo contém spoilers do filme.

O filme começa com pai e filha lendo a respeito de lendas da região de Johto, e o homem comenta com sua filha a respeito das ilustrações que ele vem estudando há um bom tempo os Unown. Quando Molly passa a página, Spencer comenta que Entei é um tanto assustador, mas sabe que é o Pokémon preferido de sua filha. A garota diz que Entei é grande e forte, mas é legal, como o seu pai. Ele ri e brinca com ela, fingindo ser o Pokémon, a carregando pelo quarto e rugindo como o cão lendário.


A diversão termina quando Spencer recebe um e-mail, e Molly até reclama disso. O assistente de Spencer informa que uma nova câmara foi descoberta nas ruínas e com ela pistas sobre os Unown. Spencer se despede da filha, partindo para pesquisar o novo local. Ele vai até as ruínas em um deserto, registrando as inscrições na parede com seu laptop. Seu pesquisador assistente também tira fotos, enquanto Spencer pega uma peça caída no chão. Ele logo nota um baú ali perto, cheio de peças similares, todas com uma ilustração de Unown. É aí que os Unown aparecem, levando Spencer para outra dimensão. O outro pesquisador só se dá pela ausência do professor ao notar a queda do computador e dos blocos, até chama por ele, mas não há resposta.


Ao ouvir um barulho em sua casa, Molly desce rapidamente as escadas, ansiosa para reencontrar seu pai, porém para sua tristeza, ela só vê o assistente. Ele comenta com o mordomo sobre o ocorrido, que reage horrorizado, ao saber que Molly estará só agora. Já a garotinha fica sozinha ali na sala, junto com o laptop e o baú que forma trazidos pelo pesquisador. 

Ela mexe no computador, sem conseguir entender como o pai desapareceu, e também revira o baú, retirando os blocos ilustrados com os Unown. Ele reconhece o Pokémon e começa a mexer com as peças, arrumando para poder escrever o que tanto deseja: "Mamãe, Papai, Eu". Uma lágrima cai sobre as peças, e os Unowns são atraídos até o local, revestindo todas as superfícies da casa com cristal. Os criados da mansão notam o ocorrido, saindo em pânico, o pesquisador e o mordomo até tentam arrombar a porta da sala, mas ela é rapidamente bloqueada por cristal, deixando Molly isolada com os Pokémon.


Molly pega o livro que lia com o pai, se lembrando da história que ele comentara, murmurando para que ele volte. Os Unown reagem, expandindo o cristal até revestir completamente a mansão, e criam uma imagem que se materializa na figura de Entei. Molly acredita que ele é o seu pai, apesar de estar parecido com o Entei daquele livro. O lendário diz que ele é apenas quem ela deseja, sem se importar com a garotinha agarrada a ele.


Fora do foco principal até então, Ash e seus amigos estão tentando chegar no ginásio mais próximo. Sem querer, nossos heróis tropeçam em uma guia, uma jovem com um Aipom. Brock vai até ela e a  pede em namoro, mas ela rejeita a proposta. Ao saber que Ash é um treinador Pokémon, ela informa que ela também é uma, e desafia o garoto de Pallet para uma batalha, no parquinho ali perto.

Ash escolhe Totodile, enquanto ela manda Granbull. O Pokémon de Ash consegue se esquivar dos ataques do Granbull e vence a partida com um ataque d'água. A garota, Lisa, escolhe um Girafarig, e Ash opta por usar Chikorita. O Pokémon de planta consegue ter uma vatangem inicial ao derrubar o adversário com suas vinhas e ainda revidar com Folha Navalha (Razor Leaf), mas o Girafarig usa seus ataques psíquicos e derrota Chikorita. Ash manda então seu Noctowl, enquanto a garota decide usar seu Aipom. Apesar do Aipom contar com sua agilidade e se abrigar nas traves de madeira do escorregador, o Noctowl de Ash consegue atingi-lo e levá-lo a nocaute. 
 

Lisa substitui o Pokémon derrotado por um Butterfree, e Ash manda Bulbasaur. O Pokémon borboleta se protege das vinhas do Bulbasaur e revida com Pó do Sono (Sleep Powder), finalizando com  Ventania (Gust) e garantindo a vitória à Lisa. Ash envia Cyndaquil pra lutar contra o Mankey da garota, vencendo-o rapidamente com Lança-Chamas (Flamethrower). O último Pokémon de Lisa é um Quagsire, cujo tipo o torna imune ao ataque elétrico de Pikachu. O Pokémon aquático revida com Jato d'Água (Water Gun), mandando Pikachu para longe, mas ele se apoia no balanço e usa o movimento para investir de cabeça contra o Quagsire. O impacto deixa o adversário desorientando, e Pikachu sai vencedor.

Após a partida, Ash, Misty, Brock, Lisa, e todos seus Pokémons almoçam ao ar livre. Brock pergunta se existe um Centro Pokémon por perto, e Lisa diz que existe um depois das montanhas, na cidade de Greenfield. As meninas comentam de como o lugar é lindo, Misty inclusive diz que sempre quis ir lá, desde criança, enquanto Brock quer ir por conta das garotas de lá. Mas todos se surpreendem com a vista da cidade após subirem a colina, por conta dos cristais que tomam conta do horizonte, se erguendo onde costumava ficar uma bela mansão. Até Jessie e James, que seguiam os "pirralhos", estranham a vista. A polícia já se desloca para área, assim como uma equipe de reportagem, que logo transmite o ocorrido. 

  

A mãe de Ash vê as notícias pela TV, se preocupando com Spencer e sua filha, já que ela foi grande amiga dele, junto com o Professor Carvalho. O Professor Carvalho e Tracey também veem o noticiário, sendo que o professor comenta que Spencer lhe mandou um pouco de sua última pesquisa sobre os Unown. Delia chega ao laboratório, e os três decidem ir até Greenfield para verificar o ocorrido. 



Ash se surpreende com a chegada do Professor Carvalho e de sua mãe à cidade. Delia dá um abraço bem apertado no filho, já que não se viam há muito tempo. Ao ver a cena registrada pela TV, Molly comenta que também gostaria de ter sua mãe. Entei sai da torre, buscando cumprir o desejo de Molly. O lendário percorre todo o caminho até o Centro Pokémon onde Ash e os outros estão, e vai até a mãe de Ash.


Entei hipnotiza Delia, fazendo-a pensar que ela é a mãe de Molly. Pikachu agarra a cauda de Entei, mas não consegue impedi-lo, Ash e os demais tentam correr atrás dela, mas não conseguem salvá-la. Entei sobe novamente até a torre de cristal, levando Delia, e Molly pensa que a mãe de Ash é sua mãe. Molly expressa o desejo de ficar junto com seu "pai" e sua "mãe" para sempre, e o fenômeno da cristalização se expande.


No Centro Pokémon de Greenfield, o Professor Carvalho repassa aos demais informações sobre Entei, e presume que a aparição dele está vinculada aos Unown que foram vistos na mansão. No Vale Charicífico, Liza e Charla veem o noticiário na sala, e o Charizard de Ash observa tudo pela janela. Ao ver seu treinador na TV, correndo para salvar Delia, o Pokémon de fogo decide partir para ajudá-lo. Já em Greenfield, uma escavadeira tenta destruir o cristal que está cercando toda a área da mansão, e Molly pensa que alguém está tentando tirá-la de seus "pais". Os Unown reagem criando mais cristais e destruindo o trator. Molly manda um e-mail para o Professor Carvalho pedindo para que deixem sua família em paz.


Ash parte para salvar sua mãe sozinho, mas Misty e Brock decidem acompanhá-lo. Lisa entrega seu PokéPager (Poké Gear) para que Ash mantenha contato com o Centro Pokémon. Como a água não foi afetada pela cristalização, Ash e seus amigos decidem seguir pelo rio até chegar à mansão. Jessie e James os observam do alto do seu balão, e decidem roubar os Pokémon dos pirralhos. Mas Entei nota o balão, do alto da torre de cristal, e ataca com uma esfera púrpura de grande potência, destruindo o balão. Jessie, James e Meowth caem, e o impacto do balão com a parede cristalina abre um buraco, fazendo com que o trio da Equipe Rocket entre dentro da mansão.


Ao chegar no final do rio, próximo a uma estrutura jorrando água, Ash manda seu Noctowl carregar Chikorita e Bulbasaur, para que os Pokémon ajudem seus treinadores a subir com o chicote de vinha. Os repórteres registram a tentativa de invadir o local, transmitindo tudo ao vivo. Quando Delia vê seu filho se arriscando para salvá-la, ela sai do transe, mas tenta disfarçar, especialmente depois de notar que Molly se refere a Entei como sendo seu pai.


Ash e os outros chegam ao pátio da mansão, e o Poké Pager toca, com o Professor Carvalho repassando mais dados sobre os Unown, informando que eles podem ler os pensamentos de outros seres vivos e realizar seus desejos. Ash usa o Lança-Chamas (Flamethrower) de seu Cyndaquil para abrir caminho, mas ao notar que as paredes se recristalizam, usa novamente o mesmo movimento junto ao Vulpix de Brock, com Totodile e Staryu atuando logo em seguida com o Jato de Água (Water Gun) para manter a passagem aberta. Pikachu entra na corrente de água, seguido por Misty e Brock, com Ash indo por último junto com os Pokémon aquático, por pouco não ficando preso na barreira recristalizada.


Eles seguem pela mansão até o primeiro lance de escadas, e a realidade se altera, mudando a passagem. Misty comenta que isso deve ser por causa dos Unown. O trio continua subindo as estranhas escadas, até chegar a uma área florida. Molly observa Ash e companhia invadir sua casa, mas quando Entei pergunta se ela quer se livrar deles, Molly discorda, dizendo que gostaria de ter uma batalha Pokémon. Ela tem dúvida se conseguria ou não entrar numa batalha (já que não tem nenhum Pokémon), mas Entei diz para não se preocupar, e ele sai junto com ela. Quando Molly comenta que não tem idade suficiente, Entei diz que ela deve acreditar que tem, e subitamente ela se transforma numa versão mais velha.


Entei leva Molly até o campo onde Ash e seus amigos estão, e a jovem os desafia para uma batalha. Brock pergunta se ela é Molly, e ela diz que sim. Ash e Misty olham atordoados, mas Brock lembra que qualquer coisa pode acontecer aqui. Brock decide ter uma batalha Pokémon com ela, enquanto os outros vão em frente. O Entei salta para longe, criando um campo no espaço ultrapassado, e Molly sai de suas costas. Brock define o combate em três contra três, mandando primeiro seu Zubat. Molly conjura uma Pokébola de cristal e envia um Flaaffy para batalhar.


Zubat consegue usar o Supersônico (Supersonic) para confundir Flaaffy, mas Molly revida com Cabeçada (Headbutt) e Choque do Trovão (Thunder Shock), nocauteando Zubat. Brock manda então Vulpix, e Molly envia Teddiursa. Brock comenta que uma treinadora linda usa Pokémon lindos, mas Molly responde que Teddiursa é muito mais que isso, atacando com Soco Dinâmico (Dynamic Punch). Apesar do golpe ter mandado Vulpix para o outro lado da arena, a raposa de fogo se recupera e contra-ataca com Ataque Rápido (Quick Attack), enquanto Molly revida com Pancada Furiosa (Fury Swipes). No fundo, Jessie, James e Meowth seguem pelas escadas, e o Vulpix de Brock é derrotado. O treinador comenta que os Pokémon criados pelo desejo de Molly são mais fortes do que os normais, mas ao ver Molly se divertindo com a batalha, diz que é a primeira vitória do dia. Contra o Onix de Brock, Molly escolhe um Phanpy, que o manda para longe atacando com Rolo Compressor (Rollout). Molly comenta que seu Pokémon, apesar de ser pequeno, derrotou o Onix gigante do Brock.


Enquanto Ash e Misty continuam a subir as escadas, a mãe de Ash encontra o livro que o pai de Molly lia para ela. Quando Ash e Misty saem pela passagem ao final da escada, chegam a um campo florido, com uma praia ao lado. Com a idade de 18 anos, Molly aparece ali, juntamente a Entei. Ela diz que quer um desafio melhor, e Misty a desafia para uma batalha. Ela diz que ela é uma líder de ginásio e Molly fica surpresa, porque ela achava que tinha que ser velho para ser um líder de ginásio. Misty diz que não tem nada haver com idade, e sim habilidade. Após isso, uma Molly mais nova surge.


Como Misty diz que ela usa só Pokémon de água, então Molly diz que ela vai usar Pokémon do mesmo tipo. A garota levanta as mãos no ar e um oceano aparece, mas a água não afeta nenhum dos presentes, e Misty comenta que Molly pode fazer o que quiser ali. Ash continua a subir pelas escadas, enquanto Molly escolhe um Kingdra para a batalha. Misty usa seu Goldeen. Após se cercar de fumaça, Molly manda seu Kingdra usar o Ataque de Cabeça (Headbutt). O Goldeen de Misty tenta revidar com Ataque Furioso (Fury Attack), mas logo é derrotado. Jessie, James e Meowth nadam ao fundo, procurando subir, e se questionam como é que conseguem respirar debaixo d'água sem nenhum problema.


A batalha entre as treinadoras continua, Misty usa Staryu, e Molly escolhe um Mantine. Mantine ataca rapidamente com Redemoinho (Whirlpool) e Feixe de Bolhas (Bubblebeam), mas Misty reage ao mandar Staryu executar Giro Rápido (Rapid Spin) para fugir do redemoinho. Ela provoca Molly, perguntando se ela consegue fazer melhor, e as duas continuam a batalha. Molly comenta com seu "pai" o quanto está feliz por poder ter uma batalha tão emocionante, e Entei responde que está feliz por ela assim o estar.

Ash chega até o último conjunto de escadas, e vai até sua mãe, que está com Molly, dormindo em seu colo. Delia diz que estava preocupada com a atitude descuidada do filho, e Ash responde que isso veio dela. Ash pergunta pelos Unown, e Delia diz que só Entei esteve por lá. Ash explica que os Unown alteraram o lugar e criaram o Entei por conta da imaginação de Molly. Delia acorda Molly, e diz a ela que Ash é o seu filho, não Molly. A garota não quer que sua mãe vá embora de novo, e começa a chorar. Os cristais começam a explodir tudo ao seu redor. Molly vê Delia indo na direção de Ash e fica arrasada. Entei surge ao lado da garota, e os cristais separam Ash de sua mãe. Ash protesta, mas Entei diz que Delia não é a mãe do garoto, e sim de Molly.


Ash usa Totodile para lutar contra Entei, dizendo que não vai perder para uma ilusão, e Totodile ataca usando o Jato de Água (Water Gun). Entei revida com um lança-chamas púrpura, o qual nocauteia Totodile. Ash chama Cyndaquil em seguida, mas o Lança-Chamas do Pokémon não é páreo para o do lendário.  Ash diz que Entei é só uma ilusão, que não é o pai de Molly, fazendo com que a garota comece a chorar. Os Unown reagem ao sentimento, com cristais brotando por todos os lados. 


Entei ruge e diz que não é uma ilusão, e sim o pai de Molly, e que irá protegê-la. Entei tenta atacar Ash, e Pikachu revida com Choque do Trovão, distraindo a fera. Delia consegue se aproximar de Molly e diz que a garota é a única que pode parar o confronto, mas Molly está assustada e confusa, e não responde. Pikachu tenta se esquivar dos ataques de Entei, e o trio da equipe Rocket chega ao último andar, mas logo se arrependem de estar ali.


Entei dispara uma rajada de chama púrpura contra Pikachu já enfraquecido, Ash corre para salvar seu Pokémon, e Delia protege Molly do pior do ataque. A explosão cria um buraco na torre, com Ash e Pikachu caindo por ele, mas Charizard surge e consegue salvar os dois da queda. Ash, Pikachu e Charizard voltam a torre para desafiar Entei. Charizard se lança numa investida contra Entei, e o impacto quase arremessa Ash para fora, mas Misty, Brock e a Equipe Rocket conseguem segurá-lo a tempo. Apesar do abalo ter deixado-o estendido no chão, o Charizard de Ash se levanta e volta à luta.

 
Os demais tentam convecer Molly a sair daquela realidade, mas ela discorda, tal como o Entei se recusa a abandonar seu papel. A fera ataca Ash e seu Charizard, que tentam revidar com Lança-Chamas. Entei acaba saindo da torre, e os dois perseguem o Pokémon, que consegue voltar à torre graças a preocupação de Molly, que cria uma passagem até o topo. Ash tenta argumentar com Entei, mas sem sucesso, e o lendário continua atacando. Tentando desviar dos cristais que não param de brotar, e dos ataques de Entei, o Charizard de Ash acaba por cair para dentro da torre. Entei aproveita e esmaga o pescoço de Charizard, pronto para acabar com o adversário. 


Molly implora ao seu ''pai'' para não acabar com o Pokémon de Ash. Vendo que a garota ainda está assustada com o confronto, Brock a elogia, dizendo que uma grande treinadora sabe quando é hora de parar. Misty e Ash também tentam convencê-la a ir com eles, e não ordenar para que ela faça isso. Molly se convence e a barreira de cristal começa a recuar. Entei se afasta, reconhecendo que não há a necessidade dele existir se Molly não precisa dele, que ele quer que Molly seja feliz, mesmo se for lá fora, no mundo real. 


Porém, novos cristais surgem, separando os demais. Entei destrói os cristais, abrindo caminho para a fuga. Enquanto todos tentam fugir ao correr escadaria abaixo, Ash liga para o Professor Carvalho, que diz que os Unown não conseguem mais controlar seu poder, e a cristalização também atinge o Centro Pokémon.


Ao chegar ao saguão de entrada, Ash e os demais encontram os Unown bloqueando a saída. Ash tenta seguir em frente mesmo assim, mas é arremessado por uma barreira. Charizard tenta o mesmo, sem sucesso, e a barreira se recompõe após ser atingida por ataques. Os Unown começam a ficar loucos, criando mais cristais para impedir o grupo de sair.


Entei ruge, abrindo caminho com seus ataques, se posicionando à frente do grupo de Ash. Entei diz que a última coisa que pode fazer por Molly é tirá-la dali, e que se ela acreditar nele, não há nada que ele não possa fazer. Entei tenta atacar a barreira e é repelido num primeiro momento, e Pikachu e Charizard se unem ao lendário para romper a barreira. Entei consegue atacar diretamente os Unown. Os Unown começam a ir embora, mas com eles, também irá Entei. O lendário se despede de Molly, dizendo que estará perto dela, em seus sonhos. 


Alguns dos Unown, enfraquecidos, se transformam em blocos que Molly achou no baú, e depois desaparecem. Os demais voltam para sua dimensão, e revertem o processo de cristalização. Ao voltarem para as ruínas do deserto, os Unown liberam o pai de Molly.


Os belos campos de Greenfield se tornam visíveis novamente, e todos saem da mansão. Molly vê uma nuvem que se parece com Entei e sorri. Professor Carvalho e demais que estavam no Centro Pokémon vão de carro até a mansão, junto com muitas viaturas. Diante desse fato, Jessie, James e Meowth preferem não sair do prédio. Spencer volta a Greenfield e reencontra Molly.


Durante os créditos, Charizard se despede de Ash e seus amigos, retornando ao Vale Charicífico. Ash, Misty e Brock se despedem de Lisa e continuam sua jornada em Johto. O Professor Carvalho, Tracey e Delia retornam a Pallet, e Molly brinca com um Teddiursa, e seu pai volta com uma mulher misteriosa, que ela abraça.


Curiosidades


  • Esse foi o último filme exibido nos cinemas com o roteiro escrito por Takeshi Shudō.
  • O primeiro esboço para esse filme tinha um enredo totalmente diferente, envolvendo a descoberta de um fóssil de dinossauro que voltaria à vida e que iria trazer destruição a Kanto. O rascunho foi rejeitado pelos produtores por se tratar de uma trama muito arriscada para um filme de Pokémon.
  • Um trailer japonês conta com a breve aparição de Mewtwo na entrada de uma caverna, observando uma tempestade. Isso pode ser um indicativo de que Mewtwo iria aparecer em algum ponto no filme.
  • Esse é o único filme que não inclui um Pokémon com distribuição exclusiva por evento ou um Pokémon novo na trama.
  • Se considerarmos que os Unown não são Pokémon lendários (como ocorre nos jogos), esse é o único filme que não inclui um Pokémon lendário real na trama, já que o Entei que aparece no filme é uma ilusão criada pelos Unown.
  • Alguns dos esboços de Unown que aparecem no computador do Professor Carvalho não apareceram em nenhuma outra mídia da franquia. É provável que eles não existam no mundo Pokémon, e sim somente na dimensão dos Unown.
  • A barra de tarefas do computador do Professor Carvalho possui os símbolos das Energias do TCG.
  • Esse filme e o respectivo curta constituíram a primeira aparição do Totodile e do Noctowl do Ash para o público americano, já que os episódios em que ocorrem as respectivas capturas (EP151: The Totodile Duel e EP154: Fowl Play!) foram ao ar após o lançamento do filme (respectivamente, em 5 de maio de 2001 e 28 de abril de 2001).
  • A identidade da mulher que acompanha Spencer Hale no final do filme não é revelada, mas segundo o roteiro essa mulher é a mãe de Molly. Isso causou uma discordância entre os roteiristas e motivou a saída de Takeshi Shudo no que tange ao anime e aos filmes de Pokémon, pois segundo ele, não havia a necessidade de sequestrar a mãe de outra pessoa se a mãe de Molly estivesse viva e ali por perto.
  • O primeiro trailer desse filme, presente no VHS americano do segundo filme, se refere ao longa-metragem como "Lord of the Unknown Tower", o que se corresponde a uma tradução do título japonês.
  • No original japonês, esse é o último filme em que Jessie e James terminam dizendo a frase "いい かんじ!" (literalmente, "sensação boa"), ao invés da habitual "や な かんじ!"(o que corresponderia ao "decolando de novo"). Na versão brasileira eles mantém o "decolando de novo".

Erros


  • Na versão brasileira, Misty afirma que é a líder do ginásio de Vermilion, ao invés de Cerulean.
  • O relatório do Professor Hale contém diversos erros de gramática e ortografia, por ser uma tradução grosseira do japonês. 
  • Em uma cena do filme, quando o Professor Carvalho fala com Ash através do PokéGear, suas sobrancelhas são cinza, sendo que elas são pretas.
  • Quando Entei, Pikachu e Charizard tentam quebrar a barreira, o interior da boca do Brock fica da mesma cor de sua pele.

Edições


  • No original japonês, a noiva de Spencer o deixou por causa da sua obsessão em descobrir os segredos do Unown. Já na versão americana foi dito que ela desapareceu misteriosamente enquanto ele estudava os Unown. Os diálogos em que os repórteres e Delia comentam que a mãe de Molly está desaparecida há dois anos foram adicionados à versão ocidental devido a essa diferença.
  • A dublagem adiciona uma voz quando Entei se apresenta a Molly pela primeira vez, enquanto que no original não há essa adição. De forma similar, a versão ocidental adiciona um filtro a voz de Entei para indicar que ele se comunica por telepatia, enquanto no original japonês não há essa distorção.
  • Quando Delia expõe sua ligação com Spencer, no original ela diz que ele a ajudava com seu dever de casa, enquanto na versão ocidental ela menciona que Spencer veio para Pallet para se tornar um grande professor Pokémon.
  • Na versão japonesa, na cena em que Liza e Charla assistem o noticiário, a repórter identifica Entei nominalmente, enquanto se refere a Delia como uma mulher desconhecida. No Ocidente isso se inverteu. De forma similar, no original a Equipe Rocket identifica o lendário quando ele aparece na TV, e na tradução isso não ocorre.
  • Na versão japonesa a equipe Rocket vai para a mansão dos Hale para conseguir algum tesouro, no Ocidente eles vão para a mansão por conta de Ash e seus amigos estarem indo para lá, e com isso deduzem que lá havia um Pokémon raro a ser roubado.
  • Na versão japonesa, ao batalhar contra Molly, Brock menciona que é um criador Pokémon e o quanto é importante a forma com que o Pokémon é treinado. Na versão americana ele faz vários trocadilhos em relação ao tipo que é especialista, e Molly sorri com a expressão "rock and roll", o que justificaria a escolha por Phanpy na batalha contra Onix. Na versão brasileira ele comenta que se quiser ganhar terá que "tirar leite de pedra".
  • Na versão oriental Ash diz a Charizard para usar a Espiral de Fogo (Fire Spin) contra Entei, mas no Ocidente o ataque não é especificado.
  • Quando Entei decide lutar contra os Unown, Molly chama Entei pelo nome e não mais como seu pai, na versão ocidental. Na versão original ela ainda o chama de pai mesmo depois da batalha.
  • O diálogo que Entei tem com Molly antes de lutar contra os Unown, em que o lendário diz para que ela continue acreditando nele, foi adicionado na versão ocidental.
  • No Ocidente e no Oriente, os finais do filme foram diferentes. No Oriente, a cena de Spencer voltando do Mundo Unown foi exibida durante os créditos, mas no Ocidente, a cena foi exibida antes dos créditos, pois algumas pessoas têm o costume de ir embora do cinema nos créditos do filme, e colocando a cena antes dos créditos, ninguém iria pensar que o filme terminou com Molly órfã.

Texto originalmente elaborado por Lucasmon.
Texto atualizado e revisado por NANABS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad