A Liga Pokémon de Kanto - Conferência do Planalto Índigo - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

27/12/2021

A Liga Pokémon de Kanto - Conferência do Planalto Índigo

Liga Pokémon Kanto

Você lembra da primeira competição de Ash? Conheça tudo sobre a Liga Pokémon de Kanto a seguir.

Conferência do Planalto Índigo

A Conferência do Planalto Índigo é popularmente conhecida como Liga Índigo, mas também pode-se referir a ela como Liga Pokémon de Kanto. É uma competição presente no anime que ocorre anualmente. Durante a participação de Ash, a competição se decorreu durante sete episódios da primeira temporada.

Eventos

Durante a competição, os treinadores ficam alojados na Vila da Liga Pokémon. Além do alojamento, os treinadores também recebem alimentação gratuita. O local também possui uma sala de cinema e oferece várias atividades, sobretudo desfiles. Tudo isso para o entretenimento dos treinadores que não estão em batalha.

Cerimônia de Abertura

A cerimônia de abertura da Liga Pokémon acontece no Estádio Índigo e é muito semelhante à cerimônia de abertura das Olimpíadas, contando com o revezamento da tocha até a pira ser acesa no topo da arena. A chama da tocha da Liga Pokémon é retirada do Pássaro Lendário, Moltres. As virtudes do Pokémon simbolizam a competição. O revezamento ocorre de pessoa para pessoa, fazendo com que a tocha passe por várias mãos até ser acesa. Todos os competidores se reúnem no centro do estádio e logo após a chama ser acesa, o presidente da Liga, Charles Goodshow, declara a competição aberta de forma oficial.


Cerimônia de Encerramento

Durante a cerimônia de encerramento, todos os treinadores que participaram da competição se reúnem pela última vez no Estádio Índigo. Os três primeiros colocados são homenageados e todos os competidores recebem uma Insígnia Oficial da Liga Pokémon por terem participado do evento. Depois, acontece um show de fogos de artifício, enquanto a chama de Moltres é apagada. Isso marca o encerramento oficial da Liga Pokémon.


Concorrência

Para participar do torneio, o treinador precisa coletar pelo menos oito insígnias de ginásio da região de Kanto - insígnias essas que são dadas aos treinadores que se mostram merecedores ao vencer nos desafios dos Líderes de Ginásio. Durante a participação de Ash, houve 256 participantes que se enfrentavam em batalhas de morte súbita conforme os rounds avançavam. O vencedor ganha o título de Campeão da Liga Pokémon e o direito de batalhar contra a Elite 4.

Rodadas

A competição tem oito rodadas no total. O torneio começa com quatro rodadas preliminares que se estendem durante quatro dias seguidos. Após o término das preliminares, os treinadores classificados têm dois dias de descanso e então as rodadas finais começam.

  • Preliminares: Top 256, Top 128, Top 64, Top 32.
  • Finais: Oitavas, Quartas, Semifinais e Final.

Rodadas Preliminares

Durante as rodadas preliminares, os 256 treinadores devem competir em quatro campos de batalhas diferentes que são escolhidos pelo computador. São eles: Planta, Água, Pedra e Gelo. Todas as batalhas são de três contra três.

Rodadas Finais

As batalhas das rodadas finais acontecem todas no Estádio Índigo em campo neutro. Com exceção das Oitavas de Final, que é a última rodada de batalhas três contra três, as demais rodadas são todas de batalhas completas (seis contra seis). As partidas são sorteadas por uma pesca de Magikarp, que vem marcado com uma letra e um número que corresponde ao outro concorrente.

Regras e Regulamentos

A Liga Índigo é a mais rigorosa em relação às regras de disputa. É a única competição que não permite troca de Pokémon durante as batalhas. As seguintes condições podem fazer um treinador perder a batalha e consequentemente ser eliminado da Conferência:

  • O Treinador chamar seu Pokémon de volta durante a batalha;
  • O Pokémon do treinador ficar impossibilitado de continuar;
  • O Pokémon do treinador cair no sono;
  • O Pokémon do treinador se recusar a lutar (como Charizard fez com Ash).

Participantes Conhecidos

Essa fora a única competição na qual o campeão não foi revelado. Apenas a sombra dos três primeiros colocados foram mostradas no episódio final referente a Liga.


Confira abaixo uma lista com a posição de cada participante conhecido por nome que disputou o torneio.

  • Assunta - Top 4 ou Superior*
  • Ritchie - Top 8
  • Ash - Top 16
  • Melissa - Top 16 ou Superior**
  • Jeanette - Top 32
  • Gary - Top 32
  • Pete - Top 64
  • Mandi - Top 256

* = Após Assunta vencer Ritchie, não foi revelado a posição final dela.
** = Após Melissa vencer Gary, não foi revelado a posição final dela.


Batalhas de Ash na Liga Pokémon de Kanto

Episódio 77 - Começa o Primeiro Round!


O episódio que marcou a estreia de Ash em uma Liga Pokémon também marcou a estreia de Krabby em batalha. Seu primeiro adversário foi Mandi, um garoto muito popular entre seus fãs - não pelo fato de ser um treinador excepcional, mas sim por ser considerado um excelente ilusionista. O primeiro Pokémon de Mandi foi Exeggcutor, que inicialmente deu bastante trabalho ao caranguejo com seus ataques psíquicos, mas Ash conseguiu fazer com que Krabby desse a volta por cima, vencendo o Pokémon Coqueiro e evoluindo em seguida. Em sua forma Kingler, não teve dificuldades em vencer os outros dois Pokémon de Mandi, Seadra e Golbat.

Episódio 78 - Fogo e Gelo!


O início desse episódio mostra Ash batalhando pelo Top 128 (2° Round) em um campo de Pedra contra um treinador cujo nome não foi revelado. A batalha já estava no fim, mostrando o Squirtle de Ash derrotar o Nidorino desse treinador. Posteriormente, já no fim do episódio, é mostrada a batalha do nosso protagonista pela 3ª rodada em um campo de Gelo contra Pete Pebbleman, da Cidade de Pewter. O embate já estava na segunda batalha (o primeiro Pokémon de Pete não foi mostrado) e Ash estava levando bem.

Na batalha entre o Kingler de Ash e o Cloyster de Pete, sua concha resistente não foi párea para os seguidos ataques Martelo Caranguejo de Kingler, que venceu a batalha. Entretanto, o treinador de Pewter mandou a campo seu Arcanine, que derrubou o Kingler de Ash. Pikachu foi a última escolha de Ash e, apesar de uma batalha difícil, com Arcanine transformando o campo de gelo em uma piscina com seus ataques Explosão de Fogo, deixando o Pikachu com pouca mobilidade, Misty lembra Ash que a água conduz eletricidade, então Ash ordena um Choque do Trovão e Pikachu finaliza Arcanine.

Episódio 79 - O Difícil Quarto Turno!


Um pouco antes da batalha de Ash, é mostrada a última batalha de Gary, maior rival do protagonista, na Liga. A batalha dos dois já estava no final quando apareceu em tela, logo no início do episódio. O Golem de Melissa derrubou o Nidoking de Gary, fazendo com que o antagonista fosse pra casa mais cedo. Ash tenta falar com Gary, que apesar da derrota, não perde sua marra e nem a pose.


Pelo Top 32, um outro treinador com fã clube cruzaria o caminho de Ash, dessa vez uma garota. Jeanette Fisher era uma treinadora famosa em sua cidade natal, Crimson. Ash, com seu Bulbasaur, derrubou os dois primeiros Pokémon de Jeanette: Beedril e Scyther. O terceiro e último Pokémon de Jeanette foi um Bellsprout, que inicialmente não representava muita ameaça, mas tinha uma incrível habilidade evasiva, desviando facilmente dos ataques de Bulbasaur e finalizando-o com um único ataque certeiro.

Ash tenta usar o Pikachu, que não consegue fazer nada, nem mesmo usando seu Choque do Trovão. Como uma arma secreta, Ash envia Muk, que por ter um corpo gosmento e pegajoso, consegue absorver os golpes de Bellsprout sem sofrer muito dano e, então, finaliza o Pokémon Planta com Pancada Corporal.

Episódio 81 - Amigo e Inimigo!


No episódio anterior a este, Ash conheceu, se aventurou e botou a equipe Rocket para correr com Ritchie, um garoto muito parecido com Ash, não só na forma de se vestir, mas também no seu gosto para escolher Pokémon, dando um destaque especial para Sparky, seu Pikachu de franjinha espetada.

No sorteio para a primeira fase das rodadas eliminatórias, Ash acabou por pescar o Magikarp que continha o número de Ritchie, então essa seria uma das batalhas mais difíceis que Ash enfrentaria, pois teria que lutar com o amigo que acabara de fazer. Ash teve problemas com a Equipe Rocket, o que fez com que ele quase não chegasse a tempo para a batalha, o que levaria a eliminação por W.O. A batalha 3 contra 3 foi equilibrada, com cada um vencendo uma rodada. Ritchie coloca o Squirtle de Ash para dormir com o Pó do Sono de Happy, seu Buterfree. Pikachu derruba Happy com Choque do Trovão, mas não resiste ao poder de fogo de Zippo, Charmander de Ritchie. Por fim, Ash envia Charizard, que não tem dificuldade nenhuma de derrotar Zippo. Ritchie envia Sparky, e Charizard, com seu complexo de superioridade, deita-se e se recusa a lutar contra Sparky, dando assim a vitória para Ritchie.

 

Nas quartas de final, Ritchie enfrenta Assunta em uma batalha total (6 contra 6) e, apesar de seus esforços, não consegue avançar para a próxima fase. Ash e Ritchie se cumprimentam e prometem um ao outro melhorar como treinadores e se enfrentarem novamente em uma futura Liga Pokémon.


Matéria elaborada originalmente por: Breno Santos

Post Top Ad