Team Report Jeff: Players Cup IV - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

10/07/2021

Team Report Jeff: Players Cup IV

Togekiss Pokémon Sword e Shield

Por: Caio Romanini, Phantom Pumpkin (YouTube | Twitch | Twitter | Facebook)

E aí pessoal, tudo bem? Aqui é o Caio, também conhecido como Phantom Pumpkin, e hoje venho trazer o Team Report do time que o Jefferson Camelo, ou simplesmente Jeff, usou para ser top 16 da etapa latinoamericana da Players Cup IV. Todos os créditos vão para ele pela montagem do time e pela excelente execução no torneio. Além disso, também gostaria de parabenizar o Gabriel Agati pelo papel fundamental na montagem do time, auxiliando o Jeff.

Caso vocês queiram ver o Team Report na forma de vídeo, deem uma olhada no canal dele no YouTube.  E caso tenham interesse, fica aqui também o canal dele de lives na Twitch e no Twitter:

O processo de montagem do time começou ainda na Season 8, formato em que era permitido um Pokémon restrito por time. O time era formado por Calyrex - Ice Rider, Mimikyu, Tapu Fini, Landorus-Therian, Regieleki e Incineroar, permitindo que pudesse ter um modo rápido com Regieleki e Landorus, um modo lento com Calyrex e Mimikyu, além de possibilidade de reposicionamento na partida com a utilização de dois Pokémon com a habilidade Intimidate e um bulk decente em todos os Pokémon.


Na migração para a Season 9, a primeira alteração foi a retirada obrigatória do restrito, no caso, o Calyrex para o Aegislash, que ainda exercia um papel forte no Trick Room, além de ainda poder usar a combinação de Weakness Policy + Shadow Sneak. Porém, o Aegislash ainda não foi a melhor opção, já que sua habilidade o prejudicava quando ele utilizava o Dynamax, já que não podia trocar de forma nessa mecânica.


Assim, o próximo teste foi utilizar um substituto mais direto para o Calyrex, no caso o Glastrier. Com o suporte de Landorus, Incineroar, Regieleki e Tapu Fini, os principais checks para o cavalo de gelo, como Incineroar e Pokémon do tipo Aço, estariam cobertos.


No entanto, com a alta de times utilizando Urshifu Rapid-Strike, a dependência de Mimikyu para colocar Trick Room e a dependência de Dynamax, Glastrier também começou a não ser uma escolha tão boa. Além disso, a alta presença de Regieleki e Rillaboom no metagame transformou Pokémon de água defensivos em escolhas ruins para o meta.

Com isso em mente, Jeff tirou Glastrier, Mimikyu e Tapu Fini e colocou no time Togekiss, para matchups contra Urshifu, Landorus, Garchomp, Rillaboom e sol (Torkoal + Venusaur). Além de ser versátil, podendo atuar como um suporte com Follow Me ou um Pokémon para abusar de Dynamax, ele colocou o mesmo Urshifu Rapid-Strike, ajudando contra outros times dependentes de Incineroar ou Landorus. Ele era também um Pokémon ofensivo muito forte no geral, não dependendo de Dynamax e tendo uma habilidade e um golpe muito fortes, em Unseen Fist e Surging Strikes, respectivamente.

Por último, como principal utilizador de Dynamax e tendo um tipo defensivo e ofensivo bem sólido, foi colocado o Metagross no time, que, além de bater muito forte, é um Pokémon físico que não se importa com Intimidate, graças à sua habilidade Clear Body.


Depois de testes, o Metagross acabou não agradando muito devido à sua velocidade abaixo da média, fraquezas exploráveis por Pokémon como Torkoal, Garchomp, Landorus-T, Spectrier e Coalossal, além de falta de dano sem a ativação de uma Weakness Policy.

Com isso, a última mudança para chegar ao time final foi a introdução de Kartana no lugar do Metagross. Kartana provia um tipo importante no tipo Planta, resultando em um Pokémon Aço que não toma super efetivo de Terrestre, além de ser mais um check excelente para Rillaboom. Ele também pode ajudar contra Pokémon Água e Elétrico, como Urshifu Rapid-Strike, Tapu Fini e Regieleki. Também é um Pokémon que funciona muito melhor fora do Dynamax, se necessário, do que o Metagross.


Com o processo de formação do time completo, vamos agora para o time em detalhes:

Landorus


Landorus-Therian @ Lum Berry
Habilidade: Intimidate
EVs: 196 Atk / 60 SpDef / 252 Speed
Natureza: Jolly (+Speed, - SpAtk)
- Earthquake
- Fly
- Rock Slide
- Swords Dance

Landorus sempre foi um Pokémon muito forte em todos os formatos em que foi permitido, e nesse não foi diferente. Com a adição de Dynamax, ele finalmente tem o golpe voador que ele sempre pediu para Arceus. A combinação de Max Airstream e Lum Berry é devastadora contra times de sol, além de ser excelente contra Colossal e Regieleki. Swords Dance permite ter uma alternativa contra times mais defensivos que gostam de espalhar Intimidate ou mesmo aumentar as defesas, como times com Registeel.

Por último, Rock Slide/Max Rockfall é uma coverage bem interessante contra Pokémon que resistem a ambos os tipos do Landorus, como Rotom-Heat e Zapdos. Por último, ele tem uma velocidade bem interessante, podendo passar boa parte do metagame.

A parte ruim dele é sua fraqueza à gelo, então matchups contra Glastrier e outros Pokémon com golpes de gelo, como Porygon2, podem ser complicados sem o suporte correto. Enfrentar Pokémon com Defiant, como Thundurus, pode ser bem complicado também, pois não se pode simplesmente entrar em campo sem dar um boost fortíssimo para o oponente. Sua velocidade, por mais que seja decente, ainda é mais lenta que muitos Pokémon importantes, então depende de algum controle de velocidade.

Os EVs são para maximizar a velocidade e sobreviver a G-Max Volcalith de Coalossal + 2 turnos do dano residual dele, o resto foi colocado em ataque.

Togekiss


Togekiss @ Scope Lens
Habilidade: Super Luck
EVs: 244 HP / 156 SpAtk / 108 Speed
Natureza: Modest (+SpAtk, - Atk)
- Air Slash
- Dazzling Gleam
- Follow Me
- Protect

Depois de ficar um pouco sumido desde o lançamento de Crown Tundra, Togekiss vem subindo em uso recentemente devido a uma queda dos Pokémon Aço ofensivos e uma subida de Rillaboom, Urshifu e Pokémon Terrestre, como Garchomp e Landorus.

Dito isso, Togekiss tem uma tipagem excelente ofensivamente falando, batendo pelo menos neutro em boa parte do metagame e super efetivo em Pokémon importantes como Urshifu, Rillaboom e Dragapult, e critando (golpe crítico) os adversários 50% das vezes devido à sua combinação de habilidade e item. Como já dito anteriormente, ele é um Pokémon que tem stats ofensivos e defensivos e uma combinação de golpes que permite que ele dê Dynamax ou seja suporte, dependendo do que o matchup exige.

Como pontos negativos, temos o seu matchup contra alguns Pokémon Aço que ainda habitam o metagame e o fato de não poder se aproveitar do terreno colocado por Max Starfall, tomando status mesmo no terreno por não tocá-lo.

Os EVs em velocidade servem para passar Garchomp quando Togekiss estiver a +1. Foi colocado máximo de HP para ter mais poder defensivo, porém foi tirado 8 EVs para poder aproveitar o stat jump de 176 no ataque especial (stat jump consiste no aumento de dois pontos em um stat com um aumento de 8 EVs, nesse caso, 148 EVs em SpAtk resulta em um stat de 174, enquanto 156 EVs resulta em 176 de stat).

Regieleki


Regieleki @ Magnet
Habilidade: Transistor
EVs: 4 HP / 252 SpAtk / 252 Speed
Natureza: Timid (+Speed, -Atk)
- Electroweb
- Volt Switch
- Thunderbolt
- Protect

Coverage? Quem precisa de coverage quando se tem 200 de velocidade base e uma habilidade roubada? Regieleki é facilmente o Pokémon mais rápido do metagame e faz excelente uso disso. Seus golpes elétricos são tudo que ele precisa para fazer seu papel. Ele consegue fornecer controle de velocidade com Electroweb, ganhar momentum trocando com Volt Switch e dando dano com Thunderbolt. Se for necessário, ele ainda consegue usar um Dynamax surpresa e causar muito dano.

Sua fragilidade, porém, é um problema, caindo para muitos golpes neutros, tendo uma chance até de cair para um Grassy Glide de Rillaboom, então é o clássico Pokémon canhão de vidro - ou mata, ou morre. Sua falta de coverage pode ser problemático em um final de jogo contra Pokémon Terrestre ou com Lightining Rod como habilidade.

Seus EVs são bem simples: apenas tenta bater o mais forte e o mais rápido possível, e sua habilidade ser Timid ajuda contra outros Regieleki.

Urshifu Rapid-Strike


Urshifu Rapid-Strike @ Focus Sash
Habilidade: Unseen Fist
EVs: 4 HP / 252 Atk / 252 Speed
Natureza: Jolly (+Speed, -SpAtk)
- Surging Strikes
- Aqua Jet
- Close Combat
- Protect

O irmão que foi o patinho feio por muito tempo agora é o urso mais usado no formato. Com os golpes de água em alta no formato, Urshifu Rapid-Strike vem tomando seu lugar em vários times, não só em times de Coalossal. Sua habilidade ignorando Protect, seu golpe assinatura Surging Strikes que sempre consegue críticos, ignorando Intimidates e sua velocidade boa, além de alto ataque e bons stats em HP e Defesa, fazem dele e do seu irmão Single Strike um dos Pokémon mais dominantes do formato.

No entanto, como qualquer Pokémon, ele tem seus defeitos: defesa especial baixa gera uma certa fragilidade contra Pokémon especiais. Surging Strikes, por mais que seja um golpe muito bom, não consegue o nocaute em um golpe na maioria dos Pokémon que não tomem super efetivo, então depende de atacar pelo menos duas vezes para conseguir os nocautes. Além disso, sofre com Pokémon comuns no metagame, como Regieleki, Rillaboom, Tapu Fini e Togekiss.

Seus EVs simplesmente buscam maximizar o dano e bater o mais rápido possível.

Incineroar


Incineroar @ Shuca Berry
Habilidade: Intimidate
EVs: 244 HP / 4 Atk / 124 Def / 76 SpDef / 60 Speed
Natureza: Careful (+SpDef, -SpAtk)
- Flare Blitz
- Parting Shot
- Taunt
- Fake Out

Considerado por anos o rei de VGC, Incineroar e suas pré-evoluções são os únicos no jogo com a santa trindade de um Pokémon de suporte: Intimidate, Fake Out e momentum (U-Turn, Parting Shot, Volt Switch, etc.). Incineroar, apesar de não estar com os quase 80% de uso de 2019, ainda é um Pokémon excelente no formato pelo que já foi falado. Como se já não bastasse essa combinação, ele ainda tem stats defensivos acima da média, permitindo aguentar muitos golpes, inclusive super efetivos, e consegue dar um dano considerável com Flare Blitz, mesmo sem investimento no ataque.

O aumento de uso de Urshifu Rapid-Strike e Landorus não são boas notícias para o Incineroar. Além disso, sempre há o fantasma do Thundurus com Defiant para restringir o uso indiscriminado do Incineroar na partida, logo, são coisas que se deve ter em mente ao usar esse Pokémon.

Os EVs em velocidade são para passar a maioria dos Incineroar. O HP e defesa são para sobreviver 3 Max Quakes de Glastrier a -1, e o resto foi colocado em defesa especial, mas acabou servindo para dar uma chance alta de sobreviver 2 Muddy Water de Tapu Fini.

Kartana


Kartana @ Life Orb
Habilidade: Beast Boost
EVs: 36 HP / 4 Atk / 4 Def / 212 SpDef / 252 Speed
Natureza: Jolly (+Speed, - SpAtk)
- Leaf Blade
- Smart Strike
- Sacred Sword
- Detect

O maior ataque do metagame (181 de ataque base) levado a patamares astronômicos graças ao Life Orb, um tipo forte ofensivamente e uma velocidade alta fazem da Kartana um trator ofensivo e algo que poucos Pokémon conseguem entrar tranquilamente, ainda mais se combinado com Dynamax.

Sua coverage de Sacred Sword ajuda muito contra Incineroar e Pokémon Aço, principalmente Registeel, que gosta muito de clicar Iron Defense. Sua tipagem e seu alto stat na defesa permite também que Kartana sobreviva a muitos golpes físicos, principalmente se estiver no Dynamax. Como uma cereja no bolo, Beast Boost potencializa seu ataque e gera possibilidade de bola de neve nas partidas.

Sua fraqueza 4x para fogo faz com que qualquer golpe desse tipo tenha uma chance muito alta de conseguir o nocaute, mesmo pelo lado físico, além de ter uma defesa especial muito baixa, correndo o risco de cair para golpes neutros vindo por esse lado. Por isso, é necessário tomar muito cuidado com essas fragilidades defensivas que ele possui.

Os EVs foram tirados de um set de Assault Vest, porém, como ele estava funcionando muito bem, sobrevivendo a coisas importantes como Max Airstream de Zapdos, o Jeff acabou deixando esse mesmo.

Conclusão

O time como um todo tem uma sinergia defensiva e tem boas opções ofensivas. Tem várias possibilidades de lead que permitem pressionar praticamente todos os times do metagame. O ponto chave do time é posicionamento, uma vez que há golpes de momentum e com um bulk considerável. Ele te dá essa possibilidade de se reposicionar depois de estar em uma situação não tão favorável, ou mesmo capitalizar em uma troca que o adversário deva fazer. Como pontos fracos, podem ser citados o matchup ruim contra hard Trick Room e também contra Dragapult + Clefairy, se bem jogados.

Novamente, quero agradecer o Jeff pelas informações, pelas imagens e por me permitir escrever o Team Report aqui, além de parabenizá-lo pelo ótimo resultado na Players Cup IV. 

Até mais pessoal! Não deixem de acompanhar o VGC Brasil para ficar por dentro de ligas, torneios amistosos e oficiais online!

Post Top Ad