A Batalha da Fronteira no Anime Pokémon - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

26/04/2021

A Batalha da Fronteira no Anime Pokémon

Pokémon Batalha da Fronteira

Com a conclusão de suas aventuras pela região de Hoenn e o fim da Conferência Sempre Grande da Liga Pokémon, não demorou muito para que Ash voltasse para a estrada para o início de uma nova jornada. Dessa vez, ao invés de ir para uma nova região disputar uma nova liga, Ash se aventuraria pela região de Kanto e enfrentaria um desafio até então nunca visto antes: A Batalha da Fronteira.

Apresentação

No Episódio 406 - O Time do Esquema!ao passar pela cidade de Viridian, no seu caminho de volta para casa, Ash conhece Scott, o dono e idealizador da Batalha da Fronteira, que após alguns acontecimentos, explica à Ash do que a competição se trata.

Ash e Scott Anime

A Batalha da Fronteira é mostrada no Anime de uma forma diferente do que é no jogo Pokémon Emerald. Ao invés de se localizar em uma ilha de Hoenn, ela está espalhada pela região de Kanto. Ash precisa viajar pela região buscando desafiar sete treinadores de elite conhecidos como Cérebros da Fronteira, que são muito semelhantes a Líderes de Ginásio, porém com algumas diferenças. 

A primeira coisa que se deve mencionar é que Scott diz para Ash que os Cérebros da Fronteiras são tão fortes quanto um membro da Elite 4, usando como referência Agatha, que no episódio mencionado, batalha contra Ash no Ginásio de Viridian. Além disso, os Cérebros da Fronteira não necessariamente batalham usando Pokémon de um único tipo. Isso até pode acontecer com alguns, mas não é uma regra para todos, diferente dos desafios de Ginásio.

Cerebros da Fronteira Anime

O desafiante recebe as coordenadas dos locais onde seis Cérebros da Fronteira se encontram, e ao vencer, ele recebe uma espécie de insígnia, conhecida como Símbolo da Fronteira, que é a prova de sua vitória naquele local. Somente após obter os primeiros seis símbolos, o desafiante recebe as coordenadas do último local, guardado pelo mais forte dos Cérebros da Fronteira. Ao vencer o sétimo Cérebro, o treinador entra para o Hall da Fama da Batalha da Fronteira e é convidado a se unir ao seleto grupo de Cérebros da Fronteira.

Esses locais de batalha possuem nomes distintos e cada Cérebro possui sua própria forma de batalhar, que muito tem a ver com o símbolo entregue por ele. Os locais são a Fábrica, a Arena, a Cúpula, o Pico, o Palácio, a Torre e, por fim, a Pirâmide de Batalha.

Fábrica de Batalha

Fabrica de Batalha Anime

A Fábrica de Batalha está localizada próxima a cidade de Cerulean e aparece no Episódio 409 - Articuno, o Número Um! e Ep. 410 - O Símbolo da Vida!. Seu mestre é o Chefe da Fábrica, Noland.

Noland é um estrategista, e o tempo e a precisão exata são essenciais para sua técnica de batalha. Mesmo quando seus ataques parecem errar o Pokémon de seu oponente, seus efeitos secundários têm consequências igualmente devastadoras. Em vez de lutar com Pokémon aleatórios, Noland permite que o oponente escolha contra quem ele irá lutar.

Noland e Articuno

Noland possui um forte vínculo com um Articuno selvagem, desde que ele o encontrou em um de seus vôos de avião. O Pokémon Lendário tinha um ferimento na asa, então Noland o ajudou. A partir de então, se tornaram grandes amigos. Empolgado com a história de Noland e com o potencial de Articuno, Ash decide por enfrentá-lo usando Charizard, que naquele momento estava treinando no Vale Charicífico.

Charizard contra Articuno

Após uma dura batalha, Ash tem sua vitória e consegue seu primeiro Símbolo na Batalha da Fronteira: o Símbolo do Conhecimento.

Arena de Batalha

Arena de Batalha Anime

Localizada próxima a cidade de Saffron, a Arena de Batalha aparece no Episódio 423 - Roda da Fronteira! e a Cérebro que está a frente é Greta, da Arena Tycoon. 

Greta é uma mestre de Pokémon do tipo Lutador, e tem como referência os mestres Chuck, Líder do Ginásio de Cianwood (Johto) e Brawly, Líder do Ginásio de Dewford (Hoenn). Segundo Scott, os Pokémon que Greta mais gosta de usar são Hariyama e Medicham. Além disso, ela, como Ash, é uma pessoa de alto astral e muito apaixonada por batalhas Pokémon.

Ash e Greta

As estratégias baseadas na velocidade funcionam mal contra a equipe de Greta e, na verdade, ajudam a ampliar os ataques de seus Pokémon. A velocidade do seu próprio Pokémon e os movimentos físicos implacáveis fazem de Greta uma oponente difícil. No entanto, seus Pokémon se tornam mais vulneráveis ao serem atacados por cima ou por trás. Eles também tendem a sofrer ferimentos graves sempre que erram o alvo.

Antes de uma batalha , uma roda é girada para decidir quantos Pokémon serão usados ​​na partida. Embora as partidas sejam batalhas simples, os outros Pokémon que devem ser usados ​​permanecem fora de suas Poké Bolas aguardando sua vez de batalhar.

Ash tirou uma partida dois-a-dois. Seu Grovyle foi derrotado por Hariyama de Greta no primeiro turno. O Snorlax de Ash, usando sua resistência impressionante e ataques igualmente poderosos, derrotou os dois Pokémon de Greta, o que garantiu a Ash o Símbolo da Coragem.

Um detalhe interessante a se mencionar é que Snorlax usa seis movimentos na batalha, dois a mais do que o Pokémon pode usar normalmente.

Cúpula de Batalha

Cupula de Batalha Anime

A Cúpula de Batalha se encontra ao sul da Cidade Lavanda e aparece no Episódio 427- Táticas Teatrais! É neste local que Ash enfrenta Tucker, o Ás da Cúpula.

Além de Cérebro da Fronteira, Tucker é uma Superestrela dos palcos, adorado por muitos fãs. Ele é, sem dúvida, o mais famoso Cérebro da Fronteira de Kanto, e suas batalhas são conhecidas por atrair a atenção da mídia. Uma coletiva de imprensa é realizada sempre que ele tem um novo desafiante.

Tucker Anime

Para Tucker, todas as batalhas são um espetáculo, que começa já na apresentação dos participantes. Tucker faz questão de ressaltar todos os feitos e a trajetória do desafiante até aquele momento.

Como ator, Tucker gosta de tornar suas batalhas divertidas para os espectadores. Ele costuma brandir seus Pokémon e seus ataques com frases descritivas como "Queime com seu poder de fogo, Arcanine use o lança-chamas".

A estratégia de Tucker é baseada em traçar as melhores estratégias de seu oponente para derrubá-los, e ele usa o formato de batalhas em dupla para criar combinações de movimentos espetaculares e prejudiciais. Ele também prefere atacar em rápida sucessão, e é capaz de fazer seu Pokémon transformar um movimento em outro, como visto quando ele transformou o Lança-chamas de Arcanine em uma Explosão de Fogo.

Antes da batalha, é permitido ao desafiante transferir seus Pokémon de outros locais - no caso de Ash, do laboratório do Prof. Carvalho. Embora Ash tivesse essa opção, preferiu usar os Pokémon que já estavam com ele: Corphish e Swellow.

Tucker enfrentou Ash com seu Arcanine e Swampert. Embora tenha sido derrotado por Ash, ele teve um bom começo por um tempo com o trabalho em equipe e a estratégia de seu Pokémon, incluindo o uso da "Fusão de Fogo e Água ", uma combinação avançada que envolvia prender os oponentes em um redemoinho de água e fogo. 

Durante a batalha, May ficou muito impressionada com as habilidades de espetáculo de Tucker e notou que sua batalha com Ash tinha algumas semelhanças com uma batalha de Torneio. Mais tarde, ela adaptou sua técnica de combinação em seu próprio estilo de luta durante o Grande Festival de Kanto. Com sua vitória na Cúpula de Batalha, Ash obtém seu terceiro Símbolo: o Símbolo de Táticas.

Fusao Agua e Fogo

Pico de Batalha

Pico de Batalha Anime

Próximo a Cidade Fuschia, o Pico de Batalha aparece no Episódio 432 - Rainha da Serpentina! Dessa vez, a Cérebro a ser desafiada é Lucy, a Rainha do Pico.

Lucy é adorada por suas seguidoras, mas ela considera toda essa adoração um exagero, principalmente por parte de Bárbara, a mais explosiva delas, que se irrita com coisas simples como alguém se referir à Lucy simplesmente pelo nome ao invés do título de Rainha Lucy. 

Apesar da atitude de Barbara, Lucy é calma, de poucas palavras e muito atenciosa com os desafiantes. Ela é uma das poucas mulheres que demonstram interesse por Brock, e por isso aceita o desafio mesmo com o Pico da Batalha estando fechado no dia em questão.

Lucy Anime

Lucy tem uma preferência notável por Pokémon serpentes e usa suas caudas como a estratégia ofensiva perfeita. Scott revelou que Lucy nunca ensinou movimentos defensivos aos seus Pokémon. Em vez disso, ela permite que seu Pokémon receba ataques diretos do oponente antes de retaliar com o seu próprio. Além de Pokémon serpentes, Lucy gosta de Pokémon com olhos semicerrados, uma preferência que foi responsável por seu interesse em Brock.

Lucy e seus Pokemon

Na batalha, Lucy começa usando Seviper, que Ash combate usando seu Donphan. Mas a batalha que recebe os holofotes dessa vez é entre Milotic e Pikachu, em que, como em inúmeras batalhas já mostradas no Anime, Ash usa de suas estratégias mirabolantes para reverter uma situação de quase derrota. E assim, Ash consegue o Símbolo da Sorte, seu quarto Símbolo na competição.

Palácio de Batalha

Palacio de Batalha Anime

O Palácio de Batalha fica localizado na Ilha Metallica, uma ilha que fica próxima às Ilhas Espuma e aparece nos Episódios 437 - Cortando os Nós das Amarras! e 438 - Uma Explosão de Opinião!. Após ter passado por momentos difíceis com seu Sceptile, que devido ao coração partido, não conseguia usar seus ataques, Ash finalmente conheceu o quinto Cérebro da Fronteira: Spencer, do Palácio Maven.

Spenser tem uma vida simples na Ilha Metallica, o que lhe permite apreciar sua beleza natural. Ele acredita em uma ordem natural e também no equilíbrio entre humanos e Pokémon. Ele tem um amplo conhecimento em medicamentos fitoterápicos e prefere usar ingredientes locais para preparar suas refeições.

Spencer Anime

Em batalha, Spenser prefere usar ataques especiais para dominar seu oponente. Ele também usa as várias condições climáticas e paisagens do campo de batalha ao ar livre em sua vantagem, tornando suas batalhas difíceis. Por exemplo, o Raio Solar de seu Venusaur carrega mais rápido quando está ensolarado, ou o Giro Rápido de seu Claydol pode desencadear uma tempestade de areia devastadora.

A partida de Ash e Spenser aconteceu em um campo de batalha que cobria uma grande parte da selva da Ilha Metallica. Spencer começou com Shiftry, que se mostrou um grande desafio para o Sceptile de Ash. Após um ataque Esmaga Pedra ter aparentemente soterrado Sceptile embaixo das pedras quebradas, ele surpreende escalando a cachoeira e dando o golpe final em Shiftry.

Vendo que o segundo Pokémon de Spencer seria Venusaur, Ash decide enviar Heracross que, embora tenha desferido uma sequência de golpes bem sucedidos, foi derrubado pelo poderoso Raio Solar do Pokémon de Planta.

Depois de um pequeno intervalo para lanche, a batalha recomeçou. Ash selecionou Swellow, e apesar de ter a vantagem aérea, o tipo Voador teve que enfrentar os ataques Chicote de Vinha e Folha Navalha de Venusaur. De repente, as nuvens se moveram e cobriram o Sol, fazendo com que o Raio Solar de Venusaur demorasse mais do que o esperado. Swellow aproveitou o atraso para nocautear Venusaur com Ás Aéreo. Spenser então mandou seu Claydol, que rapidamente derrotou Swellow. 

Depois de outra batalha acirrada, Spenser e seu Claydol eventualmente perderam graças a Sceptile ter aprendido o Raio Solar. Ash então tem sua quinta Vitória na batalha da fronteira e obtém o Símbolo do Espírito.

Torre de Batalha

Torre de Batalha Anime

A Torre de Batalha fica localizada perto das Cataratas Tohjo e aparece pela primeira vez no Episódio 443 - Falando Sobre um Bom Jogo!, em que Ash conhece Anabel, a Donzela do Salão, sendo a primeira Cérebro da Fronteira que Ash precisa enfrentar mais de uma vez.

Anabel tem a capacidade empática de sentir as emoções dos seres vivos e se comunicar com eles desde pequena. Ela também compartilha um vínculo particularmente forte com seu Pokémon e é aparentemente capaz de comandá-los telepaticamente. Com os Pokémon atacando sem os comandos vocais de Anabel, Ash inicialmente se abateu para competir contra Anabel.

Anabel e Alakazam Anime

Anabel usa os ataques Psíquicos de seus Pokémon para confundir o Pokémon de seu oponente ou controlar os ataques que se aproximam. Seus Pokémon também conhecem alguns movimentos físicos como Meteoro Esmagador, tornando-os igualmente eficazes em confrontos diretos.

Ash perdeu sua primeira luta para Anabel depois que seu poderoso Alakazam conseguiu derrotar Corphish e Tauros, consecutivamente. Pikachu, no entanto, foi capaz de derrotar Alakazam na próxima rodada. Anabel então enviou seu Metagross, que nocauteou Pikachu com um Hiper Raio.

Anabel e Espeon Anime

Ash teve sua revanche contra Anabel no Episódio 444 - O Charme da Segunda Vez! Nesta batalha, Ash finalmente consegue se conectar com seus Pokémon, quase da mesma forma que Anabel. Graças a isso, Corphish foi capaz de derrotar Alakazam logo após Ash o retornar rapidamente à sua Poké Bola e o enviar de volta para superar sua confusão. 

Corphish perdeu na próxima rodada, e após uma disputa de forças entre Tauros e Metagross, a batalha terminou empatada. Na rodada final, o Espeon de Anabel foi capaz de acompanhar os movimentos de Pikachu e dominar seu Choque do Trovão com um Canhão Zap mais poderoso. No entanto, Pikachu causou uma queda de energia na instalação e usou a escuridão para atacar Espeon. 

Pikachu concluiu a luta com um Investida Trovão, dando à Ash sua sexta vitória e o Símbolo de Habilidade. Enquanto eles se despediam um do outro, Anabel revelou ter uma queda por Ash.

Pirâmide de Batalha

Piramide de Batalha Anime

Ao contrário dos outros locais de batalha, a Pirâmide de Batalha não fica em um lugar fixo. Além de ser o local onde os treinadores desafiam o Cérebro da Fronteira, é também uma aeronave que está constantemente se locomovendo em viagens de exploração a ruínas antigas.

A identidade do sétimo Cérebro da Fronteira foi envolta em mistério durante a maior parte da saga da Batalha da Fronteira. Ao contrário dos outros, sua silhueta não foi mostrada sozinha durante a abertura e só foi vista no centro do grupo. Os treinadores só descobrem a localização da Pirâmide de Batalha depois de coletar os outros seis símbolos, o que sugere que este seja o mais forte dos Cérebros da Fronteira.

Quando Ash finalmente conseguiu seu sexto Símbolo da Fronteira, ele descobriu que, naquela ocasião, a Pirâmide de Batalha estava localizada perto da Cidade Pewter.

No Episódio 452 - Batalhando Com o Inimigo Interior!, Ash e seus amigos, indo em direção à Pirâmide de Batalha, acabam caindo em um buraco que dava acesso a uma antiga ruína. Enquanto buscavam uma saída, levados pela curiosidade e imaturidade, Ash aciona uma armadilha que libera uma grande rocha que rola para cima deles. Por sorte, havia um outro treinador naquela ruína que usou seu Regirock para destruir a rocha. Este treinador era Brandon, o Rei da Pirâmide.

Brandon Anime

Brandon é um treinador extremamente sério e reservado e não gosta de atitudes tolas, como a de Ash e seus amigos na ruína. Ele está sempre viajando e explorando em busca de novas descobertas sobre os Pokémon. Na ruína em questão, Brandon buscava descobrir mais sobre Ho-Oh e a lenda de Pokélantis, um antigo reino que tentou conquistar o mundo usando o poder do Lendário. 

Ash, por não admitir ser tratado como uma criança tola por Brandon, decide buscar por Ho-Oh, que a lenda diz estar preso em uma Poké Bola de pedra dentro da ruína. Ash encontra a Poké Bola, mas na verdade trata-se do espírito maligno do Rei de Pokélantis que está preso nela. 

É a partir de então que acontece a primeira batalha entre Ash e Brandon. Após Ash ser possuído pelo espírito do Rei de Pokelantis, Brandon o desafia para uma batalha para livrá-lo da possessão, prometendo entregar todos os seus Pokémon se perder. Ash (possuído) usa Sceptile, enquanto Brandon usa seu Regirock. Brandon vence, libertando assim Ash de sua possessão.

Sceptile Contra Regirock Anime

Após a vitória contra o espírito que possuía Ash, Brandon revela que Ash, na verdade, perdeu devido à sua própria imaturidade. O episódio fecha com o aparecimento de Ho-Oh, que é visto pela primeira vez no Anime por outro personagem além de Ash.

Durante o tempo em que esteve fora, Brandon começou a pesquisar várias ruínas em busca de um Pokémon Lendário. Em uma dessas ruínas, ele finalmente se encontra com Ash novamente, que lhe pede uma nova oportunidade de batalha, dessa vez em uma batalha oficial. 

No Episódio 460 - Cheio de Alegria!, Ash usa seu Torkoal contra o Registeel de Brandon. No entanto, Torkoal foi, como Sceptile, derrotado pelo Pokémon Lendário. Mais uma vez, depois de mais uma vitória sobre Ash, Brandon deixa uma nova lição antes que ele prossiga com seu objetivo.

Torkoal contra Registeel Anime

Finalmente, nos Episódios 463 - Reunindo a Gangue dos Quatro! e 464 - Passo: A Fronteira Final!, Scott revela a última localização da Pirâmide de Batalha para Ash. Na ocasião, também é revelado que Brandon acabou encontrando o que procurava. Depois, Ash parte em uma jornada com seus quatro Pokémon clássicos: Charizard, Bulbasaur, Squirtle e Pikachu, para entender as lições que Brandon lhe ensinou. 

No fim do dia, Ash e seus amigos se encontram com Brandon em uma floresta. Ambos decidem que é hora de começar a batalha final entre eles. 

Ash e seus Pokemon

Brandon e Ash, então, lutam em uma batalha 4 contra 4. Dusclops de Brandon derrotou Charizard de Ash no primeiro turno, mas foi derrotado por Bulbasaur após uma dura batalha. Então, o Ninjask de Brandon enfrentou Squirtle de Ash, em que Squirtle foi capaz de vencer com um golpe Quebra Crânio.

Na próxima rodada, Squirtle foi derrotado pelo Solrock de Brandon, que empatou com Bulbasaur. Com ambos os competidores deixando seu último Pokémon, Ash usou Pikachu enquanto Brandon revelou mais um Pokémon de sua coleção de Lendários: desta vez, um Regice. Apesar das probabilidades, no entanto, Pikachu conseguiu se manter firme contra o titã lendário e saiu vitorioso.

Pikachu contra Regice Anime

Ash, então, finalmente consegue sua última vitória na Batalha da Fronteira, obtendo o Símbolo de Bravura. Ele também entra para o Hall da Fama da Batalha da Fronteira e lhe é oferecida uma posição como Cérebro da Fronteira. Contudo, por achar que ainda tem muito o que aprender, muitas pessoas e Pokémon pra conhecer e muitas batalhas para disputar em sua jornada, ele recusa a oferta.

Batalha da Fronteira em Sinnoh

Palmer Anime

Anos depois, também foi revelado que há uma Batalha da Fronteira em Sinnoh - no entanto, Ash não participa desta. A única informação revelada sobre esta Batalha da Fronteira é o único Cérebro da Fronteira de Sinnoh a aparecer no Anime: Palmer, o Magnata da Torre. Ele é pai de Barry, um dos rivais de Ash em Sinnoh. Ash chega a batalhar contra Palmer e seu Rhyperior usando Grotle, mas não foi em uma batalha oficial pela Batalha da Fronteira.


Batalha da Fronteira em Jornadas

Batalha da Fronteira de Hoenn em Jornadas

No anime Jornadas Pokémon, a Batalha da Fronteira aparece no Episódio 1092 - A Copa da Flauta!, exatamente como é no jogo Pokémon Emerald, com todos os Locais de Batalha em uma ilha em Hoenn. Desta vez, Ash e Goh vão para lá para participar da Copa da Flauta, uma pequena competição que premia o vencedor com uma coleção de flautas.

Lá, eles conheceram Hodge, um treinador da Cidade Lavaridge que também iria competir. Ash finalmente saiu vitorioso e trouxe de volta as flautas para o Laboratório Cerejeira. Enquanto estava na ilha, Goh também pegou um Taillow e três Wurmple.

Ash vence a Copa da Flauta

Post Top Ad