As Influências Mitológicas de Pokémon | Parte 1 - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

18/01/2020

As Influências Mitológicas de Pokémon | Parte 1

Ao longo de diversos anos, a franquia Pokémon acumulou muitas criaturas marcantes que ficaram no coração dos fãs. E muitas vezes, várias dessas criaturas são baseadas em animais da vida real ou objetos que são bastante famosos. É interessante notar, no entanto, que outras criaturas são baseadas em questões ainda mais curiosas: mitologias. Na matéria de hoje, você irá conhecer algumas das muitas influências mitológicas que Pokémon sofreu na origem de diversas criaturas da franquia.

Trio de Pássaros Lendários - Articuno, Moltres e Zapdos

Começando por Articuno, o Pokémon é inspirado no pássaro de gelo da mitologia persa, chamado de Roc. Sua origem se encontra na obra "Mil e uma noites", em que são narradas as histórias do marinheiro Simbad. No conto de aventuras do marinheiro, a ave Roc é responsável por levá-lo à uma ilha com gigantescas serpentes.
Moltres, o segundo pássaro, é inspirado na famosa ave da mitologia grega Fênix, que já foi utilizada como base para muitas franquias. Segundo as histórias, este pássaro de fogo entrava em combustão todas as vezes que morria, se tornando cinzas para, em seguida, renascer dessas mesmas cinzas. Além disso, conta-se que estas aves possuem força sobrenatural, capaz de carregar até mesmo elefantes.
Por fim, Zapdos foi inspirado em Thunderbird, um pássaro elétrico das lendas de povos nativo-americanos. Segundo as lendas, ele é um pássaro enorme capaz de criar tempestades e trovões enquanto voa, além de ser capaz de gerar sons muito altos com as suas asas (simulando trovões).

Darumaka/Darmanitan

Ambos os Pokémon da linhagem evolutiva de Darumaka são inspirados em uma mesma lenda. Trata-se do boneco Daruma, que representa Bodhidhama, um monge da Índia que fundou o budismo na China. Segundo a lenda, o monge conseguiu atingir a "iluminação" budista após meditar durante longos nove anos, sendo que conseguiu fazer isso sem se mover ou fechar os olhos. Além disso, o monge também removeu suas pálpebras para que não dormisse durante a meditação, e seus membros acabaram por atrofiar devido ao desuso. 

O nome do boneco Daruma, por sua vez, foi dado pelos japoneses. Segundo eles, há uma tradição em que deve-se pintar um dos olhos de Daruma e fazer um desejo, e, quando este desejo for realizado, deve-se pintar o outro olho.

Diance

O Pokémon Diance, do tipo Pedra/Fada, parece ter sido baseado no Carbúnculo, uma criatura mítica que, segundo as lendas, possui uma enorme jóia presa à sua testa. As histórias contam que a jóia confere à criatura uma série de poderes, sendo que a mais notável é a capacidade de sentir as emoções e personalidades das pessoas. Além disso, a criatura emite uma luz capaz de cegar àqueles que tentam roubar a jóia de sua testa.

Drowzee

Drowzee, um dos Pokémon mais antigos desta lista, é talvez um dos que possui uma das mitologias mais conhecidas. O Pokémon psíquico conhecido por devorar os sonhos das pessoas foi baseado no Baku, um yokai de origem chinesa. Segundo as lendas, o Baku tem a capacidade de fazer as pessoas dormirem e depois sentir os seus sonhos, já que ele busca encontrar algum que possa comer (geralmente pesadelos). 

Muitas vezes, ao acordar de um pesadelo, a lenda diz que as pessoas pedem para um Baku comê-lo para afastar as lembranças ruins. Além disso, dizem que dormir com um cobertor ou travesseiro feito com a pele de um Baku mantém os pesadelos distantes.

Espeon

Uma das muitas evoluções de Eevee, Espeon, foi inspirado em Nekomata, uma espécie de Bakeneko que, depois de viver durante muito tempo, adquire uma segunda cauda que é capaz de ampliar seus poderes. Os Bakeneko são gatos com habilidades sobrenaturais e apenas se tornam os Nekomata quando vivem um longo período de tempo e adquirem a segunda cauda. Segundo as lendas, os Bakeneko assombram as casas às quais eles são mantidos.

Hydreigon


Hydreigon, um dos mais famosos Pokémon Dragão da franquia, foi baseado na serpente da mitologia japonesa Yamata no Orochi. Segundo a lenda, a serpente possuía oito cabeças, oito caudas e olhos vermelhos, além de possuir musgo e árvores em suas costas. Embora se saiba que Hydreigon foi inspirado nesta serpente, seu design foi diminuído para apenas três cabeças para que não parecesse tão confuso.

Lombre

O famoso Pokémon da região de Hoenn, Lombre, foi inspirado no yokai aquático da mitologia japonesa chamado Kappa. Os Kappa se assemelham a anfíbios, possuindo baixa estatura, pele viscosa, cascos de tartaruga e uma espécie de disco de água na cabeça. Segundo a lenda, a reserva de água em sua cabeça é necessária para que o Kappa possa manter seus poderes sobrenaturais enquanto estiver fora d'água. 

Outra curiosidade interessante a respeito dos Kappa é o fato de que o melhor método para se proteger da criatura é cumprimentá-lo muitas vezes curvando a cabeça, assim como fazem os japoneses. Dessa forma, após abaixar diversas vezes a cabeça, a água em sua cabeça cairá e ele será obrigado a voltar para o lar aquático. Tradicionalmente, as lendas retratam os Kappa como seres mal-intencionados.

Magikarp/Gyarados


Talvez uma das histórias mais interessantes, temos aqui a origem mitológica de Magikarp e Gyarados. Ambos os Pokémon foram inspirados em uma lenda chinesa que dizia que no Rio Amarelo havia uma cachoeira denominada "Portão do Dragão". Se as carpas que viviam ali fossem capazes de nadar contra a correnteza e chegar ao topo da cachoeira, elas seriam transformadas em enormes dragões como forma de recompensa pelos seus esforços.


Esta é a Parte 1 da matéria "As Influências Mitológicas de Pokémon". Em algumas semanas, será postada a Parte 2.

Fonte: Todas as mitologias apresentadas na matéria foram retiradas do site "Portal dos Mitos".

Um comentário:

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad