Pokémon Sword & Shield está sendo odiado pelos fãs? - Pokémon Blast News

Novidades

/

Ad superior

27/07/2019

Pokémon Sword & Shield está sendo odiado pelos fãs?

Desde a conferência da Nintendo durante a E3 2019, uma única polêmica circula ao redor do futuro Pokémon Sword & Shield: a ausência da National Dex. Segundo a Nintendo e a Game Freak, não há tempo o suficiente para a inserção de todas as criaturas no game, e há um desejo por parte da desenvolvedora em "dar maior foco" aos novos Pokémon em detrimento dos antigos. Mas com toda essa polêmica e o hate constante, é possível afirmar que Pokémon Sword & Shield está sendo odiado pelos fãs?

Apenas para deixar registrado, é válido salientar que embora pareça que um assunto "morto" está sendo ressuscitado, na verdade este não é o caso. A inspiração para uma matéria tendo este assunto como tópico (novamente) deu-se justamente pelo fato de que, em diversos fóruns e páginas relacionadas à Pokémon, a polêmica da ausência da National Dex ainda está muito presente. Sendo assim, embora seja chato tocar neste assunto de novo, é preciso falar sobre diversas circunstâncias que permeiam esta situação - desde os sentimentos dos fãs até alterações de dinâmicas de mercado.
Para começar, a ausência da National Dex com certeza altera significativamente a maneira como os fãs enxergam os jogos da franquia. A partir desta decisão, ironicamente, o eterno slogan de Pokémon "Gotta Catch 'Em All", ou seja, "Temos que pegar todos" está sendo substituído, pela própria empresa dona do jogo, por "Gotta Catch Some of Them". E isso é algo difícil de ver para os fãs mais enraizados da franquia. É preciso se lembrar que grande parte dos treinadores possuem como objetivo principal do game completar a National Dex - para muitos, esta é a principal meta pós-jogo. E isso está sendo perdido a partir dessa decisão da empresa.

O que é difícil de entender para muitos fãs é o fato de que a Nintendo, historicamente, preza por um padrão de qualidade altíssimo em seus jogos. Dificilmente a empresa lança um jogo feito somente pela metade ou com bugs muito à mostra (como diversas outras desenvolvedoras fazem). É por isso que, atualmente, embora a empresa não lance tantos jogos ao longo do ano, todas as suas franquias representam sinônimo ímpar de qualidade. E obviamente a decisão de não lançar Sword & Shield "completo" fere completamente essa teoria.
Para se ter uma ideia, um exemplo extremamente recente a respeito desta precisão de qualidade da Nintendo é o jogo Metroid 4, um dos exclusivos da empresa. Pra quem não se lembra, há muitos anos os fãs já vinham pedindo pelo quarto título da franquia, mas somente na E3 de 2017 a Nintendo veio à público e soltou um pequeno teaser do game. Na E3 2018, no entanto, nenhuma novidade foi trazida. Durante o início de 2019, como forma de dar uma explicação aos fãs, a Nintendo soltou uma nota oficial dizendo que estava infeliz com a qualidade que a desenvolvedora de Metroid 4 estava trazendo ao jogo. O resultado? Metroid 4 está sendo desenvolvido novamente desde o início. E até o momento, não há nenhuma data de lançamento prevista.

A situação de Metroid 4 retrata exatamente o fato de que a Nintendo preza - ou prezava - muito pela qualidade de seus jogos. Se a empresa foi capaz de iniciar o desenvolvimento do jogo do zero para uma determinada franquia pelo fato de que estava descontente com sua situação, porque não esperar e dar a devida atenção à Pokémon Sword & Shield, talvez sua principal franquia? As acusações de ganância por parte dos fãs, nesse sentido, são muito embasadas, visto que aparentemente a empresa não pode simplesmente adiar o jogo para manter sua qualidade. Por essas e outras, todas as críticas dos fãs são muito compreensíveis.
Como se não bastasse, a ausência da National Dex representa também um enorme retrocesso para toda a franquia. Enquanto que ao longo dos anos, em todos os jogos, o universo de Pokémon apenas se expandia, desta vez vemos que haverá uma diminuição considerável. O que um jogador fará se o seu Pokémon preferido não estiver no jogo? Segundo a Nintendo, ele terá de esperar para ver se a criatura aparecerá em um próximo título. Para um fã antigo e já bastante fiel, essa resposta é extremamente desanimadora. Como ficará, por exemplo, um possível Remake de Sinnoh? Apenas parte dos Pokémon estarão presentes no novo jogo também, caso este existir?

É preciso lembrar também que perde-se um enorme potencial aqui: Pokémon Sword & Shield será, pela primeira vez, um jogo da franquia feito exclusivamente para um console de mesa. Isso significa maior poder de Hardware, maior poder gráfico e uma possibilidade de mundo aberto - todos quesitos expansivos para a franquia. Mas ao mesmo tempo, em contrapartida, a Nintendo insiste em negligenciar a National Dex e põe em risco, com isso, uma visão positiva dos fãs. Isso significa que mesmo que um jogador observe Sword & Shield e pense "os gráficos estão ótimos, a jogabilidade parece fluida, o mundo aberto está muito bonito", sua mente logo será sabotada por um seguinte "mas não terá todos os Pokémon".

Tudo bem, essa opinião não é geral. Mas tendo em vista que há uma revolta generalizada ao redor da internet, inclusive mostrando que Sword & Shield foi o game mais odiado da E3, e a quantidade considerável de "Não Gostei" que surgiu nos vídeos a respeito do jogo por parte da Nintendo, parece que grande parte dos fãs considera que a decisão não foi correta.

Conclusão

A ausência da National Dex, juntamente do aparente descaso por parte da Nintendo e da Game Freak, conseguiu fazer com que muitos fãs da franquia realmente ficassem revoltados, alegando inclusive que não irão mais comprar o jogo. Portanto, respondendo objetivamente a pergunta que dá título à matéria: sim, atualmente Sword & Shield está sendo odiado pelos fãs. Pode ser que parte dos treinadores tenham entendido a posição da Nintendo e não se importem tanto assim com a ausência da National Dex. Mas essa não parece ser a opinião da maioria.

Embora fiquemos fazendo muitas especulações, nós só teremos a resposta definitiva quando o jogo for lançado e for observado o real impacto nas vendas (se é que este irá realmente existir). Contudo, pelo que parece até então, esta foi uma decisão que irá custar caro para a Nintendo.

Pokémon Sword & Shield será lançado mundialmente em 15 de novembro.

[ATUALIZAÇÃO]
A matéria cita, por diversas vezes, a Nintendo como principal tomadora de decisões a respeito do jogo. Os jogos da franquia Pokémon são desenvolvidos pela Game Freak e distribuídos/publicados pela Nintendo, ou seja, esta possui grande poder de decisão sobre o que haverá ou não dentro do jogo. Dando um exemplo de outra franquia, temos Call of Duty, que é desenvolvido pelas empresas Treyarch, Infinity Ward e Sledgehammer, mas distribuído pela Activision. Portanto, a Activision possui um enorme poder de decisão sobre tudo que será desenvolvido. Para o caso de Pokémon, o mesmo vale para a Nintendo - e por isso ela também possui uma parcela de culpa pelos problemas que o público está apontando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad