"Tivemos que ser cuidadosos para decidir o que mudar e o que manter" diz Masuda sobre a relação entre Let's Go e Yellow - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

15/10/2018

"Tivemos que ser cuidadosos para decidir o que mudar e o que manter" diz Masuda sobre a relação entre Let's Go e Yellow


Em recente entrevista ao site GameSpot, Junichi Masuda (diretor dos jogos) e Kensaku Nabana (designer de ambiente dos jogos) fizeram algumas revelações e comentários importantes acerca das mudanças recentes que a franquia vem sofrendo e dos novos jogos para Nintendo Switch.
Ao longo da conversa, Masuda e Nabana deixaram claro que o objetivo de Pokémon Let's Go é se parecer ao máximo com a versão Yellow original, mas sem abandonar as novas mecânicas que o novo console da Nintendo oferece, podendo assim, além de causar nostalgia nos jogadores mais velhos, oferecer uma experiência próxima da original ao novo público.

Perguntado sobre como serão abordados lugares mais "arrepiantes" como Lavander, visto que os belos gráficos do S.S. Anne, por exemplo, impressionam, Nabana fez mistério: "Eu prefiro que você veja por si mesmo. Mas, eu concordo que seja um lugar realmente horripilante, e trabalhei com essa ideia inicialmente, mas não parecia estar bom para o Sr. Masuda. Ele me deu uma série de orientações e queria que o lugar realmente desse essa sensação assustadora, então acho que será divertido ver o resultado."
Mesmo baseado na história de Yellow, Pokémon Let's Go nos traz uma série de novos elementos. Questionado sobre isso, Masuda disse: "De fato adicionamos novas experiências na história original de Pokémon Yellow, e o jogadores originais sentirão nostalgia ao jogar, ao mesmo tempo que as novidades darão uma impressão diferente enquanto cobrem a mesma história".
Pokémon tem se tornado mais "politicamente correto" com o passar dos anos. Por conta disso, alguns detalhes deixaram de estar presentes nos jogos, como a personalidade arrogante dos rivais, por exemplo. Masuda explicou: "As limitações que tínhamos nos jogos antigos nos permitiam criar certas personalidades aos personagens sem ter um impacto tão forte, já que não tinha muita movimentação na tela. Os gráficos 3D atuais podem deixar esse tipo de personalidade muito forte aos olhos de quem joga e, na minha opinião, hoje em dia, pessoas assim não são mais aceitas como eram antigamente." E, acrescentou: "Nós definitivamente reavaliamos todos esses tipos de coisas. Tivemos que ser muito cuidadosos sobre quais coisas mudar e quais coisas manter como eram."

Masuda também comentou sobre a ausência de habilidades e a impossibilidade dos Pokémon segurarem itens, pontos que dividiram as opiniões dos fãs: "Isso foi realmente uma decisão consciente. Nós não temos muitos recursos que não estavam na geração original que foram adicionados mais tarde. Tivemos que ser muito cuidadosos na seleção de quais coisas atualizaríamos dos jogos originais e quais manteríamos iguais. Eu gostei do apelo da simplicidade dos jogos originais da Geração 1, pois este é um título de entrada para novos jogadores que participam da franquia para realmente experimentar algo muito semelhante ao que as crianças faziam há 20 anos."
Ao longo da conversa Masuda e Nabana ainda falam sobre a presença da Equipe Rocket em Let's Go, comentaram sobre Meltan e muito mais. Confira aqui a entrevista completa, em inglês, no site da GameSpot.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad