Uma força de vontade Pokémon: A redenção de Chimchar - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

11/08/2018

Uma força de vontade Pokémon: A redenção de Chimchar


Olá treinadores! Hoje, em uma matéria especial sobre a quarta geração, falaremos sobre Chimchar, o inicial tipo fogo que teve um dos maiores desenvolvimentos de personalidade da história do Anime e protagonizou uma das melhores batalhas da Liga Pokémon. Lembraremos dos momentos mais marcantes do Pokémon que foi abandonado por seu antigo treinador e encontrado por Ash, que o treinou e mostrou sua verdadeira força.

Chimchar, originalmente, não era um Pokémon de Ash, mas sim de seu rival em Sinnoh, Paul. Este era extremamente antipático e maltratava Chimchar, sempre o chamando de fraco e o forçando a treinar em situações extremas. Ash, sempre que encontrava Paul, via a situação em que o Pokémon do tipo fogo se encontrava e entrava em conflito moral com seu rival, dizendo que aquela não era a maneira correta de treinar. Paul sempre ignorava Ash e continuava o treinamento de Chimchar, que não via outra escolha a não ser obedecer.


Entretanto, no episódio 519 – A chama da glória, Paul e Ash foram forçados a unir forças na Competição da batalha em dupla da cidade Hearthome, e Paul estava decidido a usar Chimchar para aumentar sua força. O método seria forçar Chimchar a sofrer muito dano, ativando sua habilidade especial Chama (Blaze), e assim ganhando um poder de fogo extremamente alto. Paul conhecia todo esse poder, pois já havia visto Chimchar usá-lo em um momento de perigo contra Zangoose, quando ainda era um Pokémon selvagem. O grande problema é que, durante a batalha, mesmo sofrendo esse dano, Chimchar não conseguia ativar sua habilidade, e Paul se mostrava insatisfeito, inclusive deixando de dar ordens à Chimchar e forçando Ash a assumir os comandos do Pokémon, o que assustou à toda a plateia. Ao fim da batalha, mesmo com a vitória de Ash e seu rival, Paul abandona Chimchar na porta do evento, dizendo para que ele vá embora por ser muito fraco.


Ash, observando o tipo fogo sendo abandonado, o chamou para sua equipe. No início, o Pokémon se mostrou assustado e medroso, mas Ash conseguiu convencê-lo de que, juntos, poderiam ser fortes e alcançar grandes conquistas. Assim, no último dia do evento, Ash escolhe Chimchar como seu último Pokémon na batalha, e, juntos, conseguem vencer a Competição da batalha em dupla da cidade Hearthome. 


Chimchar, com o passar do tempo, passou a ganhar confiança e observar as diferenças entre os métodos de batalha de Ash e seu antigo treinador, ganhando grande afeição a Ash. O grande desenvolvimento da história deu-se no episódio 549 – Chim-Chama, em que Ash e Paul se enfrentam por um pedido de Chimchar, e este, ao sofrer grandes danos, consegue finalmente ativar sua habilidade e vencer a batalha. Entretanto, ocorre um problema: o inicial, mesmo após vencer, não conseguiu controlar todo o seu poder e teve de ser parado por Ash, que ficou assustado com o Pokémon.


Ash sabia que, se Chimchar fosse capaz de controlar todo aquele poder, teria um grande aliado ao seu lado. Por isso, treinou arduamente seu Pokémon para que conseguissem, juntos, alcançar e controlar o poder da habilidade Chama (Blaze). Passando para o episódio 601 – Evoluindo estratégias, em que Ash e Paul se enfrentam novamente (desta vez numa batalha completa 6x6), Chimchar consegue evoluir para Monferno, demonstrando que todo o treinamento e confiança passado por Ash havia tido um grande resultado. No entanto, Monferno perde a batalha para o Electabuzz de Paul, e acaba se frustrando.


Encorajando seu Pokémon, Ash continuou treinando Monferno para que conseguisse grandes resultados. No episódio 632 – Fogo contra fogo, quando Monferno já estava bastante forte, em uma batalha com Barry (outro rival de Ash), novamente a habilidade Chama (Blaze) de Monferno é ativada, e o Pokémon perde a consciência e o controle sob seu poder. Nessa situação, Ash tenta controlar Monferno, dizendo para que ele continuasse firme e não se deixasse levar pelo poder que tinha, confiando nele mesmo para que conseguisse controlar aquilo que estava sentindo. Com isso, Monferno consegue controlar e absorver a energia de sua habilidade para, finalmente, evoluir para Infernape.


É nesse ponto em que a história realmente fica emocionante. Ash sabia a vontade que o pequeno Chimchar tinha de vencer seu antigo treinador, pois o Pokémon queria provar para Paul e para si mesmo que era um Pokémon forte, diferente do que o rival de Ash pensava. Infernape, além disso, também queria retribuir todo o carinho e cuidado que Ash havia tido com ele depois de abandonado, e ele sabia que a melhor maneira de fazer isso era ganhar as batalhas da Liga. Por isso, o Pokémon foi para a Liga Sinnoh com Ash e sua equipe, na esperança de que fosse enfrentar Paul.

E isso realmente se concretizou. Nas quartas de final da Liga, entre os episódios 655 – Uma estratégia conhecida à 657 – Quebrando o gelo, Ash e Paul se enfrentaram, e é claro que o ponto alto da batalha foi o encontro de Electivire e Infernape.


A batalha foi difícil, mas, em certo momento, Electivire consegue agarrar Infernape e causar bastante dano, fazendo com que o tipo fogo caísse, já bastante machucado. Paul, nesse momento, debochando do tipo fogo, diz “Então isso é o melhor que você pode fazer? Você é patético, como sempre”. Quando parecia que Infernape não levantaria mais, sua habilidade Chama (Blaze) foi ativada, fazendo com que o Pokémon se tornasse extremamente poderoso e pudesse finalmente vencer de Paul e Electivire, provando que era realmente um Pokémon forte.


Todo o desenvolvimento de Chimchar foi bastante marcante durante a quarta geração do anime pois mostrou a força de vontade do Pokémon de se mostrar forte para seu antigo treinador, que o maltratava. Além disso, toda a história mostra o desenvolvimento dos laços entre treinador e Pokémon, já que Ash e Chimchar fortalecem sua relação de confiança ao longo das temporadas. Os episódios iniciais, que faziam questão de mostrar como Chimchar sofria ao lado de Paul, faziam com que qualquer um que assistisse ficasse com pena do Pokémon. O que ninguém esperava, no entanto, é que todo esse desenvolvimento era apenas uma preparação para a grande batalha que seria travada nas quartas de final da Liga, quando, depois de perder para Paul diversas vezes, o pequeno Chimchar, já como um grande Infernape, conseguiria sua redenção. Essa batalha foi e ainda é, para muitos fãs Pokémon, uma das melhores da história do Anime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad