Tipo Flying (Voador) - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

22/03/2013

Tipo Flying (Voador)



Criado na primeira geração, o tipo Flying possuía inicialmente 19 representantes. Com o tempo, esse número foi crescendo, hoje totalizando 82 Pokémon, ou 12,63% do total de criaturas. E foram as duas primeiras gerações que mais contribuíram para esse valor, pois foram as que mais adicionaram voadores: 19, cada. Em termos de técnicas, Flying atualmente abrange 22 delas, variando entre Físicas, Especiais e Status. Contudo, essa diversificação não existia nas três primeiras gerações, nas quais as técnicas do tipo eram todas Físicas, tornando necessário o contato com o oponente para atingi-lo. No TCG, Flying está incluído em Colorless.

Obs: Na contagem de Pokémon foram desconsiderados Fan Rotom e Shaymin na Forma Sky, uma vez que essas são formas alternativas, que diferem das naturais.


Na batalha

O tipo Flying, no videogame:
É super efetivo contra: Bug, Fighting, Grass
É pouco efetivo contra: Electric, Rock, Steel
Não tem efeito contra: ---
Tem resistência a: Bug, Fighting, Grass
Tem fraqueza a: Electric, Ice, Rock
É imune a: Ground


O tipo Colorless, no TCG, geralmente:
É super efetivo contra: Colorless
É pouco efetivo contra: Psychic
Tem resistência a: Fighting
Tem fraqueza a: Lightning

Pokémon tipo Flying costumam ter um bom Attack e excelente Speed. Defensivamente, eles são um tanto desvantajosos, já que sua resistência a técnicas Fighting é anulada pela combinação extremamente comum Normal/Flying. Por outro lado, a imunidade que têm a Ground pode ser facilmente driblada por técnicas tipo Rock que muitos Pokémon Ground aprendem. E, também, a técnica voadora que permite recuperação do HP do usuário, Roost, pode se tornar um problema: ao usá-la o Pokémon deixa de ser tipo Flying e se torna Normal até o fim do turno, tornando-se vulnerável a técnicas Ground.

No ataque, as técnicas Flying costumam ser boas apenas quando há STAB (Same-Type Attack Bonus, um poder adicional à técnica pela coincidência entre seu tipo e o do Pokémon usuário), com exceção a técnicas Especiais, uma vez os voadores comumente possuem baixo Special Attack. No entanto, quase todas as técnicas Flying têm a enorme vantagem de acertarem qualquer Pokémon nas Batalhas Triplas. Além do mais, monstrinhos voadores são de grande importância no jogo, pois a maioria aprende Fly, técnica que permite ao jogador se deslocar rapidamente entre cidades já visitadas.

Os voadores com maior base stat total, excluindo-se os Pokémon lendários, são Dragonite e Salamence, com 600. Isso os torna pseudo-lendários, um grupo criado pelos fãs que inclui as criaturas comuns com esse base stat total. Contrariamente, Delibird é o tipo Flying totalmente evoluído com menor base stat total, 330.

Obs: O tipo Flying, assim como Water, é o que mais se combina com outros. Hoje falta a Flying apenas a  combinação com Fighting.

Obs 2: Na maioria esmagadora dos Pokémon voadores, Flying é o tipo secundário. O caso à parte é o de Tornadus, que é o único Flying puro (e também único em que este é um tipo primário).

Obs 3: Nas gerações I e II, os jogos traziam dados de um glitch type (tipo que não era para existir, mas acaba existindo por erros de programação dos jogos) chamado Bird (pássaro). Acredita-se que este tenha sido o protótipo do tipo Flying.


Algumas técnicas do tipo Flying

Fly (Physical) - O usuário se eleva nos ares, então acerta o alvo no segundo turno. Pode também ser usado para voar para qualquer cidade familiar.
Aeroblast (Special) - Um turbilhão é lançado no alvo para lhe causar dano. Danos críticos (critical hits) ocorrem com maior facilidade.
Aerial Ace (Physical) - O usuário confunde o alvo com sua velocidade, então o golpeia. Este ataque nunca falha.
Roost (Status) - O usuário pousa e descansa seu corpo. O HP do usuário é restaurado pela metade de seu HP total.
Sky Drop (Physical) - O usuário leva o alvo para o céu, então o derruba no turno seguinte. O alvo não pode atacar enquanto estiver no céu.

Obs: Aerial Ace pode, sim, errar, quando for usado durante o turno semi-invulnerável do alvo que usa Dig, Dive ou Fly. Também erra se o alvo utilizar Protect ou Detect. Contudo, ele não é afetado por mudanças de stat de accuracy (precisão) e evasion (evasiva).


Especialistas do tipo voador

Pokémon do tipo Flying são verdadeiros "xodós" de alguns Líderes de Ginásio. Veja abaixo quem são esses especialistas e que voadores utilizam em suas batalhas:

Falkner (Johto) - Líder de Ginásio de Violet City --> Pidgey, Pidgeotto (utilizados na Batalha de Ginásio, em HeartGold e SoulSilver)
Winona (Hoenn) - Líder de Ginásio de Fortree City --> Swablu, Tropius, Pelipper, Skarmory, Altaria (utilizados na Batalha de Ginásio, em Emerald)
Skyla (Unova) - Líder de Ginásio de Mistralton City --> Swoobat, Skarmory, Sigilyph. Swanna (utilizados na Batalha de Ginásio, modo Challenge, em Black 2 & White 2)
Falkner, Winona e Skyla


Os Pokémon tipo Flying


A exemplo dos pássaros, mamíferos e insetos que voam em nosso mundo, os tipo Flying tem habitats bem diversificados.  Mesmo que a maioria desses Pokémon prefira as florestas, há os que gostam mais de lagos, mares e praias, os que preferem as montanhas (inclusive as congeladas e as vulcânicas), os que se dão melhor em áreas secas, como desertos, e aqueles que vivem em pradarias, cavernas ou ainda nas cidades. Muitos desses monstrinhos têm o costume de migrar em determinadas épocas, o que ajuda a explicar tamanha variedade de habitats.

E, como em cada área há um tipo diferente de alimentos, as dietas dos voadores variam igualmente. Enfim, cada um gosta de uma coisa: carne, frutas (ou os dois), insetos, pólen, plantas, algas, krill, peixes... Aqueles cujas dietas são mais particulares merecem um destaque maior. Murkrow, por exemplo, é um abutre que come qualquer coisa. Por outro lado, alguns como Pidgey, Spearow, Hoothoot e Taillow caçam Pokémon tipo Bug: Caterpie, Weedle e Wurmple se tornam vítimas fáceis para eles. Já Zubat e Golbat gostam de criaturas maiores, pois, além de caçarem vários Pokémon à noite, se alimentam de sangue humano! Há, ainda, alguns monstrinhos que parecem se sustentar apenas com a luz das estrelas (Ledian) ou do sol (Hoppip). Por fim, certos Pokémon gostam de alimentos produzidos por outros Pokémon, como Swablu e Starly, que também adoram as berries que nascem nos arbustos de Grotle; Mothim, por sua vez, é capaz de roubar o delicioso mel de Combee; e há igualmente Tropius, que de tanto comer sua fruta predileta, passou a tê-las nascendo em seu próprio pescoço.

Mas é lógico que os tipo Flying fazem muito mais além de comer. Charizard, o único relacionado a um Pokémon inicial (forma final do Charmander) que é também voador, é um guerreiro valente, mas piedoso com oponentes mais fracos. Ele é idolatrado desde 1996, quando apareceu pela primeira vez, nos jogos Red e Green (Blue, no ocidente). Além dele, outros cinco voadores são bastante famosos entre os fãs. São  os pássaros Normal/Flying que se tornam símbolo de suas respectivas gerações e regiões:
Os pássaros famosos das cinco regiões
("Eu também sou um deles, OK :'( " - Spearow)
  Pidgey, da Geração I, é extremamente dócil até ser atacado; ele, então, revida. Evolui para Pidgeotto e, depois, Pidgeot.
  Hoothoot, da Geração II, já passou a ser usado por muitos no lugar de despertadores: é que ele sempre pia nas mesmas horas do dia. Evolui para Noctowl.
  Taillow, da Geração III, encara qualquer oponente. Por outro lado, chora sempre que faminto. Evolui para Swellow.
  Starly, da Geração IV, voa em grupos tão grandes que seus piados se tornam extremamente irritantes. Evolui para Staravia e, depois Staraptor.
  Pidove, da Geração V, pode se atrapalhar ao receber ordens de seu treinador; contudo, ele sempre tenta obedecê-las. Evolui para Tranquill e, depois Unfezant.

Você alguma vez já ouviu dizer que é quando se dão asas à imaginação que as lendas nascem? Pois saiba que é verdade! Dentre os lendários, muitos são tipo Flying (e outros tantos, mesmo não sendo, possuem asas e voam):

Trio de Pássaros Lendários: Articuno, Zapdos e Moltres
  O Trio de Pássaros Lendários era alvo do colecionador Lawrence III, antagonista do segundo filme Pokémon. Os poderes desse trio, composto por Articuno, Zapdos e Moltres, são fundamentais para a manutenção dos mares e das correntezas, o que explica sua relação com o guardião do oceano, Lugia, que é também mestre dos três.

  A Dupla da Torre é composta por duas oposições. Lugia, guardião dos mares, representa as tempestades e a cor prateada, ao passo que Ho-Oh, guardião dos céus, representa o arco-íris e a cor dourada. Lugia protagonizou o filme dois da franquia e a dupla foi mascote dos jogos Gold & Silver e seus remakes.

  Rayquaza, mestre do Trio do Clima, vive na camada de ozônio e, por isso, foi visto pela primeira vez há pouco tempo. Pelo visto, ele se alimenta de água e outras partículas presentes na atmosfera. Ele apareceu no sétimo filme Pokémon e foi mascote da terceira versão da terceira geração.

Kami Trio
  O Kami Trio é baseado nos kami da mitologia japonesa. Tornadus representa o kami do vento; Thundurus, o do trovão; e Landorus, o da fertilidade. Apesar de não protagonizarem nenhum filme, tiveram um grande papel em dois especiais no anime: "Stopping the Rage of the Legends!", partes um e dois, e "Unova's Survival Crisis!".


Obs: O lendário Shaymin, ao mudar de forma, se torna Grass/Flying.


Os tipo Flying nos levam cada vez mais alto nas aventuras Pokémon!

"Eu naveguei pelo ar"  - Alberto Santos Dumont

Referências: Bulbapedia, neogaf.com, thankyoupokemon.tumblr.com, reisukenightmare.deviantart.com
Para referências de uma imagem específica, clique sobre ela.

Espero que tenham gostado ^^
(Leiam os comentários, o primeiro é sempre meu)


Matéria escrita por:

Post Top Ad