Pokémon TCG - Resumo do Primeiro Mês de Estrelas Radiantes no Formato - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

29/06/2022

Pokémon TCG - Resumo do Primeiro Mês de Estrelas Radiantes no Formato


Lançada no dia 27 de maio, a coleção Estrelas Radiantes já causou grandes mudanças no formato e influenciou diretamente o metagame do últimos eventos oficiais antes do Mundial. Hoje, vamos comentar as principais dessas mudanças e os que decks que surgiram ou cresceram a partir delas.

Engine Turbo

Após a rotação para a temporada 2021-2022, a grande maioria dos baralhos se focou na engine de linha de Inteleon, já citada várias vezes em outras matérias. Por característica, a linha de Inteleon garante grande consistência, mas, por outro lado, torna os decks um pouco mais lentos e dependentes de bons turnos iniciais.

Em Estrelas Radiantes, principalmente após o Regional de Melbourne (Austrália), as engines "turbo", isto é, focadas em combos rápidos e de alta recompensa, ganharam novo espaço e voltaram a ser alternativas viáveis.

Em geral, os decks turbo do formato se baseiam no combo de Mew, Tênis de CaminhadaGreninja Radiante e Rede de Recolhida. O objetivo é comprar o máximo de cartas o mais rápido possível e sair sempre na frente do adversário. As Habilidades do Mew e do Greninja podem ser usadas mais de uma vez no turno graças à Rede de Recolhida, e o Tênis de Caminhada potencializa as compras e filtra o baralho, descartando cartas indesejadas naquele momento ou partida. 

Mew - CEL 11Rede de Recolhida - RCL 165

Greninja Radiante - ASR 046

Devido ao descarte de Energias da Habilidade do Greninja, essa estratégia tem sinergia com baralhos que se aproveitam, de alguma forma, de Energias no descarte. É o caso de Dialga V-ASTRO e Palkia V-ASTRO, por exemplo. Falaremos mais de ambos abaixo.

Dialga Forma Origem V-ASTRO

Dialga Forma Origem V-ASTRO - ASR 114

Maior exemplo do uso efetivo da engine turbo, o Dialga V-ASTRO tem acumulado bons resultados nos torneios online, incluindo títulos em eventos com mais de 300 participantes. 

Sua estratégia é simples, direta e focada no Poder V-ASTRO do atacante principal. Em combinação com seu primeiro ataque, que em certo ponto é suficiente para nocautear todos os Pokémon-V Básicos e V-ASTRO, o Dialga consegue pegar Prêmios e, ao mesmo tempo, "destruir" a mesa do oponente. Dessa forma, a vantagem ganha é muitas vezes irreversível.

A carta responsável por recuperar as Energias do descarte e acelerar a energização é o Disco de Metal. Por ser um Item, não é incomum que 3 ou até 4 cópias sejam usadas no mesmo turno. 

Disco de Metal - SSH 170

Lista de Dialga com bom desempenho num torneio online


Palkia Forma Origem V-ASTRO

Palkia Forma Origem V-ASTRO - ASR 040

Outro baralho que se aproveita bem da engine turbo é o Palkia V-ASTRO, apontado por muitos como o "deck a ser batido" do formato. No entanto, ao contrário do Dialga, a versão mais popular do Palkia não é a turbo, mas sim a mais conservadora, com linha de Inteleon.

Em ambos os casos, o objetivo final é basicamente causar bons danos de forma consistente e sem receber nocautes diretos no contragolpe. O ataque do Palkia muitas vezes coloca os adversários em situações desconfortáveis, já que, para evitar receber danos maiores, eles precisam colocar poucos Pokémon no Banco, mas fazer isso também pode acabar comprometendo o desenvolvimento de seu próprio jogo.

Apesar de não parecer tão impactante à primeira vista, a consistência e a eficácia do baralho resultaram em desempenhos excelentes nos torneios, em especial em Melbourne, em que a engine turbo ganhou destaque, e no North America National Championship (NAIC), que contou com mais de 1.000 jogadores. No primeiro, todos os 8 melhores colocados da categoria Master usaram Palkia, enquanto no NAIC o deck ficou com o segundo lugar e outras aparições no top 8.  

Lista de Palkia finalista do NAIC


Regis

Regigikas - ASR 130Regidrago - ASR 118

Uma das grandes surpresas da coleção, o baralho de Regis caiu rapidamente nas graças do povo. Trata-se de um baralho de 1 prêmio e muito barato.

O deck tem esse nome porque é baseado no combo entre todos os seis "Regis" (Titãs/Golens Lendários): Regigigas, Regirock, Registeel, Regieleki, Regidrago e Regice.

Registeel - ASR 108Regice - ASR 037

Regieleki - EVS 060Regirock - ASR 075

O que permite o baralho acontecer é a Habilidade do Regigigas, cujo poderoso efeito só pode ser ativado se todos os Regis estiverem em campo. Naturalmente, os atacantes só podem ser os próprios Regis, o que não chega a ser um grande problema, pois cada um tem pelo menos um ataque útil para determinadas situações e eles golpeiam em diferentes Fraquezas.

Para que a estratégia se concretize, são usadas muitas buscas de Pokémon e cartas que podem ser usadas para mandar as Energias pro descarte. Outra peça crucial é a Energia Aurora, que, além de poder descartar outras Energias, paga o custo de qualquer ataque, independente do tipo exigido.

A versatilidade e a troca de Prêmios favorável contra VMAX e V-ASTRO trazem ótimos resultados ao  Regis, de modo que ele é, hoje, o melhor deck de 1 Prêmio do formato e, também, uma das melhores opções para aqueles que estão chegando agora ao jogo e ao competitivo.

Lista de Regis com bom desempenho em torneios online


Blissey V

Blissey V - CRE 119

Ao contrário dos citados anteriormente, a Blissey não é uma adição da nova coleção. A novidade, neste caso, são seus novos parceiros, o Greninja Radiante e a Miltank

O papel do Greninja é o mesmo que o na engine turbo: descartar Energias e comprar cartas. A Miltank, por sua vez, causa grande dor de cabeça a oponentes que utilizam apenas Pokémon-V (incluindo V-ASTRO e VMAX) como atacantes.

Miltank - ASR 126

Com muitas cartas voltadas a aumento de vida e cura, o jogador de Blissey busca esgotar os recursos do oponente e causar altos danos nos turnos mais avançados. Com essa estratégia, o baralho foi finalista do Regional de Milwaukee (Estados Unidos).

Essa foi a lista usada para chegar à final: 


Arceus V-ASTRO

Arceus V-ASTRO - BRS 123

No último formato, a PBN publicou uma matéria com foco especial nas variantes de Arceus. Apesar das mudanças causadas por Estrelas Radiantes, o deus Pokémon se mantém nas prateleiras mais altas. 

Diferentes versões conquistaram ótimos resultados, como a que leva Duraludon VMAX, mais focada em evitar nocautes, e a mais direta, com apenas o Arceus como atacante. 

Duraludon VMAX - EVS 123

Há também as listas com atacantes de vários tipos, de acordo com as exigências do metagame. Um dos novos parceiros do Arceus nesse sentido é o Pikachu Voador VMAX, usado como arma contra o Palkia V-ASTRO e decks com atacantes Básicos, como o de Blissey e o de Regis. Essa versão conquistou o título do NAIC.

Pikachu Voador VMAX - CEL 07

A lista campeã foi a seguinte:


Conclusão

Mais estatísticas, listas e resultados dos torneios no formato SSH-ASR podem ser encontrados no site da Limitless e na sua plataforma de torneios online. Recomendamos também vídeos no YouTube para conhecer alguns baralhos na prática, há muito conteúdo disponível tanto em Português quanto em línguas estrangeiras.

Em suma, pode-se dizer que Estrelas Radiantes teve um impacto sobre o competitivo até maior do que o esperado. A coleção possibilitou o surgimento de muitos novos decks e incentivou adaptações nos que já existiam. Uma exceção notável é o Mew VMAX, cujas listas não sofreram mudanças tão significativas. 

Nos dias 18 a 21 de agosto, acontecerá em Londres o Pokémon World Championship 2022, nosso Mundial. Antes disso, o metagame deve sofrer mais algumas mudanças, devido ao lançamento da coleção especial de crossover com o Pokémon GO, em 1º de julho. Portanto, ainda há muito trabalho para os jogadores que garantiram sua vaga.


Se esse não é seu caso (ou mesmo que seja), porque não treinar e se divertir nos torneios online? O Carteado Challenges organiza torneios gratuitos e com premiação em dinheiro para jogadores do mundo todo! 

Para mais conteúdo de Pokémon, mantenha-se atento à Pokémon Blast News, em especial a nossa página dedicada ao Pokémon Trading Card Game.

Post Top Ad