Rivais de Jornada - Os Maiores Rivais de Ash em Pokémon - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

21/03/2022

Rivais de Jornada - Os Maiores Rivais de Ash em Pokémon

ash gary

Um rival é um personagem recorrente do anime, bem conhecido pelo protagonista e possui habilidades, objetivos e conquistas semelhantes. Personagens rivais aparecem com frequência durante a missão do protagonista, tendo um papel em vários eventos e, muitas vezes, desafiando-o em batalhas. Derrotar um rival pode ser um objetivo primário ou necessário desse personagem.

O anime Pokémon já apresentou alguns rivais incríveis para Ash, seus amigos e até para alguns Pokémon. Seja no anime ou nos jogos principais, é quase impossível pensar em Pokémon sem pensar nos rivais. Em uma franquia que fala muito sobre crescimento pessoal e competir para ser o melhor treinador possível, é natural que seus personagens rivais consigam deixar um impacto tão duradouro nos fãs, e isso é especialmente notado no anime.

Sendo o protagonista do anime, Ash tem, de longe, a maior quantidade de rivais, de Gary Carvalho em Kanto até Bea em Jornadas Pokémon. No entanto, ele não é o único, já que vários dos companheiros de viagem de Ash fizeram rivais memoráveis ​​durante suas próprias jornadas pessoais. Nesta matéria, em especial, você conhecerá os maiores rivais que Ash já teve durante a sua jornada!

Gary Carvalho

gary

Gary é um personagem recorrente que apareceu no anime Pokémon. Atualmente, ele é um Pesquisador Pokémon e neto do Professor Carvalho. Ele é um amigo de infância de Ash Ketchum e seu principal rival na série original. Em Jornadas Pokémon, ele atua como rival de Goh no Projeto Mew.

No dia em que Gary começou sua jornada Pokémon, ele se mostrou um treinador arrogante. Ele até tinha um grupo de líderes de torcida que o aplaudiam em todas as suas batalhas e chegavam a chorar quando ele perdia. Ele não andava em suas jornadas como a maioria dos Treinadores fazia; em vez disso, ele tinha seu próprio carro conversível com motorista. Gary adorava quando tinha a chance de tirar sarro de Ash, gabando-se sobre o quão atrás Ash estava comparado a ele.

Como o primeiro e mais longo rival de Ash, seu relacionamento e rivalidade viriam a desempenhar um papel fundamental na perspectiva de Ash como Treinador. Apesar de sua opinião sobre Ash, Gary fazia questão de mostrar sua superioridade de todas as maneiras que pudesse durante suas aparições. A dinâmica da dupla teve uma grande mudança quando Gary foi eliminado na Conferência do Planalto Indigo da Liga Kanto antes de Ash. Com isso, Gary se tornou mais humilde e cessou sua arrogância e atitude antagônica em relação a Ash, embora ele ainda o provocasse às vezes.

Na Conferência de Prata da Liga Johto, Ash e Gary tiveram um relacionamento mais amigável um com o outro, mantendo um senso de rivalidade. Os dois finalmente tiveram sua primeira batalha completa na Liga Johto. Após sua derrota contra Ash, Gary aceitou graciosamente sua derrota e deu a ele sua metade da Pokébola, de quando eram crianças, simbolizando o fim de sua rivalidade e a renovação de sua amizade. Mesmo depois de terminar sua rivalidade com Ash, Gary continuou a ter um impacto sobre Ash e sua jornada em frente, continuando a servir de motivação para ele enquanto às vezes lhe dava uma mãozinha. Gary fez algumas participações especiais durante a jornada de Ash em Sinnoh e tem aparecido de forma mais frequente também na série Jornadas.

Ritchie

ritchie

Ritchie é um treinador Pokémon da cidade de Frodomar e um rival de Ash em Kanto. Ele é um menino bondoso e sincero. Suas ações corajosas o ajudaram a desenvolver laços e ganhar o respeito de outros personagens, incluindo o Professor Carvalho e a enfermeira Joy da Cidade de Marion. Ele valoriza suas amizades, mesmo esperando por Ash, apesar de sua chegada atrasada para uma batalha da Conferência do Planalto Indigo da Liga Kanto.

Ritchie equilibrou a abordagem mais imprudente de Ash com sua maneira cautelosa. Ele pensa no futuro e suas habilidades de resolução de problemas se adaptam bem ao seu estilo de vida de viajante. Ritchie teve uma vitória sobre Ash na Liga após seu Charizard se recusar a obedecer. Após sua derrota na Liga Indigo para Assunta, Ritchie observou que as derrotas eram inestimáveis ​​e isso ajudou Ash a superar sua própria tristeza após sua perda.

Ele é apaixonado por Pokémon e, como Ash, sonha em se tornar um Mestre Pokémon. Depois da sua aparição na Liga Pokémon de Kanto, Ritchie ajudou a salvar um bebê Lugia da Equipe Rocket em Johto e foi protagonista em três episódios da temporada especial Pokémon Chronicles.

Morrison  

morrison

Morrison é um treinador de Pokémon da cidade de Verdanturf e um rival de Ash na Liga Hoenn. Ele se veste com trajes tradicionais japoneses. Morrison tem uma personalidade muito espirituosa e gosta de desafiar outras pessoas para quase tudo. Devido a isso, ele geralmente desafia Ash para vários eventos, como batalhas de Pokémon ou até mesmo um concurso de comida. Sua personalidade parece espelhar a de Ash durante a Conferência do Planalto Indigo; frequentemente mostrando sinais de imaturidade e excesso de confiança.

Embora quando confrontado com situações difíceis, como ter que lutar contra alguém que ele considera um bom amigo, ele nem sempre sabe o que fazer e fica deprimido. Isso é visto depois que Morrison descobriu que Ash seria seu próximo oponente na Conferência Ever Grande da Liga Hoenn. Isso também mostra que ele não considera a vitória em um grau mais alto de importância sobre a amizade.

Morrison foi desclassificado por Ash na Liga Hoenn e ficou entre os 16 melhores treinadores da conferência.

Paul

Paul Anime Pokémon

Paul é um personagem recorrente que apareceu no anime Pokémon durante a jornada de Ash em Sinnoh. Ele é um treinador Pokémon da Cidade de Veilstone. No início, Paul era muito reservado e apático e, como tal, demonstrou exibir pouca emoção, além de um sorriso áspero ocasional ao lidar com Ash. Ele também era muito insensível, especialmente quando batalhava, vendo os Pokémon como ferramentas de combate em vez de seres para fazer amizade, e sua única preocupação neles era sua força na batalha. Ele não gostava de Pokémon fracos e tinha uma tendência de soltá-los se eles continuamente tivessem um desempenho inferior em batalhas ou não atendessem às suas expectativas.

No entanto, Paul teve um grande ponto de virada após sua derrota esmagadora para Brandon, o Cérebro da Fronteira da Pirâmide de Batalha, e passou por um sério ajuste de atitude; ele manteve sua personalidade reservada e estoica, mas cessou suas tendências cruéis e começou a tratar seus Pokémon menos como ferramentas e mais como parceiros altamente habilidosos. Enquanto ele ainda não mostra afeição aberta como Ash faz, ele parece ter abandonado seu hábito de repreendê-los; na verdade, ele começou a fazer exatamente o oposto e elogiá-los não apenas quando eles ganhavam, mas até mesmo quando eles perdiam, o que era algo que ele praticamente nunca fez antes.

Paul originalmente sentiu que Ash era um treinador fraco quando eles se conheceram e a atitude muito diferente de Ash em relação aos Pokémon também forneceu muito combustível para sua rivalidade. Apesar disso, Paul mal reconhecia Ash como um Treinador sério ou um rival, muitas vezes desconsiderando seus discursos sobre amizade e amor, e insultando-o e menosprezando-o basicamente toda vez que se encontravam.
 
Embora eles permanecessem em claro desacordo por muito tempo, ele começou a considerar Ash mais seriamente e não zombava mais de suas habilidades como Treinador. Sua mudança de atitude foi mostrada após suas vitórias contra Ash e Barry, onde, apesar de suas derrotas, ele não descartaria seus esforços como antes e até passa a elogiar após uma batalha bem disputada. Depois de uma longa e dura batalha na Conferência da Liga Pokémon de Sinnoh, Paul acabou perdendo para Ash em uma batalha completa e, ao fazê-lo, ganhou respeito por ele amenizando sua amarga rivalidade.

Paul não foi mais visto no anime desde o fim da Liga Sinnoh. No entanto, está confirmado o seu retorno em algum momento da atual série Jornadas Pokémon. 

Barry

barry

Barry é um treinador Pokémon da Cidade de Twinleaf e um dos rivais de Ash em Sinnoh. Barry possui uma personalidade hiperativa que muitas vezes vai além da impaciência. Para tanto, sempre que algo ou alguém se interpõe em seu caminho, o aborrece ou ainda perde a calma e grita em forma de repreensão. Essa atitude é tão recorrente e extrema que seu Empoleon muitas vezes se mostra irritado com o comportamento selvagem de Barry.

Barry admira Paul e seus métodos de treinamento, e quer ser um Treinador tão forte como ele. Ele também tem uma mentalidade um pouco semelhante à de Paul, como preferir pegar Pokémon fortes para treinar. No entanto, ao contrário de Paul, ele ainda se preocupa com seus Pokémon, elogiando-os por seu trabalho duro e mostrando preocupação quando um deles é ferido, como quando Empoleon foi atingido pelas ondas sonoras causadas pelas ações da Equipe Galáctica enquanto estava na Ilha de Ferro.

Barry participou da Conferência da Liga Pokémon de Sinnoh, mas foi desclassificado por Paul, a quem tanto admirava.

Nando

nando

Nando é um artista que canta, recita poemas e sempre carrega sua harpa de ouro com ele. O personagem de Nando pode ser facilmente descrito como calmo e sereno. Mesmo nas situações mais tensas, como ser preso por um crime que não cometeu em Eterna, ele sempre olhará para o lado positivo. Ele gosta de música e seu passatempo favorito é tocar sua harpa para quem quiser ouvir, sejam humanos ou Pokémon, na esperança de espalhar a tranquilidade que ele sente por dentro para os outros. Esse traço de personalidade também se reflete em sua escolha de Pokémon e até mesmo nos Selos que ele usa nos Concursos Pokémon.

Mesmo que Nando encontre um Treinador que tenha hostilidade em relação a ele, como Zoey, ele ainda tratará esse Treinador com o maior respeito. Nando gosta de ser um pacificador, ajudando Ash e Dawn a resolver suas diferenças sobre se batalhar ou coordenar é melhor que o outro.

Em sua jornada, Nando decidiu participar dos Concursos Pokémon ao mesmo passo que buscou coletar as Insígnias de Ginásio. Sendo assim, Nando obteve sucesso e conseguiu participar tanto do Grande Festival quanto da Liga Pokémon de Sinnoh. Zoey venceu Nando no Grande Festival, enquanto Ash o venceu na Liga Pokémon.

Trip

trip

Trip é um Treinador de Pokémon da Cidade de Nuvema e o principal rival de Ash em Unova. Trip é bem reservado e tende a manter seus sentimentos para si mesmo. Sua estratégia é planejar com antecedência e completar o básico do treinamento Pokémon. Comparado com os outros rivais da região de Unova, Trip é bastante distante e prefere não interagir com eles fora da batalha. Ele tem uma câmera digital, com a qual tira fotos para ilustrar sua jornada.

Apesar de ter começado apenas como Treinador, Trip já implementa muitas estratégias em suas batalhas. Ele derrotou Ash em todas, exceto duas de suas batalhas (a primeira em que eles empataram e a última em que Ash o venceu na Liga Unova), apesar de Ash ser um treinador muito mais experiente. No entanto, ele é menos indulgente do que Ash e sofre mais com as perdas. Um exemplo disso é quando ele perdeu para Cilan, e ele tirou uma foto de Cilan e Dwebble. Quando Cilan perguntou por que ele estava fazendo isso, Trip respondeu que estava gravando este momento para que ele se lembrasse de sua frustração. Trip também insulta ativamente e é no máximo tão maduro quanto Ash, como mostrado durante sua brincadeira infantil com Ash durante sua terceira batalha, junto com quando ele deu uma cotovelada em Ash para chamar a atenção de Alder.

Um de seus objetivos principais era derrotar Alder, o campeão de Unova, em uma batalha. Ele teve a chance de batalhar contra Alder após vencer a Copa Junior, e estava muito confiante. Depois de perder rapidamente para Alder, Trip começa a perceber o erro em seus pontos de vista e, como tal, teve uma mudança de atitude. Isso pode ser visto quando ele cumprimenta Ash e seus amigos com uma abordagem mais amigável do que antes, com sua mudança de atitude sendo notada pelos outros personagens como Cilan e Iris. Junto com sua nova personalidade, ele mostra um interesse genuíno em lutar contra Ash, e junto com isso cessou suas tendências passadas de zombar dele. Apesar de sua mudança de atitude, ele ainda mantém distância e prefere não interagir com os outros rivais.

Trip participou da Conferência da Liga Unova, mas foi desclassificado na primeira fase em uma batalha contra Ash.

Stephan

Stephan

Como muitos dos rivais de Ash, Stephan tem uma paixão intensa por lutar e está sempre disposto a enfrentar qualquer oponente. Seu estilo geral de batalha é atacar o oponente de frente com força total, assim ele é notado por seu estilo imprudente e eficaz. Ele pode ser teimoso e impaciente. Ele também pode ser extremamente competitivo, como visto quando ele entrou em um concurso de comida com Ash. Ainda assim, ele sempre quer que seus rivais fiquem mais fortes e os incentiva a fazer o melhor ao testemunhar a batalha.

Como é o caso de Butch da Equipe Roclet, o nome de Stephan é muitas vezes mal pronunciado por outros personagens como 'Steffen', 'Steven' ou 'Stuven'. Às vezes, as pessoas o chamam de um nome completamente diferente. Quando seu nome é pronunciado incorretamente, isso faz com que ele os corrija em um humor que varia de um leve aborrecimento a uma explosão de raiva. Qualquer que seja seu humor, ele o muda rapidamente. Na Liga de Unova, seu nome foi pronunciado corretamente, o que deixou Stephan muito feliz e confuso, embora Ash e seus amigos agora afirmem que nunca pronunciaram seu nome errado.

Um dos seus maiores destaques foi durante o torneio Clubsplosão do Clube de Batalha, em que Stephan se tornou o vencedor após Sawk derrotar o Throh de Montgomery. Stephan participou da Conferência da Liga Unova, mas foi desclassificado por Ash, ficando entre os 16 melhores treinadores. 

Bianca

bianca

Bianca é uma treinadora Pokémon da Cidade de Nuvema e uma das rivais de Ash em Unova. Ela também é uma companheira de viagem recorrente. Assim como sua contraparte do jogo, Bianca é uma garota doce, mas também é bem avoada. Ela é bastante parecida com Ash quando ele começou sua jornada. Também é um pouco desajeitada e desorganizada. Toda vez que ela se encontra com os personagens principais, ela corre animadamente em direção a eles e depois tropeça, fazendo com que ela colida com Ash e o jogue na água, e sempre pedindo desculpas depois.

Ela tende a fazer as coisas em seu próprio ritmo, o que geralmente envolve apressar e forçar as pessoas a ir junto com ela. Ela estava impaciente para capturar Minccino, assim como durante as batalhas, a ponto de Ash, Iris e Cilan terem problemas para acompanhá-la. Ela não perde tempo ao dar comandos a seus Pokémon, embora essa velocidade e poder brutos também causem muitos erros. Sua impaciência também se expande para os outros, visto que quando Ash estava lutando contra Minccino, Bianca começou a gritar ataques para o Pikachu de Ash, apesar de Pikachu não ser dela ou saber os ataques que ela comandou.

Bianca teve muitos destaques durante sua jornada em Unova, como quando derrotou o Conkeldurr de Trip com seu Emboar no torneio Clubsplosão do Clube de Batalhas. Além disso, quando ela desafiou Elesa em uma batalha de ginásio, sua derrota quase a fez desistir de sua jornada por pressão de seu pai, que não a considerava madura para seguir em frente como Treinadora. Bianca conseguiu entrar também na Liga Unova, mas foi derrotada por Cameron no segundo round. 

Cameron

cameron

Cameron é um menino enérgico que gosta de se mover em ritmo acelerado. Assim como Barry, outro rival de Ash, Cameron não gosta de ficar parado e está sempre ansioso para treinar. Infelizmente, Cameron é notoriamente ruim em acompanhar o tempo e os números. Por exemplo, em seu episódio de estreia, ele queria competir no Pokémon World Tournament da Copa Junior, mas chegou no dia de encerramento do torneio em vez de o dia da abertura. Ele também se atrasou para se inscrever na Conferência de Vertress, mas felizmente conseguiu se inscrever.

Os erros de Cameron com o tempo são insignificantes em comparação com seus erros com os números. Ele originalmente pensou que o número de Insígnias necessárias para se qualificar para a Liga era sete, e se Ash não tivesse dito o contrário, ele provavelmente não poderia participar. Ele também chegou a pensar que a Liga de Unova aconteceria em Ecruteak, Johto. Mais tarde, durante a Conferência da Liga, ele erroneamente pensou que o número de Pokémon usados ​​em uma Batalha Completa era cinco, então ele registrou apenas cinco Pokémon e os trouxe com ele na Conferência de Vertress. Devido a esse mal-entendido, ele teve que enfrentar Ash em uma batalha completa com um Pokémon a menos, e mesmo assim ele saiu vitorioso. Ele mostrou ter boas habilidades de batalha em outros momentos também, como durante sua batalha com Marlon, que lhe rendeu a Insígnia da Onda.

Cameron também parece gostar de correr riscos, mesmo quando desnecessário, ou tem dificuldade em lembrar-se de combinações de tipos. Isso foi mostrado em sua batalha com Ash, onde ele envia Ferrothorn contra Pignite, apesar de sua fraqueza a ambos os tipos de Pignite, e mais tarde ele envia Swanna contra Pikachu, apesar de sua fraqueza dupla para movimentos do tipo elétrico.

Quando Cameron começa a se desesperar em batalha e cometer erros desnecessários, ele tem o hábito de puxar com força a bandana que usa em sua testa e soltá-la em seguida, para que o choque causado pela dor do movimento o faça pensar com mais cuidado nos próximos movimentos. Cameron foi capaz de derrotar Ash na Liga Unova e ficar entre os quatro melhores treinadores da competição.

Tierno

tierno

Tierno é um treinador Pokémon da Cidade de Santalune e um rival de Ash. Ele começou sua jornada com um Squirtle que ganhou do Professor Sicômoro. Muito parecido com sua contraparte no jogo, Tierno é um dançarino. Apesar de ser um treinador novato, ele pode lidar bem com oponentes mais experientes graças às suas habilidades, ensinando movimentos de dança para seus Pokémon para que eles possam evitar ataques com facilidade.

Tierno é muito amigável e está sempre incentivando seus amigos a darem o melhor de si. Ele é muito amigo de Shauna e muitas vezes assiste suas performances na Exibição. Ele tem sentimentos por Serena, que ele demonstra toda vez que eles se encontram.

Quando Ash conheceu Tierno, ele quis aprender o seu estilo de batalha dançante para utilizar em sua batalha no ginásio de Shalour. No entanto, durante a batalha no ginásio, ele percebeu que cada treinador tinha o seu próprio estilo.

Tierno coletou oito insígnias de ginásio e participou da Conferência da Liga Kalos, mas foi desclassificado por Sawyer.

Sawyer

Sawyer Anime Pokémon

Sawyer é muito estudioso e cuidadoso, visto que ele faz anotações em seu caderno após cada batalha que ele participa. Ele faz o seu melhor para aplicar seu conhecimento adquirido na batalha. Sawyer se mostra muito aberto a novas experiências e não parece se importar em perder, desde que isso lhe dê uma chance de melhorar a si mesmo. Essa atitude permitiu que Sawyer progredisse constantemente como Treinador até chegar na Conferência da Liga Kalos. Além disso, à medida que progrediu, ele começou a incorporar as estratégias pouco convencionais de Ash, como usar seu Slaking para combater o estilo de batalha de Hawlucha de Ash e usar Aegislash para derrubar as árvores no campo de batalha para eliminar os esconderijos de Pikachu.

Sawyer parece olhar para Ash como amigo e rival. Depois de conhecer Ash e receber conselhos úteis, Sawyer se tornou mais assertivo e confiante na batalha. Depois de testemunhar a derrota de Ash para Wulfric, Sawyer pareceu desapontado, dizendo que o Treinador que ele admirava por tanto tempo não teria perdido, mas acabou prometendo acreditar em seu amigo, sabendo que eles se veriam na Liga Pokémon.

Em sua batalha contra Ash na Liga Kalos, Sawyer ficou visivelmente em pânico durante o último ataque de Greninja contra seu Mega Sceptile. Apesar disso, ele rapidamente se recuperou de sua derrota, parabenizando Ash por sua vitória e aceitando seu aperto de mão em uma demonstração de bom espírito. No entanto, apesar de ter feito uma boa batalha, ele admitiu a Sceptile que se sentiu muito frustrado por perder, mas foi capaz de sacudir as lágrimas para reafirmar seu desejo de ganhar experiência e um dia superar Ash.

Alain

alain

Alain é um Treinador Pokémon que procura derrotar todos os Pokémon Megaevoluídos usando seu Mega Charizard X. Ele inicialmente aparece como o personagem da série especial Mega Evolução, trabalhando sob a instrução de Lysandre para coletar energia da Mega Evolução. Mais tarde, ele aparece no arco de Pokémon a Série: XY & Z como um rival de Ash.

Alain é mostrado geralmente focado em seus objetivos, mas muitas vezes exibe um comportamento distante e pode divagar em pensamento. Ele a princípio parece afastar os outros, mas ajudou Mairin a capturar Flabébé com dicas de estratégia. Ele, no entanto, tem um vínculo estreito com seu Charizard, e se acostumou com a companhia de Mairin. Alain persegue obstinadamente seu objetivo de se tornar o mais forte treinador, muitas vezes ignorando a preocupação dos outros e inadvertidamente causando angústia e mais preocupação entre aqueles que mais se importam com ele.

Alain tem uma tendência a afastar as pessoas que quer proteger. Durante seu tempo trabalhando no laboratório do Professor Sicômoro, Alain era muito mais alegre do que é no presente. Embora ele tenha se distanciado do professor , é claro que ele ainda está preocupado com sua segurança, algo que ele admitiu totalmente ao seu ex-mentor enquanto estava na Liga Kalos.

Alain vê Ash não apenas como um rival, mas como um amigo próximo, e ele valoriza sua amizade com ele assim como ele valoriza Mairin. No entanto, sua amizade foi prejudicada quando ele foi forçado a deixar a Equipe Flare a levar Ash e seus Pokémon em cativeiro. Por causa de sua traição, Alain estava envergonhado demais para falar com ele. No entanto, ele finalmente percebeu o erro de seus caminhos depois de ouvir Ash explicar que ele não se importa com o que fez no passado ou no presente. Além disso, parece que ele se inspira em Ash, já que ele competiu na Liga Kalos por causa dele, inclusive se tornando o campeão da competição.

Ash o ajudou a entender o que havia de errado com seus caminhos, e o ajudou a recomeçar do zero, indo em uma nova jornada com Mairin para encontrar sua própria Pedra Chave e Mega Pedra para chamar de sua.

Gladio

gladion

Gladio é o irmão mais velho de Lílian e o principal rival de Ash em Alola. Quando Gladio apareceu pela primeira vez, ele estava distante de sua irmã porque se culpava por Lílian ser incapaz de tocar nos Pokémon. Ele é uma pessoa impaciente, exigindo que as divindades guardiãs se apressassem enquanto esperavam para salvar sua mãe. Ele também não tem um bom temperamento, visto quando ele repreendeu Ash por acidentalmente causar o medo traumático de Pokémon de Lílian ressurgir devido à sua negligência com Nebulino.

Apesar disso, Gladio rapidamente reconheceu o potencial de Ash como Treinador, e depois de derrotar o Lycanroc de Ash, agradeceu a Ash por dar a Silvally a oportunidade de treinar. Ele também foi motivado a aceitar o desafio da ilha depois de ver Ash e Pikachu executarem o Choque do Trovão Fulminante. Quando ele viu Poipole pela primeira vez, ele rapidamente se preocupou devido ao fato de que Poipole era uma Ultra Criatura.

Gladio tem fé suficiente em seus Pokémon para deixá-los lutar entre si para treinar, sem lhes dar nenhum tipo de comando. Ele também fica feliz sempre que seus Pokémon se saem bem, como mostrado quando ele parabenizou Lycanroc depois de derrotar o Lycanroc de Ash. O estilo de batalha de Gladio é geralmente mais calculado que o de Ash. Ao lutar com Silvally, Gladio faz bom uso de sua habilidade para mantê-lo em vantagem. No entanto, Gladio e seus Pokémon começaram a se adaptar mais diante das estratégias não convencionais de Ash depois que ele reconheceu o treinador de Kanto como seu rival.

Gladio enfrentou Ash na Final da Conferência de Manalo em uma batalha que terminou com cada um com seu Lycanrock. O Lycanroc de Gladio acabou sendo derrotado, fazendo com que Gladio perdesse a partida e Ash se tornasse o campeão da primeira Liga Alola.

Hibi

hau

Hibi é um jovem Treinador cheio de energia e ansioso para enfrentar os desafios das ilhas em Alola. Sua inexperiência foi mostrada durante sua aparição de estreia, onde ele estava confiante, embora não tivesse direção em seu estilo de batalha. O foco e a capacidade de Hibi de prever a estratégia de seu oponente melhoraram na véspera da Conferência de Manalo, o que lhe permitiu avançar para o Top 8 antes de ser derrotado por Ash em sua partida. Ele ainda está aprendendo a lidar com a derrota, embora rapidamente se acalme. Ele também valoriza a experiência dos outros como inspiração, especialmente Ash e seu avô Pandam.

Bea

bea

Em Pokémon Jornadas, Bea é uma rival de Ash e líder do ginásio de tipo Lutador de Stow-on-Side, participando do Campeonato da Coroação Mundial, com o objetivo de derrotar Leon e se tornar a treinadora mais forte do mundo. Bea tem uma personalidade forte e confiante. Enquanto ela mostra a devida disciplina e etiqueta na batalha, Bea fala franca e diretamente, chamando Korrina de "fraca" e apontando as aberturas de Ash quando as vê. Extremamente poderosa, Bea foi capaz de derrotar outros especialistas do tipo Lutador como Korrina e o Mestre de Karatê do Dojo Lutador de Kanto. Como Ash, Bea pretende vencer Leon na Campeonato da Coroação Mundial, a fim de provar que é a treinadora mais forte do mundo. Isso garantiu a Bea altas classificações e ficou entre os trinta melhores treinadores do mundo antes de sua batalha com Ash.

Apesar de ser dura na batalha, Bea tem um lado mais gentil, como quando ofereceu comida para Pikachu e Riolu e na forma como Bea trata Allister, o outro líder de ginásio de Stow-on-Side. Como sua contraparte do jogo, Bea também tem um fraquinho por doces. Por esta razão, como revelado mais tarde, Bea tornou-se amiga de Korrina, que apresentou Bea aos doces encontrados na região de Kalos. Bea tem o hábito de esquecer o nome de Ash, antes de conhecê-lo apenas como "Treinador de Riolu" e depois como "Treinador de Lucario". Apesar disso, Bea reconheceu a força de Ash e passou a respeitá-lo desde a segunda batalha. E após a conclusão da terceira batalha entre eles, com a vitória de Ash, Bea começou a chamar Ash por seu verdadeiro nome.

Post Top Ad