Movimentos que não fazem sentido no mundo Pokémon | Parte 1 - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

05/01/2019

Movimentos que não fazem sentido no mundo Pokémon | Parte 1

Ao longo de todos os jogos Pokémon, muitas foram as vezes em que os jogadores se perguntaram o motivo para algumas criaturas possuírem ou não alguns ataques. Conforme os anos se passaram, algumas correções foram feitas, mas haverá eternamente alguns movimentos que simplesmente não fazem sentido. Nesta primeira parte da matéria, portanto, relembraremos alguns dos ataques que não fazem sentido nos jogos Pokémon, tentando mostrar também o motivo pelo qual os movimentos deveriam ser aprendidos (ou não) em cada um dos casos. A segunda parte será postada em breve.

É preciso salientar, no entanto, que em nenhum momento há a intenção de fazer uma reclamação em relação aos movimentos citados - tudo não passa de um brincadeira.

Pois bem, vamos começar:

Fly/Voar

Tudo bem, essa é extremamente clássica. Todos conhecem a eterna incoerência que existe no fato de que Charizard não é capaz de aprender o movimento Voar. No entanto, eis alguns outros pontos: Scyther e Yanmega, mesmo possuindo asas, também não são capazes de aprender o movimento. Além disso, Drampa, que não possui nem resquícios destas, é capaz de aprender o ataque.

Outro ponto extremamente interessante: nos jogos da franquia, o ataque Voar serve como meio de locomover o jogador de um ponto do mapa para outro, carregando este em suas costas. Entretanto, Pidgey consegue aprender o movimento. Isso significa que uma criatura com pequenos centímetros de tamanho é capaz de carregar um ser humano em suas costas, enquanto outras como Charizard e Scyther não?


Steel Wing/Asa de Aço

A incoerência de alguns ataques da franquia foi um ponto que persistiu ao longo de muitos jogos. Em um dos casos mais recentes, temos Elgyem, que é capaz de aprender o movimento Asa de Aço, mesmo sem possuir nenhuma asa. Obviamente, não há sentido nisso, uma vez que o ataque depende completamente do uso de uma asa para poder funcionar - tanto que leva essa parte do corpo inclusive em seu nome.


Mean Look/Olhar Malvado

Esse também é um daqueles casos clássicos que todos conhecem. Nos jogos da franquia, o movimento Olhar Malvado sempre enfatizou o fato de que depende dos olhos do Pokémon para funcionar (isso inclusive é bastante evidente quando o ataque é utilizado no Anime). No entanto, em um caso um tanto quanto irônico, Zubat é capaz de utilizar o ataque mesmo sem possuir olhos. Como se isso já não bastasse, Glalie, que possui em seus traços um design que ressalta sua cara malvada, não é capaz de aprender o movimento.


Ice Punch/Soco de Gelo

Dentro dos exemplos de ataques que não fazem sentido no mundo Pokémon, os movimentos de "Punch/Socos" sempre marcam presença em algum momento. E aqui, temos mais um caso: Wooper, um Pokémon que não possui braços, é capaz de aprender o movimento Soco de Gelo. É algo difícil de entender, mas que acontece dentro da franquia Pokémon.


Camouflage/Camuflagem

Todos sabem que diversos Pokémon da franquia são baseados em animais da vida real, e seus ataques, muitas vezes, também se inspiram nas capacidades desses animais no mundo que conhecemos. Um caso extremamente curioso, portanto, seria o fato de que o Pokémon camaleão Kecleon não é capaz de aprender o movimento Camuflagem, algo que seria bem básico para um Pokémon como esse. Não há nenhum sentido para que Kecleon não aprenda o ataque, uma vez que ele é completamente baseado em um camaleão, tanto em seu conceito, quando em seu design. 

Para piorar ainda mais a situação, Staryu e Starmie, dois Pokémon estrelas-do-mar, que não têm nenhum motivo plausível para aprender o ataque, são capazes de aprendê-lo. Felizmente, esse é um dos casos que já foi corrigido nos jogos mais recentes, e, a partir dos jogos da 5ª geração, Kecleon já é capaz de aprender Camuflagem.


Lick/Lamber

Praticamente semelhante ao caso anterior, temos um Pokémon que tem em seu conceito um único ato: lamber coisas. E ele não é capaz de aprender o movimento que faz exatamente isso. Trata-se de Licktung, que não consegue aprender o movimento Lamber. Com certeza, esse é um dos casos que menos fazem sentido na lista, pois, além do Pokémon ter em seu design uma língua grande, ele possui até mesmo em seu nome o movimento: "Lick". Felizmente, assim como Kecleon, os jogos mais recentes já consertaram esse erro.


Screech/Agudo

Embora alguns Pokémon sejam criados com base em algum animal e sejam capazes de fazer exatamente o que estes fazem na natureza, outros representam misturas de animais com atos que os humanos são capazes de fazer. Assim, temos resultados como o camaleão Kecleon, ou um Pokémon pássaro capaz de cantar: Chatot. No entanto, é interessante notar que Chatot, mesmo sendo um Pokémon que representa a música e o canto, não é capaz de aprender o movimento Agudo, que tem em seu conceito a musicalidade.


Discharge/Descarga

Diversos Pokémon de tipos específicos sempre são capazes de aprender alguns ataques básicos, como Tackle/Investida e Growl/Rosnar. Justamente por isso, espera-se que todos os Pokémon do tipo elétrico saibam aprender o movimento Descarga, pois representa um ataque básico para criaturas dessa tipagem. No entanto, Heliolisk, mesmo sendo um Pokémon Elétrico e Normal, não é capaz de aprender o ataque, ainda que a gigantesca maioria de Pokémon de seu tipo seja capaz de aprendê-lo. Além disso, esperava-se que o Pokémon fosse capaz de aprender o movimento pois ele representa, basicamente, uma parabólica.


Surf/Surfe

Este caso também é extremamente conhecido pelos fãs. Trata-se de Rhydon e Rhyperior, dois Pokémon de tipo solo e pedra, que são capazes de aprender o ataque Surfe. O ponto curioso aqui é o fato de que, seguindo sua tipagem, Rhydon e Rhyperior levam um dano 4x maior para o tipo água, e portanto, isso significa que água representa sua maior fraqueza! Imagine um Rhydon surfando e imaginando que, caso caia na água, irá morrer. É basicamente o que aconteceria. Isso tudo desconsiderando que sua pré-evolução, Rhyhorn, não é capaz de aprender Tackle/Investida, mesmo que sua descrição na Pokédex enfatize que ele consegue dar "investidas" em objetos.

Além disso, Tauros, um Pokémon que tem em seu conceito a representação de um touro, também é capaz de aprender o ataque, o que não tem nenhum sentido. Por fim, há um caso semelhante ao de Rhydon: o Pokémon Aggron, que também possui fraqueza para água, é capaz de aprender o ataque.



Como dito anteriormente, esta é apenas a primeira parte da matéria, visto que haviam movimentos demais para citar em apenas uma única postagem. Sendo assim, dentro de algumas semanas, será postada a segunda parte.

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!

Post Top Ad