Mercado Brasileiro de Produtos Pokémon 2015/2016 - Pokémon Blast News

Novidades

Ad superior

21/02/2016

Mercado Brasileiro de Produtos Pokémon 2015/2016

Hoje decidi escrever uma breve matéria a respeito do mercado brasileiro de produtos Pokémon para divulgar a todos os fãs quais produtos estão em circulação e para levar um pouco mais de informação a respeito deles.


Já faz alguns anos que o Brasil "sofre" com a baixa quantidade de produtos relacionados a Pokémon no mercado. Não apenas no Brasil, mas no mundo todo, houve um desânimo crescente das empresas em investir na franquia mais amada por todos nós, que está comemorando em 2016 seus 20 anos! Depois de encontrar uma febre mundial no início dos anos 2000 e milhares de empresas investirem de todas as formas para conseguir lucrar com Pikachu e sua turma, em 2016 as opções de compra não são tão elevadas.

Contudo, ainda restam algumas empresas que apostam na franquia e que veem oportunidade de negócios de sucesso com Pokémon, e esta matéria é dedicada a elas. Acredito que é muito bem-vindo quando um novo produto Pokémon é lançado no Brasil, pois nos lembra que ainda há uma forte fã-base brasileira interessada na franquia e disposta a gastar dinheiro com ela. Por isso, sempre que um novo produto é lançado, a Pokémon Blast News divulga este produto e incentiva os leitores a adquirirem, pois quanto mais buscamos este tipo de produto, mais as empresas serão incentivadas a lançá-los!

Dessa forma, farei uma listagem dos produtos que estão ou estiveram em circulação no Brasil em 2015 e agora no início de 2016 para levar informação aos fãs e quem sabe, levá-los a pensar na possibilidade de adquirir estes produtos e contribuir para a expansão dos produtos relacionados a Pokémon em nosso país. Vamos lá?

Pokémon TCG

A COPAG vem realizando um trabalho incrível com o Pokémon Estampas Ilustradas (Trading Card Game) no Brasil desde 2011, quando começou no final da era Diamante e Pérola e início da era Black e White. Na série XY, os produtos são totalmente nacionais e são compostos de decks temáticos, booster packs, three blister packs e box. As novas expansões são lançadas no Brasil depois de um prazo de dois a três meses do lançamento americano. A Copag realiza constantemente eventos e torneios de Pokémon TCG em todo o Brasil, o que fez com que o número de jogadores brasileiros do TCG aumentasse expressivamente.

O mais recente lançamento da Copag é a coleção Turbo Revolução, que conta com um novo método de evolução: a evolução TURBO. Os Pokémon TURBO estão presentes nas cartas totalmente douradas, com alinhamento horizontal, e apresenta mudanças em seu HP, habilidades e golpes. Além disso, a coleção conta com as Mega Evoluções de Mewtwo (X e Y), Houndoom e Glalie. Os produtos podem ser adquiridos na Loja Oficial da Copag. Inclusive, nesta semana, no dia 26 de Fevereiro, a Copag estará lançando a Box Rayquaza-EX Brilhante!


Revistas

A Editora Online é uma das empresas que apostam no setor de revistas de Pokémon em nosso país! Desde Julho de 2015 a empresa já lançou três produtos referentes a 6ª Geração: duas revistas de colorir e uma revista de jogos. O público-alvo neste caso é o infantil, mas MUITOS colecionadores e fãs não deixaram de adquirir estes produtores para aumentarem a coleção.

A Pokémon Blast News entrou em contato com a editora Online recentemente e eles nos garantiram que novos produtos devem surgir este ano, porque a empresa adquiriu uma nova licença para este tipo de produto e deverá investir nisso em 2016.

Além disso, a Panini Mangás também entrou no mercado de revistas brasileiro com o lançamento do Mangá Pokémon Black & White em 2015. A história teve 09 Volumes que foram lançados de forma bimestral, com conclusão em Janeiro de 2016. A empresa já questionou os leitores sobre qual história os fãs de Pokémon gostariam de acompanhar em 2016, indicando planos de continuidade com a franquia, e claramente a sugestão mais bem recebida foi o lançamento da história da primeira geração Pokémon Red e Blue, que tem como protagonista o tão famoso Red.

A Editora Tambor também está investindo no setor de revistas de Pokémon com foco nos jogos! Esta editora é responsável pela revista Nintendo World, e em 2015 ela lançou três produtos:

  • Pokémon: Nintendo Collection 03
  • NW Pocket Guide 01: Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire
  • NW Pocket Guide 02: Manual do Treinador

Em 2016 a Editora Tambor presenteia os fãs de Pokémon com uma edição da Nintendo World focada nos 20 Anos de Pokémon e uma edição especial Retrô. A Nintendo Retrô 01 será lançada no dia 26 de Fevereiro e terá uma tiragem ultralimitada, ou seja, poucas cópias serão produzidas e comercializadas. A edição retrô será constituída das seguintes matérias:

  • Pokémon: como a série virou uma febre?
  • Pokédex da primeira geração de Pokémon
  • Lista de HMs e TMs
  • Relação de Pokémon que são encontrados em cada aventura (faça trocas!)
  • Saiba como comprar os clássicos na Nintendo eShop do Nintendo 3DS
  • Detonado de Pokémon Red e Pokémon Blue (enfrente os líderes de ginásio de Kanto, encontre itens especiais, atrapalhe os planos da Equipe Rocket e vença a Liga Pokémon!).
  • Detonado de Pokémon Yellow (ao lado de Pikachu, enfrente os líderes de ginásio de Kanto, encontre itens especiais, atrapalhe os planos de Jessie e James e vença a Liga Pokémon!).

Figuras e pelúcias

No Brasil, encontrei recentemente em lojas como a Fnac, Nobel e RiHappy diversas figuras e pelúcias de Pokémon importados da Tomy, uma empresa americana que lança estes produtos nos Estados Unidos. Em nosso país alguma empresa, da qual eu não tenho conhecimento, tem importado estes produtos para comercialização, mas devido aos impostos e demais encargos, os produtos possuem valor acima de R$200,00 em sua maior parte. Se alguém souber o nome da empresa brasileira que importa estes brinquedos, deixe nos comentários!

Jogos

Em 2015 aconteceu uma mudança significativa na forma como adquirimos os jogos de Pokémon do Nintendo 3DS no Brasil. Depois de um longo tempo representando a Nintendo do Brasil, a Gaming do Brasil teve seu contrato rompido com o argumento de que o modelo de negócio praticado no Brasil era insustentável, ainda que o nosso país fosse um grande mercado Nintendista. Com o rompimento do contrato, TODOS os jogos do Nintendo 3DS e os consoles da empresa sumiram das prateleiras das principais lojas do nosso país.


Em um Shopping hoje é difícil encontrar lojas com os jogos e consoles disponíveis. A opção que aparece é importar, mas sabemos que os impostos brasileiros não incentivam esta prática. Resta-nos torcer para que a Nintendo retorne em breve ao nosso país, ainda mais depois de ter anunciado vagas para tradutores brasileiros na última semana.

Post Top Ad