XnálYse: Bibarel


Olá, garotxs! Como estão? Hoje é quinta e é dia de bastante animação. Com o final da semana chegando e com tantas informações a respeito de Pokémon nos bombardeando, não há como não estarmos empolgados de uma forma ou de outra. Devem estar lembrados que toda quinta / sexta temos XnálYse comigo. E vamos saber um pouco mais sobre a de hoje!
- A análise dessa semana foi uma sugestão do Hick (mais uma e ele pode pedir música): Bibarel. Esse é um Pokémon que queria fazer há um tempo e agora é a chance.
- Sobre o sorteio de duas semanas atrás, não consegui entrar em contato com todos os vencedores. Caso não tenham recebido mensagem por alguma razão, podem me procurar para a retirada dos prêmios. Lembrando apenas que o resultado foi divulgado na XnálYse de Unown.
- Um abraço ao Fernando Souza e o Fabrício Silva, que disseram coisas bacanas nos últimos dias.
- Aproveitem os comentários de hoje para me dizerem o que estão achando das novas megaevoluções e quais as expectativas para Omega Ruby e Alpha Sapphire. Há uns dias, estava comentando com o Thiago (que tá sempre aqui e todos já conhecem) que me sinto desapontado com os jogos de Hoenn por dois motivos: graficamente, estão inferiores aos de Kalos em alguns pontos (apesar de a demo ter mostrado imagens legais), coisa que podem reparar nas árvores quadradas, na câmera muito alta sobre os personagens, espaços simplificados, entrada das batalhas; o segundo motivo é que algumas dessas megaevoluções possuem designs absurdamente estranhos.
- E a música de hoje é essa https://www.youtube.com/watch?v=FX9s_RfEzJE. Deem o play e venham comigo!

Bibarel


Tipos: Normal / Água

Base de stats:
HP - 79
Ataque (ATK) - 85
Defesa (DEF) - 60
Ataque especial (SP ATK) - 55
Defesa especial (SP DEF) - 60
Velocidade (SPD) - 71
Total: 410

Overview:
Bibarel, o Pokémon Castor, é a forma evoluída de Bidoof e o tipo normal mais comum em toda a região de Sinnoh. Conhecido por ser muito ativo e um construtor ágil e astuto, Bibarel costuma viver em regiões que possuem bastante concentração de água, como rios e represas. Seus dentes fortes o ajudam a cortar raízes e troncos de árvores que o ajudarão na construção de seus ninhos. Ele utiliza madeira e lamas para obstruir parte dos cursos de água quando faz sua moradia. Sua fama de "construtor industrial" se deve ao fato de planejar ninhos que permitem que a água jamais transborde para as regiões próximas. Bibarel tem uma relação muito boa com os habitantes desses locais. Apesar de muito ágil dentro d'água, dizem que fora ele se move lentamente tal qual um Feebas. Em batalha, a habilidade Simple é excepcional. Bibarel conta com um learnset que possui grandes aumentos de stats. De forma geral, seus stats são todos medianos ou baixos, mas isso pode ser corrigido através de movimentos como Amnesia, Curse ou Defense Curl.


Habilidades:
- Simple (normal): qualquer alteração de stats provocada por esse Pokémon terá seu valor dobrado.
- Unaware (normal): ignora alterações de stats do adversário.
- Moody (oculta): ao final de cada turno, essa habilidade aumenta um stat aleatório e diminui outro (o efeito inclui precisão e evasiva).

Simple é uma das melhores habilidades existentes em Pokémon. Por meio dela, é possível fazer com que Bibarel assuma stats gigantescos rapidamente, assim como pode prejudicar os do adversário com eficácia. Em quase todas as suas estratégias, essa é a melhor habilidade. Unaware também é muito interessante, já que qualquer dano de batalha causado por Bibarel ou recebido irá ignorar as alterações de stats do oponente, o que é ideal para lidar com aqueles Pokémon que já aumentaram seus stats diversas vezes. Quanto a Moody, seu quesito sorte (aumentar e abaixar stats aleatórios) provocou seu banimento em todos os torneios e tiers Smogon, incluindo Uber.

Prós:
- Duas habilidades normais extremamente positivas e usáveis em batalha;
- Seu leque de movimentos de alteração de stats permite uma forte combinação com Simple;
- A combinação de tipos é relativamente estável;
- Eu tenho um carinho enorme por Bibarel. Essa carinha fofa me encanta demais. <3

Contras:
- Stats ridiculamente ruins;
- Caso entre em batalha no momento errado, não vai durar muito;
- Ter uma habilidade proibida nos principais torneios tira a chance de produzir algo melhor;
- Dependência quase que direta dos mesmos movimentos;
- Bidoof e Bibarel são tão zoados que fico com pena. :(


Work, work, work
- Curse
- Quick Attack
- Aqua Tail / Waterfall
- Thunder Wave
Item: Life Orb
Habilidade: Simple
IVs: 31 / 31 / 31 / X / 31 / 31
EVs: 252 ATK, 252 HP, 4 SP DEF
Nature: Adamant
E começamos hoje com uma ideia bastante simples e que consiste no que mencionei anteriormente: Bibarel concentrando suas forças em um movimento de alteração de stats para se tornar extremamente poderoso em campo. A escolha aqui para essa função é Curse. Por meio dele, tanto o ataque quanto a defesa serão aumentados, a custo da redução da velocidade (lembrando que, devido à habilidade Simple, a defesa e ataque sobem dois estágios e a velocidade cai dois). E o que fazer com um Pokémon altamente defensivo e ofensivo, mas sem agilidade alguma para se destacar em campo? Tirar proveito de golpes de prioridade ou até mesmo colocá-lo em um campo de Trick Room. Por mais fraco que seja, Quick Attack é bastante funcional nesse sentido e pode provocar estragos com a reunião de Curse + Life Orb + STAB. Seu segundo STAB, agora do tipo água, gira em torno de uma escolha entre o poderoso Aqua Tail (com precisão reduzida) e o estável Waterfall (menos poder e precisão total). Como último movimento, Thunder Wave é bastante interessante e cobre, parcialmente, a defasagem da velocidade de Bibarel, cortando 75% da agilidade do oponente.

A raiva está cravada, mas eu amo você
- Toxic
- Super Fang
- Protect
- Aqua Tail / Waterfall / Quick Attack
Item: Leftovers
Habilidade: Unaware
IVs: 31 / 31 / 31 / X / 31 / 31
EVs: 252 HP, 128 DEF, 128 SP DEF
Nature: Careful
Vocês se lembram daquele Pachirisu lá do torneio internacional de Pokémon? Então, aquela foi uma peça-chave nas batalhas do seu treinador, não por ter grande papel no campo, mas por provocar certas chateações e surpresas para o adversário. Nosso segundo set de Bibarel para hoje parte do mesmo pressuposto. O set é baseado em destruir o HP do oponente sem, necessariamente, atacá-lo com golpes poderosos como no anterior. A combinação aqui se centra em Toxic + Super Fang. Ao contrário do envenenamento comum, o causado por Toxic é chamado de envenenamento ruim (badly poison). Por meio dele, o dano causado à vida do Pokémon aumenta progressivamente. E onde Super Fang se encaixa? Seu dano é sempre o mesmo: toda vez que atinge o oponente, retirará 50% do seu HP no momento. Imaginem então que quem enfrentar Bibarel vai ter que lidar com um golpe que ameaça sua permanência em campo, além de um envenenamento progressivo. Em pouco tempo, cairá. No terceiro slot, existe Protect para ativar o efeito de Toxic mantendo Bibarel em segurança. Como último golpe, cabe uma escolha entre os poderosos Aqua Tail e Waterfall, que podem quebrar qualquer Pokémon, ou Quick Attack, com sua prioridade e finalizando oponentes já quase desmaiados.

Pumped Up Kicks
- Hyper Fang / Rock Climb
- Waterfall
- Super Power / Pluck (B2W2) / Iron Tail (B2W2)
- Super Power / Pluck (B2W2) / Iron Tail (B2W2)
Item: Choice Scarf
Habilidade: Unaware
IVs: 31 / 31 / 31 / X / 31 / 31
EVs: 252 ATK, 252 SPD, 4 HP
Nature: Jolly / Adamant
E que tal investirmos, curiosamente, na velocidade de Bibarel? Nosso último set de hoje consiste em tirar proveito de Choice Scarf para um aumento grande na base de velocidade do Pokémon Castor. Para se ter noção da eficácia do item aqui, imaginem que a escolha da nature foi Jolly e não Adamant. Por meio de Choice Scarf, Bibarel teria mais de 200 pontos em sua agilidade no nível 50, valor esse superior ao de Greninja (191), por exemplo. Com tamanha rapidez, Bibarel se posiciona em batalha para atacar o adversário com um set o mais variado possível, composto apenas por golpes. Começamos com seu STAB normal, variando entre Hyper Fang (pode causar recuo / flinch) ou Rock Climb (pode causar confusão). Seguindo a linha da ideia de flinch, Waterfall é uma boa carta. Já que Bibarel tende a atacar primeiro, é possível aproveitarmos o efeito de recuo. Os últimos dois slots são preenchidos por ataques que façam cobertura ou que permitam variabilidade na estratégia. Enquanto Super Power possui um efeito secundário ruim (abaixa a defesa e o ataque do usuário), Iron Tail e Pluck só podem ser obtidos na quinta geração.

          

Checks, counters e considerações finais:
- Por pertencer a uma tier baixa (NeverUsed - NU), Bibarel é raramente encontrado em grandes torneios. Dentro de sua própria tier, seu maior aliado é Camerupt, capaz de cobri-lo em quase tudo. Outras opções muito úteis são Cradily e Dragalge, por exemplo.

- Em circunstâncias normais, Bibarel conta com defesas bem baixas. A dica sempre válida é não deixá-lo ser muito feliz em campo. Se tiver liberdade, esse castor, com certeza, aumentará seus stats a ponto de ficar quase indestrutível. Alguns dos melhores Pokémon em NU para derrotá-lo são Slaking e Seismitoad.

- Mesmo sendo tão subjugado e aparentando ter baixo potencial em batalha, é possível trazermos Bibarel para o estrelato com relativa facilidade. Ele, assim como tantos Pokémon esquecidos, possuem grandes potenciais e apenas precisam de um pequeno empurrão para aparecerem em algum momento nas batalhas.

E chegamos ao fim de mais uma XnálYse. E então, pessoal, o que acharam de Bibarel hoje? Não se esqueçam de deixar comentários com sugestões de análises para as próximas semanas e acréscimos para a de hoje. Queria avisá-los também que, a partir da próxima quinta, o quadro vai entrar numa sessão especial, apenas com Pokémon de Hoenn para os remakes. E que tal falarem Pokémon da terceira geração para que o Drago e eu possamos analisar aqui? Até já! ^^

26 comentários:

  1. Tive uma surpresa quando vi bibarel eu nunca vi ele no competitivo acho que vou ter um
    e vc pode adicionar meu friend code pois consegui o 3ds e pokemon x a pouco tempo
    3239 4949 3735

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é surpreendente mesmo, bastante subestimado até. Desculpa, a lista do meu 3DS tá cheia. :/

      Excluir
    2. O meu em platinum e tão incrivel que so tem HM ele entro pra equipe ratatta linoone bibarel patrat e panchan os melhores hmboys kkk( dps os erros cel)

      Excluir
    3. Ah, tem que colocar outros movimentos. xD Em Kalos, não enxergo nenhum Pokémon que tenha conseguido esse emprego. Até o Diggersby escapou dos HMs lá.

      Excluir
  2. A esqueci de dizer
    nome:marcos '-'

    ResponderExcluir
  3. Will, você faz as melhore e mais originais análises *--* Adorei ver o Bibarel por aqui, espero ver o Hypno logo também u.u
    Sobre os jogos de Hoenn, só decepções aqui... Esperava mega evoluções que pelo jeito não terão (Lunatone, Solrock, Mightyena, etc...), não haver customização do personagem e nem compatibilidade com XY é R-I-D-I-C-U-L-O, gente, estamos em 2014, pelamor e_e
    E por fim, a quase confirmada ausência da Battle Frontier tratou de tirar o restante do meu ânimo quanto a estes jogos.. Estou pensando seriamente em não comprar mais, pois sinto que tudo isso é proposital, uma brincadeira de mau gosto ou uma maldade feita com nós, pobres treinadores... Se não tiver a BF provavelmente não compre mesmo... Enfim, é isso, parabéns pela análise e pela originalidade novamente, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O jogo é compatível com xy. So nao tem as megas, mas tu pode trocar é lutar com xy normal.

      Excluir
    2. Não conte pra ninguém, mas tem uma coisa bacana de Hypno vindo por aí na XnálYse. Muito obrigado pelo elogio! Acompanhe e logo mais verá algo de outros Pokémon nada usados. :P

      Megaevoluções são algo difícil de determinarmos os rumos e quais realmente receberão. Em Kalos, alguns previsíveis ganharam. Em Hoenn, a história mudou um pouco os rumos (e que eu acho melhor). Acredito eu que a compatibilidade com XY existirá somente pra trocas, algo como o Poké Transporter. A ideia de não podermos passar itens e coisas assim deve se manter. Por sinal, senti falta extrema da Batalha da Fronteira. No fundo, já aceitava que ela não viria, por ser exclusiva de Emerald. Mas né... Queria tanto. Vi tanta gente reclamando disso esses dias, todos queriam.

      Obrigado mais uma vez! Abraço!

      Excluir
  4. Que tal uma Análise do Dusknoir ele não é da 3° Gen mais é uma Evo de uma Pokémon de lá, e também tem chance dele ganha Mega nos Remakes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por sinal, Dusknoir é meu fantasma favorito (tipo favorito). Todo mundo apostando em mega dele mesmo. Grandes chances de aparecer mesmo. Obrigado pela sugestão!

      Excluir
  5. faz do castform

    ResponderExcluir
  6. Will faça uma com o Licktung

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto, apenas Hoenn. Assim que voltarmos para outras regiões, Lickitung e Lickilicky aparecerão por aqui. xD

      Excluir
  7. Faz do absol (se tiver feito passa o link)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não fizemos, mas é uma boa. Obrigado por sugerir!

      Excluir
  8. Will!! Post maravilhoso!

    Você sabe que eu não meço elogios! Essa análise me fez ver Bibarel com outros olhos! Gostei muito dos sets apresentados e até me surpreendi com a terceira possibilidade dele, baseada na velocidade. Muito interessante...

    Ainda espero a análise com os iniciais de Johto, pq né... só esses iniciais ainda não foram analisados aqui na PBN e eu acho isso uma discriminação com o meu continente preferido! ù.ú

    No mais, aqueles velhos elogios, já diários, cotidianos: você é incrível, tá de parabéns, faz análises criativas, de pokémon pouco usados e desvalorizados e é genial ver como o potencial daquele monstrinho sempre existiu só precisava de atenção! Aguardando ansiosamente a temporada de análises de Hoenn... louco pra ver o que você e o Drago farão com Cacturne, Swellow e Seviper (Minaj feelings...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimas sugestões! Já estamos nos preparando para dar inicio às XnálYses de Hoenn com as novas megas anunciadas!

      Excluir
    2. Thiago, meu amor, cê sabe que fico tímido com seus elogios. Você todos os dias sendo fofo comigo e me aguentando, mesmo te enchendo tanto, e me traz sempre palavras incríveis aqui nos comentários. Só posso te agradecer por tudo. Sobre o Bibarel, gosto demais dele. É um Pokémon extremamente rechaçado, só que conta com uma habilidade tão bacana, um learnset razoável. Ele, como tantos outros, precisam de mais luz.

      Você não esquece desses iniciais de Johto, hein!? U_U Só queria lembrá-lo que seu Typhlosion será do tipo fogo e lutador. Assim que essa fase Hoenn passar, gostaria de fazê-los. Vai ser bom preencher essa lacuna que ainda temos com iniciais.

      De novo: muito obrigado por todas as palavras sempre! Vez ou outra, demoro a te responder, porém é um comentário que faço questão de ter em todas as matérias. Você, com toda certeza, vai me ajudar a escolher quais as melhores opções para as análises de Hoenn. <3

      Excluir
  9. Não tem como reclamar das suas XnalYses Will! simplesmente são maravilhosas e eu consigo enchergar que o elemento surpresa sempre é o fator influi em todas suas analises.
    E Bibarel não é zoado em! essa carinha risonha e esse corpo fofinho são os pontos mais fortes dele *-*
    Bem, se aonda da vez é Hoenn então gostaria que fizesse uma análise do Grumping, ele é fofo de mais e tambem acredito muito em seu potencial como special wall.
    Minha opinião sobre as Mega Evos sempre foi a mesma; deveria ser um recurso para elevar a capacidade ofensiva de alguns pokes e tornar assim o metagame mais variado e imprevisível, mas foi justamente o contrario. o metagame se centralizou muito em pokes fortes que ganharam mega e deixou de lado os ''menos afortunados'' ,claro que há exceções como Mawvile e Kangaskhan, mas mesmo assim é tão comum vermos times com estratégias iguais e previsiveis.
    mas eu realmente me surpreendi com OR/AS os produtores ''variaram'' um pouco o repertorio, revelando megas inesperados como Mega Audino, Mega Pidgeot e Mega Bedrill. acredito que agora sim o metagame vai se decentralizar e abrir oportunidades para outros pokemons brilharem *-* (Mega Pidgeot aredito em voce o/)
    desculpa nao aparecer semana passada, mas o enem esta me deixando de cabelos em pé D:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não pode desaparecer assim. Já tinha sentido sua falta nos comentários. xD O pior é que entendo justamente o que tá passando agora. Na época que prestei vestibular, fiquei exatamente desse jeito. Quase perdi todos os cabelos. Obrigado pelo elogio! Acho que o elemento surpresa é o grande destaque nas competições ultimamente (caso do Pachirisu mesmo que citei no texto). É cada vez mais importante fugir daqueles Pokémon e das estratégias já conhecidas presentes em Over Used e começarmos a procurar em tiers mais baixas algumas opções que possam fazer bem o serviço. Bibarel é muito fofo, Pokémon com carinha boba sempre são bem legais. *-* Você acreditaria se eu te dissesse que a análise dessa semana seria Grumpig? Adiei justamente pra esperar que começássemos a fase de XnálYse especial de Hoenn.

      Sobre os novos jogos, temos exatamente a mesma opinião. As megaevoluções em Kalos pareciam ser a grande chance de alguns Pokémon saírem do ostracismo, foi uma pena que, na verdade, apenas criou abismos competitivos na franquia. Não adianta pegar Lucario, Garchomp ou Blaziken e aumentar ainda mais o seu poder. Mas gosto do rumo que toma em OR/AS também, é muito surpreendente.

      Excluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!