Da série [Construindo]: As bolas que fazem a diferença!


Saudações, treinadores, treinadoras e amantes de Pokémon TCG!

Como já especificado em outra matéria, estou determinantemente atuando em uma das minhas maiores paixões, o Pokémon TCG. Seguindo a linha básica para avançada, estamos no ponto intermediário, onde eu incluirei a construção de decks e também algumas cartas essenciais, explicando o porquê das mesmas estarem tão presentes em tantos decks. Logo, decidi batizar essa série intermediária de [Construindo], pelos motivos lógicos que você já presumiu.

Caso você se considere um jogador iniciante, você pode acessar uma série de outras matérias escritas por mim e pela Nanabs, clicando aqui para acessar o guia geral. Caso tenha alguma dúvida em algum termo dessa publicação você pode acessar o “Glossário” e dar um famoso “Ctrl+F” para localizar os termos em dúvida.

Mas chega de enrolação, vamos falar aqui propriamente do que viemos tratar: as bolas! Apesar de você já ter feito e imaginado milhões de trocadilhos apenas pelo título, eu vou proporcionar mais e mais chances para isso, pois no final das contas: as bolas são essenciais.

Sim. Mesmo sem trocadilho, as bolas sempre estiveram presentes em Pokémon TCG. Desde os primórdios do metagame as bolas proporcionaram e proporcionam ótimas opções num efeito comum: “Buscar Pokémon do deck”. De maneiras diferentes, e buscando Pokémon diferentes as bolas conseguem quase sempre aumentar a probabilidade de se puxar um Pokémon do deck para a mão em 100% (desde que esses Pokémon não estejam todos nas Prizes/Prêmios, é claro). 

Puxar, sacar ou pegar o Pokémon de sua escolha do deck para a mão proporciona uma aceleração fundamental para os decks.  Seja para montar o seu set up, quanto para definir a velocidade do seu deck. Além disso, todas as bolas possuem outra vantagem essencial: Elas são Trainer Cards / Cartas de Treinadores, o que quer dizer que podemos utiliza-las quantas vezes quisermos durante o turno.

Como um benefício extra, e agora falando um pouco da parte “fora do jogo”, as bolas também demonstram outra vantagem: Elas são constantemente “reprintadas”. Ou seja, essas cartas dificilmente são excluídas do jogo, e cada nova rotatividade algum reprint é lançado, para que assim, certas bolas permaneçam disponíveis em todos os formatos, do Padrão ao Ilimitado. Quer um exemplo? Você já viu algum jogador utilizando uma Ultra Ball?



A Ultra Ball, ou Ultra Bola, que é uma carta presente em quase todos os decks existentes, já faz parte do formato Standart desde 9 de Maio de 2012, e ela vai perdurar por pelo menos, até Agosto de 2017 com certeza absoluta e garantida. Isto é, é uma carta que tem/terá uma vivência de mais de 5 anos no formato Standart / Padrão.

Mas se você quiser um exemplo mais longínquo, temos a famosa Poké Ball / Poké Bola, lançada em 1999 e com reprints dos mais variados estilos, nas mais variadas coleções:



 Bom, até aqui já pudemos concluir que as bolas proporcionam velocidade para o deck, aumentando a probabilidade de se pegar o Pokémon que se faz fundamental para a Match/Partida contra o oponente. Mas... quais são as bolas mais utilizadas nos decks atualmente? Mais do que isso... por que os jogadores utilizam essas respectivas bolas?

No modo mais competitivo de Pokémon TCG há uma bola que reina e é dominante em todos os tipos de Decks, e a qual já mencionamos ela anteriormente. É a Ultra Ball / Ultra Bola. Essa bola tem um vantagem essencial de pegar qualquer tipo de Pokémon que você queira para a mão, seja EX, Básico, Estágio 1, Estágio 2 e até mesmo BREAK/TURBO. Inicialmente, o “custo” para se utilizar o seu efeito era visto como algo... de certa forma, arriscado ou não muito bem quisto... mas isso mudou consideravelmente quando coleções como a Roaring Skies  / Céus Estrondosos e a Ancient Origins / Origens Ancestrais foram lançadas, pois elas traziam duas cartas que combinavam numa sinergia praticamente perfeita com a Ultra Ball: Shaymin EX e Hoopa EX.


Shaymin EX é uma carta que entra em qualquer tipo de deck, dado principalmente (ou exclusivamente) a sua Habilidade Set Up (Nome da habilidade em inglês do Shaymin EX), que consiste em o jogador que o baixa da mão para o Banco, comprar cartas até que sua mão fique com seis cartas. Dado que a Ultra Ball descarta duas cartas (além de si própria), temos que o Shaymin comprará, em tese, um maior número de cartas. Isso torna a sinergia entre Ultra Ball + Shaymin EX extremamente poderosa, e quase que fundamental, pois ninguém gosta de baixar um Shaymin EX para comprar só uma ou duas cartas. 


Hoopa EX é uma carta, que como o Shaymin EX, está no deck para utilizar de sua habilidade. Quando Hoopa EX é baixado da mão para o Banco, permite ao jogador buscar do deck mais 3 Pokémon EX. Evidentemente que o Hoopa EX é utilizado somente (ou tem maior aproveitamento) em decks de Pokémon EX. Em termos gerais, podemos dizer que a Ultra Ball quando utilizada para buscar um Hoopa EX permite buscar um total de 4 Pokémon, podendo, inclusive, ser um deles o Shaymin EX.

Uma outra bola que reina no atual meta de Pokémon TCG, apesar de ser um pouco mais modesta e limitada em certos aspectos, dependendo do Arquétipo do deck, é a Level Ball/Bola de Nível. A Level Ball tem sua sinergia focada principalmente em decks que causam muito dano por meio de Pokémon... digamos mais frágeis e com pouco HP/PS, tais como: Combee e Vespiquen (Ancient Origins) e, Pikachu e Raichu (XY e Generations)

Além disso, de buscar esses Pokémon atacantes, ou que causam dano, ainda há a possibilidade de buscar cartas de Pokémon que prestam algum tipo de suporte, como por exemplo: Zubat e Golbat (Phantom Forces e Generations), o trio Flareon, Jolteon e Vapereon, também Unown (Ancient Origins), Octilery (BREAKthrough) e dentre outros.

Mas é claro que temos outras Bolas que encontram seu lugar no metagame. No foco do atual formato Standart/Padrão, apesar de se limitar em certos decks específicos, há uma bola que encontra o seu lugar: é o caso da Dive Ball.


A Dive Ball proporciona pegar para a mão qualquer Pokémon do tipo água. Isso, para os decks que utilizam desse arquétipo, como é o caso do Deck de Greninja e Greninja BREAK, ou até mesmo o Turbo Toad, ou Gyarados EX, proporciona uma ótima aceleração, afinal, não há um “custo” para utilizar essa carta.

Há diversas bolas que podem ser utilizadas no jogo conforme o formato específico. Dei foco nessas três, pois são as mais utilizadas no formato Padrão atual, na qual,esmagadoramente, a Ultra Ball se destaca. Cabe lembrar que muitas vezes há a utilização de mais de uma bola diferente no deck, combinando por vezes, Ultra e Level ball.

Bom... por hoje é tudo, meus caros e minhas caras. Nos vemos na próxima. 

2 comentários:

  1. * Phantom Forces, não Phantom Fordes.

    A Level Ball também é boa para "capturar" Pokémons básicos num deck que usa estágio 1 e 2. A Heavy Ball é excelente se você trabalha com Pokémons com alto custo de recuo. A Master Ball... bem que poderia voltar nas próximas coleções.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigido. Obrigado =D
      A Heavy Ball é realmente uma boa opção para decks que trabalham com alto custo de recuo (apesar de quantitativamente haver menos desse tipo de cartas no formato padrão), e raramente os decks competitivos a utilizarem. A Master Ball (Da versão ACE SPEC) é pouco provável que retorne (pelo menos em curto período) a menos que as próprias ACE SPEC's retornem para o formato para justificar a utilização de apenas uma carta delas - afinal elas desbalanceiam muito.
      Muito obrigado pela leitura da matéria e pelo comentário =D

      Excluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!