Pokkén Tournament: Podemos esperar um grande jogo?

O novo título da franquia sai essa sexta-feira. Vamos falar um pouco sobre ele?


A espera foi longa, mas finalmente nós teremos acesso ao “novo" game da franquia Pokémon, para Nintendo Wii U. Com lançamento inicialmente exclusivo para os Arcades, no Japão, Pokkén Tournament causou frenesi nos fãs ao redor do mundo. O apelo para que o jogo fosse localizado para o Wii U foi grande e, como raramente faz, a Nintendo atendeu aos nossos pedidos. Mas aí vem a dúvida: Será que Pokkén atenderá nossas expectativas?

Com excessão dos jogos principais de Pokémon, a maioria dos títulos lançados geraram dúvidas nos fãs. Não é todo mundo que se anima com um novo Mistery Dungeon, assim como a maioria não se animou com novidades como Pokémon Art Academy e Pokémon Ranger. Pokkén Tournament, não deveria fugir desse padrão, se não fosse pelo fato dele passar um visual fantástico, estar presente no console mais forte - em termos de hardware - da Nintendo e passar uma sensação que nenhum outro jogo de Pokémon passou desde então. Um jogo de luta, onde você controla os movimentos do seu Pokémon, não tem como dar errado! Pelo menos é isso que imaginamos e queremos. 


O que sabemos sobre Pokkén Tournament até agora?

Querendo ou não, Pokkén Tournament é uma parceria da Pokémon Company com os produtores de Tekkén, jogo este que nunca mais figurou entre os principais jogos de luta no mundo dos games. Se um dia Tekkén bateu de frente com Mortal Kombat, The King of Fighters e Street Fighter, nos tempos de Playstation 1 e 2, hoje a franquia se tornou defasada, repetitiva e foi esquecida, até mesmo por fãs antigos. Isso é preocupante, para o futuro de um jogo que tem tudo para se tornar um título fixo, no cartel de jogos de Pokémon.

Podemos esperar um jogo extremamente bonito, isso é o que foi entregue logo de cara pela Pokémon Company, em todas as conferências e trailers divulgados sobre o novo game. As cenas de ação são explosivas e emocionantes. A opção dos produtores em deixar os Pokémon com um aspecto mais “vivo” traz uma imersão maior (destacando na engine os pelos, por exemplo). Mesmo com isso não descaracterizou os personagens, o que foi muito positivo para os fãs mais radicais.

O jogo contará com apenas 16 participantes. Dois deles são versões diferentes de outro, caso do Pikachu Lutador e o Shadow Mewtwo. O número de Pokémon registrado oficialmente já passa dos 700, o jogo que traz uma jogabilidade revolucionária para os padrões da franquia, poderia ter apostado em mais personagens, não é mesmo? A primeira geração vem dominante, com Charizard, Pikachu (com duas formas), Gengar, Mewtwo e Machamp. A segunda, quinta e sexta gerações possuem apenas um representante cada: Suicune, Chandelure e Braixen, respectivamente. Fora isso terão os Pokémon de suporte, 30 deles já foram confirmados. Entre eles estão: Os lendários Cresselia, Victini, Reshiram, Jirachi, Yveltal e Latios. Além de Lapras, Umbreon, Snivy, Emolga, Fennekin, Frogadier, Eevee, Whimsicott, Mismagius, Ninetales, Farfetch’d, Electrode, Togekiss, Rotom, Dragonite, Croagunk, Sylveon, Magikarp, Cubone, Pachirisu, Diglett, Cubone, Quagsire, Magneton e Espeon.

Todos os 16 personagens jogáveis. Poderia ter mais, não concordam?
Pokémon de Suporte do jogo
São poucas opções de lutador. Isso é fato. Feliz - ou infelizmente - isso pode ser corrigido através de DLCs com o tempo, que se forem cobradas será uma verdadeira crueldade, principalmente com nós brasileiros, que vivemos uma crise dura para comprar produtos em dólar. Vender um jogo incompleto parece ser uma tônica das produtoras nos tempos atuais, mas seria muito ruim se esse mal chegasse a nossa amada franquia.

A aposta da Nintendo no novo jogo é grande. Recentemente foi confirmado que haverá uma categoria dedicada ao game no World Championship de 2016. Entrar no cenário competitivo certamente abrirá mais os olhos dos jogadores mais dedicados. 






Sucesso no passado, sucesso no futuro?

Nos anos 90, vimos o avassalador Nintendo 64 bater de frente com todos os consoles da época. E foi no clássico video game da Nintendo que vimos o primeiro jogo “de luta” de Pokémon: Pokémon Stadium. O sucesso de Pokémon Stadium foi absurdo. Não existia fã capaz de dizer que não queria ter um Nintendo 64, só para jogar Stadium. Mas a sacada da Nintendo, com Pokémon Stadium, foi genial. O jogo era simples, se você analisar, não tinha comandos complexos - como Pokkén promete ter - mas possuía um gráfico extremamente superior ao Game Boy Color. Pokémon Stadium trazia para os fãs a sensação de poder ver seus Pokémon do Game Boy em ação. E a Nintendo literalmente fez isso: com o Transfer Pack, o dono de um Pokémon Red podia passar seus monstrinhos do Game Boy para o Nintendo 64. Era uma conexão perfeita entre os dois consoles, e isso fazia com que todos quisessem ter ambos.

Sucesso nos anos 90, Pokémon Stadium é um clássico do Nintendo 64. Será Tekkén capaz de repetir tal sucesso?
Ao menos, até agora, Pokkén não terá esse tipo de relação. É um jogo independente, sem relação com o Nintendo 3DS. Será que isso o sustentará? Será que teremos em Pokkén a força que Pokémon Stadium conseguiu ter? 

Pokémon Colosseum e Pokémon Battle Revolution foram os sucessores de Pokémon Stadium e não conseguiram, nem de perto, repetir o sucesso dos dois Stadium de Nintendo 64. Pokkén Tournament assume um papel de “sucessor espiritual” dos antigos jogos para console de mesa, e vem com uma grande responsabilidade nas costas. 

Por enquanto as análises estão sendo positivas, os fãs parecem estar animados e o futuro parece muito promissor para o novo game. Resta saber se o novo título está fadado a morrer ou se conseguirá se eternizar no ramo dos jogos luta, como conseguiu Super Smash Bros.

Pokkén Tournament terá seu lançamento mundial para o Nintendo Wii U nessa sexta-feira, dia 18 de março.

9 comentários:

  1. Só sei que é lindo de se ver. Meu pokémon favorito, Gardevoir ficou perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Os gráficos estão maravilhosos <3

      Excluir
  2. o jogo parece legal é um jogo não só do pokemon e também tekken acho que vai vender para fan do pokemon e do tekken

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim esperamos! Eu pelo menos estou torcendo para que esteja bom como parece, é o tipo de jogo que espero há tempos! :)

      Excluir
  3. mano, sem ser chato, mas dps q o S/M foi anunciado, parece que tudo que tá vindo antes perdeu a graça...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pokkén parece estar bom, mas Sun e Moon virão com tudo mesmo haha :)

      Excluir
  4. Estou surpreso do greninja não ter sido incluído, já que até participação no último Smash Bros ele teve. Teria sido uma boa chance de ver o AshGreninja como modo especial no jogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não seria nada sacrificante incluir os personagens do Smash Bros. Jigglypuff e Greninja deveriam estar nesse jogo!

      Excluir
  5. Que matéria inútil. Como cobrar mais personagens se além de ser um spin-off, é o primeiro pokken? Alguem realmente acha que eles iriam apostar tudo oque tem em uma novidade, sendo que os fãs de Pokémon na sua maioria não gosta de inovação? Essa matéria só dá mais força para as pessoas que tendem a formar sua opnião no "achismo". Me perdoa a falta de educação.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!