Review: Pokémon XY083


Antes tarde do que nunca!
Hora de mais um review de Pokémon XY!
Lembrem-se que para mais textos escritos por mim, você sempre pode ir ao Vale Charicífico clicando aqui.
Este texto foi originalmente publicado em 24 de setembro de 2015.

XY083/ Episódio 887 - Atravessem as Montanhas de Neve! Mamoswine e Abomasnow!!

Se você tem que atravessar montanhas de neve, que melhor forma de fazê-lo do que na companhia de pessoas queridas? Basicamente, "Atravessem as Montanhas de Neve! Mamoswine e Abomasnow!!" gira justamente em torno do trabalho em equipe entre amigos e é bom repetir porque, aparentemente, o roteirista Shoji Yonemura não acredita que o telespectador vá entender a ideia da importância da colaboração só assistindo ao episódio e portanto faz questão de enfatizar isso, pelo menos, duas vezes em diálogo só na cena final para se certificar de que ninguém saia da frente da telinha - ou telona, vai saber - sem entender a mensagem.
Ironias à parte, tal reforço é desnecessário porque Yonemura consegue passar sua mensagem muito bem. O episódio é dividido em duas partes, que envolvem diferentes desafios pelas quais os Treinadores têm que passar juntos: a primeira sendo aquela de atravessar as montanhas de neve são e salvo comandando os Mamoswine de aluguel (quem será que pagou por eles hein?) e a segunda sendo a busca pelos remédios para curar Snover. E ambas as partes são conduzidas de forma bastante sólida e concisa. Yonemura toma cuidado para não deixar que nenhum personagem fique ofuscado pelo outro e dá algo importante para todo mundo fazer.
Eu já estava pronto para falar sobre como eles estavam sendo sexistas colocando as meninas numa cadeirinha segura e delicada enquanto os meninos comandavam os Mamoswine, mas aí veio a parte em que Serena não só assume as rédeas - literalmente - como também esfrega na cara do Ash que tem mais experiência montando Pokémon do que ele, ainda consegue fazer o percurso no qual ele falhara com sucesso, e ainda traz Clemont e Bonnie para cima. É claro que depois ela acabou voltando pra cadeirinha, mas ao menos ela teve seu momento de utilidade. Em sintonia com seus colegas, Yonemura também mantém a relativamente nova e sempre bem-vinda proatividade da Performer, que se junta a Ash na luta contra os Rockets rapidamente também.
Clemont é outro que também ganha seu destaque merecido. Ele pode não ser o melhor condutor de Mamoswine, mas é sempre bom ver sua invenção do dia não falhar e se provar muito útil e eu gosto muito de ver Bonnie sendo erguida até a planta de que eles precisam usando o Braço de Aipom. O jovem inventor também incorpora um pouco do espírito de Brock ao conseguir fazer o chá que cura Snover e sua cooperação com Serena no final, ordenando que Chespin lançasse Braixen com os chicotes, foi ótimo de ver! Nem mesmo os Pokémon ficaram inúteis.
Assim que Chespin sai da Pokébola querendo se voluntariar, Pikachu se oferece para ficar com ele (temendo o desastre de deixar o Pokémon Castanha Espinhosa sozinho?) e Serena ainda deixa Braixen ali com eles - gente, esta Pokémon está mais perfeita a cada episódio. Os animadores utilizam um recurso visual simples, mas extremamente eficiente para ilustrar a febre alta de Snover, assim para mostrar a queda da temperatura, em seguida - embora ainda me intrigue muito a forma como Clemont deu o chá para o bicho. Todo mundo ajuda, exceto @ Abomasnow histéric@ que só serviu pra fazer barulho. Há também uma dose de humor com Chespin, claro.
A Equipe Rocket também aparece, claro, com um ataque que é mais interessado em se vingar d@ Abomasnow que lhes atacara no começo do episódio do que em realmente fazer uma captura para o chefe - do contrário, por que abandonar os Mamoswine presos nas redes lá? Enquanto eles não fazem nada demais, ao menos sabemos que o amor de Jessie por sua Gourgeist continua imenso e inabalável e as duas divam supremamente. E é isso: este é um episódio simples, feito sem grandes pretensões e só pra cumprir a meta de 50 capítulos por ano, porém ele ainda consegue divertir e nos permite aproveitar bem a companhia do carisma do quarteto de protagonistas. Se é preciso fazer episódios para encher de linguiça, é bom que sejam ao menos bem feitinhos.

Considerações finais:
  • A essa altura vocês já devem estar sabendo, mas segundo informa a Pokémon Blast News, Fábio Lucindo será mantido como a voz brasileira do Ash. É, a enquete do blog e as mais de 10 mil assinaturas que o abaixo-assinado juntou - mais que o dobro do que fora proposto - mostra que, apesar das frequentes críticas ao tom forçado que o ator é obrigado a fazer para manter o papel, a maioria massacrante dos leitores do blog ainda acredita que ele é a voz do Ash que merecemos;
  • Na coleção de inverno Bonnie 2015, a tendência é Delibird ♥



  • Aliás, a distribuição das crianças nos Mamoswine não ficou boa. Veja bem, você tem Serena e Ash juntos, ambos obviamente bons em conduzindo os mamutões, enquanto Clemont está visivelmente desconfortável e inseguro na tarefa. O mais apropriado seria ter Serena e Bonnie num Mamoswine e Ash e Clemont juntos no outro, claro. Assim seria bem mais agradável pra todo mundo ~se vc me entende :3
  • Este episódio também entrou no ranking de audiência semanal! Ficando no 10º lugar do TOP 10, obtendo uma pontuação de 3,6;
  • Eu adoro a expressão de Chespin ao erguer Braixen, mostrando o esforço do Pokémon em realizar a ação;
  • O episódio se passa na Rota 17, também conhecida como a Estrada dos Mamoswine, que nos jogos também envolve pegar o Pokémon emprestado para atravessar o caminho de neve até a Cidade de Anistar. Mas é claro que no anime nossos heróis não chegam a Anistar tão cedo… pelo menos não de onde eu estou xD


4 comentários:

  1. ou pbn vcs poderiam por favor fazer uma reportagem sobre o futuro time de serena ?

    ResponderExcluir
  2. Ainda acho que seria interessante um acesso fácil aos reviews anteriores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tem um. Aqui: http://www.poke-blast-news.net/2014/02/vale-charicifico.html

      Excluir
  3. Esse episódio não significou nada, mas é legal ver eles se lembrando de fazer analogia aos jogos X/Y, que inspiram o anime.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!