Review: Pokémon XY075


Olá, galera!
Sexta eu não consegui postar - reuniões de trabalho, etc, etc -, então trago agora o mais novo review de Pokémon XY!
Tenham uma boa leitura e espero que gostem!

Pokémon XY075/ Episódio 879 - Uma Melhor de Três Entre Rivais! Vise o Amanhã!!

Scottie caiu de paraquedas em Pokémon XY. O fato de ser um personagem original que estreou na abertura sem avisar ninguém levantou um bocado de perguntas e tendo sido sua primeira aparição uma participação pequena mostrando sua derrota contra Clemont, ele realmente não teve muita chance de mostrar a que tinha vindo realmente até nossos heróis chegarem à Cidade de Laverre. Porém, é somente neste terceiro episódio com a participação do rival guri que finalmente conseguimos um olhar mais profundo sobre ele.
O maior mérito do episódio, porém, é jogar bastante informação na nossa cara sem que isso pareça tão evidente. Juro que não foi até o final que eu tinha me tocado da quantidade de coisas importantes haviam acontecido porque, logo a princípio, não parecia que seria tanto e sim só um momento pra relaxar pós-Ginásio. O roteirista Atushiro Tomioka - fazia tempo que ele não assumia dois episódios em sequência - consegue fazer tudo rolar de forma bastante natural. A começar por Scottie perdendo seu caderninho de anotações, que é encontrado pela Equipe Rocket. A partir daí há várias ramificações legais, desde a revelação de que o rival guri conheceu Steven Stone como as conclusões inusitadas que o trio de bandidos tira do pequeno achado. O sonho de Cinderela de Jessie de casar com Steven após descobrir que ele é herdeiro da fortuna da Corporação Devon é hilário e é legal ver James e Meowth levando as anotações de Scottie a sério, como se fossem estratégias de batalha do próprio Campeão.
Além disso, é interessante saber que o rival guri realmente veio de Hoenn, o que explica sua aquisição de Treecko e Bagon, assim como é sempre bom rever personagens como o Professor Birch - nem que seja por uns segundinhos. A conexão entre ele e Steven também é outro ponto curioso, porque dado o envolvimento do Campeão com os recentes eventos relacionados a Alain e a Mega Evolução e a promessa do muito antecipado encontro entre o Palletiano e o assistente Lysandre, isso talvez indique que Tomioka tenha planos para incluir Scottie de alguma maneira na história.
O lance todo com este episódio é que, se anteriormente Scottie fora introduzido como um Treinador inexperiente fadado a derrota, a coisa começa a mudar um pouco de figura durante a melhor de três contra Ash: enquanto ele ainda sai completamente derrotado, há um progresso visível no desafio entre Treecko e Frogradier, especialmente depois que aquele evolui para Grovyle. O próprio reconhecimento que o sapo tem do oponente como um rival serve para mostrar que a grande diferença que havia entre o Kantonita e o Hoenniano de repente diminuiu - ainda que neste caso Ash ainda esteja como superior, uma espécie de mentor para o novato.
O confronto entre rivais em si é excelente e eu diria que consegue até superar a luta de Ginásio contra Valerie. Não tem nada de mirabolante ou espetaculoso nem nenhuma estratégia particularmente inteligente, mas tem o fator principal: é empolgante! A animação é fenomenal - superior a do Ginásio, por exemplo -, com cada Pokémon do Ash sendo animado de forma bastante imponente e há um bocado de momentos bem fodinhas, especialmente no embate final. A evolução de Treecko me pegou de surpresa porque era um spoiler que eu ainda não tinha pegado, e foi executada tão bem que quando Ash diz que ela ocorreu porque os sentimentos de Scottie chegaram ao Pokémon, até dá pra acreditar.
De fato, os sentimentos de Scottie fizeram toda a diferença aqui: de repente o Treinador novato fadado a derrota a la uma Casey 2.0 da vida e super passivo de tudo começa a ganhar uma nova atitude - graças à sua breve convivência com Ash. Ele assume uma postura mais segura, intensa e firme durante o desafio contra seu rival. Além disso, os flashbacks de sua breve passagem por Hoenn servem não só para humanizá-lo, mas também mostrá-lo como alguém determinado, em busca de crescimento e conhecimento.
A própria razão para ele ter deixado Hoenn e ir para Kalos é um mistério já que é uma informação nunca dada, porém algo me diz que não é coincidência o fato de Sceptile ser um Pokémon capaz de mega evolução ser mencionado duas vezes no mesmo episódio em que um Treecko evolui para Grovyle. É bem possível que o guri tenha atravessado os mares só para encontrar esse novo poder para o seu futor Pokémon. Além disso, o anime adora trabalhar uma história de superação e com a promessa de Scottie de voltar melhor no futuro, acho que dá sim pra contar com uma participação prominente dele na Liga Kalos.
Se o XY073 serviu para tornar Scottie alguém de quem se pode gostar, a grande contribuição que "Uma Melhor de Três Entre Rivais! Vise o Amanhã!!" faz é na forma como Tomioka mudou o status quo do rival guri: o garotinho estranho de quem se sente dó, de repente parece uma ameaça futura. Num mundo em que crianças e adolescentes lutam para superar Treinadores com anos de experiência e em que aprendizes frequentemente superam os mestres, certamente não seria uma linha narrativa absurda se a postura altiva que Ash vem tomando nos últimos episódios fosse combatida com uma derrota para o novo garoto do pedaço, estimulando assim uma nova atitude. Considerando o histórico de derrotas absurdas ou insatisfatórias de Ash nas Ligas Pokémon desde a Conferência de Ever Grande, certamente não me surpreenderia…

…porém eu ainda estou na esperada por um rival mais fodinha =/

Considerações finais:
  • A possibilidade de vermos um Mega Sceptile na Liga sob o comando de Scottie parece bem forte. Enquanto a ideia me alivia porque assim abre caminho para o surgimento grandioso do Mega Charizard Y nas mãos do Palletiano, essa rivalidade de Frogradier com o reptiliano e um possível Mega Greninja sendo revelado no que especula-se se chamar Pokémon Z pode muito bem destruir os meus sonhos fogosos :'(
  • Curioso que Scottie tenha um Slurpuff, um Pokémon tipo Fada, porque nos episódios anteriores, vimos o rapaz tomar notas das vantagens (a resistência contra golpes Dragão) e desvantagens (a fraqueza contra ataques de Aço) desse tipo. Será que ele estava fazendo um estudo para saber como lidar com o que deve ser seu mais novo Pokémon?



  • Quando Scottie diz que ganhou até um autógrafo de Steven, Bonnie fica admirada que ele conheceu o Campeão e Ash repete o nome, admirado. É curioso porque quando Ash conheceu Steven, NADA foi mencionado sobre ele ser um Campeão - até porque em Diamond & Pearl, é mencionado que Wallace era o Campeão de Hoenn. Steven é mais ligado ao seu parentesco com o Sr. Stone. Portanto, chega a ser surpreendente que Ash ligue o título de Campeão imediatamente a uma pessoa que ele encontrou um dia numa caverna e não sabia quase nada sobre ela, especialmente se considerarmos o quão desligado o Palletiano é das hierarquias do mundo Pokémon de outras regiões. Deve ser memória seletiva (afinal ele sabia quem era Bruno, mas não sabia quem eram Lance e Lorelei, então vai entender…);
  • Depois de Steven Universo, é impossível escrever o nome do Campeão de Hoenn sem pensar no meu novo desenho favorito ♥
  • Serena descobre a localização da próxima Exibição Pokémon (na Cidade de Dendemille) e, de quebra, temos o primeiro vislumbre de Anistar e seu pomposo relógio solar. Considerando a ligação do monumento natural com as Mega Evoluções, será que o encontro entre Alain e Ash ocorrerá lá?
  • Apesar de animação do episódio estar linda, me incomodou como a cidade parecia vazia em diversos momentos, especialmente durante a busca pelo caderno de Scottie;
  • Que amorzinho Bonnie querendo ser lambida pelo Slurpuff também ^_^



  • Comparando com sua primeira aparição no anime, parece que o laboratório do Professor Birch - assim como o prédio da Corporação Devon - andou passando por umas reformas desde a última vez que Ash esteve lá; 
  • Eu adoro como Tomioka simplesmente usa a Equipe Rocket do jeito certo: sem o lema repetido, sem chatice, só cenas legais e direto ao ponto. É assim que se faz;

    7 comentários:

    1. Sera que vai surgir uma personagem chamada pérola ou ametista ou garnet :)?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pérola, Ametista e Garnet são nomes que já existem em um outro desenho, chamando Steven Universe. Por que diabos em Pokémon os roteiristas resolveriam colocar uma personagem chamada Pérola, Garnet ou Ametista sem explicação?

        Excluir
      2. Segura tua onda, Richard. O menino fez uma piada =P

        Excluir
    2. Acho que um rival perfeito pro Ash seria o Alain, imagina Mega Charizards, X vsY, se enfrentando, Scottie tá mais pra um rival amigável.

      Também gostei da aparição da ER nesse episódio, não foi aquela coisa forçada, de eles aparecer porque ta no contrato, e melhor ainda, eles não fizeram aquilo que eu sempre odeio quando eles fazem, digo, não interromperam a batalha do Ash no final.

      ResponderExcluir
    3. Shota tem pokemon de planta inicial dd houenn (em houenn tem o max que queria ser treinador pokemon e o shita tem o mesmo cabelo do max e os mesmos olhos ate parece que Shota setia o Max crescido)
      Ja que Shota segue os mesmo passos de Ash assim como Max.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eeu não sei como o povo vê semelhanças nos visuais do Sawyer e do Max. Pra mim eles são completamente diferentes.

        Excluir
      2. Cara, para mim, essa teoria do Shoua ser o Masato já foi furada à muito tempo com a aparição dele pela primeira vez na série. Dá pra ver perfeitamente que o Shouta não tem nada a ver com o Masato. Se o Shouta fosse o Masato, desde a primeira aparição dele, ele teria dito de uma vez por todas que o nome dele é na verdade Masato e que, anteriormente, na jornada do Satoshi e dos outros pela região de Houen, ele viajava com ele.

        Excluir

    Seu comentário será publicado após a aprovação.
    Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

    A PBN agradece a sua participação!