Crônicas de Bolso: Encanto de Fada - Mawile


  
   Olá, galerinha!


   Chega de apertar F5! Quarta-feira é dia de Crônicas de Bolso e cá estamos novamente! =D

   Em primeiro lugar, eu quero agradecer ao pessoal que olhava as Crônicas assim, meio de longe, sem saber se lia ou não lia, mas que tomou coragem e aceitou a proposta da semana passada de fazê-la a primeira crônica lida! Muito obrigado, pessoal! Vocês são demais! ^^

   É isso mesmo, produção? Parece que entramos numa "onda" de fantasia, repleta de mistérios e magia por aqui! Tivemos os dragões e agora teremos um Encanto de Fada! Sigam-me os bons, porque a estrela de hoje é a perigosamente fofa Mawile! Agora, senta que lá vem história! =)
Enquanto isso, no Reino das Fadas...




    Às vezes, algumas virtudes vêm disfarçadas como defeitos, pois são grandiosas demais e não podem ser simplesmente ofertadas facilmente. Há que se ver o que realmente importa e enxergar a perfeição na natureza. Afinal, o que seriam das joias de brilhantes se não houvesse a lapidação da pedra bruta?


- - - - - - -


Encanto de Fada: Mawile


   Existem muitas belezas que são vistas com maus olhos, principalmente por quem as carrega, já que são diferentes. Se a perfeição da Natureza está na assimetria e nas diferenças entre cada uma das pétalas de uma flor, não faz sentido enxergar beleza apenas na simetria e no que é comum.
   Se a própria Natureza é perfeita, negar a perfeição de sua própria natureza e de seus valores também a contraria. Com isso, fica o aviso para os que ainda não compreenderam: contrariar o fluxo natural é apenas cansativo e infrutífero. Tudo o que é bom é naturalmente bom e encontra seu caminho ao seu tempo.
   Já nos limites das terras francesas, havia um reino perdido em meio a uma densa floresta. As árvores pareciam se montar como um labirinto que protegia o Reino das Fadas. Tudo o que dizia respeito àquele lugar era mágico. Era uma espécie de refúgio encantado que parecia ter saído de alguma página de um livro infantil.



   Todo o chão do reino era coberto por flores que mudavam de cor conforme os sentimentos de quem estivesse por perto. Eram brancas, amarelas, vermelhas, laranjas, múltiplas! Havia apenas um tipo de árvore frutífera lá e elas davam todos os tipos de frutas que existiam. Até uvas nasciam delas! Os cogumelos eram todos comestíveis e tinham sabor de chocolate, bolo, pudim, suspiro e até cocada. Sempre que uma nuvem passava pelo céu acima do Reino das Fadas, ela rapidamente se tornava rosada, era algodão-doce que dançava pelo céu e, sempre que chovia, caíam gotas de doce de leite delas.
   Todas as fadas viviam juntas em uma linda casa construída dentro de um frondoso carvalho de folhas douradas e reluzentes. Sempre que nascia uma nova fada, magicamente um novo quarto surgia dentro daquela casa cheia de mimos.
   A única coisa que tirava a paz das fadas era a possibilidade do fim de seu reino. Há muitos anos, havia uma profecia que ditava o fim daquele reino como ele era conhecido. Estava por vir o dia em que uma fada mestiça e de força brutal traria o fim ao reino como ele era conhecido e nada seria como antes.




   Sendo assim, o Conselho das fadas decidiu que toda e qualquer fada que fosse mestiça e poderosa deveria ser banida, mesmo que fosse inocente. E este foi o destino de Mawile.
   Em um reino de meiguices, não havia nada mais aterrador do que se deparar com uma feroz bocarra de aço, com dentes pontiagudos à espreita. Ainda mais por se tratar de uma mandíbula selvagem e cheia de vontades, vê-la era um sinal de horror para as outras fadas.
   Mawile estava fadada a carregar uma boca cujos dentes eram chifres mortíferos atrás de sua cabeça. Mesmo com seus lindos olhos e aparência frágil, ninguém conseguia vê-la sem se lembrar da boca de ferro. Justamente o mesmo ferro que tanto machuca todas as fadas de todas as lendas.
   Por ter sangue de fada misturado com metal, Mawile logo foi considerada a mestiça da lenda e o Conselho decidiu que ela viveria abandonada e trancada no sótão do carvalho gigante, assim seu poder brutal jamais despertaria.
   Sempre que precisava sair de seu cárcere, Mawile era vista com maus olhos pelas outras fadas, algumas recém-nascidas até choravam de medo por ela que nunca havia machucado ninguém na vida.


   Ela estava sozinha e precisava consentir com todas as rigorosas imposições da vida para que pudesse sobreviver. Servia as refeições de todas as fadas, mas comia sozinha na cozinha. Limpava todos os quartos, mas o sótão estava sempre empoeirado e pouco iluminado. As fadas até sentiam dó de Mawile, mas entre crucificar uma pobre mestiça sem provas concretas e pôr em risco todo o reino por uma profecia, elas sempre optavam pela primeira alternativa.
   Mawile não conhecia sua origem, não sabia de seu passado. Nunca havia tido outra de sua espécie no Reino das Fadas antes, ela havia sido encontrada na floresta quando ainda era um ovo.
   Passava seus dias se questionando do porquê de existir, queria desaparecer, sumir e viver outra vida. Sempre que anoitecia, a fada mestiça subia pelos galhos mais altos do carvalho e ficava observando as estrelas, que lhe davam toda a atenção e o brilho que ela tanto precisava. Mawile sonhava com o que ela chamava de grande segredo de sua origem, algo capaz de fazê-la sair daquele paraíso negado, queria ser resgatada de lá.
 

   Mawile aprendeu o que as fadas aprendem, pensava como elas e até tinha os mesmos gostos, mas nada disso era suficiente para que fosse aceita pelas outras.
   Muitas vezes, ela tentou ser diferente, quis cortar sua própria bocarra de aço, mas ela se defendia, ferindo ambas. Era ótima costureira, tentava criar véus que tampassem sua natureza monstruosa ou escondia sua mandíbula dentro de seu vestido, tomando a forma de uma corcunda. Simplesmente nada funcionava.
   Certa vez, a fada mestiça cedeu ao cansaço. Não aguentava mais ver as flores tomando cores frias quando ela passava. Nada naquele reino lhe era importante, queria ser livre e saber o que jaz além do muro de árvores que a protegia. Foi quando Mawile deixou uma carta para suas irmãs, revelando seu plano de fuga.
   Era apenas Mawile e sua mandíbula gigante de agora em diante, como se algum dia tivesse sido verdadeiramente diferente. A floresta encantada tinha seus dotes mágicos, as folhas se mexiam para cobrir o caminho de ida e volta, impedindo que dois mundos se comunicassem.


   Mawile andou por horas a fio cortando galhos e mais galhos com os chifres de sua boca. Pela primeira vez, elas estavam trabalhando juntas. A fada mestiça enfrentou os perigos da floresta e tentou estabelecer uma rota, cavando buracos e riscando troncos para que não andasse em círculos.
   Apesar da deslumbrante luz dourada que caía sobre as folhas verdejantes e alaranjadas das árvores, aquele lugar era docemente perigoso. Havia um encantamento de tamanha beleza que o fascínio poderia fazer Mawile se distrair e se perder. As árvores pareciam assobiar com suas folhas para confundir qualquer um que ousasse desbravar a floresta.
   Mawile começou a sentir a melodia tenebrosa das árvores perfurar seus ouvidos e começou a correr. Por mais que ela se apressasse, os assobios não paravam e nem mudavam de volume, era como se estivessem vindo de dentro de sua cabeça. Era como se alguém detivesse as chaves da floresta e impedisse qualquer um de transitar por ela, como uma espécie de guardião das chaves.
   Para a sorte da fada mestiça, sons de galopes começaram a ser ouvidos além dos assobios das folhas. Deveria haver alguma estrada por ali, era sua chance de avistar alguém. Mawile pensou que poderia se tratar de alguma fada, mas não se importou com isso. Percebendo que Mawile estava sendo guiada pelo som, a floresta aumentou a amplitude dos assobios para mascarar os galopes e impedir a fuga.


   Cansada de correr, Mawile pulou e prendeu-se firmemente aos galhos das árvores com sua mandíbula, lançando-se de árvore em árvore na direção dos galopes que já não mais ouvia devido ao canto da floresta. Estando cada vez mais perto de abandonar o Reino das Fadas, a floresta mágica usou seu último recurso para impedir Mawile. Do chão, começaram a se erguer vinhas e heras dotadas do mais tóxico veneno, a segunda arma mais poderosa contra as fadas.
   No entanto, nada poderia se opor à natureza de Mawile, ela estava seguindo seu caminho e nem mesmo a floresta era capaz de detê-la. Depois de tanto tê-la rejeitado, foi o sangue mestiço de Mawile que a salvou do envenenamento, pela sua imunidade natural.


   Vendo o final de seu caminho, Mawile tomou um último impulso e decepou as últimas árvores que estavam em seu caminho. Com o impacto, Mawile conseguiu sair da floresta e rolou pela estrada, assustando os cavaleiros de uma terra vizinha que ali passavam, com suas montarias de insetos pomposos de casco vermelho. O desgaste foi tanto que Mawile desmaiou de exaustão à frente dos soldados, que logo foram prestar-lhe auxílio, abismados com o que viam.

— Será mesmo possível que... seja ela? A princesa perdida do Reino de Metal? Ora, um grande cavaleiro como eu jamais poderia pensar em deixar alguém desamparado. Afinal, eu sou o lendário...
  

E assim termina a história de hoje...


- - - - - - -


   Então, pessoal, mais uma história publicada! Hoje eu estou cheio de perguntas para vocês! Quem será que falou ao final da história? Aliás, por que a floresta não deixa que ninguém entre ou saia do Reino das Fadas? Quem verdadeiramente é a Mawile? Qual será o mistério da profecia? =)

  Essas e outras perguntas serão respondidas... ou não. Será que rola continuação? Aliás, isso foi um crossover? Muitas interrogações! Espero poder ler os comentários de vocês e conhecer seus palpites e teorias! xD

  Ah, sim! Agora só restam: Tipo Inseto, Tipo Elétrico e Tipo Lutador. Jamais imaginaria que estes três ficariam por último. Ainda bem que a ordem das crônicas é aleatória e não por preferência! =)

   O quê? Tem dica para semana que vem? Tem sim! O Pokémon da semana que vem tem sete letras no nome, o registro dele na National Dex tem apenas números pares e ele possui uma resistência quádrupla contra o Tipo Inseto! Divirtam-se! Uma ótima semana para todos vocês! ^^



37 comentários:

  1. Little_tiger15/04/15 21:41

    Caro senhor Gabriel,

    As perguntas eu respondo-lhe depois. Mas quem tem algumas questões a resolver sou eu.

    Primeiro: Como você conseguiu fazer um conto de fadas tão fofo?

    Segundo: Você é vidente? Eu estava meio que precisando de um "consolo", ou melhor, estou tentando me aceitar. Não que eu seja maltratada nem nada mas me vejo como algo ruim. Espero que minha "gata borralheira" vire Cinderela ashauhauas

    Terceiro: Eu não esperava que Mawile fosse a escolhida para o tipo fada. Você me surpreendeu, jovem!

    Agora sim, às respostas.

    "Quem será que falou ao final da história?" Espera... eu pensei agora... OMG FOI O LORD BISHARP?!

    "Por que a floresta não deixa que ninguém entre ou saia do Reino das Fadas?" Pois acho que a mesma sabia da profecia e acho também que a profecia dizia que o Reino ia mudar pra melhor, por isso o lugar não queria deixar ninguém ir.

    "Quem verdadeiramente é a Mawile?" Alguém como o patinho feio xD

    Até hoje não sei como um ovo de cisne foi parar num ninho de patos, sendo que o patinho andou por dias para achar sua família. Por que não pode ser diferente com a Princesa?

    "Qual será o mistério da profecia?" Nem eu sei. Mistérios da vida, huahauhaua

    ... E com essa crônica aprendemos que nossa vez vai chegar :33


    LUCARIO! LUCARIO! AAAAAAAHHHHHH O POKÉMON DA SEMANA QUE VEM É O LUCARIOOOO!!!

    Acertei? Pesquisei no Google pokémons com resistência 4x e Lucario tem sete letras, então...

    LUCARIOOOO!!!

    Resumindo, eu AMEI essa crônica, de verdade e espero que tenha sim uma continuação. Para o tipo elétrico, que tal uma dose dupla? Minun e Plusle?

    E então... te espero ansiosamente na próxima crônica! Até mais!!


    Little_Tiger :3


    P.S.: LUCARIOOOOO (O.k., já deu pra perceber que eu amo o Lucario né? Assim como Absol, Milotic, Shaymin, Mudkip, Pachirisu, Fennekin, Riolu, Snivy, Serperior, Eevee...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mds hueahu..LUCARIO
      Eu acho q oq vc falou sobre a floresta ta certo, pensei a msm coisa qnd falou que "a floresta nunca mais seria a msm" ou algo assim xD

      Excluir
    2. Little_tiger, minha querida! Que bom te ver! ^^

      Fico muito feliz que tenha gostado deste conto de fadas! Eu gosto muito desse mundo meio lúdico e fantástico também. =)

      Não, eu não sei usar Future Sight. Às vezes, já fica difícil enxergar o que tá embaixo do nariz, imagina o futuro, haha. Tenho que fazer aula com o Xatu rei ainda! xD

      Ah, mas a vida tem dessas coincidências. Eu fico muito feliz em saber que a história da Mawile te serviu de alento. Faz que nem a Mawile, descubra que você é da nobreza! =)

      A Mawile é tipo o patinho feio com a reclusão da Rapunzel e a vida da Cinderela. E ainda acabou a história dormindo! xD

      Lord Bisharp já era metido antes da Mawile ser princesa, hahaha.

      Calma! Respira, respira... O que foi essa loucura pelo Lucario?! Pode ser que tenha mais algum Pokémon que se encaixe na descrição, sabe... xD

      Falando em duplas, eu já venho "namorando" essa possibilidade de colocar uma dupla desde Doses de Veneno. Talvez aconteça em breve. =)

      Também te espero ansiosamente na semana que vem! Ah, eu também sou Team Mudkip, Team Fennekin e Team Snivy. xD

      Excluir
    3. Little_tiger17/04/15 17:56

      Bom que não sou a única, Fael kkk

      Excluir
  2. Matheus Almeida15/04/15 21:42

    "afinal, eu sou o lendário..."
    gente, eu tenho uma relação de amor e ódio tão grande com finais assim desde o dia que li o amor é um pássaro vermelho. se queria mexer comigo e com meus feels, então parabens...

    mas sério, parabéns mesmo pela crônica. como aficionado pelos tipos lutadores e simpatizante dos noturnos e dragões devo dizer que as fadas não são exatamente minhas preferidas, mas a mawile é simplesmente ótima (graças a arceus vc não pegou mr. mime) e o começo da história no melhor estilo wonderland / sugar rush tbm foi lindo sem parecer muito bobo ou infantil. Me vlw até uma vontade de reassistir detona ralph pela 31342 vez.

    pra mim um pequeno ponto incoeso foi no momento que as outras fadas acharam que a mawil era a "cavaleira do apocalipse" delas. Deu a entender que elas iam trancanfia-la no melhor estilo rapunzel, mas ao inves ela acabou como cinderela (o que seria de uma crônica sobre fadas sem referências a conto de fadas?).

    quanto a sugestões nem tenho muitas, para os lutadores eu já comentei antes. elétrico não tenho muita certeza, mas talvez tynamo fosse legal (considerando que ele foi um dos que me tornou o novo campeão de unova em w2 :3 ). rotom e stunfisk seriam legais tbm (eu gosto de stunfisk sim, me julguem). e quanto aos insetos os que mais merecem, segundo minha humilde opinião, são surskit, shedinja ou kricketot.
    (pra quem disse que tinha poucas sugestões...)

    e não se esqueça do Sableye viu? só estou esperando vc fechar os 18 tipos pra voltar a pedir por ele em todo comentário ok? ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus Almeida16/04/15 08:10

      Ah. Fui ver agora e sim, como a little_tiger falou vao realmente ser o lucario. Afinal e o unico que se encaixa na descrição, a menos que vc tenha decidido repetir um dos outros tipos o que eu acho improvavel.

      Escolha bem obvia (assim como o absol) mas pelo menos é um poke que eu tenho um carinho muito grande (desde a epoca daquele filme dele e do mew, o que me fazia acreditar que lucario era lendario...) e, se eu me lembro bem, fazia parte das sugestões que eu dei para o tipo lutador em outra cronica.

      Então, É. To bem feliz com esse poke (nem tenta disfarçar, viu?)

      Excluir
    2. Little_tiger16/04/15 14:19

      Hahahahaha pois é

      Excluir
    3. Adoro quando vocês interagem entre si nos comentários. xD

      Fico feliz que esta história tenha conseguido te tocar, Matheus. Muito obrigado pelo seu comentário! ^^

      Esse tipo de final me agrada quando eu consigo completar a resposta. Do contrário, eu detesto quando acaba assim. xD

      A Mawile acabou trancafiada de uma forma mais sutil, com uma falsa sensação de liberdade e aceitação. Para as fadas, o importante era que ela não descobrisse sua força. ^^

      Excluir
  3. Dessa vez eu vou fazer pelo sistema de pontinhos. Por quê sim.

    -O inicio da história é estranhamente adorável.
    -Mawile é meu segundo pokemon favorito. *-*.
    -QUE DLÇ DE REINO CARA (Me perdoe, o espirito da dlç dentro de mim me obrigou a dizer isso ^^'')
    -''Em um reino de meiguices, não há nada mais assustador do quê encontrar uma bocarra de aço'' Kyuubey don't aproves u.u
    -Que crônica linda gzus *^*
    -Só acho que esse ''falador'' do fim é o Lord Bisharp. Só acho.
    -Mawile >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>. Gardevoir.
    -''Veneno é a segunda maior fraqueza das fadas'' Na verdade, eu considero Veneno a primeira. Os venenosos são mais rápidos e tem mais ataque, o que significa uma vitória mais rápida. Valeu Bulbapedia!
    -A próxima crônica vai ser do Lucario, né? YAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAYYYYYYYYYYY XD. (Adoro Lucario, assim como Adoro Mawile, Porygon-Z, Typhlosion e Luxray '-')
    -O nome da primeira imagem... bom.. acho que a imagem é de uma Salsicha comendo cachorro quente. (Tinha que fazer essa piada, desculpa)
    -Só aguardando a vez do Luxray e a vez do Ariados.
    -Por favor, diga que quando você fizer de todos os tipos você vai recomeçar e não encerrar o projeto ;-;
    -E todos os elogios que existem para essa história genial <3

    É isso, até mais \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Welcome back, Luis! Achei bem organizado seu sistema de pontos. =)

      Muito obrigado por passar aqui e comentar! É maravilhoso saber que você gostou da história da Mawile, eu também gosto muito dela. Eu costumava usá-la como Mega. ^^

      O Reino das Fadas evoluiu para o Reino das Delícias! xD

      Na verdade, essa história de "segundo maior" é complicada, porque "maior" mesmo é um só, se existe um "segundo maior" é porque os dois são igualmente os maiores. É tipo "os três primeiros colocados", a menos que haja empate na primeira colocação, só existe um primeiro e os outros são o segundo e o terceiro lugares. Viagem, né? xD

      Mas como você considerou qual tipo é mais comum ou oferece mais risco no metagame, você está certo. Já perdi muita fada mais para Poison Jab do que Iron Head. xD

      Todos amamos o Lucario! Mas espera, eu não estou dizendo que seja ele. =P

      Eu demorei para entender a parte do cachorro-quente, mas foi! Luxray é um daqueles que estão no famoso Top 5 do Tipo Elétrico. Ariados vai para a lista de sugestões, se já não estiver.

      Olha, Luis, quando eu acabar todos os tipos, eu vou encerrar, sim... a primeira temporada. E todos os agradecimentos do mundo para você! :D

      Excluir
    2. Momento flashback na bulbapedia:
      OMG Blaziken 'o' Pera, tem 8 letras :/
      Emboar \o/ Tem 5 letras ;-;
      Hawlucha \o/ 8 letras '-'

      Reino do Jailson, meu caro.

      Poison Jab >>>>>>>>>>>>>>>>>>> All golpes

      Já entendeu a piada? XD

      Excluir
    3. Entendi! xD
      Eu também fui pesquisar na Bulbapedia para contar as letras, tem muitos Pokémon com oito letras no nome. xD

      Eu não sei qual é o meu golpe favorito, mas o que eu mais achei divertido de usar foi o Encore. =)

      Excluir
  4. Yay! Crônicas!
    (Espero q esse comentário não desapareça)

    Mawile! Q ótima ideia! Isso mostra q nem todas as fadas são coraçãozinhos por ali, purpurina por ali.... Apesar de q todas marcam um lugar especial no coração da gente ^^

    Eu quase caí da cama quando um Mawile apareceu pela primeira vez no meu pokemon ruby. Claro, sem hesitar, pokeball! E agora, com essa mega shinka, ficou fantástica!

    Deu pra notar um leve traço de "Patinho Feio" nessa história. Apesar de q mawile não é feia ;-).

    Uma coisa q notei é q as fadas desse reino reconheciam o poder de Mawile. Afinal, ela não é a única fada mestiça, nem única com o tipo metal. É só a mesma questão de "Julgar o livro pela capa".

    ~ le eu imaginando oq aconteceria se essa mawile passasse perto de um flabébé ~

    Nossa! Uma continuação! Incrideblé! Mas se for um crossover? Dubleincrideblé!
    Eu pensei de kra no Lord Bisharp, ou até num Pawniard crescido. Seria d+!

    Cruzando os dedos pra q seja Lucario. Pelo jeito é o único q combina!

    Acho q este é o início de uma grande sequência épica de fatos

    Bela crônica
    Espero ansiosamente pela próxima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, que bom te ver por aqui de novo! Eu adoro ler seus comentários também. =)

      Seu comentário chegou de primeira, viva! Mesmo sem purpurina e coraçõezinhos, eu ainda acho a Mawile bem fofa. xD

      Bom, eu nunca soube o que era capturar uma Mawile, eu pegava o Sableye ao invés dela. Só fui conhecê-la no anime, no episódio em que o Lombre do Brock evolui para Ludicolo. Também adorei a megaevolução dela. ^^

      Exatamente! Não era simplesmente ser mestiça, tinha que ser mestiça e de força brutal. Pelo menos, o Conselho das fadas foi esperto na hora de identificá-la. ^^

      Se a Mawile passasse perto de uma Flabébé, provavelmente ela iria ficar chorando de medo. xD

      A continuação ainda não está confirmada, mas a história da Mawile já foi um crossover com a do Lord Bisharp. Sim, isso é oficial! =P

      E mais um voto para o Team Lucario! Será que vai ser ele mesmo? É tão comum ter resistência quádrupla ao Tipo Inseto... xD

      Fico muito feliz pelas suas expectativas para esta sequência de acontecimentos. Muito obrigado, Rafael! ^^

      Ah, só uma coisa: a história de semana que vem não está relacionada com esta. Assim como a do Dragonite não tinha relação com a do Lord Bisharp e veio depois da dele. Os crossovers e as possíveis continuações não são contíguos. Até semana que vem! =)

      Excluir
  5. Que história linda, fofa :3
    Incrível! E pobre Mauile :( foi condenada por uma profecia que nem se sabe se era real! Mas pelo visto ela vai ter a felicidade que merece! (pelo menos foi o que entendi). Ah e o reino das fadas me parece ser um lugar "fadavilhoso" kkk simplesmente encantador *-*
    Bom quem será que falou ao final da história? Acho que foi um Pokémon Lendário!?
    Ninguém pode sair do reino das fadas porque o mundo lá fora é perigoso de mais para as fadas, pois o Reino de Metal é um lugar definitivamente proibido para as fadas certo?
    Mawile é a princesa! Eu não tenho certeza nessas respostas xD
    Continuação? ACHO que sim kkk pois o jeito que terminou a história vai sim...
    Próximo Pokémon será o Lucario? Li os comentários e liguei os pontos kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila! Fico feliz em te ver por aqui. Muito obrigado por deixar seu comentário! Fadavilhoso, achei o máximo! É muita criatividade! Isso foi uma fadavilha. xD

      Realmente, lá é um lugar lindo! Eu acho que depois de ir até a Ilha dos Dragonite, vou carimbar meu passaporte e ir até o Reino das Fadas! xD

      Foi um Pokémon lendário, sim. Lendário, épico, poderoso, magnífico, grandioso e mais outros muitos adjetivos. Teve gente que já acertou, foi o Lord Bisharp. ^^

      Você está certa, o Reino de Metal deve ser realmente perigoso para as fadas, vai ver por isso ele é proibido! A ideia é bem por aí. =)

      Será que a Mawile é uma princesa? Aguarde cenas dos próximos capítulos... ou não. Ah, sobre o Lucario, nada a declarar. xD

      Excluir
  6. AH NAO
    AHHHHHHHHH NAO
    OMFG NAO
    seria essa uma continuação/entrelaçamento entre histórias do tipo metal e fada? OMFG, que épico!
    Será que era o Pancho? Sera que era o Lorde Bisharp? Sera que o Rafael esqueceu o fim da crônica do tipo Steel e está em duvida entre esses dois?
    UEHAUHEUH
    Mawile <3
    Gabriel cara, tu tem um dom de me fazer gostar mais ainda de alguns pokes que é incrivel,! Eu já gostava da Mawile mas agr ela é meu tipo Fada preferido :D
    Assim como vc fez com o Phantump e o Unfezant :v
    huehaue, mas parabens cara, achou a princesa perdida e espero um final épico do tipo Elétrico, só pra fechar com chave de ouro!
    Não, eu não vou pesquisar sobre a sua charada mas eu chutaria que a próxima é sobre um tipo Inseto, pq sempre tem uma pegadinha nas suas dicas e a última coisa que pensariam é que deve ser um tipo inseto, por causa do poke ter 4x resistência ao tipo Inseto...
    E eu mais uma vez só vi dps ç.ç
    Ontem n tinha nd aq, mas whatever, acho q vc posta de noite...
    Obrigado por mais uma crônica de bolso :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim! xD
      Muito obrigado por todas as suas observações, Fael! ^^

      Então, o entrelaçamento é oficial. Tipo Fada e Tipo Aço (apesar de ser Reino de Metal) se combinaram. Fico feliz que tenha pegado as referências! ^^

      Poxa, que coisa boa saber que você fica tão feliz com a escolha dos Pokémon e acaba gostando mais deles! Muito obrigado por ter esse carinho pelas Crônicas! =)

      Olha, a história do Tipo Elétrico pode ser a "última" e encerrar os 18 tipos, mas ela pode não estar relacionada com este "arco" da história, viu? As histórias independentes continuam! =)

      Bom, esta história eu postei ontem às 21:00. Eu não tenho um horário fixo. Até prefiro postar durante a tarde, mas tem vezes que só sai à noite. ^^

      Excluir
    2. Qdo vc fala de Rafael... Se refere a mim?
      Bem... Whatever.

      Eu encontrei uma coisa na cronica do bisharp! No final, ele sai para encontrar "a joia da princesa", se considerarmos q a princesa era uma Mawile, sua " joia", no sentido figurado, poderia ser um ovo, a futura herdeira do trono! Q seria: Essa Mawile!
      Tanto é q talvez o Lorde Bisharp tenha se aposentado, e quem foi procurar foi o Pancho! Já evoluído!

      Claro q tb pode não ser, pode ser simplesmente um diamante. Mas, especulações everywhere!

      Excluir
    3. Não, relaxa auehuahe, pode ser história independente msm, e eu vi la embaixo um cara falando sobre o heliolisk, ele seria uma ótima opção :D
      Ele é bonitinho e um pouco medroso, seria bom.. Mas tb gosto do Pachirisu e do Luxray, mas vc q sabe kkkkkkk

      Mas podia se vc conseguisse, fazer uma super "Crônica de Mochila" com um entrelaçamento de todas as histórias, ta, seria dificil entrelaçar as do tipo steel e fairy cm as outras, por elas acabarem tendo pokemon com hábitos humanos (ta bom q a Fairy n mostra mt isso mas ja que ela ta ligada à do tipo Steel..), Mas se n der tb n tem problema c: só sugeri msm hehe

      Excluir
    4. Para Hoopa e Celebi, todos os crossovers são possíveis. kkkkkk

      Cara, eu adorei a linha de raciocínio do Rafael, de verdade. Seria facilmente um ótimo final alternativo. =)

      Então, pessoal, vou dar duas dicas sobre as histórias. A primeira é que a da Mawile se passa antes da do Lord Bisharp. =)

      A outra dica é que a joia da princesa é mostrada, até com algum destaque, nesta história aqui! ^^

      Excluir
  7. Otima cronica!!!!
    Elas estão ficando cada vez melhores!!!
    Sera que a prossima fosse a do Helioski com o titulo de Lendas de Trovão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo seu comentário! Fico feliz que esteja gostando cada vez mais das Crônicas. ^^

      Bom, o Heliolisk está entre os cinco Pokémon do Tipo Elétrico que têm mais chances de estrear a subsérie deste tipo. Então, é bem capaz que ele dê o ar da graça por aqui! ^^

      Excluir
  8. NÃO, por favor, Lucario não, ao invés de colocar um pokemon popular poderia colocar um menos conhecido....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica tranquilo(a). Todos os Pokémon têm espaço aqui nas Crônicas. Já houve alguns Pokémon menos conhecidos que ganharam uma história, mas eu também não posso negar o direito de os mais populares também aparecerem. ^^

      Excluir
  9. estou torcendo muito pra que a do tipo inseto seja sobre o shedinja *o*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shedinja já foi pedido muitas vezes aqui, só que eu ainda estou em dúvida se ele se encaixa melhor na subsérie do Tipo Inseto ou na do Tipo Fantasma, mas ele é uma das minhas opções, sim. ^^

      Excluir
  10. Você poderia ter mencionado Granbull, por ele ser um pokemon fada nada "gracioso" e de aparência assustadora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, só que mesmo o Granbull tendo muita força, ele é uma fada de "raça pura", não é mestiço. Sem contar que todas as PokéDex entries falam que, de mau, ele só tem a cara, hehe. Granbull só ataca quando é surpreendido, ele é dócil no geral. Eu adoro Granbull! xD

      Excluir
  11. Caraca, que conto fodaaaaa!!! Lord Bisharp dando o ar da graça novamente. Muito bom mesmo.
    Agora, 7 letras, só tem números pares na pokédex e tem resistência 4x contra Bug, e é tipo Fighting... huuummm... qual será hein......
    LUCARIOOOOOOO \o/ yay

    P.S: Estive ausente em alguns comentérios mas, não se preocupe eu li todos os contos viu ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas, LoKu-kun. Eu adoro quando você vem aqui! Fico feliz que tenha gostado da história da Mawile. Muito obrigado! ^^

      Altas expectativas pelo Lucario, né? Eu não sei de nada. Vai que tem mais de um Pokémon que se encaixe nas descrições... xD

      Excluir
  12. Adorei esse conto, foi... "Fabulaloso"
    - Mesmo que não tenha um final muito concreto o inicio salvou a história toda.
    - É bom ver que mawile conseguiu se aceitar, mesmo sem origens ou mesmo sem ninguém ao seu lado.
    - Senti muito carinho e consegui entender mawile, pois, também passo pela mesma situação na escola só porque sou "nerd".
    - Não entendo o porque de não gostarem do diferente, só porque uma fada não é pura de tipo não quer dizer que ela é má.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, edulipe! Muito obrigado pelo seu comentário fabulaloso! xD

      Pois é, a história não teve mesmo um final concreto. Aliás, a história realmente teve um final? Não sei, não sei... =P

      Também fico feliz que a Mawile tenha se aceitado. Aliás, ela estava na melhor companhia possível, na dela mesma!

      Espero que você consiga superar essa situação. Afinal, não há problema algum em ser nerd, eu acho até legal. Todos nós aqui somos, pelo menos, um pouco nerds, hehe. Um dia, quem sabe, você não se safa da floresta e descobre ser o príncipe de algum reino por aí? Hehe. =P

      Vai ver as fadas estavam com medo da mudança, rejeitando o novo que a profecia representava. É mais cômodo ficar na mesmice, a vida delas já era boa mesmo. Mas e se o perfeito mudasse para algo mais-que-perfeito? ^^

      Excluir
  13. Ah, como é prazeroso ler não apenas suas criativas crônicas que exploram outra faceta do mundo pokémon e da literatura mas também cada comentário dos outros leitores...(a sua relação de comprometimento em responder os leitores e interagir torna-se um diferencial em você.. parabéns!
    Gabriel, por favor, deixe de mistério e nos permita conhecer você, pelo menos seu perfil (Idade, curso superior que você estuda, seu rosto, em que você trabalha, e demais informações pessoais/profissionais) Todo mundo que ler um livro sem busca mais informações sobre o escritor... nos permita conhecer você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jonathan! Fico feliz em te ver por aqui, você é sempre muito gentil em suas considerações. Muito obrigado! Eu gosto muito de poder interagir com vocês e respondê-los. =)

      Não é questão de mistério. Se eu tivesse um perfil no facebook, eu teria postado logo no começo, a questão é que eu não tenho. Não sou muito chegado nisso de redes sociais. =(

      Excluir
  14. "Era como se alguém detivesse as chaves da floresta e impedisse qualquer um de transitar por ela, como uma espécie de guardião das chaves"
    Pressinto a vinda de Klefki na segunda temporada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu não esperava por isso! Fico feliz que você tenha decidido reler a história da Mawile em busca de pistas. Muito obrigado! =D

      Na verdade, quando eu falei em chaves, eu pensei mais no sentido figurado do que no literal, mas foi um ótimo palpite! Afinal, várias fadas vivem no Reino das Fadas, não é? xD

      Excluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!