Área de Fã #10: Rio Anime Club - Entrevista com os Dubladores, Recado do Ash e Mais!


Olá pessoal! Tudo bem com vocês? Estou de volta com o nosso quadro Área de Fã, dessa vez para contar um pouco do que rolou na última edição do Rio Anime Club.



Bom, primeiramente alguns irão perguntar: O que é o Rio Anime Club?


Pois bem, o Rio Anime Club é o maior evento de Animes, Games e Cultura Pop do Rio de Janeiro. Ele aconteceu no último dia 22 de março no Clube Hebraica - Laranjeiras. E como na primeira edição, a segunda não poderia ser diferente: recheada de atrações.

O evento contou com stands de várias lojas super bacanas em que era possível encontrar tudo o que um Geek poderia querer. (Sério gente, queria comprar tudo mesmo. Mas a pobreza não deixa :/ ).

A banda The Kira Justice e o público do RAC
O clima ficou por conta da banda The Kira Justice, diretamente do Rio Grande do Sul, para agitar o evento. Eles tocaram vários covers OST's de animes e também músicas próprias. O público presente vibrou muito, principalmente quando tocaram as aberturas de Digimon, Pokémon e Dragon Ball Z.


Outras atrações bem legais foram a  2ª etapa da Liga Cosplay 2015 e Liga KPOP 2015, concurso de dança coreana que empolgou os visitantes.

Os dubladores

A atração mais esperadas por nós, Pokémaniacos, com certeza foi o talkshow mais do que especial com os dubladores: Fábio Lucindo (dublador do Ash) e Tatiane Keplmair (dubladora da May). Os dois trabalharam juntos durante a saga de Hoenn em Pokémon, além de outros sucessos como High School Musical e o anime Bleach.

Fábio Lucindo e Tati Keplmair no bate-papo com os fãs
O bate-papo foi bem descontraído e o público presente pode fazer bastante perguntas. Tati contou que a personagem que mais gostou de dublar, com certeza foi May. Uma curiosidade, segundo ela, é que muitos fãs costumam para-la nas ruas, mas certa vez uma mãe foi quem parou para conversar: "Por favor, fala com o meu filho, pede para ele estudar!". Os personagens que são mais reconhecidos ao ser abordada são May e Sakura (de Naruto), segundo ela.

Ao serem perguntados se costumam se apegar aos personagens a resposta de ambos foi sim. Tati contou que sempre assiste aos episódios originais, antes de iniciar a temporada de gravações, para conhecer as características dos personagens. Fábio complementou dizendo que dificilmente assistem depois que as gravações são iniciadas, que o processo de estudo do personagem sempre ocorre antes. 

Fábio contou também, que possui um bichinho que trata como seu Pokémon. Xeretando pela internet eu encontrei uma foto dele. Olha só que bonitinho:

O Pokémon do Fábio Lucindo


Perguntaram também aos dubladores, quais personagens se arrependeram de dublar. A resposta foi que eles não se arrependeram de nenhum deles, mas que as vezes pensam que poderiam ter feito de forma diferente. Quando estão um pouco roucos, por exemplo. Mesmo com o cuidado que tomam com a voz, as vezes acontece.

Perguntados quais Pokémon escolheriam levar para uma jornada, Fábio disse: "Pikachu, Jigglypuff e Mewtwo. Posso levar o Mewtwo? Sempre quis ele" - revelou.

Público assistindo ao bate-papo com os dubladores

Já Tati seguiu a linha May: "Pikachu, Butterfree, Beautifly e Jigglypuff".

Fábio foi questionado de como seria uma suposta aparição do Pai de Ash: "Imagino que, caso o pai de Ash realmente apareça, seria bem para o final do anime. Uma batalha na liga bem emocionante entre Ash e ele, ai no final a revelação: eu sou seu pai!" - "Não acredito na teoria de que o Ash está em coma" - complementou depois de outra pergunta.

Para quem quer seguir a profissão de dublador, eles avisaram: exige muito esforço e dedicação, mas se gostar, não desista. Não basta apenas ter uma voz bonita, hoje exigem-se cursos de teatro:
"Você precisa ver o que realmente gosta mais, do palco ou do microfone" - disse Tati.

Perguntado sobre o cinema nacional, Fábio espera que ele cresça. Um dos trabalhos que atua hoje é na animação brasileira: Peixonauta.

Liga Oficial

Para quem gosta de games, houve uma área com consoles de última geração.  E para quem joga Pokémon, a Liga Oficial (LOP-RJ) organizou campeonatos para Nintendo 3DS. Os participantes puderam concorrer a insígnias e também levar para casa o novo Zelda. O vencedor foi o Cleiton Cirilo. Ele não conseguiu levar a insignia de ginásio, mas levou o jogo:


Cleiton (a direita) recebendo do organizador da Liga, Marcio o novo Zelda

Confiram mais algumas imagens de tudo o que rolou:

Público presente no início do evento

Cosplay Misty da Clara Mol
Tivemos também um Mini Ash =D

Tati Keplmair, super simpática, fez pose para a foto

Fábio Lucindo, nos bastidores tirando foto com os fãs

Também tivemos o cantinho do tradicional TCG

Banner do espaço Liga Oficial Pokémon

Pra que gosta de mangá, um paraíso *--*

Ganhar na Mega Sena e levar tudo pra casa
Recado do Ash


E não é que o Ash passou para deixar um recado aos fãs da PBN? Ouçam só que maneiro:



Super legal, não é?

Por enquanto é isso galerinha, espero que tenham gostado do Área de Fã desse mês. Fiquem ligados aqui na PBN e aguardem nossa participação nos próximos eventos! Em breve teremos mais novidades.^^

Você é organizador e quer levar a Pokémon Blast News até o seu evento? É só entrar em contato com a gente, através da nossa página no Facebook, ou pelo e-mail: pokemon-blast-news@outlook.com

Se você perdeu alguma outra reportagem do Área de Fã, basta acessar aqui.

Até breve o/

Crédito Imagens:

Luis Henrick Teixeira
Animação S.A.
Liga OP - RJ
The Kira Justice

2 comentários:

  1. Excelente profissional o Fábio Lucindo, mas ele é muito feio!

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!