Review: Pokémon XY049

Oi, oi, oi, galera da PBN!!!
Feliz Ano Novo atrasado! Estão curtindo as férias? Eu estou aproveitando o mês para tentar alcançar o Japão com meus reviews, então agora que já consegui escrever um bocadinho deles, decidi vim aqui compartilhar com vocês e fazer desta semana de retorno uma muito especial! Bom, começando o ano de 2015, existe um bocado para por em dia aqui no site, então vamos começar falando desse episódio de Pokémon XY que já passou tem um tempinho, mas espero que este review ajudem vocês a se lembrar =D
Um grande abraço e se liguem porque amanhã tem mais review.

XY049/ Episódio 853 – Tropa de Defesa do Lapras, Mobilizar! Bonnie Faz o Seu Melhor!! 

Minha infância foi marcada por filmes de aventuras protagonizadas por crianças, em especial ET - O Extraterrestre. A ideia de conhecer um alienígena e fazer amizade com ele era algo que me fascinava e o longa-metragem de Spielberg ainda conseguia arrancar lágrimas dos meus olhinhos miúdos. De certo modo, há bastante coisa em comum entre o filme e este episódio de Pokémon XY. Há uma criatura separada de sua espécie, que é abrigada e tratada às escondidas por crianças, que depois precisam lutar para salvá-la das garras de adultos maus. Receita perfeita para um episódio de se amar, porém embora eu tenha achado este bastante divertido, ele realmente não é um dos mais memoráveis.
É a carinha de Bonnie em destaque que antecede a tela de título e apesar de seu nome também estar presente nele, "Tropa de Defesa do Lapras, Mobilizar! Bonnie Faz o Seu Melhor!!" parece ser mais sobre o trio de crianças que a limãozinha conhece do que sobre ela própria. O grupo formado por Heidi, Kye e Jay tem seu carisma e o primeiro encontro deles tem alguns momentos bem engraçadinhos (como quando Bonnie deduz que eles estão protegendo um Lapras só pelo nome da equipe). Além disso, o fato de eles usarem roupinhas e utensílios improvisados para imitarem cavaleiros e super-heróis e terem uma base secreta cheia de acessórios não apenas lhes dá uma boa caracterização como também mostra que sua dedicação a cuidar do Lapras é séria, mas também dá espaço para alguma boa e velha imaginação, tão bem-vinda nessa faixa etária.
Assim como nos episódios anteriores, há também interação de um dos amigos do Ash com algum Pokémon selvagem, mas esta está longe de ser o foco aqui. Não há nenhuma cena em especial centrando em Bonnie e Lapras. Os dois interagem pouco e nunca de forma muito íntima, diferente do que ocorrera com Flabébé, por exemplo. O foco de Shoji Yonemura (O Trevenant da Floresta Serpeante!) para o episódio é outro. Há uma tentativa maior de explorar o amadurecimento das crianças. Elas precisam aprender a confiar nos adultos de novo quando não são capazes de curar Lapras sozinhos, precisam aprender a escolher o que é melhor para o Pokémon quando descobrem o quanto ele sente falta de sua família e amigos e a defendê-lo das garras da Equipe Rocket.
 
Nesse sentido, Yonemura consegue fazer um trabalho legal em alguns aspectos, mas não tanto em outros. Por exemplo, a história com a professora justifica a falta de confiança das crianças nos adultos, mas é resolvida de forma tão rápida - através de uma simples fala - que nem parece ser tão importante quanto havíamos sido levados a acreditar e não tem uma resolução satisfatória - por que a professora não contou para as crianças que tentaria achar o dono do Pokémon, por exemplo? Era algo tão simples e certamente teria evitado todo o problema. Além disso, era mesmo necessário que duas crianças do grupo tivessem problemas de fala (um troca as palavras, o outro fala "s" com som de "x" - segundo o tradutor que eu acompanho)? Enquanto Heidi parece ter mais personalidade e atitude, os meninos basicamente agem da mesma maneira, com poucas diferenças.
Outro ponto que me incomoda é como depois que Ash, Serena e Clemont encontram Bonnie, a limãozinha praticamente perde toda a importância que ela teria - porque, novamente, o foco é mais nas outras crianças que nela. A partir daí basicamente vemos interações dos personagens mais velhos explicando coisas para a jovem Tropa de Defesa do Lapras e isso até gera momentos bacanas - eu gosto de como eles levam um grande susto e resolvem aceitar ajuda da Enfermeira Joy quando Ash usa "Lapras" e "morrer" na mesma frase, para explicar o que aconteceria caso o Pokémon não fosse submetido ao tratamento da Enfermeira Joy. Chega a ser engraçado porque geralmente "morrer" e "morte" são algumas das palavras mais evitadas na versão americana e aqui ela tem tanta importância que não tem escapatória. Mas então Bonnie aparece relativamente pouco, fazendo mais parte do conjunto de crianças do que tendo chances reais de destaque. É claro que ela está lá à frente das crianças e até tem momentos importantes, mas nada que torne esse episódio especial para ela em particular.
Aliás, a limãozinha faz amizade com os novos guris, brinca com eles e Lapras de forma bacana e até salva o dia com eles, mas nenhum laço estreito é realmente criado para dar alguma carga de importância à despedida no final. Não é uma relação convincente. Até é bacana notar que Bonnie parece visivelmente mais madura que os demais - também diria que ela parece mais velha, mas o episódio não nos dá essa certeza -, o que poderia se justificar pelo fato de que ela já tem alguma experiência nessa jornada - essa situação de apego e desapego ela já havia vivido com Pichu e, de forma especial, com o Flabébé, por exemplo. Mas como o episódio não torna nada disso realmente relevante para o episódio, fica difícil saber se foi uma decisão consciente de Yonemura ou se ele simplesmente não sabia bem como escrever Bonnie aqui. Se não fosse a aversão enorme dos roteiristas de mencionarem eventos comuns do passado que não envolvam Butterfree, essa também teria sido uma boa oportunidade para Ash lembrar que ele mesmo um dia já teve que reunir um Lapras filhote com sua família.
E temos a Equipe Rocket. Os vilões tem dividido minha opinião bastante nos últimos episódios. Enquanto em alguns a presença deles até me agrada, eu começo a suspeitar que esses sejam a minoria. Todavia, eu gostei deles aqui. É legal ver como eles se dividiram para encurralar o Lapras de diferentes maneiras e é ótimo ver que eles se deram ao trabalho de animar sequências novas para o lema depois de mais de 40 episódios reciclando as mesmíssimas cenas de forma extremamente preguiçosa para colocar Meowth substituindo James, mas um dinamismo maior ainda é necessário - chega dessa cor, desse estilo, cadê a criatividade? Bom, ao menos temos Inkay roubando a cena - e a comida - do trio na melhor cena do episódio com certeza!

Falando na animação, ela está muito bem feita aqui - algo impressionante considerando que se trata de um filler onde nada realmente importante acontece (a não ser que você considere descobrirmos que Luxio sabe Carga Selvagem algo relevante à trama). Os cenários são todos lindos e os traços muito bem acertados. Por fim, dou ao designer da série todos meus mais sinceros cumprimentos pelas escolhas divônicas do vestuário de Bonnie. Sério que ela tem um maiô de Slowbro???? Meu Deus! Só fico imaginando que outras roupinhas lindas ela deve ter para ocasiões especiais! Quero saber onde fica essa boutique AGORA MESMO!

Considerações finais:
  • No último dia 20/12 eu fui oficialmente ultrapassado pelos EUA. Sim, galera. Eu estou tão absurdamente atrasado com esses charithoughts que a tevê americana exibiu um episódio ANTES de eu terminar uma review. Eu nem prometo mais alcançar a exibição japonesa porque não rola, mas pelo menos a 17ª temporada de Pokémon nos EUA acabou e tem um breve intervalo até o retorno então é minha oportunidade de ao menos me colocar devidamente à frente dos americanos;
 
  • Em minha defesa, este mês de dezembro tem sido bastante agitado. Como eu disse no meu post anterior, fui à Comic-Con no começo do mês e tive o prazer de conhecer os lendários Fábio Lucindo e Wendel Bezerra, isto é, os dubladores de Ash e Goku, respectivamente, em pessoa e ainda pude presenciar uma dublagem ao vivo de ambos no estande da Unidub no evento. Infelizmente a (falta de) bateria do meu celular impossibilitou que tirasse foto, mas consegui que eles autografassem no meu Nintendo 3DS (porque eu também esqueci de levar tudo aquilo que poderia ser potencialmente autografado para o evento). O evento foi um sucesso (com algumas falhas na organização dos painéis, mas um sucesso ainda assim), especialmente para quem curte quadrinhos mesmo (comprei várias coisas - que ainda nem tive tempo de ler - e voltei arrependido de não ter comprado tudo o que queria) e de Pokémon mesmo só tinha o mangá - que eu vi um número bem pequeno de pessoas pegando :/ - e uma estátua de Mew =P Eu tinha uma pequena esperança de que a Nintendo estaria presente no evento de alguma forma divulgando Super Smash Bros for 3DS/Wii U, amiibo, Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire entre outras novidades, mas eles deixaram passar (uma pena porque perderam uma ótima oportunidade). Além disso, considere que meu amor também está de férias, então temos aproveitado tempo de qualidade juntos ♥ e eu ainda tenho um Ano Novo para passar no Rio de Janeiro \\o//
  • Sobre o charithought, este demorou um tempo absurdo para ser concluído. Pra ser honesto, acho que comecei a escrevê-lo há mais de um mês, na semana em que Pokémon Omega Ruby chegou (eu recebi o meu no dia 28/11). Um mês depois e eu ainda não zerei o jogo (estou até relativamente longe de zerar, tendo um Groudon a pegar ainda antes que ele leve o mundo a uma seca horrível) e ainda comprei Pokémon Art Academy numa superpromoção que teve no Mercado Livre e Pokémon Platinum Version usado, realizando um sonho antigo (quando lançou eu ainda não trabalhava e depois já não achava mais T-T). Isso sem mencionar o Kirby: Triple Deluxe que peguei mês passado. Logo, eu tinha todas as razões do mundo para não quer escrever sobre um episódio, ainda mais um que me causou tão pouco entusiasmo, então tive que reassisti-lo outro dia e mudei quase tudo. Enfim, foi um saco e eu estou feliz que tenha finalmente acabado =P
  • O episódio começa mostrando Ash, Serena e Clemont todos tendo uma coisa própria pra fazer. Olha só que grupo ocupado e determinado! É ótimo ver ninguém ficando de telespectador dos treinamentos do Ash pra variar;
  • Quando as crianças falam do machucado de Lapras, elas suspeitam que ele tenha sido machucado por Caçadores Pokémon ou Mercadores de Pokémon. Não é uma coincidência que tenha sido o próprio Shoji Yonemura que escreveu os episódios que marcaram a estreia da Caçadora J e do Mercador de Pokémon (aquele do Spewpa) no anime;
  • A aparição de Lapras aqui parece ser uma referência ao fato de que, em Pokémon X & Y o jogador recebe um desses Pokémon de presente na Rota 12 de Kalos. Todavia, vale ressaltar que a Rota 12 já havia aparecido no episódio "Clemont VS Bonnie!? Uma Batalha Entre Irmãos com Meowstic!!";
  • Custava terem feito uma ceninha de Clemont apresentando seu Luxio para os outros Pokémon? Ou até mesmo chamando seus bichinhos para fora para ajudarem na invenção? Aliás, eu acho SUPER estranho dado o recente histórico frequente de problemas gerados pelas desventuras de Bonnie, a forma como ele permite tranquilamente que ela se aventure pela floresta;
  • Vai para o meu bloquinho de notas de Treinador: M&M's curam confusão

9 comentários:

  1. Oi, Sir, tava com saudades. Que pena que você se atrasou com as reviews, mas tudo bem. Confesso que não venho gostando nem dos episódios mais importantes de XY. Sei lá, tô pensando até em pular e esperar pela próxima saga (que é óbvio que vai ter). E sobre esse episódio, foi super interessante um Lapras aparecer justo quando eu estava revendo a Série Original nos episódios da Orange League. Pensei até que o Satoshi fosse lembrar do passado, mas não T.T

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta semana tentarei adiantar até onde eu parei no meu blog. Estou me esforçando ao máximo para me aproximar mais do Japão - ou pelo menos do fansubber que eu sigo. Mas pq esse desânimo? Eu estou achando esta saga tão boa! *o*
      Vi um episódio ontem que me deixou tão emocionado que até chorei! Juro pra vc!

      Excluir
    2. É que depois que anunciaram OR/AS eu percebi que as semelhanças entre XY e Advanced Generation estavam muito grandes e isso me deixou um pouco desanimado pelo que vem pela frente. Mas ainda assim temos uns roteiristas bem mais empenhados do que em 2005, o que me dá mais esperança.

      Excluir
  2. Esse não foi um dos melhores episódios mas foi legal, Pokémon é legal por isso mesmo, nem todo episódio precisa ter uma captura ou um pokemon aprender um golpe novo, de vez em quando é bom ter uns fillers com apenas uma interaçãozinha básica pra relaxar e descontrair, e acho que os meninos falavam errado mais pra ser engraçado do que necessariamente pra ter alguma importância pra história

    Que sorte a sua Sir, se eu encontrasse os dubladores do Ash e Goku/Bob Esponja, eu ia encher eles de pergunta, ia perguntar quando Pokémon XY vai estrear no Brasil e pro Wendel, se a garganta dele não cansa de fazer aquela voz do Bob Esponja, deve ser dificil fazer aquela voz tão engraçada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe eu tbm queria fazer mtas perguntas, Gustavo, mas o problema é que o tempo era mesmo curto. Tinha mta gente na fila e eu só pude cumprimentá-los mesmo XDD Mas foi massa. Quem sabe na próxima eu não tenho mais oportunidade?

      Excluir
  3. Sir, você acha que os eps 59 e 60 vão prestar? tem grandes expectativas para eles?? e o que acha do Ash ter capturado um Goomy?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Anônimo, não dá pra responder pq eu ainda não vi esses episódios e nem sei do que o 59 e 60 se tratam =/ Abraços

      Excluir
    2. os títulos desses episódios são:
      59-Primeiro encontro de Ash e Serena! A árvore do voto e do presente!
      Resumo (o original da scan da Cocoro):
      "A Cidade Coumarine celebra um festival uma vez ao ano. Neste dia, a tradição recomenda que as pessoas deem presentes ao seus Pokémon embaixo de uma árvore gigante chamada "Árvore das Promessas", para fortalecer os laços entre eles. Ouvindo isso, Ash e Serena vão juntos (e sozinhos) comprar presentes para dar aos Pokémon."
      60-Objetivo de se tornar a grande Rainha de Kalos! A grande estreia de Serena!

      Excluir
  4. imagino Bonnie com vestido de Kirlia(Gardevoir é muito madura pra ela).

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!