Vozes Nostálgicas! - Entrevista com Fábio Lucindo

Saudações, Treinadores e Treinadoras! A partir desse domingo (19) estaremos trazendo ao ar o projeto Vozes Nostálgicas com entrevistas aos dubladores. Começamos com Fábio Lucindo. Confira!

Breve Currículo de Fábio Lucindo

Fábio Pinheiro Freme Lopes Lucindo é um ator, dublador e diretor de dublagem muito conhecido no cenário nacional. Natural de São Paulo e nascido em 16 de Fevereiro de 1984, o paulista fez grandes trabalhos que marcaram e marcam sua carreira até hoje. Dentre eles estão o Kuririn de Dragon Ball, Kiba de Naruto, Ichigo de Bleach e claro o que nos trás aqui, Ash Ketchum de Pokémon. Atualmente, Lucindo encontra-se em Portugal, estudando na Universidade de Coimbra. Sem mais delongas, vamos as perguntas. 

Entrevista

Antes de mais nada, gostaria de frisar que nosso eterno Ash Ketchum foi muito atencioso com nossa equipe e o conteúdo da entrevista está bem legal. Desde já, deixo em nome de toda a Equipe da Pokémon Blast News nosso agradecimento ao Fábio. Vamos conferir a entrevista?!

PBN - Não dá para falar sobre um personagem que ficou tão famoso sem antes conhecer um pouco de sua trajetória pessoal. Como começou sua carreira de dublador? Além do Ash, quais outros personagens de animes e desenhos você dublou?

Fábio - Comecei minha carreira de dublador na Álamo em 1996 por indicações de pessoas com as quais eu já trabalhava em teatro e publicidade. Candida Braga é um nome fundamental neste processo, foi ela quem me indicou para a Álamo. Além do Ash, eu dublei o Kuririn de Dragon Ball, Kilua de Hunter x Hunter, Ichigo de Bleach, Shinji de Evangelion, Kiba de Naruto, Arnold de Hey Arnold!, Peixonauta, entre outros.

PBN - Como foi o processo de escolha para a voz do Ash?

Fábio - Fiz um teste. Dublei algumas cenas do anime e tive a felicidade de ser aprovado.

PBN - Quanto tempo durou o seu trabalho com o personagem?

Fábio - Dublando o anime, 16 anos. Mas, acho que o Ash irá me acompanhar pelo resto da vida. 

PBN - Qual foi sua maior dificuldade para dublar o Ash?

Fábio - Tentar manter um timbre parecido durante todas as temporadas. Mas, acho que mais difícil que dublar é parar de dublar.

PBN - De todas as temporadas, qual foi a sua favorita?

Fábio - Gosto mais dos filmes. Porém, se for para escolher alguma fase... Gosto mais das primeiras mesmo com o Ash, a Misty e o Brock.

PBN - Qual você acha que será o destino do Ash no anime?

Fábio - Tentar ser o melhor mestre Pokémon a vida toda. Isso não vai acabar nunca. 

PBN - Mesmo sua dublagem sendo um sucesso e marca registrada para o personagem, sempre há pessoas que criticam. Como você lidava com essas críticas?

Fábio - Acho que bem. Sempre levo em consideração quem é o autor da crítica, de que tal lugar a pessoa fala. Mas, eu escuto todo mundo. Respeito.

PBN - Muitas crianças cresceram ouvindo sua voz e muitas delas se inspiram em você para escolher uma carreira. Como você se sente sabendo disso?

Fábio - Lisonjeado. Fico feliz que meu trabalho seja reconhecido e às vezes inspirador para alguém. Como profissional gosto de realizar meu trabalho da melhor maneira possível, com responsabilidade. Se a inspiração for por esse lado, fico bem feliz. 

PBN - Como é o carinho dos fãs do Ash e de Pokémon com você?

Fábio - Enorme! Sempre recebi muito carinho e atenção. Com o passar dos anos essa relação vai se tornando mais interessante ainda... É legal encontrar fãs das primeiras temporadas de Pokémon em eventos com seus filhos, por exemplo. Eu gosto. 

PBN - Qual foi sua reação quando os fãs estavam organizando uma petição para que você continuasse dublando o personagem? 

Fábio - Fiquei surpreso e feliz, acreditei que poderia dar certo. Foi muito bom e muito ruim ao mesmo tempo.

PBN - Ao longo do trajeto no anime, você teve vários companheiros de dublagem. Você ainda mantem contato, ou amizade com algum deles? 

Fábio - Com todos! Claro que a intensidade varia, mas tenho contato com absolutamente todos os dubladores e diretores da série até hoje. 

PBN - Como você acha que o Ash e o anime Pokémon influenciam os espectadores?

Fábio - O Ash é um herói. Perseverante, honesto, generoso... Acho esses valores importantes e acho que eles estão presentes no anime de forma sutil, mas constante. Já o anime em si, acredito que seja mais uma plataforma de divulgação da marca Pokémon que qualquer outra coisa... Sobre a influência no comportamento das pessoas... Pokémon GO diz tudo. 

PBN - Como você se sentiu ao saber que não dublaria mais o Ash? 

Fábio - Triste. Muito triste. Me esforcei ao máximo para que isso não acontecesse... Tentei me prevenir... Mas, não deu.

PBN - O que você está achando dos Pokémon que estão na próxima geração da franquia? 

Fábio - Acho que eles estão mais humanos, o que não sei se acho muito bom... Prefiro os 150 iniciais, sem dúvida. 

PBN - Você curte os jogos de Pokémon também?

Fábio - Joguei muito pouco... Não tive Nintendo 64, nem Gameboy. Só depois... Bem mais velho... Ai já era um pouco tarde. Baixei Pokémon GO... Vamos ver no que vai dar!

...

A PBN ainda escolheu uma pergunta de um dos fãs para fazer ao Fábio. Segue abaixo a mesma com a resposta de nosso entrevistado.

Vandemberg Leonel - As pessoas param você na rua para te pedir que duble alguma cena?

Fábio - Não! Nunca! Hehehe... Eu passo despercebido pela rua. Acho ótimo! 

...

É isso ai galera. Espero que tenham gostado! Muito mais entrevistas estão por vir aos domingos, sempre neste horário. Queria frisar que os envolvidos no projeto estão trabalhando bastante para manter os contatos e conseguir as entrevistas. Um abraço a todos vocês e claro, fiquem a vontade para postar seus comentários. \o

Créditos do Conteúdo

Idealizador do Projeto - Victor Neres
Edição - Breno Santos
Texto Original - Victor Neres
Perguntas - Mathews Fernandes e Victor Neres
Redação Final e Imagem - Breno Santos
Agradecimentos à - Fábio Lucindo



4 comentários:

  1. Nossa foi topestico essa entrevista saudades do Fabio Ketchum kkkkkkk.

    ResponderExcluir
  2. Faz uma entrevista com a dubladora da Jessie, depois o resto da EquipeRocket. Fiquei tão triste com a declaração da dubladora da Jessie, que eu queria saber como ela está atualmente. Por favor, pessoal!

    ResponderExcluir
  3. Vou sentir falta do Fábio Lucindo dublando o Ash, o trabalho dele foi marcante e estará sempre nas nossas memórias. Queria que ele e o todo o elenco paulista pudessem dublar o 20º filme, já que esse filme parece que vai ser bem nostálgico e com referências ao início da jornada do Ash.

    ResponderExcluir
  4. Com todo respeito a direção, mas achei as perguntas repetitivas. Queria entender mais o levou a substituição.se Fabio assiste os novos episódios, se ele recebia muitas criticas quanto a tradução dos ataques que sempre eram executados estranhamente as vezes. Se ele tem outro personagem tao marcante como ash....

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!