Entrevista com Tsunekazu Ishihara sobre Pokémon no Nintendo Switch



O presidente da Pokémon Company, Tsunekazu Ishihara, foi entrevistado pela Toyo Keizai e, no final da entrevista, falou um pouco sobre o novo console da Nintendo, o Nintendo Switch e como ele acredita que Pokémon se encaixa nele.

Sobre o que pensa sobre o console, Ishihara disse que o fator mais importante é que os desenvolvedores façam o melhor uso possível do HD Rumble - sistema de resposta háptica desenvolvido exclusivamente para o console, que promete ser preciso a ponto de fazer quem segura os Joy-Cons poderem sentir um copo com gelo se enchendo com água.



Em sua opinião, para pessoas que nunca jogaram algum jogo, usar o Switch pela primeira vez pode ser algo bastante complicado, visto que ele apresenta mais de vinte botões, então respostas hápticas podem criar expressões intuitivas. Um exemplo citado, é de acertar um adversário e sentir que acertou algo duro, isso faria com o que jogador pensasse em usar uma arma mais poderosa e acertá-lo com mais força. De maneira geral, ele acha que se for possível criar uma forma de se ter uma resposta háptica ao invés de alguns números na tela, e usar isso para poder ajustar a sua estratégia, faria com que a relação entre jogos e pessoas seja levada para o próximo nível.



Em relação a como Pokémon irá se relacionar com o Switch, Ishihara diz que até o presente momento, os jogos da série principal foram desenvolvidos pensando em uma experiência completamente móvel, uma vez que a vantagem disso é que não existe distância entre você jogar dentro de sua casa e batalhar ou fazer trocas com seus amigos fora dela. O Switch é, antes de tudo, um console de mesa, mas que pode ser levado para qualquer lugar, isso dá a ele algumas características diferentes, como sua tela maior e melhores especificações técnicas.



Apesar de não poder dizer, no momento, que algum título em específico vá ser lançado para o console, Ishihara deixa claro que se algum jogo da série principal de Pokémon for escolhido, eles teriam que tomar uma abordagem diferente, sendo que os spin-offs, como Pokken Tournament e Pokemon Mystery Dungeon serão considerados dependendo de como eles se comportam no sistema.

E ai, treinadores, o que acharam da entrevista? O que vocês esperam ver de Pokémon no Switch?

Fonte: Nintendo Everything

Um comentário:

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!