Procurando Pokémon


O grande chamativo de Pokémon GO é que você pode encontrar Pokémon em qualquer lugar! Mas como achar exatamente aquele Pokémon que você está procurando?



O básico


Em Pokémon GO, o avatar do jogador fica em um mapa semelhante ao do Google Maps, se deslocando por tal mapa conforme contabilizado pelo GPS. Um ponto importante a ser observado é que os Pokémon normalmente surgem próximos a calçadas, ruas e trilhas locais, então você não precisa atravessar rodovias ou se meter no meio do mato para achar Pokémon.

Não precisa chegar a esse ponto... 

É possível avistar e capturar Pokémon num raio de 50 metros, sendo que no Pokémon GO há dois mecanismos que dão uma ideia sobre a localização dos Pokémons mais próximos: Nearby Sightings. É possível acessá-los tocando no retângulo cinzento que fica no canto inferior direito da tela.

Um Pokémon permanecerá no mapa e no sistema de localização por cerca de meia hora após ele surgir no mapa, e sumirá após esse período ou caso o jogador se afaste da posição original do Pokémon, de forma a não localizá-lo no Nearby e/ou Sightings. Caso o jogador esteja se movimentando acima de 40 km/h, os Pokémons não surgiram no mapa nem serão localizados pelo jogo.


No momento, não há como escolher o sistema que será usado. Se há um número considerável de Pokéstops próximos, será exibido o Nearby; caso a distância de um Pokéstop seja maior, o Nearby e o Sightings apareceram juntos; e se não há Pokéstops por perto, o sistema utilizado pelo jogo é o Sightings.



Nearby


Implementado nas atualizações mais recentes, o sistema "Nearby" lista os Pokémons presentes nos Pokéstops mais próximos, além de rastreá-los. Na tela do Nearby, basta tocar no Pokémon desejado, e depois no botão das pegadas presente logo abaixo da imagem do Pokémon e de seu Pokéstop. O jogo irá mostrar a distância entre o jogador e o local onde o Pokémon está, e marcará tal Pokéstop.


Além disso, o Pokémon rastreado ficará selecionado no Nearby. Só é possível rastrear um Pokémon por vez, sendo possível parar a busca ao tocar no Pokémon e em seguida no botão das pegadas.


Após rastrear um Pokémon, basta seguir rumo ao Pokéstop marcado que o Pokémon escolhido irá surgir perto do Pokéstop. Caso o Pokémon suma de lá, o jogo exibirá uma mensagem informando que o Pokémon fugiu.



Sightings


O sistema "Sightings" é o que estará disponível se o jogador estiver muito distante de um Pokéstop. O Sightings mostra os Pokémons existentes num raio de 200 metros do jogador. Nas primeiras versões do aplicativo, o Sightings dava uma pequena noção da distância entre o jogador e o Pokémon por meio de pegadas, mas esse detalhe foi removido em atualizações posteriores.

O raio de avistamento é bem menor do que o do radar. O mapa no jogo fica ligeiramente distorcido se comparado a um mapa real, devido a perspectiva.

É possível aplicar algumas noções de Geometria para auxiliar na busca de um Pokémon por esse sistema. Ao notar determinado Pokémon no radar, o jogador segue em linha reta até o Pokémon sumir do Sightings. Este ponto será denominado como ponto A. Em seguida, ele segue na direção oposta, pela mesma reta, até o Pokémon desaparecer novamente, no ponto designado como B.

Com esses dois pontos determinados, o jogador segue até o ponto médio entre A e B. Nesse ponto, o ponto C, o jogador seguirá perpendicularmente a reta anteriormente traçada, e o Pokémon estará lá. Se ele desaparecer do radar, basta voltar e seguir na direção contrária. Na pior das hipóteses, o jogador terá que percorrer cerca de 1,4 km caso não haja impedimentos nesse trajeto.

O Omanyte é tão simpático que elegemos ele como representante do jogador
Como nem sempre a área do Sightings está livre de obstáculos, às vezes é melhor traçar um percurso de forma a cobrir toda a área do radar. Como exemplo, usando a malha urbana, é possível percorrer quase 90% da área aqui demostrada, andando cerca de 2 km.


Há determinadas áreas em que os Pokémons costumam aparecer, podendo mudar a espécie, mas sempre haverá um Pokémon lá, de tempos em tempos, esperando ser capturado. Exemplos comuns são lugares próximos a Pokéstops, Ginásios e também a interseções de ruas e trilhas. Identificar tais locais poupará tempo.




Frequência de aparecimento


Há alguns padrões no que se refere à frequência que os Pokémons surgem em determinada área. Esses padrões não foram confirmados pela Niantic, porém a comunidade de jogadores estabeleceu uma terminologia para identificá-los, visando facilitar seu entendimento e divulgação.

Um ninho (Nest) é um local em que determinada espécie de Pokémon surge de forma frequente e confiável, seguindo determinado padrão. Uma aglomeração (Cluster Spawn) é um local no qual é garantido que tal Pokémon estará sempre por lá, e muitas vezes, mais de um dele, o que garante uma grande quantidade de candies para tal espécie em poucas horas. É o padrão mais procurado e também usado como sinônimo de ninho. 

Uma área de surgimento frequente (Frequent Spawn Area) é um local em que determina espécie aparece com regularidade, mas não sempre, podendo levar algumas horas até que ela surja no mapa. Pontos de surgimento frequente (Frequent Spawn Point) são locais semelhantes, porém com um perímetro menor. Por exemplo, você não precisará percorrer toda a extensão de um parque (uma área de surgimento), poderá se concentrar próximo a uma placa de tal local (um ponto de surgimento).

Respectivamente, um ninho de Charmander, um ponto de surgimento de Exeggcute e um Hotspot

Migrações (Migrations) costumam ocorrer de tempos em tempos, alterando os Pokémon de cada ninho. Por exemplo, em Brasília, o Parque Olhos d'Água era um ninho de Bulbasaur no início do jogo, já foi ninho de Oddish, Sandshrew e Ponyta, e por enquanto segue como ninho de Kabuto.

Em adição a esses padrões, ocasionalmente a Niantic promove uma taxa de aparição maior de determinados Pokémon em eventos. Para citar alguns deles, no evento de Halloween as chances de encontrar Gasly, Cubone e Drowzee foram aumentadas; tal como no Ano Novo, em que Charmander, Squirtle e Bulbasaur se tornaram momentaneamente mais comuns.

Embora esses padrões sejam proveitosos, eles também apresentam alguns inconvenientes. Ninhos só geram Pokémons não evoluídos, ou seja, somente as formas iniciais/básicas de determinado Pokémon. É possível encontrar um ninho de Charmanders, mas nunca de Charizards. Além disso, os IVs desses Pokémons não são muito bons no geral, e itens como Lures e Incenses não atraem Pokémons dos ninhos.

Se situando fora dos padrões de ninho, os Hotspots são locais em que vários Pokémons surgem de uma vez, normalmente Pokémons típicos da região. Esse tipo de local não possui previsibilidade quanto às espécies que surgem, mas são ótimos para conseguir experiência com capturas, especialmente se houver Pokéstops por perto.



Tendências geográficas por tipo


Apesar da fórmula exata do surgimento dos Pokémon em Pokémon GO seja desconhecida, estima-se que o clima, relevo, bioma e uso da área acabam compondo um padrão que determina os tipos de Pokémon que surgem em cada região (habitat). Segundo nossos colegas gringos, determinados locais são mais propensos para cada tipo de Pokémon.


Normal

Tipos normais aparecem em qualquer lugar, não são difíceis de achar, e não aparentam vinculação com o clima. Geralmente são vistos em áreas residenciais, universidades e grandes estacionamentos. Também podem ser encontrados em escolas, estádios e bibliotecas.


Fighting

O tipo lutador geralmente é encontrado em estádios, arenas, centros esportivos, estacionamentos e grandes academias.


Flying

Sendo um tipo secundário, é mais fácil encontrar Pokémon voadores seguindo seu tipo primário. Seguem as mesmas tendências dos tipo inseto e grama, preferindo áreas verdes e abertas.


Poison

Tipos venenosos aparecem em qualquer lugar, mas são mais comuns em áreas pantanosas, como brejos e charnecas. Ocasionalmente podem ser avistados próximos a áreas industriais.


Ground

Tipos terrestres são geralmente encontrados em áreas abertas: parques, campos agrícolas, pedreiras, aeroportos e estacionamento não pavimentado.


Rock

O tipos rocha costuma aparecer em pedreiras, campos agrícolas, parques, trilhas e reservas naturais, mas também são avistados próximos a rodovias, estacionamentos pavimentados e grandes instalações comerciais.


Bug

O tipo inseto costuma aparecer em áreas verdes, como fazendas, campos, florestas e parques.


Ghost

Tipos fantasma costumam surgir em áreas residenciais, igrejas e estacionamentos, sendo muito mais frequentes à noite. Estranhamente, não há relatos frequentes desse tipo em cemitérios.


Steel

Sendo um tipo secundário, é mais fácil encontrar Pokémon metálicos seguindo seu tipo primário. Há relatos desse tipo sendo encontrado em prédios modernos e estações de trem.


Fire

Tipos fogo favorecem áreas quentes, como praias, áreas residenciais e com clima seco. Há alguns indícios que eles também podem ser encontrados em estacionamentos e postos de gasolina.


Water

Tipos aquáticos aparecem onde há água: próximos ao mar, enseadas, rios, lagos e lagoas. Represas, brejos e charcos também são locais onde Pokémons costumam surgir.


Grass

Tipos grama aparecem onde há grama. Geralmente são vistos em parques, campos agrícolas, florestas, reservas naturais, gramados, campos de golfe (ok esse é difícil de achar por aqui), jardins e similares.


Electric

Tipos elétricos costumam surgir em áreas urbanas (comercial e residencial), universidades, escolas e bibliotecas. Também podem aparecer próximos a parques industriais, ferrovias e usinas elétricas. O tipo elétrico é mais comum onde concreto e asfalto são dominantes, ao invés do verde. 


Psychic

Tipos psíquicos podem aparecer em áreas residenciais e também em áreas verdes, mas durante a noite. Há alguns indícios que eles também podem ser encontrados em hospitais, praias e bibliotecas.


Ice

Tipos gelo são comuns em locais muito frios e com neve, como geleiras ou pistas de esqui. Felizmente, também podem ser encontrados em áreas gramadas e próximos a grandes volumes de água, independentemente do clima.


Dragon

O tipo dragão tem preferência por grandes pontos turísticos e de renome.

Fairy

Tipos fada são mais fáceis de serem encontrados em igrejas, monumentos e pontos de referências, sendo avistados ocasionalmente em praias. Surgem mais durante a noite.

Como há grandes diferenças climáticas e culturais entre os países anglófonos e o Brasil, determinados pontos podem não gerar o tipo de Pokémon desejado. Bibliotecas e igrejas costumam ser prédios históricos, e a distinção entre área "residencial" (suburb) e área "comercial" (downtown) é mais evidente por lá.

Contudo, pude observar que tais tendências se aplicam aos locais que costumo passar. Numa área residencial isolada em meio à zona rural, com um córrego por perto; vi que há vários Pokémon do tipo grama, inseto, normal, aquático e venenoso, e registrei tipos fantasmas e psíquicos durante a noite. Já numa área urbana residencial caracterizada por seu amontoado de prédios, avistei tipos normal, venenoso e pedra; enquanto o campus da faculdade possui forte presença de Pokémons inseto e normal (talvez pela área da faculdade ser bem arborizada), com Pikachu esporadicamente aparecendo nos prédios mais importantes do campus.

No geral, os tipos normal, fogo, elétrico, pedra, lutador, metálico e dragão tem uma tendência mais "urbana"; os tipos grama, inseto, voador, venenoso e terrestre preferem um clima mais "campestre"; tipos psíquico, fantasma e fada são mais "noturnos" e os tipos água e gelo favorecem grandes volumes de água. 

Nesses locais tais tipos de Pokémon aparecem mais, mas isso não quer dizer que eles sejam exclusivos destes lugares. Caso sua região não tenha determinadas características, não precisa ficar frustrado, os Pokémons daquele tipo irão aparecer, só que com menos frequência, e na pior das hipóteses, é possível adquirir espécies incomuns na área por meio dos ovos.


Ferramentas auxiliares


Certos sites e aplicativos oferecem a localização em tempo real dos Pokémons em sua região, podendo até informar até quando eles estarão por lá. Alguns desses sites pedem para você fornecer dados de sua conta no Pokémon GO. O uso de qualquer um desses sites/aplicativos é considerado como trapaça e pode resultar no banimento de sua conta.

Esses programas captam dados diretamente dos servidores da Niantic, o que é considerado como violação dos termos de serviço do jogo, além de prejudicar os demais jogadores ao sobrecarregar os servidores.


Sites e aplicativos colaborativos estão liberados. Como exemplo temos duas ferramentas da Silph Road: uma que monitora ninhos e outra que auxilia a localizar um Pokémon pelo Sightings, atráves de diagramas de Venn. 



Fóruns e sites direcionados para Pokémon GO também fornecem informações sobre ninhos e pontos de surgimento locais. Além disso, é sempre possível saber mais sobre os melhores pontos do Pokémon GO em sua região ao falar com outros jogadores.


Se você estiver procurando um Pokémon em específico, verifique as características de sua região, se informe a respeito de possíveis ninhos e pontos de surgimento e fique de olho nos sistemas de localização. Vamos juntos pegar todos!


* Fontes: Silph Road, Coisa de Nerd
* Crédito das imagens: edoedoedomond.tumblr.com (banner), fruitycupid.tumblr.com, screenshots do jogo e dos respectivos sites, criação própria

2 comentários:

  1. Parabéns Nanabs.

    Só faltam Cleffa e Togepi para completar e Dex rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o Mewtwo, Mew e as aves lendárias?

      Excluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!