Análise Temática - Deck Fusão de Destinos - Guardião do Céu


Saudações treinadores e treinadoras desse Brasil! Como anda a jogatina de Pokémon GO? Árdua e recompensadora, eu espero. 

Hoje trataremos especificamente sobre as estratégias de Theme Decks/Decks Temáticos. Quais deles valem a pena ser comprados, quais estratégias ocultas e onde pode se chegar com esses decks! 

Andei observando muitas lojas físicas aqui da minha cidade e fiquei impressionado como os Theme Decks/Decks Temáticos de Pokémon são vendidos muito mais rápidos do que os Boosters propriamente. Eu tenho uma hipótese e que a até o momento se apresentou como verdadeira. A boa parcela dos compradores de Pokémon TCG são pais e mães, e basta uma lógica bem simples que um próprio pai me confessou enquanto eu ajudava-o a escolher um produto, apenas de bom grado, mesmo não trabalhando para a loja em questão: 

“Compensa muito mais pagar 27,00 reais em 60 cartas, mesmo repetidas, do que 5,00 ou 6,00 num pacotinho que só vem 5 cartas”

Convenhamos que para uma lógica de quem não entende do jogo em si, ela é válida. Talvez a maioria dos próprios pais e mães imaginem que as cartas são para coleção e não propriamente para um jogo estratégico. 

Mas enfim... dado toda essa experiência enquanto meu Notebook sofria na mão de homens que me garantiam uma garantia pelos variados defeitos que ele estava apresentando, decidi trazer um pouco sobre os Decks Temáticos, um produto muito interessante para quem está começando e quer entender um pouco sobre as estratégias de cada deck. 


Pois bem, vamos aos produtos que recentemente chegaram às lojas de todo o Brasil: Os decks temáticos da coleção Fusão de Destinos (Fates Collide). Há dois deles, como sempre, e nessa matéria especificamente vamos tratar do Deck Guardião do Céu – que estampa o majestoso Pokémon Lugia como carta principal. Semana que vem trataremos do outro Deck intitulado Mestres das Batalhas.

Antes de tudo, caso você não conheça as regras, sugiro que dê uma lida no manual que acompanha o deck. Dessa forma você poderá apreender como funciona o jogo e entender o que cada golpe custa e causa de dano. Caso já conheça bem as regras, vamos em frente.

Primeiramente à listagem de cartas do deck:
Lugia ×2
Snorlax ×1
Meowth ×3
Kangaskhan ×2
Loudred ×2
Whismur ×3
Delphox ×1
Braixen ×2
Fennekin ×3
Moltres ×1
Whimsicott ×2
Cottonee ×2
Wigglytuff ×2
Jigglypuff ×2
Snubbull ×2
Bolsa de Energia ×1
Bolinha de Fada ×1
Dama do Centro Pokémon ×1
Fã Clube Pokémon ×1
Carta do Professor ×2
Shauna ×2
Tierno ×2
Ultra Bola ×1
Wally ×1
Energia de Fogo ×10
Energia de Fada ×8 

Vamos primeiramente eliminar as cartas que no geral são muito fracas e que não ajudam muito o deck. No final das contas, todo o time tem os seus pontos fracos.


As cartas que poderiam muito bem sair desse deck são Snorlax, Meowth, Loudred, Whismur, Moltres, Wigglytuff, Jigglypuff e Snubbull. No geral esses Pokémon usam muita energia para ataques que causam pouco dano ou mesmo que têm risco de zerar o golpe, como o resultado coroa para as moedas do Wigglytuff e Snubbull. Que fique claro que não estou dizendo que essas cartas são de todo o inútil, mas elas raramente lhe servirão para ganhar uma partida. 

Dada todas subtrações, ficamos com os seguintes Pokémon como principais: Lugia, Kangaskhan, Delphox, Braixen, Whimsicott. A questão é: Por que esses Pokémon são melhores que os demais? 

Esses Pokémon possuem, hora ataques com bastante dano e relativa pouca energia, e hora habilidades e vantagens estratégicas que permitem ganhar tempo e acelerar o jogo. Quanto a questão de ataques poderosos com baixa energia não há segredo. Lugia e Kangaskhan batem com duas (40 de dano), 3 (60 de dano + 60 se o Pokémon Adversário for EX), e 4 (100 de dano). Aliado a isso esses dois Pokémon possuem um HP/PS elevado e com resistência inversa, ou seja, enquanto golpes lutadores aplicam x2 de dano na Kangaskhan, Lugia possui resistência de -20 de dano de golpes lutadores (além da Habilidade). Isso permite que no geral sejam necessários dois ou até três golpes para nocautear esses Pokémon. 

Mais do que isso, para os jogadores que estão há algum tempo no metagame, percebem que essa Lugia recém lançada pode ser chamada de um “Bouffalant  2.0”. O Bouffalant que me refiro foi lançado na coleção Dragões Exaltados e atualmente se encontra disponível para jogo somente no formato expandido e ilimitado.



A única diferença entre ambos são os HP/PS, nome do golpe,  a fraqueza e resistência são calculadas antes do dano e, por fim, fraqueza e resistência. No demais, tipo, efeito, custo de recuo, custo e dano do golpe são exatamente iguais. O Bouffalant durou muito tempo no formato padrão, antes da das coleções mais recentes, e era visto constantemente, mesmo que só uma cópia, na maioria dos decks Meta da época. 


Continuando a análise, quanto a questão de vantagem estratégica temos como Pokémon muito interessante, mas quase sempre esnobado nesse Deck, o Whimsicott. Whimsicott possui um golpe muito interessante. Com apenas uma energia de fada ela consegue causar 40 de dano e ao mesmo tempo mover essa mesma energia para outro Pokémon no banco. Além disso, o Whimsicott possuí um belíssimo custo de recuo gratuito. Apesar de não possuir um HP/PS elevado, esse singelo Pokémon aguenta um ataque enquanto causa 40 de dano e ainda transfere a energia usada para Pokémon que precisam de 3 até 4 energias para causarem golpes devastadores, podendo ser tanto Lugia e Kangaskhan, quanto a Delphox que possuí o golpe de causar 20 de dano para cada energia ligada em todos os Pokémon em Jogo. 

Além do mais, a própria pré-evolução da Dephox, a Braxien, pode atrasar o seu oponente ao usar um ataque que, caso resulte cara num arremesso de moeda, pode descartar uma energia ligada ao Pokémon Ativo do oponente.

Dessa forma, percebemos que os Pokémon listados proporcionam um bom combate que por vezes para o meta é muito carregado de energia, mas que, num jogo entre Decks Temáticos o torna uma boa escolha. Além de cartas úteis para o formato, como Lugia, que possui uma forma BREAK/TURBO. 


Além dos Pokémon, as cartas de Treinadores são consistentes com o deck, como por exemplo a Ferramenta/Tool Bolsa de Energia que permite o retorno de todas as energias ligadas no Pokémon para a mão quando o mesmo é nocauteado. 

Bolinha de Fada permite curar danos de um Pokémon que possua uma energia fada ligada a ele. Como os principais ataques custam energias incolores, é bem comum os Pokémon que mencionamos acima terem energia fada ligada a eles. Além disso, alguns aguentam dois ou até três turnos de Ataques do adversário, lembra? Logo, pode-se ganhar um turno extra e nocautear outro Pokémon do oponente. 

Ela também possui uma Ultra Bola, uma carta realmente útil e muito vista em qualquer formato. 
Entretanto, o Deck se ausenta de bons Apoiadores para manutenção de mão, o que convenhamos, não é raro se tratando dos Decks Temáticos. O deck sofre pela ausência do Sycamore, mas compensa com 2x Shauna e 2x Tierno. 



No geral, temos o seguinte resultado:

Custo-Benefício: 8/10
Cartas Úteis Futuramente: 7/10

Então é isso. Nos vemos na próxima.


Acompanhe a PBN nas Redes Sociais! Clique:

 Pokémon Blast News Face   Pokémon Blast News Canal   Pokémon Blast News Twitter   Pokémon Blast News Insta


6 comentários:

  1. Gostei muuuuito dessa análise temática!
    Tira muitas dúvidas para os iniciantes sobre os decks temáticos.
    Até pq não tem nenhum vídeo no yt mostrando os pontos fortes e fracos dos decks
    Continuem com as análises. Vai ajudar muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário. Isso me incentiva muito. Vlw, cara!

      Excluir
  2. Faz uma análise do deck XY Azul básico. Ele aparenta ser muito forte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yo! Você se refere ao deck exclusivo do online? Aquele que tem o Gyarados, Greninja e Simipour?

      Excluir
  3. Cara eu costumo comprar decks mais pelo fato de saber o que vem, sendo que muitas vezes a somas das cartas avulsas que eu desejo e estão em um determinado deck saem mais baratos que se eu comprasse elas avulsas (no meu caso especifico porque moro no interior, só acho nas lojas decks e boosters , cartas avulsas só pela net, e pela distancia o frete fica as vezes o preço de um deck novo kkkk)

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Xoxim, então a melhor forma, visando o custo x benefício, para quem quer começar a jogar pokémon tcg é comprando boosters ao invés de comprar um starter deck?

    PS: Eu estava pensando exatamente em comprar esse deck guardião dos céus, por ser de uma nova coleção e acredito eu, mais atualizado..
    Na minha cidade os starter decks estão R$40.00 e os boosters eu não lembro.
    Também estava pensando em comprar o Pokémon arena de batalha que custa R$80.00 na internet.

    O que vc me indicaria?

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!