A morte de Arceus e o seu lar de descanso

Vamos aprender um pouco sobre as origens do deus Pokémon?
Vem comigo...


               Antes de começar, preciso que você entenda uma coisa. Quando Arceus criou o universo, ele também criou todos os Pokémon. De Kanto até Alola. Mas todos esses Pokémon não foram descobertos do dia para a noite pelos cientistas e exploradores. Levou um tempo, claro. Primeiro vieram os 151 Pokémon, depois os outros e assim sucessivamente. À medida que eles iam descobrindo, eles precisavam registrar tudo, que é onde entra a Pokédex – dispositivo que serve para o armazenamento de todos esses Pokémon descobertos. Se você entendeu esse ponto, podemos continuar.

               Comecemos então pelo primeiro aparecimento de Arceus no anime. Ele apareceu no filme “Arceus e a Joia da vida“. Ele ficou irritado por conta da traição do vilarejo de Michina e do seu líder Damos. Mas que traição é essa? Não sabe? Vou explicar…

               Damos uma vez testemunhou Arceus sacrificar a sua própria vida para salvar o mundo de uma chuva de meteoros. Arceus sofreu grandes avarias e acabou morrendo. Sim, ele morreu, mas logo retornou a vida, minutos depois. Com essa “morte” e “sacríficio” Arceus acabou perdendo a pose das suas plates. Ou seja, ele deixou de ser o “todo poderoso” e ficou totalmente imune aos humanos. Damos, então, encontrou as plates de Arceus e o ajudou a se reabilitar e ser digno de novo de possuí-las. Em troca, Arceus lhe entregou a joia da vida. Arceus fez com que Damos prometesse que devolveria a joia da vida para o seu poder novamente, no momento do próximo eclipse solar. Mas isso não aconteceu. Damos foi controlado pelo poder da Hipnose do Brozong de Marcus e acabou traindo a confiança de Arceus.


Arceus e Damos

               No filme, Arceus sai de uma espécie de buraco negro. Ele veio de algum lugar, certo? Arceus não ficaria vagando pelo mundo a fora quando ele podia ter um lugar só seu, não é mesmo? As Origens do Arceus são um tanto óbvias. Ele foi inspirado em um “divindade criadora“, que pode ser o Deus que conhecemos no nosso mundo ou qualquer outro deus (que outras crenças acreditam). A “divindade criadora” nunca se envolveu demais com as suas criações, dado que na maioria das vezes eles são perfeitos e santos, ou se acham assim (não sendo, geralmente).

               Arceus foi inspirado em dois deuses: Kunitokotachu e Amenominakanushi. Vamos conhecer um pouco esses dois deuses para entendermos melhor onde, possivelmente, Arceus mora:


               Kunitokotachu vive em “algo como um junco que surgiu a partir do solo“, e é a primeira das três primeiras divindades nascidos após o céu e a terra nasceram a partir do caos. Ele vive em uma morada que está entre o céu e terra. Já Amenominakanushi é, de acordo com o Kojiki, o primeiro kami, e a fonte do universo de acordo com o xintoísmo. Na mitologia ele é descrito como um “deus que veio para ficar sozinho“. Vamos unir as descrições de ambos os deuses e tirar uma conclusão quase óbvia. O primeiro diz que ele vive em um junco. Juncos podem ser canaviais também, que são lugares cheios de cana de açúcar que simboliza uma campina onde existem várias flores com cheiros aromáticos e tranquilidade. Outra diz que é uma morada entre o céu e a terra. E concluindo: um deus que veio para ficar sozinho. Ou seja, no nosso mundo sabemos que, tecnicamente, as almas boas vão para o céu, onde Deus está, mas no mundo Pokémon, quando as criaturinhas morrem, elas não vão morar com Arceus, pois ele é um deus que foi criado para ser só. Ele não se mistura com ninguém. Então onde ele vive é tranquilo e cheio de paz, onde ele e só ele vive


Exemplo de Umbral

               Se lembram que falei antes, lá no início, que todos os Pokémon foram sendo descobertos devagar? Então, Arceus sempre existiu, desde o início, mas ele ficou sossegado no seu mundo de paz e não precisava se expor aos humanos. Ele sabia muito bem do que eles eram capazes de fazer, por isso decidiu se resguardar. Mas como todo Pokémon, ele tem sentimentos e amava os seres que criou (os Pokémon), por isso em sua primeira aparição e o que provocou sua descoberta, ele os salvou de uma chuva de meteoros. Depois disso, os cientistas tiveram a capacidade de provar que Arceus existia, uma vez que ele só era citado como parte de várias e várias lendas espalhadas por Sinnoh.

Por enquanto é só, até a próxima matéria.

Conheça o primeiro livro sobre Pokémon: Ash vs Red, Ele foi escrito por mim: Emanuel Hallef (mais conhecido como Hal rsrs) e será lançado muito em breve. Para saber mais informações, como sinopse e ilustrações: CLIQUE AQUI



0 Comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!