A verdadeira história de Mewtwo!

A história do Pokémon mais poderoso...
E nem sempre ele foi assim.


           A Equipe Rocket sempre existiu. Giovanni não foi o responsável por criá-la, ele pode ter sido o responsável por torná-la famosa, poderosa e temida, mas quem realmente a fundou, vinte anos antes de Giovanni, foi uma mulher de espírito dinâmico identificada apenas como "Mulher Boss".

           Naquela época, o membro mais graduado da Equipe Rocket uma jovem mulher que se chamava Miyamoto. Ela era a mãe de uma menina chamada Musashi (Jessie). A mando da "mulher boss", Miyamoto foi enviada em uma missão para encontrar um lendário Pokémon que todos acreditavam estar na Cordilheira dos Andes. A criatura, por ainda ser desconhecida pelos cientistas, foi batizada com o nome "Myu". Miyamoto nunca mais retornou, e suas transmissões de rádio pararam minutos depois dela chegar no "lugar misterioso". Seu corpo nunca mais foi encontrado.

           Anos mais tarde, depois que Giovanni, finalmente, assumiu a liderança da Equipe Rocket, a história do "Pokémon lendário" voltou à tona, desta vez despertando o interesse de mentes ambiciosas. Com um investimento absurdo, Giovanni enviou uma equipe preparada e treinada para conseguir extrair o máximo de informações possíveis daquele lugar citado por tantos e as peças mais raras escondidas por entre os seus escombros. Um pequeno fóssil foi encontrado em um sítio de escavação na selva profunda, próximo ao pé da Cordilheira dos Andes. O pequeno fóssil, no entanto, não era o que eles esperavam, mas era o bastante para saciá-los. O fóssil se tratava de uma sobrancelha do Mew perfeitamente preservada. Giovanni sabia que em sua equipe não existiam cientistas com a capacidade necessária para estudar o fóssil, portanto, ele decidiu contratar o Doutor Fuji. Com isso, eles tentaram clonar aquele Mew.

O fóssil de Mew

           Mesmo sendo muito velho, Doutor Fuji era o cientista mais renomado na área de clonagem. Ele havia enlouquecido algumas meses antes em uma tentativa frustrante de entender o segredo da vida após a morte, depois que sua filha morreu. A criança morreu em um acidente de carro. Por conta dessa obsessão, ele perdeu sua esposa, que o abandonou, pois não aguentava viver na sombra da morte de sua filha. Mas as memórias da sua família reunida continuaram em seu pequeno laboratório no porão. 



           Mesmo sabendo que a Equipe Rocket era uma organização criminosa, Doutor Fuji aceitou o trabalho. A oferta de equipamentos de última geração e instalações que Giovanni proporcionava significava que Fuji tinha mais chances de conseguir clonar sua filha.

           Dez longos anos se passaram e ele continuava com seus experimentos. Eles eram muito bem sucedidos, para um dos primeiros no campo. Ele foi capaz de criar e melhorar Bulbasaur, Squirtle, Charmander, Meowth e Pikachu. Infelizmente, esses clones não duraram muito tempo, e murcharam dentro de seus úteros artificiais antes mesmo de terem "nascido". Apesar dos fracassos, a obsessão de Fuji cresceu. Ele sabia que conseguiria, pois antes de muito tempo, ele havia criado uma criança a partir do DNA dele. O bebê também foi mantido dentro dos tubos de vidro utilizados para clonar os Pokémon. Não se passou muito tempo depois, Giovanni se aproximou do médico Fuji com o fóssil de Mew, informando que o tempo dele havia se esgotado e que eles precisavam, o quanto antes, tentar clonar Mew. Seu pedido foi que Fuji reconstrui-se o Pokémon usando suas impressões genéticas. Porque Mew não tinha sido visto por centenas de anos.



           Um Mew infantil foi criado, e apelidado de "Mew Two" (Mew Dois), assim como o clone da filha de Fuji tinha sido chamado de "Ai Dois". Sim, depois de muitos experimentos, finalmente Fuji conseguiu clonar sua filha. O clone de Ai tinha altura de uma criança de 4 anos, mas estava fisicamente e mentalmente com 7 a 8 anos, assim como Mew Two tinha três ou quatro anos de idade. Contudo, houve algumas mudanças inesperadas. Ai tentou fazer contato psiquicamente com seu clone. Como ele estava confuso e assustado por ter despertado da escuridão, Mew Two estava grato pela presença da criança. 

           A menina imediatamente tomou o gatinho assustado sob sua asa, por assim dizer, e Mew Two concordou que ela seria sua amiga e lhe ensinaria tudo o que sabia. Isto incluiu a contar, falar e conhecimento sobre o mundo fora de seu alcance, já que o clone da criança não conhecia nada disso. 


           Infelizmente, clones humanos não são tão fortes como clones Pokémon, e como Mew Two ficou mais forte, Ai Dois estava crescendo cada vez mais fraca. Finalmente, seu corpo começou a se desintegrar. Enquanto ela definhava, a criança Mew Two pediu-lhe para não ir, lágrimas derramaram pelo seu rosto. O Pokémon, completamente machucado e perplexo, implorou que a menina lhe explicasse o que eram as lágrimas que desciam pelos seus olhos, afinal ele nunca experimentou as emoções, aquela estava sendo a primeira vez. As últimas palavras de Ai foram: "Você está chorando porque você está triste e machucado por dentro. Meu pai me disse que os seres humanos só podem chorar porque estão tristes. Obrigado por suas lágrimas, Mewtwo, mas por favor não chore. Você vai viver. Alegre-se em sua vida, Mewtwo... porque a vida é maravilhosa"





           Depois que sua única amiga morreu, Mew Two estava absolutamente sozinho por toda a sua infância e adolescência e fortemente sedado para não cometer erros graves e problemas para a Equipe Rocket. Em sua mente semi-consciente, ele repetidamente se perguntava quem ele realmente era. Ele continuou a mendigar e implorar para Ai responder às suas chamadas, mas nenhuma resposta jamais viria.

           Finalmente, depois de longos anos, a mente de Mewtwo estava apagada. Agora um adulto, e ainda continha dentro do útero artificial de vidro um liquido para cultivar, ele acordou. Confuso e com raiva, ele atacou seus criadores. Sua raiva era sem foco, enfurecido pelo seu tratamento como um objeto a ser usado como quisessem, e pela forma cruel que eles tinham falado de clones . O laboratório foi destruído. Os cientistas foram mortos... e Mew Dois só sentia insegurança. Para si mesmo, ele quis saber se ele realmente era mais forte do que o seu 'pai', Mew.

           Giovanni pediu para Mewtwo treinar com ele para se tornar mais forte do que já era. No início, Mew Two relutou, pois ainda não confiava plenamente naquele mestre, mas, com o tempo, ele acabou concordando em ir com o líder da Equipe Rocket. Por um ano inteiro, ele fez o que foi ordenado, atacando Pokémon e seus treinadores iguais, e atrair Pokémon selvagens para que os membros da Equipe Rocket pudessem capturá-lo. Tarde da noite, Mew Two, muito tranquilo, perguntou a si mesmo se sua vida estava tendo algum próposito, no final das contas. Giovanni ouviu o que ele falava e entrou no laboratório, rindo e disse: "Sua finalidade é servir a seu mestre. Fora isso, sua vida não tem valor" Furioso com a crueldade deste comentário, Mew Two destruiu a base de foguetes Viridian e fugiu para o céu, deixando Giovanni e sua Persian vivo, mas muito debilitados.

           "Os seres humanos são um lixo, nem vale a pena ser colocado em latas de lixo. Eles se gabam de força que eles não têm. Eles atacam os mais fracos e não têm nada, mas do que a ganância em seus corações. Por que eles deveriam ser as espécies dominantes deste mundo? Por que eu não deveria dizer-lhes o que fazer? Não... Isso não é uma declaração de guerra, nem é um ataque, mas sim, o meu contra-ataque para aqueles que me trouxeram dispostos e sozinho neste mundo! Eu serei o mais poderoso Pokémon, vou fazê-los pagar... o reinado de Mew Two, em breve começará!

           Essas foram suas últimas palavras.

9 comentários:

  1. Gostei.

    Agora será que vc pode me responder as dúvidas da outra matéria pra eu n ficar achando que é apenas sensacionalismo barato?


    Só fiquei com uma dúvida, se puder responder por favor...

    "Queria saber como vc fez pra calcular os "dados abaixo", se usou algum site, se tem alguma fonte ou se foi cálculo seu mesmo:

    "Espeon consegue dá OHKO em 59% da Pokédex atual"

    "Scizor é capaz de dá OHKO em 45% da Pokédex atual (valor estimado)."

    Não parei pra calcular isso, só espero que vc n tenha simplesmente jogado essa informação no texto sem base nenhuma antes, mas acho que vc n fez isso, então poderia dizer a fonte ou o método usado pra cálculo?

    O Azumarill fica com 5.000 de atk mesmo????????????"

    Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em um aplicativo para android que se chama: Pkmn Dmg Calc 42th

      Excluir
  2. Salvo engano, esse trecho era para estar no primeiro filme, mas foi cortado da versão ocidental.

    Não sei como está no original, mas eu acho que "Madame Boss" ficaria melhor. Salvo engano, ela não é a mãe do Giovanni?

    ResponderExcluir
  3. cordilheira dos Andes?
    não era floresta amazônica?
    arrumei por favor

    ResponderExcluir
  4. "Em um aplicativo para android que se chama: Pkmn Dmg Calc 42th"

    Opa, valeu, mas não achei de jeito nenhum, digitei Pokémon Damage Calculator 42th, Pkmn Dmg Calc 42th, Pkmn Dmg Calculator 4th entre outros, n achei...o nome tá certo?

    Até achei outras calculadoras mas nenhuma que faça isso de calcular em quantos % da Pokédex o Pokémon consegue dar OHKO

    ResponderExcluir
  5. Por essas e por outras eu falo que Pokémon tem sim um grande potencial para criar histórias... se não fosse o contexto mais "infantil" do anime, Pokémon era pra ser um anime muito mais "adulto", com temas mais "fortes", não só mostrando o amor monótono de treinadores com seus Pokémons (o que já cansou)...
    Que épica essa história... as equipes vilãs têm por trás muita história mal explorada nos animes... destaco aqui N e Lysandre... se o anime fosse mais "Shonen", mais fiel ao mangá e aos jogos...

    ResponderExcluir
  6. Melhor site Enciclopédia à respeito de POKÉMON que eu já vi. Equipe PBN muito capacitada e formal. Obrigado por trazer nostalgia aos mais velhos como eu (primeira geração e inicio da segunda) , e novidade aos mais novos! Parabéns

    ResponderExcluir
  7. É tão
    emocionati

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!