Fanfic: O Doador de Sonhos


Confiram abaixo TODOS os capítulo da fanfic "O Doador de Sonhos". Para quem não sabe, esse é um projeto desenvolvido pelo "Hal". É uma história onde o protagonista enfrenta todos os personagens do manga/jogos/anime. Sem todo aquele bla bla bla de "O Mundo Pokémon...", sacou? Eu vou atualizar essa página a medida que eu for postando novos capítulos. 

É só clicar em cima do capítulo que você será direcionado a ele :D


Sinopse:

"Durante alguns segundos, Venusaur continuou visível apenas como uma figura ondeada, escura e sem rosto, tremeluzente e difusa sobre a areia cheia de pedras quebradas, tentando se livrar do imenso poder que o dominava e o tornava um com seu treinador.

Então tudo desapareceu e o espetáculo de luzes já não eram vistas mais por ninguém; no lugar delas, robusto e assustador, Mega Venusaur cravava suas gigantescas patas sobre o chão, rachando-o violentamente — Vamos ver se seu joelho vai sangrar quando eu forçá-lo a se ajoelhar perante mim, outra vez. Mega Venusaur, Solarbeam! [...]"


------------------------------


Sinopse:

"Charizard começou a respirar com uma velocidade anormal, largando fumaça do nariz a cada segundo que batia as asas. O calor, de repente, se envolveu apenas no Pokémon, saindo um pouco do Fusion Flare.

Quando, instantaneamente, seu corpo se tornou uma labareda de fogo. Suas asas não eram mais carne, não faziam parte do seu corpo. Ao invés disso, pareciam flutuar, pareciam estar sendo devoradas pelas chamas. Os olhos de Charizard se acenderam e Peter viu o inferno — Agora, Charizard está queimando por conta das chamas. Observe bem essa cena... — Green sorriu maliciosamente — Porque vai acontecer a mesma coisa com você. Charizard, Mega Shinka! [...]"


------------------------------


Sinopse:

"Mas não conseguiu atingir Garchomp. Gardevoir se adiantou e usou Protect, protegendo, assim, ela e seu companheiro. Peter, que sorria, como se já soubesse que aquilo ia acontecer, apontou para Diantha — Isso mesmo, Gardevoir, você é tão previsível. Vamos ver se o que a pokédex diz é real, vamos ver se você é capaz de dar a vida pela sua treinadora. Yang, use Flash Cannon na Diantha, mas reúna todo o seu poder, faça com que esse golpe atravesse o coração dela. Depois, bem, traga-o para mim!

Yang, sem esperar, logo formou um raio de metal maciço e arremessou em direção a Diantha. Gardevoir, rapidamente, saiu de Garchomp e se atirou em frente a Diantha, usando um segundo Protect. O impacto do Flash Cannon a fez fechar os olhos [...]"


------------------------------


Sinopse:

"— A dor da perda vai ser muito maior, Peter, quando eu fazer com que você a engula. Mega Rayquaza, maximize seu ataque, use Dragon Dance! — Mega Rayquaza obedeceu imediatamente. E não precisou levar 6 turnos para maximizar o ataque, ele trouxe à tona todo o poder da mega evolução e realizou essa extraordinária façanha em apenas um Dragon Dance. Peter já não sabia o que fazer — Isso mesmo! Agora, segure esse item! — Cynthia jogou o item Choice Band para Mega Rayquaza, que o pegou com a boca — Pronto. Peter, pode começar a pensar em uma maneira de fugir. Porque, desta vez, eu vou fazer com que você sangre. Mega Rayquaza, Dragon Ascent!

— É muita bobagem da sua parte achar que eu fugiria de você. Yang, use Protect! — ordenou Peter trêmulo, sabendo logo de início que Yang não seria capaz de deter aquele golpe [...]" 


------------------------------


Sinopse:

"Outro lampejo, gritos, jorros de luz em resposta, e Peter entendeu: Cynthia estava se aproximando com o seu Togekiss seguindo a multidão e, embora cada hausto parecesse rasgar seus pulmões e a pontada em seu peito ardesse como uma labareda, Peter acelerou enquanto uma voz em sua cabeça dizia: Não o destrua, Cynthia... Não o destrua, por favor...

Alguma coisa atingiu Peter, com força, nos rins, e ele caiu; seu rosto bateu no chão, o sangue espirrou das narinas: concluiu, mesmo enquanto se virava, com as mãos em punho, que Cynthia se aproximava às suas costas. Furiosa, chorando e sem piedade alguma..."


------------------------------


Sinopse:

"— Pronto! Agora preciso dar continuidade ao meu plano! Absol, saía! — Peter jogou a Pokébola para o alto e o objeto se abriu imediatamente, libertando o que prendia com esplendor e brilho. Absol encostou as patas no solo com leveza e graciosidade. Com o chifre negro erguido, esperava as ordens do treinador — Você já sabe o que precisa fazer. Eu vou voltar para o laboratório para finalizar a armadura do Yang, enquanto isso, traga-me o que eu preciso, Absol. Aquele item... Pegue o meu exército, estão todos nesse pingente, basta você rugir que todos eles serão materializados para ajudá-lo — Peter pegou uma rocha triangular do bolso e depois a amarrou no pingente onde estava a pedra da mega evolução do Absol — Mate, se for preciso. Não tenha piedade! Aterrorize as cidades, começando por Johto mesmo. Chame a atenção, atrai-os. Quero vê-los por todos os lugares, quero ver desespero, Absol, está me ouvindo? Não me decepcione! Ah, outra coisa... Traga o professor Carvalho para mim, que essa seja a sua primeira parada, fui claro?"

------------------------------


Sinopse:

"Os grandes portões se abriram e de lá de dentro saiu um Milotic. Mas não era qualquer Milotic. Essa, na realidade, era velha, idosa, antiga... Sua calda magnífica não brilhava mais, nem as escamas a ocupavam, pois Celebi pôde ver falhas, como se suas escamas tivessem sido arrancadas. Suas "orelhas" estavam podres, deixaram de ter aquele tom rosa vivo. A Celebi fez uma reverência e falou: — Senhora, Xerneas nos mandou esse Pokémon. Durante o caminho para cá, as águas foram capazes de sará-lo um pouco, mas não o suficiente. Pode fazer alguma coisa, por favor?"


------------------------------


Sinopse:

"Peter guardou o celular e virou à direita, em uma larga garagem que dava acesso a um quartel general. A alta fileira de arbustos continuava à distância. O lugar era escuro, frio, totalmente abandonado. O grande portão principal estava enferrujado e brilhava por conta da lua, o número "456" que identificava a propriedade era segurado por um único fio de cobre. Peter se aproximou mais do portão e viu algo... Um papel, na realidade. Aproximou-se mais, precavido, e viu o que ele dizia:

Estamos de olho em você, Peter. Somos mais inteligentes do que você pensa!"


7 comentários:

  1. Só pra saber msm, a Fanfic do Danlobl acabou? :\
    Bem, é sempre bom inovar :)

    ResponderExcluir
  2. Como foi que começou essa avantura só para deixar claro não gosto do Peter

    ResponderExcluir
  3. Excelente fic! Qual é a do Peter, o que raios ele pretende fazer? Estou aguardando para ver o desenvolvimento da história!

    ... E um índice atualizado. Poxa, uma história tão boa, e ter que ficar caçando pelo histórico da PBN os outros capítulos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe UEHEHEUE prometo que ele será atualizado com frequência :) E o verdadeiro objetivo do Peter será revelado muito em breve, é que não gosto de entregar tudo ao leitor de uma vez, sabe? Prefiro ir soltando algumas pontas de vez em quando até que eu traga tudo à tona. Valeu pelo comentário e por acompanhar a história mano/moça o/

      Excluir
  4. Obrigada pelo índice! Vamos torcer para que venham mais e mais capítulos, porque cada um é mais emocionante do que outro.

    ... E vamos torcer para que a parceria com o Ricardo Lira não resulte em atrasos. Ele é um excelente desenhista, e o trabalho conjunto de vocês deve ficar ótimo, mas é tão difícil esperar uma semana para o capítulo sair... É como ter que esperar o fim de semana para tomar aquele sorvete que tá na geladeira. Eu não aguento esperar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUEHEUEHEU poxa, fico muito feliz em saber que você gosta tanto da história. Pois é, agora o problema dos atrasos são meus. O Ricardo Lira sempre entrega tudo direitinho na data certa, eu que atraso tudo. Mas prometo que vou fazer mais do que o impossível para trazer tudo na data certa. Valeu mesmo pelo comentário e a força, isso que me incentiva. É noiz manow

      Excluir
  5. Uma sugestão que eu sempre faço, acerca do índice. Sim, eu sou aquela chata que sempre pede por atualizações nele. Se você não tem a habilidade / minúcia / tempo de atualizá-lo, por que não pede para alguém da PBN ajuda-lo? Indico o Gabriel pois as Crônicas de Bolso sempre estão com o índice em dia. Sugeriria também um beta, mais aí fica a seu critério.

    Como imagem para ilustrar a fic como todo (até agora pelo menos) que tal a do Peter e Yang, da primeira parte de revanche contra Red? Instiga a curiosidade do leitor e revela uma personalidade avaliadora do Peter, como quem vê tudo das sombras, esperando o momento certo para intervir.

    Quanto à sinopse... Aí é mais difícil, mas vai minha tentativa:
    Duas vidas destruídas pelo fogo, duas almas em busca de vingança. Um capuz e uma armadura encobrem não só suas faces, mas também seus verdadeiros motivos. Peter e Yang desafiarão os maiores campeões do mundo Pokémon, líderes de ginásio e professores da região, não em busca de prestígio ou reconhecimento, mas sim para desestruturar aqueles em que a população tanto confia. Afinal, a Organização precisa do caos para poder agir…

    Notei uma coisa interessante: na maioria das vezes, o título do capítulo se refere ao desafiante, o que eu achei bem legal, como uma referência aos títulos originais do mangá se referirem ao Pokémon encontrado.

    Continue escrevendo, Hal! Seja a fic do Doador de Sonhos, seja a do Ash x Red, ou mesmo as outras matérias da PBN! Alguns curtem mais sua zueira, mas eu prefiro o trabalho de pesquisa e apresentação que você faz nas curiosidades e fatos do mundo Pokémon.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!