Esclarecendo: Smogon e o banimento das megaevoluções - Mega Mawile



Oi, meninxs! Como estão? Não sei se vocês se recordam, mas escrevi uma pauta na PBN algumas semanas atrás falando sobre a Smogon (vocês podem conferir clicando AQUI). Naquela ocasião, conversei com vocês um pouco sobre o que é esse site, falei do porquê costumam banir Pokémon, o que são os banimentos e como funcionam os esquemas de tiers. Por ser uma análise pra que todos possam entender (sejam aqueles que jogam via Smogon ou aqueles que nunca viram o site), busquei passar pelo assunto de maneira mais leve e com fácil entendimento. E uma das propostas foi esclarecer para vocês sobre os banimentos sempre que possível. Nada melhor que abordarmos o caso Mega Mawile, super discutido recentemente, e passando também pelas outras megaevoluções. Vamos lá?

A Smogon


Antes de começarmos a análise específica dos banimentos, gostaria de ressaltar mais uma vez quem é a Smogon e qual seu papel competitivo hoje. Esse é um site criado por fãs e para fãs que busca regulamentar o metagame (batalhas online de Pokémon). Basicamente, ela busca ajustar e distribuir Pokémon, movimentos, habilidades, estratégias de acordo com o potencial que cada um apresenta em batalha.

Quando dizemos que um Pokémon é banido pela Smogon, não quer dizer que ele não possa ser usado em batalhas por ninguém mais. Quer dizer apenas que, em torneios OU (OverUsed), que é o formato mais comum, não poderão mais ser usados. Entretanto, caso estejamos batalhando em torneio abertos, seu uso é extremamente válido.

Muitas pessoas afirmam o seguinte: "não vou seguir a Smogon! Quem são eles para determinar os Pokémon que devo ou não usar? Prefiro usar os que realmente gosto.". E vocês que dizem isso, têm toda razão. A Smogon não rege as competições de forma geral e sequer regulamenta torneios oficiais. Mas preciso dizer o seguinte: se desejarem participar de torneios VGC (os oficiais da Nintendo), estarão sujeitos a regras igualmente chatas e difíceis de lidar. Já se forem participar de competições de sites, torneios não oficiais, geralmente todos seguem as regras da Smogon. De uma forma ou de outra, é importante nos situarmos competitivamente e atualizarmos nossa visão dos Pokémon em batalha.

As megaevoluções e seu aumento de poder



Com a chegada da sexta geração de Pokémon, essa nova mecânica de batalhas foi introduzida e causou grande repercussão a respeito de seu uso. Através da megaevolução, um determinado grupo de Pokémon (40 megaevoluções) é capaz de mudar sua aparência e aumentar o poder dentro de uma batalha. Todos aqueles que são capazes de megaevoluir, recebem um aumento de 100 pontos em sua base de stats (com exceção de Alakazam, que recebe 90), tendem a mudar de habilidade, modificam seus tipos e se tornam ainda mais poderosos. O problema é: alguns desses Pokémon ficam tão poderosos e "apelões" que desequilibram completamente as batalhas online.

Hoje, 7 desses 40 Pokémon provocam uma centralização da competição. Afinal, o que é centralizar o metagame? Nada mais nada menos do que se tornar o foco principal em batalhas. Em linhas gerais, um Pokémon centralizador é aquele que exerce uma função em combate extremamente grande e importante, de modo que todos passam a usá-lo ou pensá-lo em estratégias. Quando ocorre esse grande fluxo em cima de uma única espécie, a balança se desequilibra e ele passa a ter um uso exagerado. Não apenas por isso, mas também é possível pensarmos em Pokémon que, ao exercerem suas funções, ganham grandes bônus competitivos. Nesse caso, eles se focam de maneira enorme em um stat ou habilidade, ocasionando uma nova centralização. Dessa forma, é necessário que todas as equipes dos treinadores comecem a pensar estratégias para countear essa espécie em específico. E se direcionar para apenas uma atrapalha o desenvolvimento de estratégias mais amplas.

E que tal conhecermos 4 das 7 megaevoluções banidas e os motivos que fazem com que se tornem Uber? 3 delas (Blaziken e as duas formas de Mewtwo) não serão avaliadas aqui. Por já fazerem parte da tier naturalmente, na forma normal, é tendencioso que suas megaevoluções também. Vamos às demais!

Mega Kangaskhan


Vocês já pararam pra pensar o quanto o Mega Kangaskhan é apelão? Nunca foi feito um Pokémon com essa formação extremamente exagerada em batalha. A análise aqui começa pelos seus stats. Cada um deles é muito bem distribuído e fazem com os 590 pontos estejam presentes em todos de maneira similar. Dentre seus seis stats, cinco ultrapassam os 100 pontos. A única exceção fica por conta do ataque especial, com baixíssimos 60 de base. Isso quer dizer que Mega Kangaskhan conta com cinco stats bem elevados. Até aí, tudo bem, já que outros Pokémon (a exemplo, Rotom) também contam com cinco stats elevados e um bastante reduzido, mas nem por isso foram banidos. Não bastasse somente os grandes números, Mega Kangaskhan recebe uma habilidade de assinatura: Parental Bond. Através dela, é capaz de atacar duas vezes o adversário. Ou seja, utilizará sua base de ataque 125 em dois golpes. Por mais que o cálculo do segundo golpe seja cortado pela metade (por ser feito pelo filhote, ainda inexperiente, tem apenas metade da força que o normal), ainda são dois golpes. Para terem noção do poder que isso representa, considerem a seguinte situação:

- Kangaskhan (Adamant - 252 EVs em ataque) usando Sucker Punch contra Dusknoir (Adamant - 252 EVs de HP e 252 EVs de defesa) é capaz de retirar até 72,4% do HP.

Conseguem perceber o estrago provocado sob essa circunstância? Kangaskhan possui um learnset que conta com golpes de prioridade, além de alguns bastante poderosos. Tecnicamente, a centralização acontece aqui justamente por conta da habilidade. A ofensiva se torna o foco central na estratégia de um Mega Kangaskhan e countear é bastante difícil.

Mega Lucario


Mega Lucario foi uma das megaevoluções banidas mais questionadas em Pokémon até o momento. Muito se questionou e ele entrou num processo de vaivém dentre as tiers OverUsed e Uber, tornando- se flutuante por algum tempo. Até onde conhecemos sua capacidade de batalha, ele não se apresenta como um Pokémon extremamente centralizador e menos ainda poderoso. O caso que cerca sua aplicação em combate se refere às bases de ataque. O que se explica a respeito do banimento de Mega Lucario é seu potencial ofensivo misto que está amplamente à frente de tantos outros Pokémon. Suas bases de ataque são 145 e 140, respectivamente. Ou seja, um Mega Lucario pode tranquilamente optar por sweepar fisicamente ou especialmente. E isso é uma incógnita até o momento em que ele usar um movimento de aumento de stats (Nasty Plot ou Swords Dance) que revelará qual dos dois ataques é mais tendencioso em sua estratégia. Outra das preocupações em torno dele é sua habilidade Adaptability. Em condições normais, um golpe lutador ou metálico receberia um aumento de 50% em seu poder se fosse usado por Mega Lucario (efeito STAB). Através de Adaptability, o boost no poder passa para 100%. Em outras palavras, uma Aura Sphere, por exemplo, teria seu poder dobrado. E é essa a justificativa de centralização que ele provoca: altas bases ofensivas (você desconhece se ele usa ataque ou ataque especial até o momento em que dá início ao aumento por Nasty Plot / Swords Dance) combinadas a uma habilidade que faça seu poder crescer ainda mais. 

Particularmente, acho um pouco falho o banimento do Mega Lucario. Apesar de muito rápido e muito ofensivo, ele não tem grandes mistérios em sua estratégia e sempre se limita ao mesmo. De forma geral, Lucario sempre trará a mesma estratégia, com graves falhas defensivas, e que poderá ser facilmente counteada.

Mega Gengar


Algumas pessoas vêm questionando cada dia que passa o poder de Mega Gengar. Ao contrário de Mega Lucario, que é questionado sobre realmente ser banido de OU, Mega Gengar tem seu uso / estratégia colocados em xeque por serem altos até mesmo para os Pokémon Uber. Pode parecer absurdo falar algo assim, mas Gengar é tendenciosamente mais poderoso que Arceus, Mewtwo ou Kyurem (W). De início, todos podem falar que isso acontece por possuir bases gigantescas em ataque especial (170) e velocidade (130). Porém, o problema não é exatamente esse. Por mais que conte com um set ofensivo vasto e stats adequados para uma estratégia assim, o uso de Gengar nesse sentido é reduzido e sua melhor aplicação é em movimentos de status. Como devem saber, ao megaevoluir, Gengar perde sua capacidade de flutuar (Levitate) e recebe a habilidade Shadow Tag (a mesma de Wobbuffet e Gothitelle). Por meio dela, ele prende o adversário em campo e que não poderá ser trocado (a menos que aplique movimentos como U-turn e Volt Switch). Basicamente, dizemos que Mega Gengar escolhe quem ele gostaria de enfrentar. A partir do momento que entrar em campo contra o "escolhido", esse Pokémon não poderá escapar e deverá batalhar mesmo que não consiga nenhum resultado positivo. Até aí, tudo bem. Não podemos dizer que isso o diferencie de algum outro Pokémon com a mesma habilidade. O problema maior é quando começamos a analisar seu learnset. Gengar possui uma série de movimentos de status que facilmente carregam qualquer Pokémon adversário sem muita preocupação, como Hypnosis, Will-o-Wisp, Perish Song (pior de todos, já que o oponente não poderá escapar do efeito graças à Shadow Tag), Destiny Bond. Vocês percebem esse efeito? Quando você enfrenta um Pokémon muito difícil de ser vencido ou que possua uma estratégia dura de ser quebrada, pode simplesmente trazer Mega Gengar para o campo e levar esse oponente para o buraco. E é exatamente isso que vem sendo questionado. Essa funcionalidade em batalha sobrepõe toda e qualquer estratégia.

Mega Mawile


Antes de falar tecnicamente de Mega Mawile, gostaria de dar uma opinião bem pessoal mesmo a respeito do banimento, aproveitando que ainda está "fresco". Pessoal, achei essa transição de OverUsed para Uber completamente desnecessária no momento. Mega Mawile nunca foi um Pokémon difícil de lidar, como é o caso de Gengar. Por mais que seja necessário sempre trazer um counter para ele, sua estratégia consegue ser quebrada com tranquilidade parcial. E agora vamos falar dos motivos que fazem com que se torne um Uber. Como devem saber, Mega Mawile possui uma base de ataque de 105 pontos. Isso não é alto quando comparamos com tantos outros sweepers físicos comuns. Mas sua habilidade, Huge Power, faz com que seu poder ofensivo físico dobre, passando para 210 pontos. Essa é a maior base de ataque existente em Pokémon atualmente, superando o tradicional Shuckle com Power Trick. Além disso, Mega Mawile conta com uma boa estabilidade defensiva (125 e 95 em defesa e defesa especial, respectivamente). Essa construção permite que ele aguente muito tempo em batalha, mas também quebre qualquer wall com apenas um golpe. E para ser derrotado, também é bastante complicado. Pensem na situação:

- Heatran (Calm - 100% de HP) usando Lava Plume contra Mega Mawile (Adamant - 132 EVs de HP) causa um dano entre 83,2% e 98,5%.

Percebem como até mesmo para um golpe STAB, super efetivo e vindo de um lendário é difícil derrubar Mega Mawile? Em outras palavras, são necessários dois golpes STAB super efetivos para retirá-lo de campo e aproximadamente 3 não STAB. Apesar de ser um poderoso tank, a estratégia de Mega Mawile pode ser rompida até mesmo por Sableye munido de Will-o-Wisp. Por conta disso, não classifico esse Pokémon como um oponente "apelão" o bastante para Uber. Tendenciosamente, deve acontecer uma queda de tier com a chegada de OR/AS e Mega Mawile aproxima-se de figurar entre OverUsed novamente, já que seu número de counters aumentará.

E é isso! Espero ter conseguido esclarecer, mesmo que superficialmente (lembrando que essa é uma análise que não se aprofunda tanto na construção estratégica dos Pokémon e também não avalia todos os critérios que a Smogon define para um banimento), os motivos que levaram tantos Pokémon que muitos afirmam vencer com facilidade ao banimento de OU. Não se esqueçam de deixar comentários falando o que vocês acham dessas transições de tiers, quais Pokémon não mereciam banimentos e quais eventualmente podem saltar para Uber. Até mais! o/

49 comentários:

  1. daqui a pouco mega swampert é banido por causa da habilidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, duvido muito. Não acredito que ele vá centralizar tanto.

      Excluir
  2. Bem seguir essas regras eu não quero mesmo que seja impedido de participar de torneios vou continuar usando mesmo que eles sejam fortes demais porque não é para isso que treinamos eles ? Eu uso os Pokémon que gosto, fico fazendo vários times com Pokémon que gosto sempre tenho uma forma de fazer eles e coloco só os que gosto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, não precisa seguir essas regras caso não queira participar mesmo de torneios. Se for batalhar apenas entre amigos, deve usar todos que mais gosta e se sente melhor. O problema é quando for participar de torneios (por mais que não usem regras Smogon), sempre têm regras específicas, o que é o caso do VGC da Nintendo.

      Excluir
  3. Basicamente, a Smogon se prontificou a ajudar os treinadores iniciantes e veteranos com o metagame criando exemplos de estratégias para serem seguidas de acordo com as Tiers. Mas, ao centralizar o metagame em uma Tiers, eles acabaram centralizando o metagame em certos Pokémon. Agora, com as novidades da sexta geração, estão tentando concertar o metagame realocando os Pokémon nas Tiers, e os mais poderosos e os mais centralizadores são banidos para Uber. No fim, a Smogon só está concertando o que ela fez.Quando começaram os suspect test com Mega Mawile por centralizar o jogo, começou a se falar da centralização do Talonflame + Brave Bird. Se a situação se repetir, teremos mais esse banido, um novo Pokémon centralizando o metagame e o ciclo se repetirá até o fim da franquia, da Smogon, ou da Pokédex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato, esse ciclo é realmente interminável. Esse "provocar centralização" é um grave problema e que não possui correção nunca. A cada vez que você bane um Pokémon, todo mundo migra pra um novo. Esse novo é banido, acontece uma migração pra um terceiro e aí vai. Isso é uma relação que acontece muito fortemente e é enraizada entre Smogon - treinadores - Game Freak (que contribui direta ou indiretamente na sequência).

      Excluir
    2. E como Mawile foi banida pra Uber só pela centralização, Talonflame, Mega Charizard X/Y e Greninja (principalmente esse) vão acabar sendo os próximos.

      Excluir
    3. Nesse caso não, já que nem Greninja, nem Talonflame centralizam o metagame, eles são fortes mas tem uma grande quantidade de counters

      Excluir
    4. Talvez, só pelo simples suspect test mesmo, já que eles vêm recolhendo um grande uso. Não acredito muito que esses possuam uma função em batalha digna de Uber, assim como lendários guardiões ou Deoxys, por exemplo. Eles contam com uma simplicidade muito grande.

      Excluir
  4. bernardo7l25/08/14 16:52

    ta demorou então vai la e bani pachirisu tambem afinal o bixo fez um estrago enorme no mundial e ta roubado. --"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com a febre que Pachirisu provocou esses dias... Brincadeiras à parte, ele é só um "fogo de palha".

      Excluir
    2. Essas brincadeirinhas com o Pachirisu não tem nada a ver,falando que ele foi apelão,falando que ele fez um estrago,que matou isso e aquilo.
      Na minha opinião isso foi um exagero,(na verdade É um exagero) Pachirisu só deu suporte ao time do individuo,não vi ele atacando ou dando o "golpe final" em um Pokémon,ele realmente só fez isso,dar Suporte ao seu time com Follow Me ( Embora Rock Slide tava solto nesse World Championships 2014 )

      Excluir
    3. Sim, é exatamente essa a função dele ali. Tantos e tantos outros Pokémon poderiam estar na mesma pauta naquele momento e nem por isso lembramos do potencial. O que provoca essa agitação é o simples fato de ser um NU extremamente frágil. A construção das jogadas que permitia que ele recebesse melhor os golpes enquanto alguém do lado decidia o jogo.

      Excluir
  5. Bela matéria principalmente para iniciantes no mundo competitivo como eu, rs! Mas gostaria de fazer uma pergunta diferente, tenho Pokémon X que está com muitas horas de jogo e gostaria de saber se ao chegar às 999:99 é possível seguir jogando, sempre pensei que o save fosse apagado. Quero fazer uma nova equipe mas preciso tirar essa dúvida antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, obrigado! Então, eu estou quase lá nas 999 horas também. Pelo que eu sei, tenho amigos que chegaram e a única coisa que acontece é que o jogo para de contar o tempo. Continua normalmente, só que o tempo não é mais marcado.

      Excluir
  6. questiono muito o banimento de Mega Mawvile, não posso negar que o metagame estava centralizado nela mas achei um equivoco da Smogun bani-la.
    até porque se eles banirem pokemons muito usados consequentemente pokemons como Scizor, Tyranitar, Greninja e Mega Charizard X ja teriam sido banidos.
    penso que eles deveriam levar em consideração mais fatores como se eles são realmente necessários em Uber.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O critério para se banir não é somente ser muito usado, Greninja, Talonflame, Tyranitar (normal e mega) e Scizor (normal e mega) são bem fortes, mas tem um número de counters considerável e não são tão difíceis de se lidar.

      Excluir
    2. Pra um Pokémon ser realocado de tier e passar por um eventual suspect test para Uber (que são as provas que avaliam se ele é denso demais pra OU) é bem complicado. Isso requer uma série de fatores que fazem parte da jogabilidade dele, como o excesso do uso, a combinação técnica (habilidade, learnset, stats), a tendência que ele tem de monopolizar uma só função em campo, dentre outros. Alguns outros, que é o caso do Greninja e do Charizard (X/Y) que você mencionou devem passar em breve por esse suspect test. Só que não deve render muito mais do que uma manutenção em OU.

      Excluir
  7. Eu sempre vi as Tiers como uma "categoria de peso" nos padrões do MMA. Cada lutador tem sua faixa de peso e só batalha contra lutadores da mesma faixa. É igual as Tiers, Cada pokémon luta com outro da mesma faixa de poder. Até porque seria insano um Arceus batalhar contra um Butterfree, por exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais ou menos isso mesmo. Tendenciosamente, um Blaziken é superior a um Conkeldurr, que por sua vez é mais interessante competitivamente que um Sawk. Mas hoje, está muito difícil determinar essas grandes diferenças de peso e muito Pokémon "peso pena" vem derrubando "peso pesado".

      Excluir
    2. Concordo plenamente.. mas axo que eles deveriam fazer um BL entre OU e Uber... sinceramente não axo que por exemplo o Blaziken seja um pokemon dificil de lidar.. ele possui vários counter...Colocá por exemplo um Sismitoad na frente de um Blaziken.... ele jamais ganharia... Por exemplo.. o que ocorre com os Pokemon BL/BL2
      não podem ser usados em UU/NU/RU e estão a nível baixo considerado da tier acima... então o que axo é que deveria ter essa mudança...Criar uma tier só para os BLs pq se não fica muito inviável.... Por exemplo não axo que mega mawile tem capacidade para Ubers... Mas a smogon é a smogon e não podemos fazer nada

      Excluir
    3. Seria uma boa opção, Noticias_Rubão. Existe uma série de Pokémon que ficam flutuando (Mega Mawile, Mega Lucario, Aegislash, Kyurem-B, algumas formas de Deoxys) e não conseguem se firmar bem em Uber ou OU.

      Excluir
    4. Seria legal se tivesse uma Tier só pra os que podem mega evoluir. Porque dá pra criar um bom time com os que mega evoluem, mesmo 5 deste time não podendo Mega evoluir na mesma batalha

      Excluir
    5. Acho que o problema de uma tier só com megaevoluídos é que destoaria das outras. Existe uma tentativa de encaixar as evoluções como Pokémon comuns.

      Excluir
  8. Eu não tenho nada contra a Smogon e as tiers, e até bom ter essas "categorias de peso" como disse o Lokuale no seu comentário se não o pessoal que joga mais no competitivo ia se limitar a usar só os lendários mais apelões e os outros "Ubers", eai teríamos um universo com mais de 700 pokemon e o pessoal só no máximo umas 20 espécies diferentes de pokemon usados nos torneios, mas essa parte do texto me intrigou:

    "Em linhas gerais, um Pokémon centralizador é aquele que exerce uma função em combate extremamente grande e importante, de modo que todos passam a usá-lo ou pensá-lo em estratégias. Quando ocorre esse grande fluxo em cima de uma única espécie, a balança se desequilibra e ele passa a ter um uso exagerado. "


    Sendo assim, por que até hoje não baniram o Rotom W e o Garchomp?
    sério, sempre que batalho contra outros players, 10 em cada 10 jogadores, não, melhor dizendo, ONZE em cada dez jogadores (inversão proposital) usam pelo menos 1 desses dois pokemon, tanto que eu acho que devo ser o único jogador que batalha competitivamente e não usa nenhum desses dois pokemon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA Isso é um fato. Existe uma imagem que circula no Facebook que fala mais ou menos isso: "todo time tem um Pokémon assim...". Esses dois, Garchomp e Rotom-W, sempre figuram na maioria dos times mesmo. Eu, assim como você, também não tenho. O caso deles é um pouco mais complicado de se banir. Falando bem superficialmente, existe uma grande quantidade de counters simples pra ambos. A exemplo, Garchomp consegue ser barrado por um grande Kyurem-W assim como por um simples Mamoswine. Hoje, eles não têm capacidade, mesmo com o grande uso em batalha, de monopolizar uma função em batalha.

      Excluir
    2. Entendi, então é pelo fato de não ser tão difícil de countear eles, obrigado por me esclarecer.
      O negócio é que eu gosto de equilibrar as ideias de de usar meus pokemon favoritos independentes de quais sejam e usar pokemon que sejam bom competitivamente, mas sempre pendo mais pra primeira ideia, e por isso sempre houve poucos counters desses dois nos meus times, por isso minha raiva de sempre ter que batalhar contra eles.

      Legal saber que vc e tb o Marcos Gonçalves não costumam usar eles, porque antes eu já tava até começando a achar que era algum tipo de regra, tipo, ser obrigatório pra quem quer jogar competitivamente ter um dos dois no time rsrs

      Excluir
    3. HAHA Existe uma regra simples de montagem de time então. Todos devem ter Garchomp, Rotom-W ou H, Talonflame, Greninja, Mega Charizard e Ferrothorn. Brincadeira... Quando um Pokémon é muito interessante ou bom de briga, o pessoal costuma usar muito e isso que provoca a aparição dele em todas as batalhas.

      Excluir
  9. Acho que essa coisa da Smogon ditar o que é certo não é correta. Quem é a cabeça por trás da instituição? As vezes o cara se frustou com tal pokémon e resolveu baní-lo.... Sei lá. A game freak também não ajuda; por exemplo: Existem pokemon que possuem alguma fraqueza para limitar seu poder (como slaking, que sem truant seria a maior máquina de destruição do mundo pokémon), porém existem outros que recebem bufs desnecessários desde o momento que são criados: Mega-Mawile é um desses. O que os jogadores fazem é tomar proveito desses pokémons.
    Acho que a ideia de banimento nem deveria existir; A ideia do que é ou não apelador e frustrante deveria vir de cada jogador na hora de escolher seu time. Não é legal esmagar um Caterpie com um Giratina. Isso deve vir de cada jogador e os que não tem essa consciência deveriam ser esquecidos e ignorados...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando surge um banimento de OU pra Uber dentro da Smogon, a ideia parte de uma cúpula formada pelos antigos membros fundadores e que são consideradas as pessoas mais experientes do site. A partir deles, ela é proposta para um suspect test envolvendo diversos e diversos jogadores do mundo todo (uma grande quantidade de pessoas). Essas pessoas avaliam o Pokémon em batalha e colocam a pauta em votação. Saiu um texto bem legal na Nintendo Blast uns dias atrás explicando como funciona o processo de maneira mais técnica.

      Mas é aí que surge o problema que mencionei em um comentário acima: é uma relação contínua Smogon - treinadores - Game Freak. Não existe uma consciência por parte dos jogadores de que Giratina é um Pokémon com um poder muito mais alto que Victreebel. Quanto mais interessante competitivamente, mais esses Pokémon tendem a atrair pessoas que não se privam de usá-los (e nem devem se privar mesmo).

      Excluir
  10. Será que algum dia em um futuro distante as batalhas dos jogos vão ter uma mecânica do anime? Eu sei que é meio louco isso que tô falando, mas, poderiam usar um sistema como nos jogos de futebol com pokemon com seta pra cima ou para baixo (sem aparecer para o treinador), usar a relação de "apego" e "confiança" do pokemon para vc "pedir" para ele dar evasion em um ataque ou pedir para ele "aguentar firme" um ataque que o levaria a nocaute. Viajei, eu sei. Mas, seria legal. Acho que deixaria tudo mais emocionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma realidade cada vez mais próxima. Nas batalhas online, isso é bem inviável, mas existe uma consideração por parte dos jogos de aproximar cada vez mais treinadores e Pokémon. Esse modelo acontece já em XY por meio do Pokémon-Amie. Quanto mais vínculo seu Pokémon tem com você, mais evasivas ele dá, melhor se cura de status condition em batalha, tem mais chances de acertos críticos. Só que isso funciona apenas no modo história. No modo competição, é bem mais complicado inserir uma funcionalidade assim.

      Excluir
  11. Até o momento, não achei que nenhum banimento feito pela Smogon foi injusto. Seja de itens, moves ou Pokémon em si.
    Eu até entendo o banimento do Mawile. Quem nunca se viu enfrentando um e pensando: "caceta, não tenho counter pra esse bicho!"? Eu, pelo menos, várias vezes.
    Concordo porém que, dos Megas banidos, ele seja o "mais fácil" de lidar.

    Assim como Gustavo e o Will, não uso Rotom W nem mesmo Garchomp na minha team pessoal. Também nao creio que devam ser banidos justamente por serem facilmente counterados, na minha opinião.

    Agora, como o Will falou, as regras da Smogon não são obrigatórias. Eu, particularmente, as sigo. E, confesso, ADORO ganhar de quem usa Pokémon "banido".

    ResponderExcluir
  12. Ontem mesmo, fui desafiado por um cara on-line onde a saudação dele era "Battle, I'll win" (Batalha, eu vencerei) e o shout era "Competitive OU". Po, aí me vem com um time de Mewtwo Y, Xerneas, Darkrai, Arceus, Kyogre e Palkia. Todos shinies.
    Bom, só de olhar o time dele no preview ja imaginei que o lead seria Darkrai/Dark Void. Dito e feito.
    Resumidamente, ele desconectou quando estava perdendo de 6-1, restando somente o Arceus.
    Meu time? Clefable, Charizard Y, Snorlax, Weavile, Slowbro e Dragonite.

    Após a batalha, olhei o card dele e o cara tinha 999:59 horas de jogo, mais de 1000 vitórias on-line.

    Com isso, eu digo que o banimento deve sim existir.
    A batalha Pokémon é uma linha tênue, pelo menos ao meu ver, entre "usar os monstrinhos que mais gostamos" e "manter a balança equilibrada".
    Se temos jogadores que se denominam competitivos e jogam da forma que esse cara que enfrentei jogam, sem banimento e tiers, a vitória estaria baseada em quem tem mais ou menos acesso a hacks, cheats ou coisa parecida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, é mais ou menos o que eu disse em dois comentários anteriores: não existe consciência em Pokémon do que é pesado demais e do que é leve demais. A mentalidade criada a partir da geração IV é a de que Pokémon parte pra um cenário de competições fortes, acirradas e cada vez mais densas. E é muito mais simples pro cara optar pelo lado fácil (usar os Pokémon mais poderosos do jogo) do que parar e analisar, montar, testar estratégias (caso do Se Jun no torneio internacional). E é aí onde eu concordo muito com você. A Smogon simplesmente para e fala: "pera... isso aqui está surgindo como um exagero no metagame. É hora de repensar se esse Pokémon / habilidade / estratégia não monopoliza as atenções em batalha".

      O caso do Garchomp e do Rotom-W é de progressivo declínio. Eles conseguem, hoje, ser derrubados com relativa facilidade e é por isso, não apenas por isso, apenas o motivo central, que se encontram em uma tier mais "baixa" do que seria adequado para seu uso, porém não possuem mais a mesma jogabilidade pra subirem.

      Excluir
  13. as megas evoluçoes ja nao sao pra issos almentar a defeza ou o atake ou a especia defeza eo especial atakeagora vam banir daqui a pouco vam banir o pokemon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta das megaevoluções é muito bonita na teoria: compensar os stats de um Pokémon que, ao menos deveria ser, não é tão interessante. Só que na hora de colocar em prática, procuram opções populares e que esses aumentos não seriam encaixados. E aí brotam os questionamentos do poder.

      Excluir
    2. Que texto podre pqp, NADA entra safe em Mawile ( pensou em Heatran? Já viu o set Sub Punch?), Lucario da OHKO até em Keldeo, tem Extreme Speed pra aniquilar Talonflame e Thundurus, o que vocês querem pra parar de falar de coisas que não sabem? Vi um post de vocês sobre Hack quando 97% dos jogadores competitivos usam isso, parecem ( e são) caras que não sabem pn de competitivo e ficam falando

      Excluir
    3. Não precisa de tanto nervosismo ^^. Entendo que não tenha gostado e que as experiências de batalha provocadas pro Mega Mawile e Mega Lucario em parte justifiquem a subida deles. Entretanto, também acredito que não são exatamente o que Uber propõe. Sobre SubPunch, não creio que seja a melhor opção. Em termos de passagem do tempo competitivo Pokémon, tornou-se uma opção decadente e pouquíssimo usável. Mega Mawile oferece mais do que apenas isso. Já quanto ao Extreme Speed de Lucario, devemos entender que Talonflame e Thundurus não são os melhores exemplos para suportarem o golpe. Existem melhores maneiras de se prever o que ele fará e trazer para campo um Pokémon que sustente o dano.

      Excluir
  14. Daqui a pouco vem um MegaSlaking sem Truant ,aí sim eles vão ter o que banir (nem duvido ,OR/AS vindo por aí ,devem ter mais megas)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que Hoenn pare por aqui com megas ou que as poucas que podem vir serão bem previsíveis já.

      Excluir
  15. Adoro clicar na sua foto e te ver Will!

    ResponderExcluir
  16. Socorr, Mawile Sub Punch quebra quase tudo que a normal não pega, Skarmory, Heatran M Aggron LOL, usavam ela até com Knock Off e Fire Fang pra pegar Aegislash Sub Toxic ( que trollava Sucker Punch e devolvia Shadow Ball STAB de 150 de base) eu não estou falando sobre a eficácia de Mawile Sub Punch ( coisa que é bem comprovada, jogadores de alto nível usavam isso) só acho que deveria ir atrás de saber o porquê essas coisas levam ban, Mawile levou fucking 80% ban, Extreme Speed passa tanto o Brave Bird quanto o TW, Thundurus e Talonflame são os botões de emergência para acabar com Sweepers de OU, coisa que pelo jeito você não sabe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposição de um Pokémon subir de OU pra Uber vai muito além disso aí. Justificar somente pelo emprego de uma única estratégia sobreposta a uma metagame inteiro é subestimar a capacidade dos treinadores. Sim, eu conheço tudo isso (não por menos comecei a desenvolver estratégias pra própria PBN). O caso é que nada disso ultrapassa minha opinião a respeito de ambos.

      Excluir
  17. Muitos pokes não prestam em Uber e estão lá ( Reshiram por exemplo )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho o Reshiram um Pokémon muito equilibrado. Ele não é lá o melhor exemplo de questões como velocidade, só que faz uma boa cobertura disso.

      Excluir
  18. Mega Mawile tem 678 de Atk, um poke de 210 de base tem 570 oO dobra os Efforts / Nature também

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só pra ficar mais fácil o entendimento mesmo. Mas sei que o valor de Huge Power é calculado sobre os pontos, não sobre a base. xD

      Excluir

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!