A História das Pokébolas


O desenvolvimento de Poké-bolas passou por várias etapas, isto é evidenciado pelas suas variações, desde as mais antigas até as modernas desenvolvidas por empresas como a Silph.Co. Estas variações foram vistas em diferentes episódios durante o anime. Veremos elas gora:

História Antiga

Pokemópolis

Quando a Dr. Eve estava explorando as ruínas de Pokemópolis, ele achou um certo número de artefatos. Um punhado destas relíquias antigas continham Pokémons gigantes e por isso podem ser considerados como antecessores das Poké-bolas modernas. Estes objetos foram nomeados por uma antiga tabuleta que continha a lenda de Pokemópolis. A ''Urna Sobrenatural'' juntamente com a sua respectiva colher invocavam uma Alakazam gigante, para ser invocado era necessário que a colher fosse inserida na urna. Aparentemente Alakazam tem a capacidade de fazer isso de forma autônoma de dentro da Urna usando seus poderes psíquicos. O ''dispositivo negro'' liberava um Gengar gigante, é desconhecido de que maneira ele é libertado já que só foi necessário a equipe Rocket escavar e ele se libertou. E por último um pincel gigante que continha um Jigglypuff, ele é ativado quando ouve a canção de um Jigglypuff de tamanho normal.


Pokélantis

Um artefato muito semelhante a Poké-bola contemporânea foi descoberta no túmulo do Rei Pokélantis. Ao longo do episódio "Batalhando Contra o Inimigo Interior!" foi revelado que esta Poké-bola continha o espírito do rei, indicando uma possível função alternativa para as Poké-bolas naquela época. Foi dito que esta relíquia continha Ho-Oh, aproximando ela ainda mais das Poké-bolas modernas.


História Recente

O Cetro de Sir. Aaron

Apresentado no filme Lucario e o Mistério de Mew, o cetro de Sir.Aaron contém seu aprendiz Lucario. Ele pode ser considerado um precursor das Poké-bolas contemporâneas. Lucario pode sentir e se comunicar com as pessoas que tem a aura igual a de Sir.Aaron de dentro desta ''Poké-bola''.


Poké-bola de pedra gigante


A Poké-bola de pedra foi dita ter sido criada por um Sábio em ''tempos remotos'' para conter a fúria de um Claydol gigante que havia escapado de uma outra idêntica, no episódio "O Grande Claydol". O episódio também relata que esta foi a primeira aparição contemporânea desde sua criação há 20.000 anos atrás. No entanto, estes relatos são de um ''texto antigo'' lido por Sigourney, que tinha vários problemas na sua tradução.


Túmulo de Pedras

O túmulo de pedras pode ser considerado outro precursor das poké-bolas, ele foi usado a 500 anos para aprisionar Spiritomb. No episódio "O Lacre Quebrado", uma senhora disse que Spiritomb foi derrotado e aprisionado ali por um Guardião da Aura. As razões e o método do confinamento são desconhecidos.


As Poké-bolas do Capitão

No episódio "Fantasmas Camaradas", as Pokébolas do capitão em que estavam seus Haunter e Gengar são exatamente iguais às atuais, sendo que são de mais de 300 anos. O troféu de campeão da liga das ilhas laranja desta época também parece ser baseado no design das Poké-bolas atuais. Cronologicamente estas foram as primeiras Poké-bolas as oferecerem captura e controle do Pokémon.


A Poké-bola de Lokoko

No episódio "Esperando um Amigo" Lokoko era o alter-ego de uma Ninetales idosa. Suas Poké-bolas eram diferentes das atuais, embora sendo de uma época mais recente do que as Poké-bolas do capitão. Mesmo tendo um aspecto diferentes das Poké-bolas atuais, na sua mansão há uma estátua de uma Poké-bola moderna.


Esta Poké-bola difere das atuais em aspectos como: o seu botão fica em cima e não ao lado, ela não apresenta os espelhos internos que as Poké-bolas atuais têm e também por ser muito frágil, pois foi necessário somente uma queda acidental para ela se quebrar, fato que acontece muito com as Poké-bolas atuais.


Poké-bola de Sam

A Poké-bola usada por Sam no filme Celebi e a Voz da Floresta se difere bastante das atuais mesmo sendo apenas de 40 anos antes. Ela apresenta um mecanismo de captura simples e para soltar o Pokémon é necessário girar uma espécie de válvula. Esta Poké-bola se encaixa com a descrição de Kurt de como transformar Apricorns em Poké-bolas, simplesmente esvaziá-las e colocar um mecanismo de captura, à julgar pelo seu aspecto se comparada às mais velhas é pouco provável que bolas de 40 anos atrás não sejam assim. Talvez esta seja feita em casa, apressadamente ou de uma fonte desconhecida.


Itens de Controle

Existem geralmente duas funções de uma Poké-bola moderna, a captura e o controle. A maioria dos utensílios históricos vistos acima oferece apenas a captura do Pokémon em questão, mas geralmente não exercem o controle sobre os Pokémon quando estes são liberados. Os itens abaixo oferecem o contrário, eles controlam o Pokémon mas não capturam ele.

A máscara e o cetro da rainha

No episódio "Fanáticos pelo Controle", uma tabuleta antiga descoberta por Tierra dizia que a milhares de anos uma rainha podia controlar os Pokémon dentro dos limites de seu reino, usando ondas de alta frequência. Assim que o Pokémon saísse dos limites de sua aldeia as ondas não tinham mais efeito sobre ele, fazendo o usuário do cetro e da máscara perder o controle sobre o Pokémon em questão.

A Armadura de Marcus

O vilão do filme Arceus e a Joia da Vida, Marcus, controlava um Bronzong e um Heatran com um conjunto de armaduras especiais. Ele é muito parecido com a máscara e o cetro da rainha, já que quando os efeitos passam o Pokémon controlado se vira contra o seu controlador.


Orbs Vermelho, Azul e de Jade

No episódio "Ganhando Groudon" e em "A luta das Lendas", o Orb Vermelho é usado para controlar Kyogre e o azul controlar Groudon. De acordo com Lance '' O orb vermelho foi criado a muito tempo por pessoas más para ter o controle do Antigo Pokémon e usá-los como armas...''


O orb de Jade nunca apareceu no anime mas de acordo com suas descrições na 3ª geração, '' este Orb tem um grande Poder desde os tempos antigos''. É desconhecido se este Orbs existem desde os mais antigos como no caso da bola de Claydol.

Archie ativa os poderes do orb vermelho com as palavras '' Transmita minha vontade para Kyogre, o grande Orb Vermelho, e faça com que este poder seja liberado agora''.


Um efeito colateral causado pelos orbs é a possessão, isto é, o usuário deles é possuído pela energia interna contida nas esferas. Isto acontece com Pikachu e Archie.


Corrente Vermelha

A corrente Vermelha é um item usado por Cyrus para controlar Dialga e Palkia. Ele foi criado a partir de fragmentos do meteorito de Veilstone pelo Dr. Charon. Quando ela toma posse dos Pokémon, os cristais que a compõem se unem ao corpo de Dialga e Palkia formando uma versão vermelha do anel que envolve o corpo de Arceus. No anime, diferente dos jogos, não foi necessária a utilização do trio dos lagos para fazê-la.


Espero que tenham Gostado
Não se esqueçam de Comentar!!!

0 Comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após a aprovação.
Comentários pejorativos e desviados do assunto abordado no post serão automaticamente excluídos.

A PBN agradece a sua participação!